Categoria: Política


08:30 · 10.10.2018 / atualizado às 08:35 · 10.10.2018 por

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma) de Quixadá realizará nesta quinta-feira (11) Audiência Pública com o objetivo de discutir a atualização do Plano Diretor Municipal (PDM), criado no ano 2000. De acordo com divulgação feita pela prefeitura, o primeiro encontro com a sociedade está marcado para às 8h no auditório da Faculdade Cisne.

Segundo o prefeito em exercício, João Paulo Furtado, na Audiência, deverão ser apresentadas as primeiras propostas e a definição da metodologia do processo de elaboração e finalização do novo PDM.

Além da equipe administrativa do Município e dos vereadores, lideranças comunitárias e representantes da sociedade são aguardados. Poderão conhecer e discutir a importância desse instrumento de planejamento urbano. O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Horizonte, Dário Rodrigues e o gerente da Caixa Econômica Federal de Quixadá, Luis Dorival abordarão o tema para o público.

Audiência Pública
Plano Diretor Municipal
Dia 11 de outubro – 8h
Auditório Faculdade Cisne

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

09:15 · 08.10.2018 / atualizado às 09:15 · 08.10.2018 por
Osmar Baquit aguardou na fila o seu momento de votar. Estava otimista. Foi reeleito.

Os deputados estaduais Osmar Baquit (PDT) e Rachel Marques (PT), ainda o deputado federal Odorico Monteiro (PSB), exercendo cargos no Poder Legislativo, votaram em Quixadá. Aliados políticos, Osmar e Rachel, foram às urnas no Balneário Cedro Clube, no Centro da cidade. Candidato à reeleição, Osmar Baquit foi pela manhã, sozinho. Aguardou na fila por mais de meia hora. Acreditando no trabalho feito nestes quatro anos, estava otimista quanto ao resultado das urnas. Foi reeleito.

A deputada Rachel Marques preferiu ir ao Balneário no período da tarde. Não precisou aguardar. A maioria dos eleitores já havia votado. Ela enfrentava um desafio maior nas urnas. Aspirava um assento na Câmara Federal. Entretanto, ficou feliz com o retorno do filho Victor Marques à sua terra natal. Ele estava em São Paulo. Retornou para dar apoio à mãe. Ela conquistou 44.080. Está na suplência da sua coligação.

Rachel Marques ficou feliz com o retorno do filho Victor Marques, para acompanha-la às urnas.

Odorico Monteiro votou no fim da manhã na Faculdade de Educação Ciências e Letras do Sertão Central (Feclesc). Ele foi às urnas acompanhado do prefeito em exercício, João Paulo Furtado, e de outra liderança política na região, o médico Ricardo Silveira, atualmente superintendente da Funasa. Também médico, Odorico recebeu 77.308 votos. Mesmo assim ficou na suplência, em razão da sua coligação.

Odorico votou em Quixadá, na Feclesc, acompanhado de amigos correligionários.

Diário Sertão Central. Participe pelo telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 08.10.2018 / atualizado às 07:00 · 08.10.2018 por
Neste primeiro turno muitos eleitores precisaram ter paciência para votar em Quixadá.

Os números são do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Dos 53.420 eleitores cadastrados 12.627 não votaram neste primeiro turno das eleições em Quixadá. O Cartório Eleitoral da 6ª Zona, sediado neste Município informou que 9.627 títulos foram inabilitados porque os titulares não realizaram o recadastramento biométrico. O restante, 3 mil, não compareceu às seções. Foram disponibilizadas 203 urnas eletrônicas.

Dessa vez, boa parte dos eleitores reclamou da demora nas filas, em algumas delas aproximadamente uma hora. Quem deixou para cumprir a obrigação eleitoral no fim da tarde, para evitar o sol quente e o calor de mais de 35°C, também precisou ter paciência. O principal motivo da demora era o número de opções a votar, seis. Por outro lado, a identificação biométrica tornou o processo mais rápido. Era apertar o polegar no leitor e ir para a urna.

Ainda na região da 6ª Zona Eleitoral, a qual atende também os municípios de Banabuiú, Choró e Ibaretama, nenhuma urna apresentou problema grave. Foram detectadas apenas a falta de energia elétrica em dois locais de votação, na localidade de Alívio dos Cancões, distrito de Cipó dos Anjos e Alto Alegre, em São João dos Queiroz, ambas na zona rural de Quixadá. Nenhuma urna foi impugnada.

Não houve demora na entrega das urnas eletrônicas no Cartório Eleitoral da 6ª Zona.
O processo de apuração em Quixadá foi rápido em Quixadá. Às 21h estava concluído.

Quanto a crimes eleitorais, foram detectados apenas “derrame” de santinhos nas entradas de alguns locais de votação. Os autores não foram identificados. Um Oficial de Justiça aposentado foi detido. Ele é natural do Pará. Estava de passagem em Quixadá. Queria votar. O presidente da seção autorizou, mas houve insistência. Ele queria que a esposa votasse também. Houve discussão, a Polícia Militar foi acionada. O caso foi parar na delegacia regional da Polícia Civil.

Com a liberação das camisetas com propaganda, alguns eleitores improvisaram quando foram às urnas.
Teve eleitor que preferiu “carregar o candidato nas costas”.

Diário Sertão Central. Participe pelo telefone e whats app (85) 9 8755 0154

22:30 · 30.09.2018 / atualizado às 08:25 · 01.10.2018 por
O sentimento maior dos apoiadores de Jair Bolsonaro na motocarreata em Quixadá foi de patriotismo.

Uma dia após a realização de manifestações em cidades de todo o Estado contra o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), seus apoiadores promoveram uma motocarreata pelas ruas de Quixadá. De acordo com os organizadores do movimento, aproximadamente três mil motocicletas, automóveis e caminhonetes e mais de quatro mil pessoas participaram da manifestação, iniciada no fim da tarde deste domingo (30), encerrada na Praça José de Barros, no Centro da cidade, com Hino Nacional e Pai Nosso.

> Apoiadores de Bolsonaro fazem carreatas em Fortaleza

Esse era o sentimento de quem seguia o cortejo político e de muitos simpatizantes, aguardando nas esquinas a passagem dos manifestantes, boa parte deles enrolados, abraçados ou exibindo a bandeira do Brasil. O patriotismo e os valores familiares eram lembrados por quem resolveu sair de casa para apoiar o ato, espontâneo, sem a participação de nenhuma liderança política partidária. “Esse é o nosso sentimento. Resolvemos levá-lo às ruas em apoio a Bolsonaro. Ao mesmo tempo mostrar que não é o monstro que andam pintando“, comentou um dos líderes da manifestação, o estudante Marcelo Augusto Holanda.

Com bom humor e criatividade apoiadores do “Mito” percorreram as ruas de Quixadá.

No percurso era possível ver muitos adolescentes e crianças. Acompanhavam os pais, os quais justificavam o apoio ao candidato presidenciável, considerado radical, em protesto contra a reversão de valores, a violência e a corrupção, bandeiras da campanha do “Mito“, como também é tratado por seus admiradores. “Quando uma mãe sai de dentro da sua casa para abraçar uma causa dessas, é porque alguma coisa está errada. Esse é o nosso alerta para essas dezenas de políticos a tempos no poder“, desabafou a comerciária Maria Lúcia Martins.

Nas redes sociais surgiram comentários de que os organizadores da manifestação estavam distribuindo gasolina para os participantes. A equipe organizadora desmentiu a informação acrescentando que todos aderiram por livre e espontânea vontade, sem cobranças. Apenas alguns poucos militantes de candidatos às eleições se enturmaram no ato de apoio, mas como era uma ação democrática, todos puderam participar, inclusive opositores.

#Ele Não

No sábado (29), no Centro do Estado, o movimento #Ele Não realizou atos em Quixadá, Ibaretama, Solonópole, Senador Pompeu e Milhã. Apesar de números menores de participantes, na maioria mulheres, as manifestações contra Jair Bolsonaro também foram espontâneas, sem a participação de políticos. Também diziam não ao racismo, à homofobia, à xenofobia e ao fascismo.

Em Milhã, mais de mil pessoas participaram de caminhada pelo Centro da cidade. Foto VCrepórter

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 27.09.2018 / atualizado às 12:40 · 27.09.2018 por
O quarto de Castelo Branco no Museu de Quixadá foi escolhido pelos acadêmicos de História para receber a intervenção especial contra regimes autoritários.

Fascismo, nazismo, ditadura, esses grandes tormentos da história moderna serão o foco de uma intervenção socioeducativa promovida no Museu Histórico Jacinto de Sousa, em Quixadá. O movimento é articulado por acadêmicos do curso de História Contemporânea II, da Faculdade de Educação Ciências e Letras do Sertão (Feclesc), um campus da Universidade Estadual do Ceará (UECE) nesta cidade do Interior do Estado. Eles integram o Grupo de Estudos: História Política.

De acordo com o professor Janilson Rodrigues, do curso de História da UECE/Feclesc, a proposta surgiu com a abordagem da obra literária do escritor Umberto Eco, O Fascismo Eterno. Os acadêmicos resolveram discutir o fascismo italiano e o nazismo alemão, como formas de autoritarismo. A partir dos debates surgiu a proposta de reflexão com a sociedade, incluindo as questões de gênero e diversidade.

A intervenção, que recebe o título “Máscaras Fascistas – Nosso dever é desmascará-los“, está programada para às 9h. O local escolhido no Museu Histórico Municipal foi o quarto do ex-presidente da Republica, o general Humberto de Alencar Castelo Branco, primeiro governante do Brasil na época da Ditadura Militar e também um dos articuladores do golpe de 1964.

De acordo com os organizadores, o movimento conta com o apoio do Grupo de Estudos e Pesquisas em Patrimônio Memória e Escrita da História (GEPMEH), Museu Histórico Jacinto de Sousa, Universidade Estadual do Ceará, Feclesc e Governo do Ceará. A intervenção é aberta ao público.

Intervenção Máscaras Fascistas
Dia 28 de setembro – 9h
Museu Histórico Jacinto de Sousa
Quixadá

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 26.09.2018 / atualizado às 07:05 · 26.09.2018 por

O procurador chefe do Ministério Público do Trabalho no Ceara, Francisco José Parente Vasconcelos Júnior, notificou o prefeito interino de Quixadá, João Paulo de Menezes Furtado, para audiência neste quarta-feira (26) na sede da Procuradoria Regional do Trabalho, em Fortaleza.

De acordo com documento do do MP do Trabalho, o ato tem como objetivo uma ação de mediação entre o Município, a empresa FD Empreendimento e o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do estado do Ceará. O motivo é os atraso salariais de funcionários terceirizados.

A iniciativa foi tomada pelo Sindicato dos Empregados após a prefeitura atrasar o pagamento dos salários de parte dos contratados para prestação de serviços em vários órgãos do Município.

A administração municipal justificou os atrasos em razão de estar atendendo recomendação do Ministério Público do Ceará, para averiguação da existência de possíveis funcionáriosfantasmas” na sua folha de pagamento. Com a conclusão dos levantamentos os pagamentos serão regularizados.

Afastamento de prefeito

Eleito pelo voto popular, o prefeito Ilário Marques foi afastado do cargo no dia 16 de agosto passado, por decisão cautelar do desembargador Francisco Lincon Araújo e Silva, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), com culminância na Operação “Fiel da Balança”, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

> Prefeito e três auxiliares são afastados

A assessoria de Ilário Marques informou que ele ingressou com ação cautelar em instância superior. Aguarda decisão judicial. Pretende retornar ao cargo o mais breve possível. Mais detalhes não foram informados.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 22.09.2018 / atualizado às 06:30 · 23.09.2018 por
Durante a caminhada da sua campanha à reeleição em Quixeramobim, Camilo Santana fez centenas de selfies.

Se dependesse somente das selfies, o governador Camilo Santana já estaria reeleito“, foi a observação de um amigo próximo, correligionário, durante a caminhada realizada no início a noite desta sexta-feira (21) pelas ruas de Quixeramobim. Apesar do atraso de uma hora ao local de encontro com políticos da região, candidatos aliados e militantes demonstraram disposição no percurso de aproximadamente um quilometro.

