Categoria: Religião


07:00 · 21.02.2019 / atualizado às 07:01 · 21.02.2019 por
Em janeiro deste ano padre Evaldo dos Santos comemorou na paróquia de Santo Antônio, em Quixeramobim, 21 anos de sacerdócio. Foto > Pascom Quixeramobim

O padre Evaldo Carvalho dos Santos, atualmente pároco da Paróquia Santo Antônio, em Quixeramobim, foi nomeado pelo Papa Francisco bispo da diocese de Viana, uma cidade do Maranhão com pouco mais de 52 mil habitantes de acordo com o último censo do IBGE, distante 217 km da capital, São Luiz. Ele será o sexto bispo a assumir a diocese maranhense, vacante desde a saída de dom Sebastião Lima Duarte, transferido para a diocese de Caxias, também naquele Estado, em dezembro de 2017.

A nomeação do padre cearense, natural de Fortaleza (CE) foi divulgada pela Nunciatura Apostólica no Brasil nesta quarta-feira (20). A decisão do papa Francisco foi motivo de festa entre a comunidade católica em Quixeramobim. Ele havia assumido a paróquia de Santo Antônio, nesta cidade do Interior do Ceará, em março do ano passado, no quarto domingo de quaresma.

De acordo com a Diocese de Quixadá, padre Evaldo dos Santos cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Pastoral Regional, em Belém (PA). Fez Especialização em Serviço Social, Políticas Públicas e Direitos Sociais, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Foi ordenado presbítero no ano de 1998, em Fortaleza.

O novo bispo já exerceu as funções de Superior Provincial da Província de Fortaleza da Congregação da Missão, de 2010 a 2016; foi diretor do Seminário da Província de Fortaleza no período de 2000 a 2008; membro da Diretoria da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) no Núcleo Fortaleza, de 2000 a 2003; foi pároco da Paróquia São Pedro e São Paulo, em Fortaleza, em 2009 e de 2016 a 2018 e vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Fortaleza, de 2010 a 2013.

Saudação

O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner, enviou saudação ao novo bispo e agradeceu o Papa Francisco pela nomeação. “Padre Evaldo, sinta-se acolhido como novo membro da nossa Conferência Episcopal. Desejamos um fecundo ministério, sob a proteção da Mãe de Jesus e nossa. Em Cristo,”, destacou dom Leonardo Ulrich Steiner, bispo Auxiliar de Brasília, Secretário-geral da CNBB.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 12.02.2019 / atualizado às 07:25 · 12.02.2019 por
O retiro carnavalesco realizado pela Comunidade Católica Shalom em Quixadá sempre atrai um bom público.

O público religioso que estiver interessado em participar de um carnaval diferente terá como opção o Renascer 2019, promovido pela Comunidade Católica Shalom, em Quixadá.  O retiro especial será realizado no Colégio Valdemar Alcântara (CVA), no Centro da cidade, a partir das 8h do sábado (2) e se estenderá até a terça-feira (5). A abertura oficial está programada para o  sábado, a partir das 18h30, com a Missa da Misericórdia.

Os organizadores também informaram que tema deste ano do encontro religioso, que chega à sua 25ª edição, será “Cristo é a Nossa Paz!”. O encontro é marcado por momentos de adoração, louvor, pregação, cursos, missas e ainda espaços interativos. Às noites, após as celebrações religiosas, haverá shows coma a Banda Sopragod e o grupo musical Missionário Shalom.

O espaço do Renascer 2019 estará aberto para todos os públicos, inclusive para as crianças, que poderão participar do Renascer Kids, com jogos, brincadeiras, teatro e momentos de oração durante os quatro dias em uma área preparada especialmente para elas. A entrada é gratuita, mas para ajudar famílias carentes de Quixadá a Comunidade Shalom estará arrecadando alimentos, completa a organização.

25º Renascer – Cristo é a nossa paz
De 02 a 05 de março
Das 8h às 22h
Colégio Valdemar Alcântara
Quixadá – Ceará

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 11.02.2019 / atualizado às 08:00 · 11.02.2019 por
Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão comemora hoje seu 24º aniversário de fundação.

Hoje é feriado em Quixadá. O dia é dedicado a Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão. A data marca também mais um ano, o 24º, de aniversário do Santuário dedicado à santa, erguido na Serra do Urucum, a pouco mais de 10 km do Centro da cidade. Haverá santas missas às 7h, 9h, 11h e às 17h a solenidade de enceramento dos festejos iniciados dia 1º e a abertura do Ano Jubilar pelos 25 anos de fundação do Santuário, em 2020.

Nesse clima de júbilo, as comemorações deste ano foram marcadas com o tema “Somos gratos a Maria Rainha do Sertão”. Neste domingo (10) dezenas de caravanas, de várias regiões do Ceará e até de estados vizinhos subiram ao Santuário para a celebração das 11h, com a participação do bispo diocesano de Quixadá, dom Ângelo Pignoli e do bispo emérito dom Adélio Tomasin, fundador do espaço religioso católico.

Neste dia, dedicado a Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, é feriado em Quixadá.
Na véspera, centenas de devotos subiram ao Santuário para renderem suas homenagens à santa.
Com capacidade para mais 1.500 pessoas sentadas a igreja do Santuário lotou no domingo dedicado à santa.

O Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão fica situado a uma altitude de 550 metros acima do nível do mar. No interior da sua igreja existem painéis com imagens da Virgem Maria, nome no qual a santa é venerada em 27 países latino-americanos, ao lado de bandeiras dessas nações, e dois espaços com esculturas de Jesus Cristo na sua adolescência e a outra, crucificado. A imagem de Nossa Senhora, no altar, completa as esculturas.

O complexo religioso também dispõe de restaurante, hotel, livraria, auditório, um pátio externo com uma imagem da santa ainda maior e ao seu lado uma gruta religiosa. Próximo ao Santuário existem trilhas para trekking e uma rampa de voo livre, para decolagens de parapente e de asa delta. Na subida é possível acompanhar as estações da Via Crucis, com estátuas de 1,80 m de altura, retratando a Paixão e Ressurreição de Cristo.

A igreja do Santuário foi erguida em traços modernos, idealizados por dom Adélio Tomasin.
No outro extremo do platô foram erguidos o pátio de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão e a gruta religiosa.

De acordo com a irmandade da Comunidade Mariana Oásis da Paz, responsável pela administração do Santuário, as obras do Santuário foram iniciadas em 1988, com a construção da estrada de acesso ao platô onde foi construída a igreja. Cinco anos mais tarde foi lançada a pedra fundamental. Passaram-se mais dois anos quando, aos 11 de fevereiro de 1995, foi inaugurado.

O maior movimento no Santuário ocorre nos fins de semana. No local há também um hotel.
A maioria dos visitantes costuma chegar em caravanas. Alguns vêm de outros estados, como o Piauí e Rio Grande do Norte.
Quando o pátio da igreja está lotado os ônibus precisam estacionar a 1Km do topo do Santuário.
O complexo do Santuário também se tornou atração turística de Quixadá.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 31.12.2018 / atualizado às 08:20 · 31.12.2018 por
Na abertura do triênio comemorativo do Jubileu de Ouro da Diocese de Quixadá dom Ângelo Pignoli exaltou a necessidade da paz.

O entorno da igreja matriz Jesus Maria e José, também conhecida como a “Catedral”, ficou lotado neste domingo (30) para a abertura dos festejos dos 50 anos de criação da Diocese de Quixadá, em 2021, marcando o seu jubileu de ouro. Foi o início da programação do triênio festivo, presidido pelo bispo dom Ângelo Pignoli, acompanhado de mais de 40 sacerdotes e do bispo emérito dom Adélio Tomasin. O tema comemorativo é “O que vimos e ouvimos, isto vos anunciamos”.

O bispo emérito de Quixadá, dom Adélio Tomasin, foi o convidado especial para a abertura do triênio festivo.

Contando com o auxílio do coordenador diocesano de Pastoral, padre José Maria Loiola, e os coordenadores das comissões logística, litúrgica, missionária e de comunicação do Jubileu, padres Pablo Nogueira, Francisco Otaviano, Severino Pereira e Luciano Limaverde , e a comissão geral do jubileu, no ato de abertura, após a missa campal, dom Ângelo Pignoli destacou a importância de se resgatar a fé em Deus como forma de garantir a paz entre as famílias.

Uma multidão lotou o entorno da igreja matriz Jesus Maria e José para participar da abertura das comemorações dos 50 anos da Diocese de Quixadá.

A Diocese de Quixadá foi criada em 16 de março de 1971 pela bula pontifícia Qui Summopere do Papa Paulo VI sendo desmembrada da Arquidiocese de Fortaleza e solenemente instalada em 20 de agosto de 1971. Está situada neste Município, no centro do Estado, abrangendo ainda Quixeramobim, Itatira, Boa Viagem, Madalena, Choró, Itapiúna, Capistrano, Ibaretama e Banabuiú com uma população de mais de 300 mil habitantes.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

18:00 · 25.12.2018 / atualizado às 18:05 · 25.12.2018 por
Os Caretas Boi Coração, um grupo cultural de reisado de Quixadá, busca doações para realização de jantar comunitário.

Um dos grupos culturais mais tradicionais do Sertão Central, o Reisado de Caretas Boi Coração, iniciou campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, para a realização do jantar comunitário na comunidade de Boa Água, no distrito de Cipó dos Anjos, na zona rural de Quixadá.

Segundo o organizador da festa de encerramento do ciclo natalino na comunidade rural, Edinês Brito, será realizada no Dia de Reis, 6 de janeiro, a partir das 18 horas, no terreiro da casa de Chico Emília. Em agradecimento as doações os Caretas Boi Coração se apresentarão ao público.

O contato com Edinês Brito pode ser mantido através das redes sociais. Ele agradece em nome do grupo de reisado, uma herança dos migrantes da região do Maciço de Baturité, que se estabeleceram em Boa Água no início da década de 1930. Seu Assis e Seu Sitônio, falecidos, são os fundadores. Ambos chegaram ao distrito ainda crianças, passando a brincar no reisado dos familiares.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 24.12.2018 / atualizado às 07:35 · 24.12.2018 por
Em Canindé, São Francisco tem uma estátua com 31,25 metros. O monumento em homenagem ao padroeiro da cidade foi inaugurado em 4 de outubro de 2005.

O santo italiano Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis, é o mais recente cidadão de Canindé. Ele recebeu o título honorífico na última sessão da Câmara Municipal desta cidade cearense, realizada na noite da última sexta-feira (22), pelos  relevantes serviços prestados ao Município na área religiosa e no desenvolvimento do turismo religioso. Além de considerado o santo mais popular do Brasil, é padroeiro de Canindé.

O vereador Carlos Anastácio, autor da proposta, aprovada e publicada no Diário Oficial do Município, destaca a iniciativa de reconhecer São Francisco como cidadão de Canindé em razão da influência religiosa que a cidade tem graças ao santo. ‘’Canindé é conhecida internacionalmente por abrigar o maior Santuário franciscano das Américas e realizar a segunda maior romaria franciscana do mundo, perdendo apenas para Itália terra de origem de Francisco“, devemos isso a ele.

Frei Jonaldo Adelino recebeu das mãos do vereador Carlos Anastácio o título de cidadania de São Francisco.

Ao receber o título de cidadão honorário, em nome do Santuário – Paróquia de São Francisco das Chagas, o pároco, frei Jonaldo Adelino, agradeceu ressaltando que São Francisco já é de Canindé de fato, restava ser de direito. De origem italiana, o santo nasceu no dia 5 de julho de 1182, há 836 anos, e morreu no dia 3 de outubro de 1226 aos 44 anos. Foi canonizado no dia 16 de julho de 1228, dois anos após a sua morte. São Francisco se tornou santo há 790 anos.

O santo já ganhou alguns reconhecimentos ao longo desses séculos. Em 1999, a revista americana Time fez uma pesquisa com seus leitores para descobrir qual seria a personalidade mais marcantes e mais importante do milênio que terminava. O eleito foi: São Francisco de Assis, se tornando o Homem do Segundo Milênio.

Em Canindé, a Festa de São Francisco das Chagas acontece de 24 de setembro a 4 de outubro. Durante o ano a cidade recebe em torno de 1,5 milhão de romeiros. Essa peregrinação teve início há 260 anos.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 24.12.2018 / atualizado às 06:45 · 24.12.2018 por

A diocese de Quixadá anunciou a realização de mais uma edição do Festival Adoremos em Quixeramobim. Será a quarta, organizada e realizada pela Comunidade Mariana Boa Semente, este ano com o tema Noite Feliz. A festa comemora os 21 anos de fundação da Boa Semente. O acesso será gratuito, mas a entidade agradece a doação de um quilo de alimento não perecível.

Este ano a programação deverá começar às 17 horas, no próximo sábado (29), com a oração do Terço Mariano seguida da celebração da santa missa presidida pelo bispo diocesano dom Ângelo Pignoli. Logo depois, o grupo musical Missionário Shalom, Forró in Deus e Naldo José se apresentam ao público. São aguardadas caravanas de várias cidades cearenses e até de outros estados.

Para os moradores de Quixeramobim haverá transporte gratuito, de ida e volta, passando pelo Conjunto Esperança, Sabonete, Olho D’água, Santo Expedito, Humberto Bezerra, Rodoviária, Jaime Lopes, Maravilha, Matriz, Vila Betânia, Vila São Paulo e Vila Eloi. Os transportes deverão partir às 16hs, acrescenta a Comunidade Mariana Boa Semente.

Festival Adoremos – A noite feliz !
Dia 29 de dezembro – 17 horas
Av. Geraldo Bizarria de Carvalho 3350 – Quixeramobim

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 16.12.2018 / atualizado às 09:45 · 16.12.2018 por

Há séculos, a data de 25 de dezembro, quando comemoramos o nascimento de Jesus, sofre contestação, tDalvez pelo fato de o evangelho não indicar dia nem mês do natal de Cristo.

Registros enciclopédicos informam que a data de 25 de dezembro foi fixada a fim de cristianizar grandes festas pagãs, que celebravam o nascimento do “Vitorioso Sol” no tradicional culto solar. O objetivo era oferecer sacrifício e suplicar pelo retorno da luz, porque as noites, naquela época do ano, eram mais longas e muito frias.

Passaram então a comemorar o nascimento de Jesus em 25 de dezembro no calendário Juliano e em 06 de janeiro no egípcio, porque, neste dia, celebrava-se o aniversário do “Sol Invencível”. Era tal a importância da estrela solar, que, em 274, o imperador Aureliano proclamou o “Deus do Sol” como padroeiro do Império.

Todas as divergências tornam-se insignificantes se, a 25 de dezembro ou em outra qualquer data, tivermos o propósito de comemorar o nascimento de Jesus imbuídos do verdadeiro espírito cristão.

O Natal que se aproxima, com certeza, não será diferente dos anteriores. Pouco a pouco o importante evento da cristandade está voltando às comemorações milenárias das festas pagãs, quando não era o Cristo o centro das festividades.

Como comemorar o verdadeiro Natal de Jesus, se o aniversariante está cada vez mais ausente das festividades? Como festejar o natalício de alguém se não permitimos a sua presença? Não será porque a sua humildade conflita com a opulência do seleto evento? O teólogo grego Orígenes, no ano de 245, já repudiava a maneira de se comemorar o nascimento de Cristo com as pompas de um Faraó.

O Natal que agrada Jesus deve ser um encontro de confraternização, onde não se faça restrições de qualquer espécie. Como, então, alegrar o aniversariante que foi exemplo de humildade, fechando as portas, impedindo a participação dos pobres, excluídos pela impossibilidade de cooperar com os altos custos do evento e sem recursos para oferecer um presente para enfeitar as ricas árvores de Natal? Como alegrar Jesus se esbanjamos em fartas mesas alimento cujo desperdício daria para saciar a fome de muitas famílias?

Com que direito os oradores, na noite de Natal, em seus eloquentes discursos, confessam-se emocionados com a angústia da Sagrada Família, que não encontrou nenhuma porta aberta que acolhesse Maria portando, no ventre, o Salvador do mundo, se agora, as portas fechadas impedem a entrada de Jesus em sua festa?

A troca de presentes entre os que festejam o Natal, não rememora a atitude dos astrólogos do Oriente, que levaram presente ao Deus Menino a quem queriam homenagear, pois não trocaram presentes entre si.

Será que nas comemorações natalinas alguém se lembra de oferecer o presente ao aniversariante?  Não é preciso que seja valiosa jia de ouro ou prata e sim coisas simples, embora de grande valia para Jesus, que sorri ao receber corações que, em todos os dias do ano, praticaram a oração da caridade, conjugando o verbo amar e acolheram com afeto os pobres e desamparados.

Não magoamos as chagas de Cristo porque ao receber tão valorosos presentes, Ele constata que não foi em vão o seu sacrifício, oferecendo a própria vida para nos livrar da impura ambição, da repudiada vingança e do desamor que acende, no mundo, a fogueira da maldade, que fomenta as sangrentas lutas fratricidas.  Neste natal, vamos convidar Jesus para a sua festa, para cantar, ao nosso lado: Noite feliz.

* João Eudes Costa é escritor, fundador e Imortal da Academia Quixadaense de Letras (AQL), pesquisador e bancário aposentado nascido em Quixadá (CE).

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 07.12.2018 / atualizado às 07:45 · 07.12.2018 por
Irmãos gêmeos serão ordenados padres na noite desta sexta-feira em Boa Viagem.

Diáconos da Diocese de Quixadá, os irmãos Breno Oliveira Rabelo e Bruno Oliveira Rabelo, gêmeos, serão ordenados presbíteros nesta sexta-feira (7). A solenidade religiosa, presidida por dom Ângelo Pignoli, bispo diocesano, será realizada  partir das 18 horas na igreja matriz de Nossa Senhora de Boa Viagem, nesta cidade do Centro do Estado.

Ainda de acordo com informações da Diocese de Quixadá, outro diácono, João Paulo Barbosa Manso, também receberá a ordenação sacerdotal na Igreja Matriz de Boa Viagem. Os três futuros padres atuarão na paróquia do Município, renovando os trabalhos missionários católicos na região. Por esse motivo paroquianos estão organizando uma grande festa.

Os seminaristas Breno Oliveira Rabelo e Bruno Oliveira Rabelo, filhos de Antônio Airton Rabelo e Maria Eliane Oliveira Rabelo, nasceram no dia 30 de julho de 1993, em Boa Viagem (CE). Ingressaram no Seminário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão no dia 25 de janeiro de 2013. Foram admitido às Sagradas Ordens do Diaconato e Presbiterado, por dom Angelo Pignoli, no dia 16 de agosto de 2015. O seminarista Breno foi designado para o estágio pastoral na Paróquia de Jesus, Maria e José e seu irmão, Bruno, para a Paróquia de São José, distrito de Caio Prado, em Itapiúna (CE).

João Paulo Barbosa Manso, filho mais velho de Edilson Câmara Manso e Geane Barbosa da Silva, nasceu no dia 20 de junho de 1985, em Belo Jardim (PE). Ele ingressou no Seminário Menor São José, em Pesqueira (Diocese de Garanhuns) no dia 24 de fevereiro de 2004. Cursou filosofia nos anos de 2005 a 2007 no Instituto de Teologia de Caruaru. Em 2014 fio transferido para a Fazenda São José, em Pacatuba (CE). Concluiu seus estudos teológicos  em dezembro de 2017, tendo sido designado para o estágio pastoral na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, distrito de Nenelândia, em Quixeramobim (CE).

Antes de se tornarem padres os três seminaristas firmaram os primeiros votos perante a Igreja Católica na Igreja de Jesus Maria e José, em Quixadá. O ato foi realizado em 4 de agosto passado, no Dia do Padre. A cerimônia, presidida por dom Ângelo Pignoli, contou com a participação de 40 padres. Além da ordenação diaconal dos seminaristas João Paulo Barbosa Alonso, Breno Oliveira Rabelo e Bruno Oliveira Rabelo, se tornaram sacerdotes os diáconos Carlos Alberto Bezerra Lopes Filho, Severino Pereira Neto e Francisco Márcio de Souza.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 02.12.2018 / atualizado às 13:00 · 02.12.2018 por
Árvore iluminada com mais de 8 metros de altura se tornou atração natalina em Canindé.

As principais praças praças e vias públicas de Canindé já estão iluminadas com o colorido especial do período natalino. Uma árvore com mais de oito metros de altura e 15 de diâmetro se tornou atração na cidade. Foi erguida na Praça Thomaz Barbosa, no entorno da Basílica de São Francisco das Chagas, onde após apresentação do Coral Municipal, na sacada da Biblioteca Municipal Cruz Filho, a prefeita Rozário Ximenes anunciou oficialmente a abertura do Natal de Luz e Fé.

Prefeita Rozário Ximenes abriu o Natal de Luz em Canindé na Praça da Basílica de São Francisco.

Nos próximos dias outros espaços públicos da cidade receberão decoração natalina. O objetivo é contagiar a população a participar do período natalino em uma das cidades mais religiosas dos País e da América Latina. O espírito de fraternidade se tornará ainda maior com a iluminação especial da estátua de São Francisco, na Praça Dr. Aramis. Na Cruz Saldanha, conhecida como Praça Azul, a imagem de Nossa Senhora de Fátima terá luzes em todo o seu corpo, acrescentou a gestora municipal.

A entrada da cidade, no trevo que contorna a Avenida São Francisco, a iluminação contorna o Arco da Fé, que simboliza o padroeiro da cidade, São Francisco. Na avenida Gervásio Martins, onde esta instalado o corredor religioso, serão instalados quatro arcos iluminados. O primeiro ficará na entrada da Praça da Basílica. Já o segundo na Joaquim Magalhães, o terceiro na Valdery Uchôa e o último na Praça Frei Mathias.

De acordo com a secretária de Turismo do Município, Socorro Bastos, o projeto de iluminação para o Natal deste ano tem como principal objetivo resgatar o espírito natalino não só nos principais pontos da cidade, mas em todo Município. A vida colorida de Canindé nesse período tem o apoio de empresários, comerciantes e da sociedade civil organizada.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags