Categoria: Política


07:00 · 02.01.2020 / atualizado às 07:20 · 02.01.2020 por
A prefeitura de Quixadá prometeu um espetáculo com menos barulho mas mesmo assim muitos pets ficaram assustados com as explosões. Fotos > Alex Pimentel

A tradicional queima de fogos no réveillon popular de Quixadá ainda continua causando discussão nas redes sociais. A prefeitura havia anunciado uma novidade no show pirotécnico da passagem de ano, sem a utilização de bombas e de rojões, garantindo que o espetáculo seria apenas luminoso, mas não foi isso o que ocorreu. Quem foi à Praça José de Barros e assistiu a queima de fogos ouviu rajadas contínuas de explosões.

Não demorou muito para os donos de animais e representantes de ONGs protetoras de animais manifestarem suas indignações nas redes sociais, com os estouros dos fogos, que se estenderam pelos sete primeiros minutos do Ano Novo.  Quem desconfiou da proposta se precaveu e levou o seus pets para o sítio ou lugar distante da cidade, como a estudante Amanda Queiroz. Mas quem imaginou no “silêncio” sofreu.

Infelizmente mais um ano trancada no meu quarto com meus filhotes peludos, triste, pois eles sofrem com esses malditos fogos“, comentou a moradora Patrícia Pompeu, se referido aos estrondos dos produtos explosivos.

A Assessoria da prefeitura justificou ter cumprido o prometido. Não foram utilizados rojões e nem bombas, todavia, apesar de os fogos de artifício silenciosos fazem bem menos barulho que os convencionais, os ruídos são inevitáveis, porque a propulsão é feita com pólvora, ressaltou.

Todavia, quem foi à praça e assistiu o espetáculo no céu ouviu as explosões das bombas quando os fogos eram arremessados, mesmo com o acompanhamento musical da banda Limão com Mel, cantando “Marcas do que se foi”, uma das preferidas do público na passagem para o Ano Novo.

Essa festa é realizada apenas uma vez no ano e os fogos queimam rapidinho. A gente até entende a preocupação com os animais, mas quem cuida e se preocupa pode tomar precauções para evitar o sofrimento deles, já que sabe o que vai acontecer. Ter bom senso é sempre bom“, comentou o autônomo Marcelo Martins elogiando o espetáculo.

A Praça José de Barros recebeu um bom público na virada do ano. Muitos saíram de casa depois da meia noite. 
O que atraiu o público à praça foram os shows das bandas Limão com Mel e Noda de Caju.
As duas bandas repetiram repertórios das suas últimas apresentações em Quixadá, no Pula Fogueira.

Outras cidades

Ibicuitinga, Morada Nova, Pacoti, Aracati e Paraipaba também haviam prometido queima de fogos mais silenciosas nos seus réveillons, mas até a publicação desta edição, a reportagem do Diário do Nordeste ainda não havia confirmado se cumpriram a promessa.

Apenas de Guaramiranga, no Maciço de Baturité, houve confirmação da utilização dos artefatos explosivos especiais. Quando um canhão começou a disparar, com estouros bem menos barulhentos, o público foi ao delírio e ficou impressionado com o que viu.

Guaramiranga surpreendeu o público com o espetáculo pirotécnico mais bonito e silencioso da sua história. Foto > Divulgação
Utilizando a cobertura de um prédio como base a queima de fogos mais silenciosos pode ser vista de toda a cidade. Foto > Divulgação

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

11:30 · 27.12.2019 / atualizado às 20:15 · 27.12.2019 por
Flávio Uchôa foi assassinado aos 22 anos.

assessor direto de redes sociais da prefeitura de Senador Pompeu, Flávio Uchôa do Nascimento Idairã, de 22 anos, foi assassinado a tiros no bairro Nova Brasília, na periferia da cidade. O caso foi no fim da tarde desta quinta-feira (26). Conforme levantamentos preliminares da Polícia, o jovem estava com amigos, em uma oficina de equipamentos sonoros automotivos, quando foi surpreendido por três homens. O grupo teria disparado pelo menos três vezes contra o assessor.

Após o crime, os assassinos empreenderam fuga e ainda não foram identificados.

A Polícia não descarta nenhuma linha de investigação. Uma delas é de que o homicídio tenha motivação política. Segundo testemunhas, a vítima teria se desentendido com um militante do principal grupo político de oposição no último dia 25.

O prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro, confirmou a discussão entre o representante do partido oposicionista com o seu assessor. “Esse problema realmente teve início ainda nas campanhas vencidas pelo meu partido. Levaram para o lado pessoal e não parou mais. Agora, com a proximidade das novas eleições, temo que a violência volte a se acentuar na nossa cidade”, desabafou.

SSPDS

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga a autoria e as circunstâncias do crime. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local da ocorrência. Equipes das Polícia Civil e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizam diligências na região no intuito de capturar os envolvidos no crime. O caso é investigado pela Delegacia Regional de Senador Pompeu.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o disque-denúncia da SSPDS, ou para o número (88) 3449 1324, da Delegacia Regional de Senador Pompeu. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

12:30 · 27.11.2019 / atualizado às 12:40 · 27.11.2019 por

No próximo domingo, 1º de dezembro, 22.988 eleitores de Aracoiaba deverão voltarão às urnas neste município do Maciço de Baturité. Eles precisarão eleger novamente o prefeito e vice. As eleições suplementares serão realizadas em decorrência de decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Dois grupos políticos concorrem aos cargos. Um deles é a coligação “Unidos para reconstruir Aracoiaba” (PDT – PP – PT- PSDB – 12), formada por Thiago Campelo Nogueira e Selma Maria Bezerra Gomes. A outra é a coligação “Um novo tempo vai começar” (PL – PSC – PSD – 22), com Wellington Silva de Oliveira e José Wilson Dantas da Silva, disputado as vagas de prefeito e vice, respectivamente.

Na eleição serão disponibilizadas 85 seções, com a colaboração de 340 mesários. A juíza da 67ª Zona Eleitoral, Cynthia Pereira Petri Feitosa, comandará o pleito, ao lado promotor eleitoral, Antônio Forte de Souza Júnior, e do chefe de cartório, Samuel Apoliano Sobreira.

Histórico

Em 30 de agosto de 2018, o TER-CE manteve, por unanimidade, a cassação do diploma do prefeito Antônio Cláudio, e da vice-prefeita, Maria Valmira Silva de Oliveira. Eles tiveram os mandatos cassados por abuso do poder político e econômico nas eleições de 2016. O Tribunal também determinou a inelegibilidade dos dois por oito anos.

A nova eleição havia sido marcada para 28 de outubro do mesmo ano. Entretanto, em 24 de setembro de 2018, o TSE determinou a suspensão da eleição suplementar e o retorno de Antônio Cláudio e de Maria Valmira aos seus cargos, até o julgamento do mérito da ação cautelar.

No dia 24 de setembro deste ano o TSE revogou a sua decisão, a liminar anteriormente concedida, a fim de restabelecer os efeitos do aresto regional que confirmou sentença decretando a perda do diploma do vencedor do pleito majoritário de 2016 e determinou a renovação das eleições no Município.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 07.11.2019 / atualizado às 06:30 · 07.11.2019 por
Agora, com a nova iluminação da escadaria é possível ver e subir à noite até o Monte das Graças. Foto > Divulgação

Seis dias após a inauguração da iluminação com lâmpadas de led, da escadaria do Monte das Graças, a novidade continua sendo o principal assunto de Redenção. Agora é possível ver a noite, de qualquer canto da cidade, os 733 degraus até o seu ponto mais alto, o Santo Cruzeiro. A mudança ocorreu através de uma parceria firmada entre o governo do Estado, a Enel e a prefeitura deste Município do Maciço de Baturité.

A professora Maria do Carmo Silva, de 42 anos, revelou que durante toda a vida sempre quis saber como era a vista à noite e ver sua cidade iluminada. “O pessoal subia e descia ou de lamparina ou de lanterna. Eu nunca fiz isso porque tinha um certo medo. Agora vou me preparar para ver essa beleza! Enquanto isso, vamos agradecer. Hoje se tornou um dia muito especial para todos nós aqui de Redenção”.

Segundo o governo do Estado, a escadaria conta com um sistema de geração de energia solar fotovoltaica. O sistema armazena a energia gerada durante o dia pelo painel solar e, sob comando, libera a energia no período da noite. Foram instalados 40 postes com luzes de led solares de 40 Watts e baterias de lítio para armazenarem a energia gerada durante o dia. A potência instalada chega a 1.600 Watts e pode gerar até 576 KWh por mês.

A Enel acrescenta que a instalação ocorreu por meio do Luz Solidária, um Programa de Eficiência Energética da Aneel iniciando no Ceará há 10 anos, que contribui com o desenvolvimento de projetos sociais parceiros, por meio de incentivos financeiros, e com a preservação do meio ambiente.

Inauguração

A solenidade de inauguração, realizada na última sexta-feira (1º), o prefeito de Redenção, Davi Benevides, recebeu o  secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, e o deputado Mauro Filho. O diretor institucional da Enel, José Nunes, também participou da cerimônia.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 07.11.2019 / atualizado às 06:40 · 07.11.2019 por
A Justiça da Comarca de Caridade determinou que a prefeitura deste Município realize concurso público para servidores no prazo máximo de um ano. Foto > Alex Pimentel

A prefeitura de Caridade, uma cidade do Sertão de Canindé com população estimada em pouco mais de 22 mil habitantes segundo o IBGE, deverá realizar concurso público para para provimentos dos cargos e melhoria dos serviços públicos ofertados à população. Essa foi a decisão tomada pelo juízo da Comarca local atendendo pedido da promotoria de Justiça Estadual que atua neste Município.

De acordo com a divulgação feita pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) a Justiça Estadual determinou que a prefeitura de Caridade exonere prestadores de serviço contratados ilegalmente e realize o concurso público em no máximo um ano, a partir da data em que a administração municipal foi comunicada da decisão judicial.

A promotora de Justiça Anny Gresielly Sales, autora do pedido à Justiça, justificou que os contratos de trabalho são precários e “estes prestadores de serviço eram verdadeiros funcionários do Município ao executar serviço de natureza permanente, mas sem ter assegurado direitos trabalhistas. Além disso, esses prestadores de serviço relatavam, em sua maioria, constante atraso no pagamento dos salários”.

Na Ação Civil Pública (ACP), ajuizada em 10 de junho passado, foi ressaltado que a maior parte dos prestadores de serviço sequer possuíam contratos firmados. No dia 31 de outubro, a prefeitura publicou decreto, cumprindo em parte a decisão judicial, e determinou o desligamento de terceirizados.

A Justiça determinou que o Município se abstenha de contratar ou renovar contratos temporários fora das hipóteses previstas na Constituição bem como a exoneração gradual de todos os prestadores de serviço que não exerçam atividades em serviços essenciais. Ainda deverá apresentar um estudo com mapeamento das áreas e secretarias, cargos e número de vagas a serem ofertadas.

Ainda de acordo com o MPCE, em caso de descumprimento da decisão judicial, a prefeita de Caridade, Maria Amanda Lopes, deverá pagar multas que variam de R$ 1 mil a R$ 10 mil, havendo ainda a possibilidade de responsabilização cível, por improbidade administrativa e criminal, por desobediência.

A reportagem do Diário do Nordeste procurou manter contato telefônico com a prefeitura de Caridade, todavia, até a publicação desta edição as ligações não foram atendidas.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

15:00 · 27.10.2019 / atualizado às 15:00 · 27.10.2019 por
O público lotou a Praça José de Barros para assistir o show de José Augusto na comemoração de aniversário e 149 anos de Quixadá. Fotos > Alex Pimentel

Um show especial do cantor José Augusto e sua banda na Praça José de Barros, seguido de apresentações musicais de bandas de Quixadá no Corredor Cervejeiro, marcaram as comemorações de mais um aniversário de emancipação política deste Município, que neste domingo (27) completa 149 anos.

O principal ponto de encontros da cidade, também conhecido como Praça do Leão, lotou para assistir a apresentação musical de um dos mais conhecidos cantores românticos do Brasil. Por aproximadamente duas horas o público cantou em coro vários sucesso de José Augusto e elogiou o presente especial da prefeitura à cidade.

José Augusto agradeceu o convite da prefeitura para participar da festa e cantou seus maiores sucessos por aproximadamente 2 horas.

Festival da Cerveja

A festa continuou do Corredor Cervejeiro até o amanhecer deste domingo (27). Foram montados dois palcos na Rua José Jucá. Em um deles o cantor Júlio Jamaica e e sua banda agitaram ao som do reggae.

Júlio Jamaica e sua banda “regueira” foram uma das atrações do I Festival da Cerveja realizado em Quixadá.

Quando o show de reggae se encerrou a cantora Lívia Mara subiu no palco dois, no outro extremo da rua. O repertório agradou quem se divertiu no modelo de festa realizado pela primeira vez na cidade.

O Festival da Cerveja de Quixadá, realizado pela prefeitura, recebeu elogios do público.
O Festival especial atraiu o público, principalmente os mais jovens, nas noites da sexta-feira e do sábado.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 23.10.2019 / atualizado às 08:40 · 23.10.2019 por
O vereador “Ivan Construções”, continua preso e afastado da função de presidente da Câmara Municipal de Quixadá. Foto > Alex Pimentel

O juiz da Comarca de Quixadá, Adriano Ribeiro Furtado Barbosa, prorrogou por mais 180 dias, o afastamento do presidente da Câmara Municipal local, Francisco Ivan Benício Sá, o “Ivan Construções“, da função parlamentar. A decisão do magistrado foi divulgada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

De acordo com o MPCE o pedido partiu da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Quixadá e dos promotores de Justiça integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). A decisão tem como fundamento a garantia da instrução criminal, como forma de evitar o risco do cometimento de novas infrações e a destruição e alterações de provas. Os promotores receiam que “Ivan Construções” se aproveite da função pública para a prática reiterada de condutas criminosas.

O pedido da medida cautelar havia sido feito no dia 17 de outubro. As investigações seguem, assim como a análise da documentação apreendida, podendo gerar a apresentação de novas denúncias. Já foram apresentadas, até o momento, sete denúncias criminais, sendo “Ivan Construções” acusado em seis delas.

Casa de Palha

Ainda segundo o MPCE, a iniciativa diz respeito a continuação da Operação Casa de Palha, deflagrada em abril deste ano, para investigar a existência de crimes de fraude em licitações, dentre outros ilícitos, na prefeitura e na Câmara Municipal de Quixadá.

Na operação foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão temporária, um mandado de prisão preventiva, dois mandados de intimação do afastamento da função pública. Muitos documentos foram apreendidos, contando a investigação com volumosos dados, que incluem quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico.

O MPCE acrescenta que a decisão se fundamenta ainda nos registros das interceptações telefônicas que indicam, inclusive, que “Ivan Construções” teria se valido de seu cargo para destruir documentos que possivelmente o incriminariam, bem como teria afirmado, em determinada conversa telefônica, que o atual prefeito de Quixadá deveria ter praticado homicídio para encobrir seus ilícitos, demonstrando o seu alto grau de periculosidade, podendo, até mesmo, impedir o resultado prático do processo.

Francisco Ivan Benício de Sá e o empresário Ricardo de Sousa Araújo seguem presos preventivamente aguardando julgamento de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), acrescentou o MPCE.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

 

15:00 · 14.10.2019 / atualizado às 15:10 · 14.10.2019 por
Vereadores de Quixadá pretendem esclarecer sobre a importância a eliminação do lixão da cidade. Foto > Alex Pimentel

A Câmara de Vereadores de Quixadá pretende discutir no dia 23 deste mês a Política Nacional de Resíduos Sólidos e seu papel na agenda ambiental ainda as propostas de gestão ofertadas pelo governo do Estado.

De acordo com a assessoria da Casa Parlamentar Municipal a iniciativa também tem como objetivo oportunizar à população o conhecimento de como funcionam os consórcios públicos de coleta de lixo.

Os vereadores Darlan Lopes, Iranildo Bacurim, Jesyca Severo, José Maria e Rosa Buriti levaram o convite ao secretário estadual de Meio Ambiente, Artur Bruno, para participação na sessão que vai tratar do Consórcio de Manejo de Resíduos Sólidos no Sertão Central.

Ainda segundo a Câmara Municipal, o Consórcio estabelece eliminar os lixões dos municípios que aderirem ao projeto, implementando um plano de ações de coletas seletivas e uma série de metas a serem executadas na efetivação da proposta.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 09.10.2019 / atualizado às 14:20 · 09.10.2019 por
Deputado Nelinho reforçou a necessidade de instalação de companhias do Corpo de Bombeiros Militar no Interior do Ceará. Foto > Divulgação

Um Projeto de Indicação de autoria do deputado estadual Rondinelle Pereira de Freitas, o “Nelinho” (PSDB), sugere ao Governo do Ceará a instalação de companhias do Corpo de Bombeiros Militar nos municípios de Quixadá,  Russas, Jaguaribe e Brejo Santo.

Na justificativa, Nelinho considera o número de unidades no interior do Estado, atualmente 20, insuficiente para atender as regiões. “Observamos que há uma necessidade de ter a presença do corpo de bombeiros em algumas cidades e assim poder aumentar o atendimento da região” explica.

Ainda de acordo com o texto, caberá à Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social designar os servidores necessários para o desenvolvimento das atribuições, além de autoriza o Executivo Estadual, a instalar as novas companhias do Corpo de Bombeiros nas dependências dos demais órgãos públicos estaduais.

Nosso requerimento é para atender a demanda de grandes regiões que não tem esse serviço do corpo de bombeiros. Cidades como Russas, Jaguaribe, Brejo Santo e Quixadá há essa falta”, destaca Nelinho.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 07.10.2019 / atualizado às 06:55 · 07.10.2019 por
Em Quixadá, alguns candidatos e a promotora de Justiça da Infância e da Juventude, Cibelle de Carvalho Moreira, acompanharam a apuração de votos na sede da Agem. Fotos > Alex Pimentel

No início do dia formou até filas em alguns locais de votação nas eleições dos conselheiros tutelares neste domingo (6) em algumas cidades do Centro do Estado. Mesmo assim, pouco mais de 10% dos eleitores foram às unas. O voto não é obrigatório.

Em Quixadá, considerada a maior cidade da região, dos 54.704 eleitores aptos apenas 5.549 votaram em um dos 10 candidatos às cinco vagas de conselheiro. Esses números representam 10,14% do total, explicaram representantes do Cartório Eleitoral.

A prefeitura de Quixadá disponibilizou a equipe da Guarda Municipal para a segurança das eleições.
Apenas quatro dos 10 candidatos de Quixadá acompanharam a apuração na sala utilizada pela equipe do TRE. Dois deles foram eleitos.

Os eleitos para o período de janeiro de 2020 a dezembro de 2013 foram Crisiane Lima, com 1.121 votos; Maurilene Araújo, reeleita com 1.101 votos; João Paulo, 667; Nilton César, 635 e Fagner Silveira, 498. Eles serão empossados no dia 10 de janeiro do próximo ano.

Sobre o reduzido número de votos a promotora de Justiça da Infância e da Juventude de Quixadá, Cibelle de Carvalho Moreira, informou que está relacionado ao desconhecimento da população acerca da eleição especial e da importância do conselheiro tutelar na sociedade.

Mesmo assim, a coordenadora do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) de Quixadá, Adriana Lemos, considerou o pleito positivo. Nenhum incidente foi registrado nos 29 locais de votação. A apuração foi concluída em pouco mais de duas horas.

Quixeramobim e Canindé

No maior colégio eleitoral do Sertão Central, Quixeramobim, os eleitos foram Sueli, com 1.225 votos; Bebeto, 961; Meire, 959; Zezinho, 912 e Aída Parente, com 865 votos. O Comdica da cidade registrou 7.847 votos válidos, representando 13,35% do total de eleitores, 58.739.

Em Canindé, o número maior de eleitores que votou nos 35 concorrentes foi ainda maior, 8.050, o equivalente a 14,89% de quem estava apto a escolher o seu candidato. O Município tem 54.075 eleitores. Fábio Sousa com 1.283 votos; Angélica Abreu, 1.154; Auricênia Santiago, 575; Bruna Silva, 565; Iran Mariano com 553, foram os eleitos.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags