Diário do Nordeste

Desculpe-nos o transtorno. O Diário do Nordeste voltará em breve, mas enquanto não voltamos, acompanhe os principais acontecimentos em nossas Redes Sociais.

Categoria: Religião


07:00 · 27.12.2019 / atualizado às 07:15 · 27.12.2019 por
Os mini presépios estarão à mostra no espaço cultural da Fundação Santa Terezinha até o dia 6 de janeiro. Fotos > Divulgação

A Fundação Santa Terezinha está expondo até o dia 6 de janeiro, no seu espaço cultural, na Estação Ferroviária de Senador Pompeu, uma Mostra de Presépios Natalinos. O público vai poder apreciar de terça a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 18h às 20h30 mini presépios confeccionados com vários produtos, como barro. resina, madeira e cabaça e até banhados a ouro. A exposição, com peças inclusive de outros países, Peru e Itália, integra a programação dos Anúncios de Luz: Revivendo as Tradições Populares Natalinas, iniciada no dia 18 passado.

Hoje (27), às 19h, um cortejo cultural partirá da Igreja Matriz até a quadra de eventos da Fundação Santa Terezinha, onde o Grupo Trilhos Musicais, de Senador Pompeu, o Coral Vozes de Belém e o Pastoril A Caminho de Belém, ambos de Canindé se apresentarão ao público, a partir das 20h. A noitada cultural será encerrada pelo Reisado de Caretas Boi Coração, de Quixadá, informaram os organizadores.

Para amanhã (28), no mesmo local, estão programadas a Mostra Gastronômica Natalina  e as apresentações do Grupo Trilhos Musicais, do Reisado de Caretas de São Joaquim do Mestre João André e o Auto de Natal do Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão, todos de Senador Pompeu e encerrando a segunda noite dos Anúncios de Luz, o Boi Discípulos do Mestre Piauí, de Quixeramobim, se apresentará ao público.

A garantia de continuidade das ações culturais, privilegiam as manifestações tradicionais populares em nossa região e é de suma importância para a elevação da autoestima do povo senadorense, para o fortalecimento de uma identidade regional no Sertão Central cearense através da valorização e promoção dos artistas populares locais”, ressalta a presidente da Fundação, Terezinha Matos.

Na programação dos Anúncios de Luz há ainda a Oficina de Decoração Natalina e a exibição de filmes do gênero no Cine Estação, acrescenta o coordenador das ações culturais, Glauber Matos, ressaltando que “o hábito cultural é cultivado pelas oportunidades contínuas de eventos culturais qualificados e a facilitação de acesso aos bens culturais pela população, tecendo assim e afirmando um fazer cultural“.

O público também pode participar das atividades promovidas pela Fundação Santa Terezinha,a Oficina de Decoração Natalina é uma delas.

O projeto foi contemplado no XVI Edital Ceará Ciclo Natalino 2019 da Secretaria Estadual da Cultura do Ceará (Secult) e conta também com apoio e parcerias de empresários de Senador Pompeu.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

11:00 · 25.12.2019 / atualizado às 10:55 · 25.12.2019 por
Em Canindé, milhares de fiéis participaram da Missa do Natal do Senhor na Praça dos Romeiros, transmitida pela Internet. Foto > Reprodução

As paróquias da Igreja Católica nas cidades do Sertão Central celebraram o nascimento do Menino Jesus de forma especial. A tradicional Missa do Galo não foi celebrada. Os párocos preferiram reunir os fieis antes da comemoração da ceia do Natal, para, além de poderem comemorar juntos à meia-noite com suas famílias, poderem assistir pela televisão a celebração e a mensagem do Papa Francisco.

Em Canindé, na Praça dos Romeiros, a paróquia de São Francisco das Chagas realizou a Missa do Natal com a participação de um presépio vivo anunciando o nascimento de Jesus Cristo, com celebração presidida pelo frei Jonaldo Adelino. O ato religioso, iniciado às 22h, foi transmitido pela internet. Mesmo assim a Praça lotou. Muitos católicos queriam participar do nascimento simbólico do filho de Deus.

Um presépio vivo participou da Missa do Natal do Senhor em Canindé, encenando o nascimento de Jesus Cristo. Foto > Reprodução

Na terra de Santo Antônio, Quixeramobim, a celebração da chegada do Menino Jesus ocorreu na Igreja Matriz, também à noite, mas horas antes um grupo de católicos resolveu fazer uma homenagem ao pároco José Carlos Olivindo, na véspera do Natal ele completa aniversário de nascimento. O aniversariante foi surpreendido com os parabéns na porta da residência paroquial.

O pároco José Carlos Olivindo recebeu a imagem de Jesus recém nascido das mãos de uma criança. Foto > Pascom Quixeramobim
O momento de confraternização foi comemorado pela equipe da Paróquia de Santo Antônio. Foto> Pascom Quixeramobim
Horas antes padre Olivindo foi surpreendido com uma festa surpresa de aniversário. Foto > Pascom Quixeramobim

Noutra cidade da região, Choró, na Paróquia de São Sebastião, o Coral Anjos de Luz fez apresentação especial no V Recital de Natal. Os fiéis também visitaram o presépio montado dentro da igreja, com a participação de muitas mãos. Os fiéis da cidade se orgulham de ter sido o único montado na região. Não querem que essa tradição seja esquecida.

O presépio de imagens montado na igreja da Paróquia de São Sebastião, em Choró, poderá ser visitado até o Dia de Reis, 6 de janeiro. Foto > Frei Jonathas Rodrigues

Nas comunidades rurais de Custódio e Juatama, em Quixadá, também houve celebração da missa do nascimento de Jesus. Na paróquia de São Francisco de Assis, na cidade, houve Vigília do Natal, acompanhada de uma cantata, e hoje (25) tem Missa do Natal e Festa das Famílias, a partir das 18h30.

Em Juatama os fiéis lotaram a igreja católica da comunidade para participarem da celebração do nascimento do Menino Jesus. Foto > Pascom Juatama
Na igreja da localidade de Custódio um bebê representou o Menino Jesus na celebração do Natal. Foto > Pascom Custódio

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 14.12.2019 / atualizado às 06:30 · 14.12.2019 por
Aproximadamente 200 competidores se inscreveram para a V Corrida Natal FelizCidade em Canindé. A largada acontece diante da Basílica de São Francisco. Foto > Fernando Mesquita

Pelo quinto ano consecutivo uma competição especial, a Corrida Natal FelizCidade Franciscana, promovida pelo Santuário Paróquia de São Francisco das Chagas de Canindé, será realizada neste domingo (15) nesta cidade religiosa cearense. De acordo com os organizadores, a competição integra o calendário de eventos natalinos de Canindé.

A prova contará com três categorias: 2,5 km, 5 km e 10 km. Aproximadamente 200 atletas do Município, de cidades vizinhas como Maranguape, Pentecoste, Santa Quitéria e Quixeramobim, também de Fortaleza, se concentrarão a partir das 18h30 na Praça da Basílica para a largada da corrida, programada para às 19h.

A rota da corrida que se inicia na Basílica de São Francisco, no Centro da cidade, segue pelas ruas Gervásio Martins e Joaquim Magalhães, Av. São Francisco (à direita). O ponto de retorno para os participantes da categoria Caminhada, de 2,5 km, acontece em frente do Colégio Estadual Paulo Sarasate.

Nas categorias 5 km e 10 km os atletas continuam o trajeto pela Av. São Francisco e devem realizar o retorno próximo a AABB, onde será instalado um ponto de cronometragem. O retorno para o ponto final acontece pela mesma avenida, à esquerda, depois passa novamente pela Av. Joaquim Magalhães, entra na rua Gervásio Martins, de acesso ao ponto de chegada, aa Basílica.

Ainda de acordo com a organização da Corrida Natal FelizCidaded os corredores participantes da categoria 10 km, deverão realizar duas voltas no percurso oficial.

O itinerário da prova conta com dois pontos de hidratação. O primeiro na estátua da Praça Dr. Aramis e o segundo na Av. São Francisco.

Premiação

Os três primeiros colocados na categoria geral Masculino e Feminino dos trajetos de 5km e 10km serão premiados com troféu e dinheiro.

O Prêmio de Melhor Canindeense classificado também será entregue nas duas categorias. Todos os participantes que cruzarem a linha de chegada de forma legal, regularmente inscritos receberão medalhas de participação.

V Corrida Natal FelizCidade
Dia 15 de dezembro – 18h30
Praça da Basílica de São Francisco
Canindé – Ceará

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 13.12.2019 / atualizado às 06:45 · 13.12.2019 por
O grupo musical Missionário Shalom será uma das atrações do 5º Festival Adoremos em Quixeramobim. Fotos > Divulgação

Missionário Shalom, Mistério Kenosis, Naldo José e Forró In Deus serão as atrações musicais deste ano do Festival Adoremos – a Noite Feliz, que chega a sua quinta edição na sede da Comunidade Mariana Boa Semente, no bairro Betânia, em Quixeramobim.

De acordo com os organizadores o Festival Adoremos será realizado no dia 28, como acontece todos os anos, na oitava do Natal. O início está programado para as 17h, com a recitação do terço, seguida da missa campal celebrada pelo bispo Evaldo Carvalho, da diocese de Viana, no Maranhão.

Dom Evaldo Carvalho, da diocese de Viana (MA) celebrará a missa campal do Adoremos.

Em Quixeramobim será disponibilizado transporte gratuito que passará pelos bairros a partir das 16h. A entrada é gratuita, com a contribuição de 1kg de alimento não perecível. Os donativos arrecadados serão doados a famílias carentes.

5º Festival Adoremos
Dia 28 de dezembro – 17h
Comunidade Mariana Boa  Semente
Bairro Betânia – Quixeramobim

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 05.12.2019 / atualizado às 09:05 · 05.12.2019 por
O Santuário e Paróquia de São Francisco das Chagas, em Canindé, abre na sexta-feira (6) a sua programação natalina. Foto > Alex Pimentel

O Santuário e Paróquia de São Francisco das Chagas, inicia nesta sexta-feira (6) a sua programação natalina em Canindé. O lançamento, do Natal FelizCidade Franciscana, que este ano tem como tema “Acolhamos Jesus que nasceu no caminho para nos fazer o bem !”, está programado para às 19h, na Praça da Basílica, no Centro da cidade.

No sábado (7), o grupo cultural Xique-Xique Canindé, realizará a sua primeira apresentação de reisado do ciclo natalino. Os folcloristas se apresentam novamente ao público nos dias 14, 22 e 28, sempre às 19h, na Praça da Basílica e nos dias 16, 17, 19 e 20 os bairros e comunidades da paróquia recebem novenas natalinas e os Seresteiros do Menino Jesus.

Além dos momentos culturais e religiosos duas atividades esportivas complementam a programação. Uma delas é a V Corrida de Natal, programada para o dia 15 e a outra, um passeio ciclístico, o IV Pedalando para o Menino Jesus, no dia 18. A concentração dos dois eventos será na Praça da Basílica, com largadas às 19h.

Ainda de acordo com o Santuário e Paróquia, o ponto alto da festividade na cidade será Missa Solene do Natal do Senhor, celebrada no dia 24, na Praça dos Romeiros, às 22h. Para recepcionar os romeiros a partir das 19h acontece a III Cantata de Natal, também na Praça dos Romeiros.

No dia 25, a Missa do Natal será realizada na Quadra da Gruta, ao lado da Basílica, em vários horários.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 26.11.2019 / atualizado às 07:35 · 26.11.2019 por
Prefeitura de Quixadá pretende remover antenas instaladas irregularmente na Pedra do Cruzeiro. Fotos > Alex Pimentel

A Pedra do Cruzeiro, um gigantesco monólito no Centro de Quixadá, atração turística da cidade onde foi erguida uma cruz de concreto, em junho de 1934, anos depois rodeada de mais de uma dezena de antenas, vai ser revitalizada, informou o secretário de Turismo do Município, Pedro Baquit.

Nesta primeira etapa, a prefeitura está notificando as empresas responsáveis pelas antenas instaladas irregularmente no local, para no prazo de 30 dias tratarem da remoção e a instalação desses equipamentos em outro lugar. Caso não atendam a própria prefeitura realizará a retirada e apreensão dos equipamentos após comunicação à Justiça“, explicou Baquit.

Segundo o secretário, a intenção é reordenar o monumento natural, também devolver à história o verdadeiro e autêntico ponto turístico, símbolo da cidade, o cruzeiro,  símbolo da fé, e que com cuidados e investimentos previstos, fomentará ainda mais o turismo no Município.

A Pedra do Cruzeiro tem 190 metros de altura acima do nível do mar. Do seu topo é possível ver toda a cidade.
Erguido no topo do monólito, o cruzeiro de concreto divide espaço com as antenas.

Entretanto, existe a preocupação de a prefeitura cooperar com as empresas, para que tenham tempo hábil para garantir a continuidade dos seus serviços à população.

A prefeitura pretende nos próximos dias dar mais detalhes sobre o projeto a ser realizado no topo da Pedra do Cruzeiro.

A instalação de antenas na Pedra do Cruzeiro é regulada pela Lei 2.183, de 02 dezembro de 2004. O artigo 11 determina: “As estações de VHF, FM, TV, ERBS, MINI-ERBS e Micro-células ou equipamentos afins, que estiverem instalados em desconformidade com os limites de exposição citados no artigo 7° e demais termos desta lei, deverão adequar-se a mesma no prazo de 180 dias, contados da data de sua publicação em especial os equipamentos instalados no topo da pedra do cruzeiro que deverão, obrigatoriamente ser retirados e instalados em locais próprios.”

Atualmente, o local não tem segurança. Os equipamentos instalados por operadoras de telefonia celular, de internet, emissoras de rádio e de televisão, são constantemente furtados. Também não há iluminação e só não existe sujeira porque um mutirão voluntário foi realizado recentemente em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma) do Município.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

15:00 · 18.11.2019 / atualizado às 22:07 · 18.11.2019 por
Aproximadamente 300 Desbravadores Adventistas acamparam por uma semana na cidade de Capistrano, onde realizaram uma série de atividades. Fotos > Divulgação 

Os clubes de Desbravadores da 10ª e 15ª região da Igreja Adventista realizaram uma semana de atividades cívicas, recreativas e sociais no município de Capistrano, no Maciço de Baturité. Eles se reuniram no Hotel Repouso das Aguas, onde após montarem o acampamento dos 11 grupos, com mais de 300 integrantes, participaram da ordem unida e em seguida de disputas de voleibol, tênis de mesa, futebol de botão, natação e caiaque.

As atividades com os clubes Terra dos Monólitos, Tigres dos Monólitos, Constelações, Tocha da Verdade, Vozes do Advento, Heróis da fé, Reis de Israel, Guerreiros de Cristo, Águia do Maciço, Pássaros Azuis e Heróis do Vale prosseguiram com competições especiais: Caça ao tesouro de Moisés, cabo avot, Desbravador de Ferro,Resgate de Moisés, Desbravadores sabe tudo e Diretor de aço.

Além das atividades recreativas os desbravadores realizaram uma ação solidária, entregando 30 cestas básicas de alimentos à famílias carentes. “Essa ação foi focada na responsabilidade social entre Igreja e Poder Público. Com o apoio do prefeito Junior Saraiva, a ação ocorreu em parceria com a prefeitura, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, junto a Igreja Adventista e o Clube de Desbravadores“, explicou o dirigente da Igreja Adventista de Capistrano, Antônio Wilson.

Os desbravadores receberam os cumprimentos do prefeito de Capistrano, Júnior Saraiva, pela iniciativa social e solidária.
Trinta famílias carentes receberam cestas básicas de alimentos através da ação solidária dos desbravadores com a prefeitura de Capistrano.
De acordo com o direigente da da Igreja Adventista de Capistrano, Antônio Wilson, a ação foi focada na responsabilidade social entre Igreja e Poder Público.

O encontro foi promovido de 14 a 17 deste mês pela 10ª e 15ª região da Igreja Adventista, tendo como responsáveis os coordenadores distritais Vicente Vianna, da 10ª Região, cobrindo Quixadá, senador Pompeu, Juá e Ibicuitinga, e Valterio David, da 15ª Região, cobrindo o Vale do Jaguaribe. A estrutura do evento foi organizada pelo coordenador João Muller.

O campori dos desbravadores adventistas ocorreu no Hotel Repouso das Aguas.

O prefeito Júnior Saraiva, a primeira-dama Laysa Minelle, e a secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social de Capistrano, Erika Medeiros, prestigiaram as atividades dos desbravadores.

O prefeito e a primeira-dama de Capistrano participaram da atividade solidária dos desbravadores.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 11.11.2019 / atualizado às 19:10 · 11.11.2019 por
De acordo com os organizadores, cerca de 10 mil fiéis caminharam cerca de 7 Km da Igreja Matriz de Senador Pompeu ao cemitério da barragem do Açude Patu. Fotos > Alex Pimentel

Movida pela fé, comoção e respeito aos milhares de flagelados mortos de cólera na seca de 1932, quando o dia começou a amanhecer neste segundo domingo de novembro, uma multidão partiu em marcha da igreja matriz de Nossa Senhora das Dores, no Centro de Senador Pompeu, até o cemitério da barragem, ao lado do Açude Patu. Era a Caminhada da Seca, realizada pelo 37º ano consecutivo, dessa vez com o tema “Com Maria mãe das dores e as santas almas da barragem, caminhamos na defesa da vida“.

Este ano a Caminhada da Seca teve como tema “Com Maria mãe das dores e as santas almas da barragem, caminhamos na defesa da vida“.
O dia estava amanhecendo quando o rio humano começou a correm na direção das “Almas da Barragem”.
Os padres João Melo e Anastácio de Oliveira também percorreram os quase 7 km até o cemitério da barragem à pé. 

Um rio humano com aproximadamente 1o mil fieis se formou no caminho de quase sete quilômetros. Na maioria eram moradores de Senador Pompeu, como o casal Antônio Ferreira Lima, 74 anos e Francisca das Chagas Vieira, 65, mas havia também peregrinos de cidades vizinhas como o jovem Eduardo Barbosa, 26 anos, cacique do “Povo Indígena Quixelô”, do Sítio Retiro, em Iguatu. Ele participava pela primeira vez.

Quando chegou ao cemitério da barragem o cacique católico assistiu no meio da multidão a missa campal celebrada pelo pároco João Melo dos Reis, e também o sermão do padre Anastácio de Oliveira, destacando a união e luta dos movimentos das comunidades unidas pela sobrevivência do sertanejo, também a necessidade de preservação da natureza e o cuidado de nunca mais se repetir a vergonha histórica dos “campos da morte” espalhados pelo Estado, onde milhares de retirantes da seca ficaram confinados no início da década de 1930.

O cacique representou os índios Quixelô na oração aos mortos no campo de concentração do Açude Patu na seca de 1932.
O sermão do padre Anastácio de Oliveira foi rígido à destruição da natureza e à ambição humana. 
Na missa campal o pároco João Melo lembrou a importância de os filhos de Deus respeitarem e amarem o próximo. 

Sobre os campos de concentração, como ficaram conhecidos, o advogado, historiador e ativista das causas sociais sertanejas, Valdecy Alves, explicou ser o da sua terra natal, Senador Pompeu, o único preservado dentre os sete criados no Estado, e tombado em julho passado como patrimônio histórico. “Essa luta pela memória desse martírio coletivo neste campo do Patu começou com o padre Albino Donati, em 1982, com a primeira Caminhada da Seca“, acrescentou.

Seguindo os passos do padre Alberto Donati, o atual pároco, João Melo, destaca que a mobilização popular, coordenada pela Igreja Católica e pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro (CDDH-AC), além da busca por justiça social, elevou a fé, principalmente  dos mais carentes, nas “Almas da Barragem“, para eles um santo coletivo. Sobre seus túmulos derramam água e acendem velas por alguma graça alcançada.

Após a missa, o cemitério onde foram enterrados milhares de flagelados em covas rasas, ficou lotado de visitantes.
Muitos pagavam promessas acendendo velas às “Almas da Barragem”, para eles um santo coletivo.

Atração histórica

As ruínas da antiga usina de geração de energia elétrica hoje são preservadas como patrimônio histórico do Município.

Além do movimento religioso social os peregrinos podem aproveitar a visita ao campo do Patu e conhecer o seu sítio histórico, com cerca de 9 Km² de área.

A “Usina Gótica“, título recebido em razão dos seus traços arquitetônico, de onde gera gerada energia elétrica para alimentar a Vila dos Ingleses, onde moravam os engenheiros responsáveis pela construção do açude, é um dos patrimônios desse sítio.

Tombado, esse conjunto, com a usina gótica, os 12 casarões dos ingleses, as três casas de pólvora, o cemitério, se tornou atração histórica. Está atraindo turistas e gerando renda e emprego para o nosso povo“, acrescentou o prefeito Maurício Pinheiro.

Em 1932, quando o Açude Patu estava seco, milhares de flagelados ficaram confinados na sua bacia e morreram de doenças e de fome. Hoje, está com 8,80% da sua capacidade hídrica total. Abastece a cidade. Ao lado do cemitério é realizada desde 1982 a missa campal.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 09.11.2019 / atualizado às 07:20 · 09.11.2019 por
Desde 1982, no inicio da manhã do segundo domingo de novembro, a Caminhada da Seca é realizada em Senador Pompeu, em memória dos mortos no flagelo da seca de 1932. Fotos > Alex Pimentel

Considerado o maior ato religioso social em memória dos mortos no flagelo da seca de 1932 no Nordeste brasileiro, a Caminhada da Seca, será realizada pelo 37º ano consecutivo na manhã deste domingo (10) em Senador Pompeu, no Sertão Central do Ceará. O tema deste ano é “Com Maria mãe das dores e as santas almas da barragem, caminhamos na defesa da vida“.

Quando o sol estiver surgindo no horizonte uma multidão vai partir da igreja matriz de Nossa Senhora das Dores, no Centro da cidade, até o cemitério ao lado do Açude Patu. Na caminhada de pouco mais de seis quilômetros serão relembrados depoimentos de sobreviventes do campo de concentração do Patu, onde morreram milhares de flagelados, que ao longo dos anos se transformaram no santo coletivo, das Almas da Barragem.

A caminhada marca também as lutas sociais em busca de justiça social e por políticas públicas de assistência ao sertanejo, movimento coordenado pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro (CDDHAC). Passado quase um século, a falta de água para consumo humano e a produção agrícola continua sendo um problema.

No encerramento da caminhada padre João Melo celebrará a missa campal diante do cemitério da barragem. Em seguida o portão do campo santo será aberto à visitação do público. Será o momento de os devotos das Almas da Barragem acenderem velas e pagarem suas promessas.

No encerramento do percurso de quase 7 km os fiéis se concentram diante do cemitério da barragem para assistirem a missa campal.
Após a celebração o único portão de acesso ao cemitério é aberto para a visitação religiosa.
Muitos acendem velas nos túmulos dos flagelados enterrados em covas rasas no parque santo da barragem.
Para os devotos, os mortos na seca de 1932 se transformaram em um santo coletivo, e por esse motivo pagam as promessas de pedidos atendidos.

História

Na seca de 1932, a barragem, à época em construção, foi transformada em uma espécie de campo de concentração. Nele, milhares de flagelados, chegados do sul do Estado e de regiões vizinhas, ficaram confinados e morreram de fome e doenças, relata a história.

Desde 1982, a partir de uma iniciativa do padre Alberto Donati, à época pároco na cidade, juntamente com o coletivo formado pela paróquia de Nossa Senhora das Dores e o Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro, essa tragédia histórica tem sido relembrada na manhã do segundo domingo de novembro.

37ª Caminhada da Seca
Dia 10 de novembro
5h – Igreja de Nossa Senhora das Dores
Senador Pompeu – Ceará

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 07.11.2019 / atualizado às 06:30 · 07.11.2019 por
Agora, com a nova iluminação da escadaria é possível ver e subir à noite até o Monte das Graças. Foto > Divulgação

Seis dias após a inauguração da iluminação com lâmpadas de led, da escadaria do Monte das Graças, a novidade continua sendo o principal assunto de Redenção. Agora é possível ver a noite, de qualquer canto da cidade, os 733 degraus até o seu ponto mais alto, o Santo Cruzeiro. A mudança ocorreu através de uma parceria firmada entre o governo do Estado, a Enel e a prefeitura deste Município do Maciço de Baturité.

A professora Maria do Carmo Silva, de 42 anos, revelou que durante toda a vida sempre quis saber como era a vista à noite e ver sua cidade iluminada. “O pessoal subia e descia ou de lamparina ou de lanterna. Eu nunca fiz isso porque tinha um certo medo. Agora vou me preparar para ver essa beleza! Enquanto isso, vamos agradecer. Hoje se tornou um dia muito especial para todos nós aqui de Redenção”.

Segundo o governo do Estado, a escadaria conta com um sistema de geração de energia solar fotovoltaica. O sistema armazena a energia gerada durante o dia pelo painel solar e, sob comando, libera a energia no período da noite. Foram instalados 40 postes com luzes de led solares de 40 Watts e baterias de lítio para armazenarem a energia gerada durante o dia. A potência instalada chega a 1.600 Watts e pode gerar até 576 KWh por mês.

A Enel acrescenta que a instalação ocorreu por meio do Luz Solidária, um Programa de Eficiência Energética da Aneel iniciando no Ceará há 10 anos, que contribui com o desenvolvimento de projetos sociais parceiros, por meio de incentivos financeiros, e com a preservação do meio ambiente.

Inauguração

A solenidade de inauguração, realizada na última sexta-feira (1º), o prefeito de Redenção, Davi Benevides, recebeu o  secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, e o deputado Mauro Filho. O diretor institucional da Enel, José Nunes, também participou da cerimônia.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags

HTTP Status 404 – Not Found

HTTP Status 404 – Not Found


Type Status Report

Message Not found

Description The origin server did not find a current representation for the target resource or is not willing to disclose that one exists.


Apache Tomcat/9.0.12