Categoria: Polícia


09:30 · 15.02.2019 / atualizado às 09:30 · 15.02.2019 por

Dois pescadores foram detidos pela Polícia quando estavam pescando no Açude Boqueirão, em Solonópole. Eles foram flagrados por uma equipe da Polícia Militar após arremessarem redes no reservatório público administrado pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS). Ambos afirmaram que estavam trabalhando, buscavam na água o sustento para suas famílias.

Todavia, de acordo com informações de um fiscal do órgão federal e do presidente da Colônia de Pescadores Z-46, à Polícia, a atividade estava sendo realizada de forma ilegal. Nesta época do ano é proibido pescar nos açudes, é período de defeso, conforme estabelece uma portaria interministerial. Por esse motivo os policiais recolheram as redes. Os peixes foram devolvidos ao açude, e após os pescadores confessarem que os materiais de pesca pertenciam a eles foram detidos.

Os pescadores foram liberados após o registro de um Boletim Criminal. Um deles tem 66 anos e o outro 52. Na delegacia informaram que se dedicam à pesca artesanal há mais de 30 anos. Eles moram no distrito de Prefeita Suely, na zona rural de Solonópole, onde nasceram.

As quatro redes de pesca, recolhidas da água e ainda uma tarefa, uma caixa plástica branca, um balde e vários cascos de cágados, uma espécie de tartaruga, de água doce, foram apreendidos. Serão encaminhados à Justiça, informou a Polícia Civil.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 14.02.2019 / atualizado às 15:10 · 14.02.2019 por
Adolescentes de 17 e 12 anos confessaram furto da motocicleta. Foto VC Repórter

A Polícia Civil de Pedra Branca, no Centro do Estado, apreendeu dois adolescentes pela prática de ato infracional análogo ao crime de furto qualificado. O delegado Thiago Salgado, titular da delegacia no Município, informou que um dos adolescentes infratores tem 17 anos de idade e o outro participante do delito, apenas 12. A surpresa maior ficou por conta do envolvimento de um terceiro personagem no delito. Uma criança de apenas 10 anos participou do furto.

A motocicleta, uma Honda Pop de cor vermelha, havia sido furtada na noite desta quarta-feira (13), por volta das 19h30, no bairro Riso do Prado. A vítima havia acabado de estacionar o veículo na frente da sua residência. Instantes após adentrar o domicílio ocorreu o furto. O trio foi flagrado por câmeras de videomonitoramento.

O delegado ainda explicou que o trio vinha praticando pequenos delitos na cidade. A suspeita é de que os infratores iram retirar a placa da motocicleta para utiliza-la como transporte no momento dos furtos. Os adolescentes serão encaminhados ao Ministério Público.

Na tarde da terça-feira a equipe da Polícia Civil já havia efetuado a prisão em flagrante, de um morador do Sítio Barreiro, na zona rural de Pedra Branca, por posse irregular de arma de fogo. Ele estaria ameaçando a vizinhança. Ao receberem a denúncia os policiais agiram.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 13.02.2019 / atualizado às 08:50 · 13.02.2019 por
Os dois fugitivos da cadeia pública de Sobral foram presos novamente após assaltarem um micro-ônibus em Quixadá. Foto > VC Repórter

Dois homens suspeitos da autoria de um assalto a um micro-ônibus na tarde da segunda-feira (11), na localidade de Café Campestre, zona rural de Quixadá, foram presos por equipes do Comando Tático Rural (Cotar). A dupla foi capturada no distrito de Várzea da Onça, ainda neste município. Em poder deles os policiais apreenderam um revólver calibre 38 e uma faca, utilizados no roubo, e ainda recuperaram nove telefones celulares roubados.

Foragidos da cadeia de Sobral

A Polícia Militar ainda informou que os dois suspeitos estavam foragidos da cadeia pública de Sobral. A fuga ocorreu no dia 27 de janeiro deste ano. Higor Viana Siqueira, 24 anos, nascido em Sobral, responde por assalto a mão armada, formação de quadrilha, lesão corporal, ameaça e furto. O comparsa, Paulo Henrique de Paula Martins, 28, natural de Forquilha, também responde por roubo.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 13.02.2019 / atualizado às 09:00 · 13.02.2019 por

Dois adolescentes, um deles com 17 anos de idade e o outro com 16, passaram maus momentos durante uma tentativa de assalto nesta terça-feira (12) em Banabuiú. De acordo com informações da Polícia Militar a dupla tentou assaltar um mercadinho no início da manhã, no Centro desta cidade. Eles estavam armados com uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38, mas não imaginavam que houvesse reação.

No momento do assalto um irmão do proprietário conseguiu imobilizar um dos assaltantes, mesmo assim ele conseguiu efetuar um disparo com a espingarda atingindo o dono do estabelecimento comercial. O comparsa foi imobilizado rapidamente. Quando a equipe da Polícia Militar chegou ao local do roubo ele estava sendo linchado pela população. Ele ainda foi atingido na perna direita por dois disparos de arma de fogo.

O adolescente baleado foi transferido de Banabuiú para Quixadá. Ele não corre risco de morte. Foto VC Repórter

Os policiais militares contiveram a revolta dos moradores e o adolescente foi socorrido ao Hospital Municipal de Quixadá. O outro adolescente foi conduzido à delegacia da Polícia Civil em Banabuiú. Além das duas armas de fogo e de um telefone celular a motocicleta utilizada pelos assaltantes, uma Honda de cor cinza, sem placa, também foi apreendida.

Ainda na manhã desta terça-feira dois adolescentes, com as mesmas idades, foram apreendidos por equipes da Polícia Militar em Quixadá.  Eles estavam rondando as imediações de uma universidade, cada um portando um revólver de brinquedo. Quando viram os policiais pularam o muro para dentro do campus. Houve perseguição e ambos foram aprendidos e conduzidos à delegacia regional da Polícia Civil.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

10:20 · 12.02.2019 / atualizado às 15:45 · 12.02.2019 por

Uma denúncia anônima levou equipes da Polícia Militar a apreenderem dois adolescentes na manha desta terça-feira (12) dentro de uma universidade, em Quixadá. Quando a dupla viu os policiais tentou empreender fuga pulando um muro para dentro do campus da Unicatólica de Quixadá.

Quando foram detidos eles estavam portando revólveres de brinquedo. A Polícia suspeita que a dupla pretendia assaltar os universitários nas proximidades da universidade, antes dos alunos adentrarem as dependências da instituição educacional. Muitos deles têm celulares e portam notebooks nas mochilas. O semestre letivo está iniciando.

Os adolescentes, um deles com 17 anos de idade e o outro com 16, foram conduzidos à delegacia regional da Polícia Civil, nesta cidade. Até a publicação desta edição o delegado plantonista aguardava a chegada de um representante do Conselho Tutelar do Município. Por serem menores de idade é necessário seguir o rito do ECA.

Eles também serão submetidos a reconhecimento criminal. As identificações são alusivas a assaltos praticados nos últimos dias na cidade. Um deles ocorreu na tarde deste domingo (11), aos passageiros e motorista de um micro-ônibus, na periferia de Quixadá, e outros dois a estabelecimentos comerciais, restaurantes, também no fim de semana, acrescentou um inspetor da Polícia Civil.

Invasão de domicílio

Os dois adolescentes não explicaram por qual motivo portavam os revólveres. Foi lavrado um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC), por se tratar de delito com menor potencial ofensivo. Nenhuma vítima de assalto e nem de ameaça foi localizada e nem compareceu à delegacia. Mesmo assim, no BOC, ambos foram enquadrados por delito análogo a invasão de domicílio. Em seguida foram liberados. As armas de brinquedo foram apreendidas.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 12.02.2019 / atualizado às 08:05 · 12.02.2019 por

Os passageiros e o motorista de um micro-ônibus foram assaltados por dois bandidos na tarde deste domingo (11) na zona rural de Quixadá. Quando o coletivo passava pela CE-265, na localidade de Café Campestre, os assaltantes acenaram e se passando por passageiros conseguiram subir no veículo. Pouco tempo depois sacaram dois revólveres e anunciaram o roubo.

Os criminosos roubaram R$ 120,00 do motorista, R$ 1.500,00 e seis telefones celulares de um passageiro e documentos de outros 12. Em seguida os assaltantes fugiram tomando rumo desconhecido. As vítimas não souberam informar qualquer detalhe que pudesse levar a Polícia Militar a perseguir e capturar os criminosos, explicaram os policiais que atenderam a ocorrência.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 11.02.2019 / atualizado às 09:55 · 11.02.2019 por

Um presidiário de 23 anos de idade, em regime semiaberto, foi a mais recente vítima da violência dentro de um comércio de bebidas no Interior do Ceará. De acordo com informações da Polícia Militar ele foi alvejado por dois disparos de arma de fogo, um no tórax e um no braço esquerdo, dentro de uma churrascaria na localidade de Algodões, na zona rural de Solonópole. A vítima foi socorrida ao hospital da cidade e em seguida transferida para o Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza.

Os motivos do crime ainda são desconhecidos; o autor também. Sabe-se apenas que o criminoso adentrou o estabelecimento, e sem nenhuma discussão apontou a arma de fogo na direção do presidiário, que por encontrar-se em regime de liberdade condicional não pode frequentar esse tipo de estabelecimento, e disparou, informou uma fonte da Polícia.

Na quinta-feira (7) foi registrado um homicídio nas dependências de um bar, na cidade de Morada Nova. Outros três frequentadores do estabelecimento foram baleados.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 11.02.2019 / atualizado às 09:36 · 11.02.2019 por

A Polícia ainda procura os autores de um tiroteio registrado no início da noite do última quinta-feira (7) dentro de um bar no bairro Vazante, em Morada Nova. Dois homens, ainda não identificados, chegaram ao estabelecimento comercial em uma motocicleta Honda Bros de cor preta, com pistolas, e efetuaram vários disparos. Um dos fregueses do bar teve morte imediata. Outros três foram socorridos ao hospital municipal.

Os nomes das vítimas não foram revelados pela Polícia, nem os motivos do crime e se o alvo dos assassinos era apenas um deles. Os criminosos não usavam capacetes. Ambos estavam com bonés. Agiram rápido e fugiram tomando rumo desconhecido, acrescentou a Polícia Militar. Uma equipe da corporação foi quem atendeu a ocorrência. Apesar do esforço em localizar os pistoleiros eles não foram encontrados.

Mais detalhes não foram revelados. A investigação do crime é de responsabilidade da delegacia da Polícia Civil em Morada Nova.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 09.02.2019 / atualizado às 09:55 · 09.02.2019 por
Além de Quixeramobim, a cadeia pública de Quixadá estava superlotada. As transferências vão dar mais segurança. 

Correria até as cadeias públicas do Estado em Quixeramobim e Quixadá e muito choro foi o que se viu de familiares de presidiários nas portas dessas duas unidades. O motivo foi a transferência surpresa de 73 internos de Quixeramobim e mais 26 de Quixadá para as Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPLs) na região metropolitana de Fortaleza. Outros 36haviam sido recolhidos de Quixadá.

A Secretária de Administração Penitenciária do Ceará (SAP) não tem divulgado as transferências, mas fontes da pasta informaram ao Diário do Nordeste, tratar-se do reordenamento determinado pelo secretário Luís Mauro Albuquerque Araújo. Além de sanar a superlotação a medida visa desarticular o crime organizado dentro dos presídios espalhados pelo Interior.

Ordens de assassinatos

No início da semana foi a Polícia Civil quem realizou uma vistoria surpresa na cadeia pública de Quixeramobim. Contando com o apoio de equipes do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e do Comando Tático Rural (Cotar) a inspeção foram encontradas mais de um quilo de drogas e 10 telefones celulares. A Polícia investiga se ordens de assassinatos estariam partindo de dentro das celas.

No início da semana equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar realizaram vistoria na cadeia de Quixeramobim.

Ainda de acordo com os levantamentos feitos, em Quixeramobim restaram apenas 12 detentos. Nessa cadeia estão sendo recebidos apenas presidiários em regime aberto e semiaberto. Essa também é a situação de Quixadá. As visitas habituais estão sendo encerradas. Com a mudança, o tráfico e outros crimes praticados atrás das grades estão sendo interrompidos. Essa estratégia está sendo aplicada em várias cadeias em condição precária de funcionamento espalhadas pelo Estado.

Perigo urbano

As cadeias de Quixadá e de Quixeramobim ficam localizadas em áreas residenciais. Ao lado da primeira funcionam duas escolas públicas. Uma rua lateral precisa ficar constantemente interditada para evitar o arremesso de drogas, celulares e até arma de fogo para o pátio, apesar de ter sido instalada uma tela de proteção.

Na cidade vizinha a unidade correcional do Estado tem um hotel como limite de área e há ainda residências. Com a transferência da maioria dos presos os moradores e funcionários do estabelecimento hoteleiro ficaram aliviados. Apear de não terem ocorrido mais rebeliões, a tensão era constante.

  Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

11:30 · 06.02.2019 / atualizado às 12:15 · 06.02.2019 por
Na vistoria os policiais encontraram celulares, e drogas escondidas em buracos nas paredes das celas da cadeia de Quixeramobim.

Cerca de 60 dias após o secretário da Administração Penitenciária do Ceará (SAP), Luís Mauro Albuquerque, assumir o cargo, presidiários continuam desafiando o Estado, inclusive nas unidades penitenciárias do Interior. Quixeramobim, no Sertão Central, é um exemplo. As ordens para execução de assassinatos na cidade estão partindo de dentro das celas. O delegado da Polícia Civil no Município, Huggo Leonardo está investigando os crimes.

As investigações levaram a Polícia Civil a solicitar à Justiça a realização de uma vistoria surpresa na cadeia pública da cidade. Contando com o apoio de equipes do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e do Comando Tático Rural (Cotar) a inspeção foi realizada e encontrados 10 telefones celulares. Os aparelhos serão submetidos a perícia técnica, para identificação de chamadas e de conversas em redes sociais.

As suspeitas são de que utilizando celulares os mandantes, detentos, orientam quem são os alvos e fornecem detalhes para facilitação do “trabalho”. Na noite de 31 de janeiro passado um homem e uma mulher foram assassinados. O modus operandi foi praticamente o mesmo. As vítimas, uma mulher e um homem, chegavam às suas casas quando foram alvejadas. Uma das vítimas foi a dona de casa Yanca Viera Nunes; a outra, o mototaxista Marcelo Ribeiro da Silva.

Os trabalhos sobre os homicídios correm sob segredo, mas o delegado fez questão de ressaltar que na inspeção na cadeia, além dos aparelhos telefônicos portáteis foram encontradas maconha, cocaína e substância utilizada para mistura com a coca. O material entorpecente estava distribuído em cinco celas. Os presos dessas celas, no total de 53, assumiram que as drogas ilícitas pertenciam a eles. Todos foram autuados em flagrante por tráfico e associação ao tráfico, completou o delegado.

Além de celulares os policiais encontraram carregadores, drogas e dinheiro dentro das celas da cadeia pública de Quixeramobim.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags