Busca

Categoria: Música


20:00 · 17.09.2017 / atualizado às 20:05 · 17.09.2017 por

Quem visitou o Açude Cedro no fim da tarde deste sábado (16) ficou surpreso com a recepção. Não era por menos, afinal, apreciar o por do sol diante de uma das paisagens mais belas do planeta, diante da pedra da Galinha Choca e da barragem secular, ouvindo músicas de Roberto Carlos a Luiz Gonzaga, ao som de uma orquestra regida por dois maestros, não acontece todo dia.

A orquestra era na realidade a Banda da Musica Municipal de Quixadá, que recebe o nome do Maestro Nabor Crebilon de Sousa. Os maestros, José Ferreira Filho, conhecido como “Dudu Black” e Raimundo Ferreira Barros, o “Chinês”. A banda, com 43 integrantes. Desse total 13 são mulheres. Pela primeira vez participaram do Por do Sol Musical, promovido pelo empresário Carlos Alberto Barbosa, o “Beto Tur”.

Quem também prestigiou o por do sol especial ao lado do Açude Cedro foi a dupla Paulo Queiroz e Dalete Queiroz, pai e filha, dividindo com a orquestra as apresentações musicais que tiveram inclusive o canto Ave Maria, exatamente às 18 horas, um pedido especial de Beto Tur, no quarto ano consecutivo do evento musical especial onde, entre uma musica e outra são narrados ao público um pouco da história do lugar.

Sobre a iniciativa, Beto Tur explicou que é realizada sempre no mês de setembro, em razão do período da primavera, quando não ocorrem chuvas na região, Nesse período o sol também está mais esplendoroso, principalmente quando se põe por detrás da Serra do Estevão, espalhando seus raios no espelho d’água do açude. “Além desse belo momento, o Por do Sol Musical é uma forma de demonstrarmos a importância das nossas riquezas naturais e históricas como atrativos turísticos”, acrescentou.

Para quem assistiu o espetáculo musical pela primeira vez, como o casal Maurício Norões e Amanda Cantarelli, apresentações assim deveriam ocorrer todos os fins de semana. “Esse lugar é muito belo mesmo. Quem o vê logo se encanta e ainda mais ter a oportunidade de ao mesmo tempo ouvir melodias inesquecíveis, é melhor do que muitos parques mundo afora. Faz pena apenas o estado em que esse lugar se encontra, com aparência de abandonado“, comentou o casal paulista.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:30 · 16.09.2017 / atualizado às 09:00 · 16.09.2017 por

Por do Sol Musical será realizado neste sábado (16) em Quixadá a partir das 16 horas. Foto > Alex Uchôa

Os visitantes, tanto turistas como moradores de Quixadá, terão a oportunidade de participar de um fim de tarde diferente em um dos locais mais belos do Ceará, o Açude Cedro. A partir das 16 horas músicos da terra farão uma apresentação especial no IV Por do Sol Musical, na passarela de acesso à barragem do mais antigo reservatório público do Brasil. O evento é aberto ao público e se estenderá até às 19 horas. Não há cobrança de taxa

O espetáculo é organizado e realizado pela empresa de turismo Betotur. Sempre que possível o empresário promove o encontro na cidade. Para ele, a iniciativa é uma forma de demonstrar a importância turística do principal cartão postal de Quixadá, além de propiciar um agradável momento de lazer no fim de tarde ao lado da pedra da Galinha Choca, que fazendo conjunto com a estrutura arquitetônica histórica do açude é conhecida mundo afora.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:00 · 26.08.2017 / atualizado às 08:00 · 26.08.2017 por

Miguel Peixoto (Chapéu) recebe na noite deste sábado uma homenagem especial dos “amigos da viola”.

Quem admira a cantoria de viola, terá a oportunidade de assistir na noite deste sábado (26) uma apresentação especial dos poetas repentistas Raulino Silva e Edvaldo Zuzu. Eles se apresentam a partir das 20 horas no auditória da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Quixadá. O espetáculo da dupla, considerada uma das melhores nesse estilo é oferecido pelo advogado Romero Lemos e pelo poeta popular Erasmo Barreira. A noite será de homenagem in memória ao ex-presidente da CDL de Quixadá, Miguel Peixoto, apaixonado pela cantoria e incentivador dessa cultura popular. A entrada é gratuita.

Fanfarra e beleza estudantil

No próximo sábado (2), a partir das 19 horas, será realizado na Praça da Cultura, a pouco mais de 100 metros da CDL, o 1º Encontro de Fanfarras de Quixadá e a escolha da Miss e Mister Escolar. A Fanfarra Valentim, da Escola de Educação Profissional Maria Cavalcante Costa, a Banda do Colégio Estadual Coronel Virgílio Távora (BCVT) e a Banda Marcial César Cals (BMCC), da Escola Estadual Governador César Cals, conhecida  como Estadual, farão apresentações especiais para o público. O evento, também aberto ao público, é promovido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude de Quixadá.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

00:00 · 19.08.2017 / atualizado às 21:55 · 18.08.2017 por

Após ser presenteado com a bateria novinha Claudinho fez pose para foto ao lado de Riquelme e Daniel Viana.

O adolescente Claudivan Florêncio, de 13 anos, o “Claudinho”, ganhou um presente muito especial. O baterista Riquelme, como é conhecido no mundo artístico o músico Francisco Pedro Alves Dário, e a cantora Solange Almeida, ex-integrantes da banda Aviões do Forró, fizeram uma surpresa na véspera do seu aniversário. Além de conhecer o seu ídolo, Riquelme, ele recebeu das mãos dele uma bateria completa, novinha.

O sonho de “Claudinho” começou a se tornar realidade em uma vista de uma vizinha, a auxiliar de serviços Cleidiane Alves, à casa do menino, no distrito de Custódio, na zona rural de Quixadá. A família é muito pobre. Eles moram numa casa de taipa, mas o sonho de se tornar um baterista era mais forte, ele criou os seus próprios instrumentos, com baldes de margarina, tampas de altas e outros apetrechos e passou a ensaiar. A cena comoveu a amiga da família que iniciou uma campanha para ajuda-lo.

Claudinho mora com os pais e os irmãos em uma casa de taipa no distrito de Custódio.

Com a ajuda do presidente do Lions Clube de Quixadá, o sargento da Polícia Militar Cleiton Saraiva, do radialista Cleumio Pinto, ainda de outro baterista, Belton, a campanha da auxiliar de serviços, pelas redes sociais, inclusive com a criação de um grupo no Whats App, a história de “Claudinho” chegou ao conhecimento de Riquelme e de Solange Almeida. Sensibilizados, não pensaram duas vezes em atenderem ao pedido.

Equipe do Lions de Quixadá pretende iniciar campanha para construção de casa de alvenaria para o aniversariante.

Conforme o radialista Cleumio Pinto um empresário do ramo de produtos musicais, a Teleletrônica se prontificou a custear metade do valor do instrumento musical, cujo valor total é R$ 3 mil. Entretanto Riquelme e Solange Almeida fizeram questão de comprar o presente especial. O próprio baterista foi à casa do aniversariante entregar o presente, já que o outro desejo era conhecer o ídolo. A cantora Solange tinha compromisso de agenda e não pode viajar a Quixadá, acrescentou o radialista.

O momento da entrega do presente foi emocionante. “Claudinho” começou a chorar, não acreditando que o seu sonho havia se tornado realidade. Ao ver a reação do menino Riquelme também passou a chorar. Naquele momento lembrou-se dos tempos difíceis no início de carreira e também da acolhida do povo de Quixadá, onde morou durante alguns anos. Algumas pessoas que acompanhavam a visita do famoso baterista à humilde morada também não conseguiram controlar as lágrimas.

As cenas foram registradas pela equipe do programa Se Liga VM, da TV Verdes Mares, apresentado por Daniel Viana. Eles souberam da história de “Claudinho” e acompanharam Riquelme até Quixadá. A reportagem será exibida no dia 26, explicou Cleumio Pinto. “Muitas vezes a solidariedade vem de onde a gente menos imagina”, comentou o radialista ressaltando que hoje (19) à noite, o jovem baterista fará uma apresentação especial na praça do Custódio, com a banda Hugo Wesly, formada por músicos da comunidade.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

00:00 · 19.08.2017 / atualizado às 21:35 · 18.08.2017 por

Alunos do IFCE de Canindé apresentam neste domingo o mundo do Anime e da fantasia. Fotos > Anime Campus 

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) vai receber neste domingo (20), no campi de Canindé, mais edição do Anime Campus, considerado um dos maiores eventos de animação oriental do Interior do Ceará. Chegando a sua quarta edição, o evento começa às 8 horas e segue até às 17 horas. A entrada antecipada custa R$ 8,00 mais um quilo de alimento não perecível. Quem resolver adquirir o passaporte somente no domingo pagará R$10,00 mais um quilo de alimentos.

Promovido e organizado pelo curso de Redes de Computadores do campi de Canindé, o Anime Campus terá muitas atrações. Palestras, com destaque para a presença de Lucas Matheus, autor de do livro “No Domínio do Mal”, publicado pela editora PenDragon; campeonatos de jogos virtuais, de tabuleiro e de dança e desfile de personagens são algumas delas.

O público poderá participar de vários jogos de tabuleiro.

O público poderá participar de Oficinas de cosplay, além de shows, salas temáticas do Harry Potter, de séries originais Netflix, Star Wars e Pokémon. Estandes de arco e flecha e de simulações de batalhas medievais também estarão montados para quem gostar de aventuras mais radicais. O vento tem como foco os fãs da cultura pop, nerd e oriental.

Conforme um dos organizadores do Anime Campus, Anderson Marques, é a oportunidade para uma diversão interessante, aberta para o público de todas as idades. No ano passado o evento reuniu mais de mil pessoas, de Canindé e de cidades vizinhas. Foram arrecadados mais de 800 quilos de alimentos não perecíveis, em seguida doados a uma instituição de caridade da cidade.

4º Anime Campus

20 de agosto – A partir das 8 horas
Campus do IFCE – Canindé
BR-020 Km 303 – Jubaia

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:30 · 20.07.2017 / atualizado às 06:30 · 20.07.2017 por

Outros ritmos vão ecoar na Terra dos Monólitos, e do forró. Na noite desta sexta-feira (21) Quixadá recebe as bandas Tribo de Jah e Donaleda no Festival Regando o Sertão, no Hotel Vale das Pedras. A recepção ficará por conta da banda Malafaya, a única regueira da região. O projeto tem como objetivo sair do eixo musical convencional, explica o idealizador e organizador do evento, Etim Malafaya.

Referencia musical nacional a banda maranhense Tribo de Jah promete contagiar o público com seu reggae roots, inclusive recordando suas primeiras canções de sucesso como “Babilônia em Chamas”, “Regueiros Guerreiros” e “Neguinha”.  O repertório especialmente preparado para o único festival desse gênero do Interior do Ceará promete puxar coro. Ao longo de mais de 30 anos de estrada a banda conquistou uma legião de fãs.

A Donaleda não fica atrás. Considerada a maior banda regueira autoral do Ceará, desde 2001 vem divulgando os seus hits. O primeiro resultado desse projeto foi o disco “Liberdade e Libertação”, lançado em 2003, que levou o grupo musical ao topo das paradas de sucesso das rádios em Fortaleza e em outras cidades do Nordeste. Quando sobem ao palco os músicos contagiam o público.

Segundo Etim Malafaya, o Regando o Sertão é a oportunidade para quem curte o ritmo de origem jamaicana onde geralmente só se ouve forró e sertanejo. O pôr do sol na beira da piscina, acompanhado dos primeiros acordes nos ensaios já vai transformar a atmosfera no Vale das Pedras, arrastando os hospedes para o ritmo contagiante regueiro. Os fãs também terão a oportunidade de conversar com os músicos e fazer registros selfie.

Regando o Sertão

21 de agosto – a partir das 21 horas
Hotel Vale das Pedras – Quixadá
Ingressos > (88) 9 9765 3654

 O reggae vai ecoar no Hotel Vale das Pedras, em Quixadá, até o amanhecer do dia 

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

10:00 · 08.07.2017 / atualizado às 10:50 · 08.07.2017 por

A Feira de Artes de Banabuiú, a Banartes, se encerra nesta sábado (8) a sua 26ª edição recebendo elogios da população local dos visitantes. Desde a última quinta-feira o clima é de festa e de receptividade na cidade que voltou a respirar, arte, cultura e diversão após quatro anos sem a sua realização. O show de encerramento desta noite no corredor cultural será com Thiago Ribeiro e Vicente Nery. Ontem, a banda Matruz com Leite encantou o público.

Repetindo a programação desta sexta-feira, ainda pela manhã começam as feiras de Agricultura Familiar, Artesanato, Gastronomia e de Micro e Pequenos Negócios. Ainda pela manhã tem apresentações teatrais e a premiação dos vendedores e à tarde, a partir das 15 horas, o concurso de Voz Mirim, seguido do Festival Gastronômico e do Camarão Fest Gourmet.

Ainda de acordo com a programação oficial, à noite, a partir das 19 horas, tem o Show de Calouros, o Festival da Canção, e logo depois a premiação das modalidades no espaço especialmente montado para a maior festa cultural da cidade. Ainda no clima de festejos juninos a arena principal foi decorada com bandeirinhas e uma cidade matura foi montada no seu entorno.

Aproximadamente 80 mil pessoas, esse é o número de participantes estimados pela organização da Banartes nestes três dias do evento realizado pelo Governo Municipal de Banabuiú com o apoio da Casa Civil do governo do Estado. A Feira volta a fazer parte do calendário cultural da cidade, garante o prefeito Edinho Nobre.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:30 · 07.07.2017 / atualizado às 08:40 · 07.07.2017 por

Pouco mais de dois meses após a morte do cantor Belchior, fãs e músicos de Quixeramobim realizarão um show especial em homenagem ao “Rapaz latino americano”. O tributo acontecerá no largo da Ponte Metálica, no Centro da cidade, a partir das 20 horas. O espaço é aberto ao público e o evento será gratuito. Entretanto, quem quiser, poderá levar um quilo de alimentos não perecíveis. Os produtos arrecadados serão doados a instituições de caridade do Município.

Segundo os organizadores do Tributo a Belchior, vários músicos participarão da homenagem, dentre eles Azanias, Sergianne Cruz, Marquinhos Mel, Gil Raiz, Índio e os cantores Karine Suelanne, Ailton Siqueira, David Einstein, Elzo Barbosa, Jordan Prazeres, Milla e Rafael Oliveira. O artista Jardel Rocha fará caricaturas ao vivo e estudantes do Clube do Desenho da Escola Cel Humberto Bezerra apresentarão seus trabalhos sobre o artista no Painel “Parede da Memória”.

A comissão organizadora do Tributo a Belchior é formada pelo advogado Pedro Igor Azevedo, o artista e designer de joias Francisco Rabelo, o coordenador de Patrimônio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo Ailton Siqueira, pelos professores Carlos Alberto Carneiro e Cláudia Oliveira, e ainda pela radialista Izaurinha Reis. O evento recebe o apoio da Secretaria de Cultura de Quixeramobim.

Artistas e fãs de Belchior vão se reunir lo largo da Ponte Metálica para homenagearem Belchior

Rapaz Latino Americano

Antônio Carlos Belchior nasceu em Sobral (CE), no dia 26 de outubro de 1946 e morreu aos 30 de abril deste ano em Santa Cruz do Sul (RS).

Ainda criança, no Ceará, Belchior foi cantador de feira e poeta repentista. Estudou música coral e piano com Acácio Halley. Seu pai tocava flauta e saxofone e sua mãe cantava no coral da igreja.  Na infância recebeu influência dos cantores do rádio Ângela Maria, Cauby Peixoto e Nora Ney. Foi programador de rádio em Sobral. Em 1962, mudou-se para Fortaleza, onde estudou Filosofia e Humanidades. Começou a estudar Medicina, mas abandonou o curso no quarto ano, em 1971, para dedicar-se à carreira artística.

No início da carreira ligou-se a um grupo de jovens compositores e músicos, como Fagner, Ednardo, Rodger Rogério, Teti, Cirino entre outros, conhecidos como o Pessoal do Ceará.

Em 1972 Elis Regina gravou sua composição Mucuripe (com Fagner). Gravou seu primeiro LP em 1974. O segundo, Alucinação (Polygram, 1976), consolidou sua carreira, lançando canções de sucesso como Velha roupa colorida, Como nossos pais, que depois foram regravadas por Elis Regina e Apenas um rapaz latino-americano. Graças a estes hits, Alucinação vendeu 30 mil cópias em apenas um mês.

Hoje, esses e outros sucessos como Paralelas, são cantados por todo o País, mas um dos seus hits mais conhecidos é Rapaz latino americano, pseudônimo de Belchior.

Veja mais no Diário do Nordeste 

Obra de Belchior pode virar patrimônio do CE

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

08:30 · 04.07.2017 / atualizado às 08:30 · 04.07.2017 por

Após cinco anos sem edições a tradicional Feira de Artes de Banabuiú, a Banartes, voltará a ser realizada em Banabuiú. A festa, organizada pelo Governo Municipal de Banabuiú, com o apoio da Casa Civil do governo do Estado, terá início na noite da próxima quinta-feira (6) e se estenderá até o sábado (8). No encerramento de cada noite grandes atrações musicais subirão ao palco. A prefeitura confirmou as apresentações de Junior Viana, Ítalo e Reno, Mastruz com Leite e Vicente Nery.

Ainda de acordo com a administração municipal a Banartes mistura uma diversidade de arte, cultura e tradição. A programação cultural tem início programado para as 19 horas. Às 23h, a equipe planeja o início das atrações musicais. Entretanto, na sexta (7) e no sábado (8), parte da programação acontece durante o dia, em dois palcos alternativos. O trecho da rua Raimundo Dias que passa em frente a Câmara, será fechado para virar a Vila das Artes, com exposições de artesanato, artes plásticas, e parte das atrações como o Criança Fazendo Arte.

Na outra área, será realizada pela primeira vez a Feira da Agricultura Familiar, com exposição de animais e concursos da Cabra e da Vaca mais leiteira, além de espaço para comercialização de produtos dos agricultores.

O público também poderá apreciar o Festival de Violeiros, Exposição de Artes Visuais, Festival de Quadrilhas, Feira de Gastronomia e Feira do Artesanato e de Comidas Típicas.

Haverá ainda Show Mirim, Teatro, Festival da Canção, Festival de Dança, Concurso de Poesia, Literatura de Cordel e Contação de Histórias. Os candidatos poderão concorrer a prêmios no total de quase R$ 9 mil, mas é preciso se inscrever na Secretaria de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio, organizadora dos concursos.

A prefeitura de Banabuiú acrescenta que todos os eventos, incluindo os shows, são abertos ao público e gratuitos.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

19:00 · 18.06.2017 / atualizado às 19:36 · 18.06.2017 por

Realizado novamente após quatro anos, o Pula Fogueira, um festejo junino tradicional em Quixadá, encerrou a sua última noite de festa lotando a Praça José de Barros. Os órgãos oficiais de segurança, Polícia Militar e Polícia Civil, não apresentaram números oficiais de público na festa, todavia, segundo os organizadores, o público médio foi superior aos 15 mil em cada noite.

A cantora Viviane Diniz, de Quixadá, relembrou o forró das antigas e fez o público cantar em coro

Stefany Maciel, outra cantora de Quixadá, atendeu os fãs e fez fotos selfie durante o show

A praça José de Barros focou lotada para assistir o show de encerramento com Lagosta Bronzeada

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Quixadá, Pedro Baquit, que faz aniversário neste domingo (18), comemorou o sucesso do retorno do Pula Fogueira, que este ano chegou à sua 18ª edição. “Para o próximo ano pretendemos melhorar ainda mais a estrutura e corrigir alguns problemas, como a cobrança de flanelinhas no entorno da praça”, ressaltou.

Os artistas da terra, dentre eles Pau de Arara, Junior Gordim e Banda, Stephany Maciel e Viviane Diniz dividiram palco com atrações mais conhecidas, como Zé Cantor e Solteirões, Forró Real, e Lagosta Bronzeada, que encerrou a festa. Com uma excelente estrutura sonora, a mesma utilizada nos grandes shows, os cantores e bandas de Quixadá receberam elogios e até tietagem.

Para o prefeito Ilário Marques o retorno do Pula Fogueira vai além da festa, resgata a autoestima da população e o orgulho de ser quixadaense. O evento, de quatro noites, propicia também renda extra para dezenas de trabalhadores nas quatro noites de festa, além de atrair turistas para a cidade preservar a tradição junina com o festival de quadrilhas, antes da realização de cada show.

Os grupos juninos de várias cidades sertanejas encantaram o público com suas apresentações

Outro aspecto positivo da festa foi a segurança. Além de equipes do Município, como a Guarda Municipal e o Departamento Municipal de Trânsito (DMT) e Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), a Polícia Militar deu apoio. Nenhum incidente grave foi registrado em relação ao evento. Os boatos de dezenas de telefones celulares furtados foram desmentidos pelos órgãos de segurança.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161