Camilo Santana atendeu a todos que se aproximavam para registros dos auto-retratos nos celulares. Nos registros fotográficos, o senador Eunício Oliveira, o deputado federal José Guimarães e o prefeito de Quixeramobim, Clébio Pavone, apareciam também.

O prefeito em exercício em Quixadá, João Paulo Furtado, e o superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ricardo Silveira, seguiram da cidade vizinha ao encontro. Deputados de partidos coligados, candidatos à reeleição, também. Bruno Pedrosa (PP), Tomaz Holanda (PPS) e George Valentim (PC do B), estavam acompanhados de militantes.  Novos candidatos ao Poder Legislativo, como AJ Albuquerque (PP) e Tadeu Alencar (PPS) também participaram da festa eleitoral.

Outros aliados, como a deputada estadual Rachel Marques (PT), esposa de Ilário Marques (PT), afastado da prefeitura de Quixadá por determinação da Justiça, do deputado federal Odorico Monteiro (PSB), também participaram da caminhada, do bairro Monteiro de Morais à CE-060, onde Camilo se despediu da multidão.

Sobre o apoio ao correligionário Fernando Haddad (PT) e ao aliado Ciro Gomes (PDT), faltando 15 dias para as eleições, Camilo respondeu ser um privilégio fazer parte de uma grande coligação com dois candidatos à Presidência. Ciro, e nem o irmão, Cid, candidato ao Senado, participaram do encontro com as lideranças políticas da região em Quixeramobim.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 07.09.2018 / atualizado às 07:20 · 07.09.2018 por
Este ano, no Dia da Independência, os aprovados no concurso público de Quixadá pretendem realizar um buzinaço na cidade.

Os aprovados no concurso público realizado em 2016 pela prefeitura de Quixadá pretendem desfilar pelas ruas da cidade na tarde desta sexta-feira (7), Dia da Independência. Será o “Buzinaço da Vitória“, em comemoração ao reconhecimento oficial do processo seletivo, através de Decreto assinado na última segunda-feira (3) pelo prefeito em exercício, João Paulo Furtado, por determinação da Justiça.

> Concurso público realizado em 2016 é homologado pela prefeitura de Quixadá

De acordo com os organizadores do movimento, a carreata tem início programado para as 16h. A concentração será no Polo de Lazer Lago dos Monólitos, também conhecido como Açude do Eurípedes. Além dos concursados, familiares e amigos deverão participar da manifestação. O público também está convidado. “Estamos completando dois anos de espera. Quando ocorre algo assim precisamos comemorar“, comentou um aprovado solicitando para não ter o seu nome revelado.

O advogado Gladson Alves do Nascimento, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na secção do Sertão Central à época do concurso, destacou o papel da sua entidade e do Ministério Público no processo que culminou com a homologação. Foi travada uma “batalha judicial” com o gestor do Município recentemente afastado do cargo, Ilário Marques. Quando assumiu a prefeitura, após a realização do concurso, ele questionou a legitimidade do certame.

Buzinaço da Vitória
Dia 7 de setembro – 16h
Polo de Lazer Lago dos Monólitos

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 06.09.2018 / atualizado às 20:45 · 06.09.2018 por
Em apoio ao MPCE a Polícia Civil cumpriu 14 mandados de busca em Aracoiaba. Foto > VCrepórter

Um dia após  o prefeito de Aracoiaba, Antonio Cláudio Pinheiro ser substituído do cargo pela presidente da Câmara Municipal, Conceição Pinheiro, equipes do Ministério Público do Ceará (MPCE), com o apoio da Polícia Civil, realizaram mais uma operação na cidade. Os alvos foram a administração municipal, incluindo secretários e e auxiliares diretos. O gestor do Município teve o mandado cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Haverá nova eleição na cidade. Nesta manhã, recebeu da Justiça do Estado, ordem de afastamento.

> TRE cassa prefeito de Aracoiaba e manda fazer nova eleição no Município

Acerca da ação denominada Operação Abre Alas, de acordo com o MPCE, foi realizada pela Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), do Núcleo de Investigação Criminal (NUINC) e outros promotores de Justiça. Vários documentos foram apreendidos. Foram cumpridos 14 mandados de busca pessoal e domiciliar, em Aracoiaba, Fortaleza e Região Metropolitana.

