Busca

Categoria: Política


07:00 · 18.02.2017 / atualizado às 18:30 · 17.02.2017 por

Quixadá
A Associação dos Municípios do Sertão Central (Amusc) elegeu na última quinta-feira (16) a nova diretoria da entidade para o biênio 2017/2018. O prefeito de Choró, Marcondes Jucá foi eleito o presidente. A prefeita de Boa Viagem, Aline Vieira, assumiu a vice-presidência.

De acordo com a Amusc, a entidade tem por objetivo articular projetos para o desenvolvimento dos municípios participantes. Além de Choró e Boa Viagem, Banabuiú, Ibaretama, Ibicuitinga e Piquet Carneiro integram a entidade. Outros municípios da região podem se associar.

No primeiro ato, realizado em Quixadá, que ainda não se filiou, os prefeitos dos seis municípios agendaram reunião com o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins. Pretendem discutir uma pauta sobre ações para a região. O assunto não foi revelado.

Diretoria da Amusc

Presidente > Marcondes Jucá – Prefeito de Choró
Vice-Presidente > Aline Vieira – Prefeita de Boa Viagem
1º Tesoureiro – Francisco Hermes Nobre (Edinho) – Prefeito de Banabuiú
2º Tesoureiro – Edson Morais – Prefeito de Ibaretama
1º Secretário – Bismarck Barros – Prefeito de Piquet Carneiro
2º Secretário – Francisco José Magalhães Carneiro (Franzé) – Prefeito de Ibicuitinga

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

06:00 · 18.02.2017 / atualizado às 17:30 · 17.02.2017 por

Guaiúba
O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou no site oficial do Governo do Estado, que assinará na próxima segunda-feira (20) a liberação de recursos da ordem de R$ 10 milhões para a infraestrutura do Polo Industrial Químico em Guaiúba (a 38Km de Fortaleza), no entorno do Maciço de Baturité. A solenidade será realizada a partir das 9 horas, ao lado da Câmara de Vereadores de Guaiúba, na rodovia CE-060.

Ainda de acordo com o governo do Estado, o Polo vai contar com 27 empresas, gerando 1.967 empregos diretos. O investimento do Governo do Ceará, superior a R$ 10 milhões, será feito através da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece) e das secretarias do Desenvolvimento Econômico (SDE) e da Infraestrutura (Seinfra). O investimento das empresas supera a casa dos R$ 95 milhões.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

21:00 · 17.02.2017 / atualizado às 21:30 · 17.02.2017 por

Quixadá
Através de Nota divulgada no início da noite desta sexta-feira (17), o prefeito de Quixadá, Ilário Marques, decidiu pelo cancelamento da realização de licitação com o objetivo de contratar empresa para a realização do carnaval popular nesta cidade do Centro do Estado. A decisão foi tomada após receber recomendação do Ministério Público (MP), através da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Quixadá.

Na Nota o gestor municipal reafirma que o Carnaval Popular 2017 foi planejado e está em conformidade com a capacidade financeira, a Lei Orçamentária e o Plano Plurianual do Município, sem prejuízo a nenhum serviço essencial e ressalta que a não realização d evento traz prejuízo de cunho cultural, turístico e econômico para a cidade, como também quebra com o ciclo de revitalização e estratégia de desenvolvimento pautada no fortalecimento do comércio e turismo local.

A previsão de gasto com a festa pública era de R$ 168.949,90. A licitação seria realizada na próxima segunda-feira (22). Na recomendação o representante do MP, Marcelo Cochrane, justifica ter levado em consideração o fato de o Município estar passando por sérias dificuldades financeiras, chegando, inclusive, a declarar situação de calamidade financeira, a editar decretos que tratam sobre a adoção de medidas para reduzir as despesas nos órgãos e entidades da gestão e a anular concurso público.

O Ministério Público não é contra a realização de festas de carnaval pelo Poder Público, desde que este se encontre em uma situação financeira confortável e que o gasto com a promoção do evento não possa impactar na prestação de serviços públicos essenciais. Diante de todos os fatos referentes à situação financeira de Quixadá, não parecia nada razoável o dispêndio de R$ 168.949,90 com festas custeadas com os escassos recursos públicos”, afirma Marcelo Cochrane.

Municípios em Emergência 

Quixadá foi um dos 11 municípios do Ceará a decretar emergência financeira e administrativa, e o único até então, a cancelar despesas com o carnaval. O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) havia orientado os prefeitos a demonstrarem não haver comprometimento do equilíbrio financeiro, sob risco de serem prejudicados na análise das suas contas.

Veja a reportagem completa no Diário do Nordeste > 11 municípios em emergência licitam Carnaval

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

09:00 · 17.02.2017 / atualizado às 09:48 · 17.02.2017 por

Canindé
Os prefeitos de Canindé e Caridade, juntamente com representantes da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), ainda da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), do Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar) e comunidades organizadas nestes dois municípios pretendem definir nesta sexta-feira (17) um plano de combate ao desperdício de água da adutora que liga o açude General Sampaio, neste município, às duas cidades.

A adutora de engate rápido, com 53Km de extensão, começou a funcionar em dezembro de 2014. Dois anos depois passou a apresentar uma série de vazamentos, prejudicando o bombeamento para Caridade e Canindé, além de causar desperdício de água. Para agravar ainda mais o problema o açude General Sampaio está com apenas 1,71% do volume, equivalente a 549 milhões de metros cúbicos.

Uma das articuladoras da operação, a prefeita de Canindé, Rozario Ximenes, já havia organizado uma reunião com o grupo no início da semana. Na oportunidade, a qualidade dos tubos utilizados na adutora de engate rápido foi questionada. Entretanto, como a empreiteira não tem mais responsabilidade sobre a obra, uma das sugestões foi criar um consócio para administrar a adutora. A ideia partiu do ex-prefeito de Caridade, Júnior Tavares.

No encontro, na avaliação do técnico da Cogerh, José de Arimateia, o grande gargalo, são os bolsões de água criados dentro da canalização da adutora. No distrito de São Domingos, em Caridade, foram instalados seis motores para o bombeamento da água. Hoje, apenas dois deles estão funcionando. O SAAE de Canindé utiliza 85% das águas do General Sampaio, beneficiando 46 mil moradores; a Cagece 10%, em Caridade, atendendo 11,5 mil consumidores, e o Sisar 5%.

Embora seja a cidade mais beneficiado Canindé arca com a maior parte das despesas para abastecimento da sua população. ‘’Ou se aprende a trabalhar juntos, ou não iremos a lugar nenhum. A seca é uma responsabilidade de todo nordestino. Compramos água de R$ 40,00 e depois de tratada vendemos por R$ 18,00, isso é impossível de acreditar, mas existe em Canindé” disse o chefe do SAAE, Francisco de Sousa Rocha.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161

06:30 · 16.02.2017 / atualizado às 06:30 · 16.02.2017 por

Quixadá
A Praça José de Barros, no Centro de Quixadá, voltará a ser palco do carnaval popular desta cidade do Sertão Central. A festa é uma marca do prefeito Ilário Marques, reeleito no último pleito eleitoral. O investimento previsto é de até R$ 168 mil com atrações nas quatro noites. Apesar de o município ter decretado Estado de Calamidade Financeira, o evento gera emprego e propicia dividendos para a cidade. No ano passado não foi realizado carnaval na praça.

Logo após reassumir o cargo de chefe do executivo Ilário Marques decretou Estado de Calamidade Financeira. Nos levantamentos constatou uma dívida de R$ 40 milhões, o equivalente a 65% do orçamento anual do Município. A cifra milionária foi destinada em 2016 ao pagamento do funcionalismo público, ainda gastos com gratificações e horas extras, agravando a situação financeira de Quixadá.

As razões que levaram a gestão municipal a determinar situação de calamidade financeira são de natureza pragmática, contábil e financeira. Principalmente na gestão com pessoal e dívidas consolidadas. Seu fundamento está na busca de que o município volte à situação de regularidade junto a lei de responsabilidade fiscal. A emergência se dá pela condição administrativa do município, onde serviços básicos não estavam funcionando e era condicionante decretar emergência e retomar os serviços essenciais como limpeza, saúde e educação, outrora abandonados”, justificou o prefeito.

Quanto ao carnaval, Quixadá é uma cidade com valor turístico gigantesco, reconhecida internacionalmente por esse perfil. A festa está prevista na lei orçamentária e no plano plurianual. “Mesmo na situação de crise, realizada de forma modesta, austera e responsável a iniciativa passa a ser um investimento que potencializa a característica natural para o turismo e o perfil de cidade de comércio e serviços“, acrescentou Ilário Marques.

Veja a reportagem no Diário do Nordeste > 11 municípios em emergência licitam Carnaval

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161