Ainda foram realizadas busca pessoal e apreensão em órgãos públicos e nas residências de todos os investigados, inclusive na casa da ex-vice-prefeita, Maria Valmira Silva de Oliveira, bem como nas residências dos sócios das empresas Ordnas Centro de Negócios Comerciais e Serviços Eirieli e Dourado e Brito Construções, Comércio e Serviços Eirieli-ME.

Na operação foram apreendidas dezenas de documentos. Foto > MPCE

A Operação Abre Alas culminou ainda no afastamento do então gestor do Município, pesando conta ele irregularidades em contratos milionários para a promoção dos festejos do Carnaval de 2016. Também foram afastados os secretários de Finanças e irmão do prefeito, Francisco de Assis Pinheiro; do Meio Ambiente e Urbanismo, Alexandre de Oliveira Rezende e o secretário de Educação e ex-secretário de Cultura do Município, Francisco Emílio Campelo Freitas. Também foi solicitada a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos investigados.

 De acordo com o MPCE, nas investigações, além de comprovadas irregularidades em procedimentos licitatórios para a cessão de uso de bem público do Município, na praça de eventos para a organização das festividades carnavalescas foram encontrados indícios de vícios em outros contratos de obras, coleta de lixo e no fornecimento de merenda escolar.
 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 04.09.2018 / atualizado às 00:05 · 04.09.2018 por
Um grande número de concursados aprovados seguiu à prefeitura para confirmaram a homologação do concurso.

Dez dias após o juiz Adriano Ribeiro Furtado Barbosa, respondendo pela 3ª Vara da Comarca de Quixadá,determinar a  homologação do concurso público realizado em 2016 para a efetivação de 754 servidores na administração municipal, o prefeito em exercício, João Paulo Menezes Furtado, atendeu a ordem judicial no fim desta tarde no Centro Administrativo da prefeitura. O magistrado também proibiu a contratação temporária de cargos para o exercício de atribuições contempladas na referida seleção.

Ao saberem da notícia muitos concursados correram para o prédio municipal e se concentram diante do gabinete do prefeito. Eles só ficaram aliviados quando viram o Decreto, sob o Nº 21, datado deste dia 3, assinado pelo gestor em exercício e exibido por ele. Ao sair do gabinete João Paulo cumprimentou alguns concursados aprovados, mas não informou se e quando as convocações para os cargos ocorrerão.

Todavia, na sentença, proferida pelo magistrado da Comarca local ficou ressaltada a impossibilidade de convocação dos aprovados nesse momento. “Frise-se que o concurso público discutido nem sequer se encontra homologado pela administração, o que implica a impossibilidade momentânea da convocação dos candidatos aprovados no certame, havendo clara necessidade da manutenção da mão de obra até então existente, ainda que após a homologação do concurso seja prudente e eficiente a nomeação dos classificados em reposição aos temporários”, havia afirmado o juiz.

Entretanto, os concursados esperam contratação imediata. Eles afirmam terem participado de uma seleção justa para exercerem aos cargos públicos no Município. Consideraram injusta a disputa entre grupos políticos adversário na qual acabaram sendo prejudicados. O clima com  confirmação da homologação do concurso era de festa.

Disputa judicial

No fim de setembro de 2017 o desembargador Francisco de Assis Filgueira Mendes, do TJCE, negou pedido do MPCE,  para rever decisão do Tribunal que suspendeu a obrigatoriedade da homologação do concurso público de 2016. Os concursados aprovados lutaram pela sua efetivação, mas a gestão municipal sucessora ao período do concurso afirmou ter encontrado irregularidades no certame seletivo.

Os concursados ingressaram com recurso na Justiça. A esperança pela nomeação aumentou quando o vice-prefeito João Paulo Furtado assumiu interinamente o Município, com o afastamento do prefeito Ilário Marques por determinação do TJCE. Parte dos aprovados foi à solenidade de posse. Lotaram o plenário da Câmara Municipal chamando a atenção do novo gestor. Ele se prontificou a conversar com o grupo.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Blog da editoria Regional, do Diário do Nordeste, sobre os municípios da região Sertão Central, do Ceará.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags