Busca

Categoria: Religião


07:00 · 03.04.2018 / atualizado às 07:10 · 03.04.2018 por

O escritor Ala Mitchell apresentará seus livros e ministrará palestra nesta terça (3) em Quixadá.

A Casa de Caridade, uma entidade espírita sem fins lucrativos, está trazendo para Quixadá nesta terça-feira (3) o palestrante e autor de livros espíritas da Turma da Mônica, Ala Mitchell. O encontro com o público está programado para as 18 horas no espaço cultural do Quinta Estação. De acordo com os organizadores a entrada é franca, mas quem puder ajudar poderá doar leite em pó. O material arrecadado será destinado a atividade de caridade da Casa.

Além da apresentação e venda dos livros de histórias da Turma da Mônica, a turminha mais querida do Brasil, o convidado ministrará uma palestra com um tema muito especial preparado para os pais, tios, avós, evangelizadores, amigos das crianças e educadores infantis: “Crianças amadas, adultos saudáveis“. Em seguida os livros poderão ser autografados.

Os livros

Meu pequeno evangelho: A Turma da Mônica recebe a visita de André, um primo de Cascão. Ele vai apresentar para as crianças conceitos do Evangelho que podem ser usados no dia a dia, independentemente da religião que praticam, com lindas mensagens de amor caridade e humildade, contadas de forma divertida.

Meu pequeno evangelho – Livro de atividades: Com ele é possível se divertir fazendo atividades e colando adesivos. O livro contém oito mascaras e 30 adesivos.

Chico Xavier: Neste livro a Turma da Mônica conhece os exemplos iluminados de um dos maiores brasileiros, apresentados pelo primo de Cascão, André. Chico Xavier e seus ensinamentos mostra como, em pequenas situações do dia a dia, Chico conseguia oferecer grandes lições de amor ao próximo.

Magali em outras vidas: Uma narrativa romântica e muita engraçada em uma viagem pelo tempo mostra que o amor é a maior força do universo, também se é possível que tenhamos vivido em outras épocas; se nossos gostos e medos teriam origem em “outras vidas”. E os nossos amores … poderiam ter começado no passado ?

Outro lar: Nessa história a Turma da Mônica vai até o Rio de Janeiro, visitar André, primo de Cascão, que, além de apresentar os pontos turísticos da Cidade Maravilhosa, vai mostrar às crianças como a prática de bons hábitos pode ajudar a ter sonho melhores e até conhecer lugares imagináveis.

Crianças amadas adultos saudáveis
A partir das 18 horas
Quinta Estação – La Dolce Vita Pizzaria e Spaghetteria
Mais informações (88) 9 99609456

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

10:00 · 01.04.2018 / atualizado às 10:05 · 01.04.2018 por

Na entrada de Boa Viagem há uma imagem de aproximadamente 3 metros, da padroeira, Nossa Senhora.

Uma “história do além” está ganhando repercussão na cidade de Boa Viagem, no Sertão Central, distante 220Km da capital cearense. Segundo relatos de moradores, uma mulher está aparecendo no bairro César Cals e pedindo ajuda para desenterrarem imagens de santos que estariam enterrados na sua casa, naquela área residencial. A vizinhança estaria até disposta a ajudar, não fosse um detalhe: a moradora já morreu há alguns anos.

Os relatos da aparição do fantasma feminino foram divulgados pelo radialista de uma emissora local, Luis de Sá. Uma moradora da Rua Maria Aguiar de Aragão, onde o caso vem ocorrendo, relatou a ele que o vulto da ex-vizinha, Alzira, em um vestido branco, aparece nos sonhos dela e de amigas, contando que está passando por dificuldades no mundo espiritual e somente desenterrando as esculturas terá sossego.

A reportagem do Diário do Nordeste ainda não conseguiu manter contato com Luis de Sá, mas conforme as explicações de uma das moradoras, a qual se identificou apenas por “Neta” e resolveu tornar público o fenômeno paranormal, através do radialista, o viúvo foi informado do pedido da esposa, mas ele não havia demonstrado interesse em atender o apelo espiritual, através dos sonhos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 31.03.2018 / atualizado às 14:20 · 01.04.2018 por

A encenação da Paixão de Cristo se repetiu pelo 20º ano consecutivo no bairro São João, em Quixadá.

Emocionante e memorável, foi como os moradores do bairro São João, um dos mais antigos de Quixadá relembraram o sacrifício de Jesus Cristo pela humanidade. Encenadas pela própria comunidade, com mais de 100 atores e figurantes, as 15 estações da Via Sacra atraíram a atenção de aproximadamente mil espectadores por exatas 3 horas. A encenação da Paixão de Cristo realizada pela Pastoral da Juventude, da paróquia de São João e um coletivo de amigos se repetia pelo 20º ano consecutivo.

Como tem ocorrido ao longo dos anos, mais uma vez a apresentação não contou com nenhum recurso público, nem mesmo de algum Edital da Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Para arrecadarem recursos financeiros com o objetivo de custear as despesas com alguns itens necessários para quem não tinha condição de confeccionar o próprio vestuário. Perfumes e um capacete foram rifados.

Mesmo assim, com a ajuda de todos o figurino não deixou nada a desejar. As falhas nem foram notadas com as atuações dos protagonistas, consideradas impecáveis. Alguns foram às lágrimas. Uma parte do público só não gostou mesmo foi da surra que o Filho e Deus levou a caminho da sua crucificação, a 1Km da Igreja Católica do bairro, no Sítio do Jairo. Quando Cristo ressuscitou todos aplaudiram.

O coordenador do espetáculo, João Paulo Uchôa, ressaltou que todos os anos os moradores do bairro, incluindo ele, dedicam em torno de três meses nos preparativos para o ápice da Semana Santa. Quem participa da encenação ensaia por dois meses. A atuação de todos é voluntaria. No final compensa a homenagem a Jesus de Nazaré, sempre agradecendo o auxílio de muitos amigos.

Da Santa Ceia à ressurreição, o público ficou atento a todas as cenas e no final aplaudiu.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

11:00 · 30.03.2018 / atualizado às 11:00 · 30.03.2018 por

A encenação da Paixão de Cristo é realizada há 16 anos no Santuário de Quixadá.

A Paixão de Cristo, uma das passagens bíblicas mais importantes para os católicos será encenada nesta sexta-feira (30) em Quixadá e Senador Pompeu. Nesta primeira cidade o público terá como opção a apresentação no bairro São João, a partir das 18 horas, e também na Praça da Cultura, no Centro da cidade, com início programado para as 19 horas.

O espetáculo religioso no bairro São João é um dos mais antigos de Quixadá. A Via Crucis é representada nas ruas daquela área residencial, saindo da igreja de São João Batista, acompanhada de uma procissão, até o Sítio do Jairo, onde ocorre o momento da crucificação e da ressurreição, concentrando o público de toda a vizinhança.

Pela manhã uma multidão acompanhou a 16ª apresentação do  grupo Juventude Arte Superação e Talento (JAST) e das comunidades Rainha da Paz, Novos Horizontes e Mariana Oásis da Paz, no caminho do Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, com encenações das estações da Via Dolorosa pelo percurso até o templo religioso católico erguido sobre a esplanada da Serra do Uucum.

Senador Pompeu

Considerado o maior espetáculo do Centro do Estado, a “Inigualável Paixão de Jesus Cristo“, ganhará as ruas de Senador Pompeu a partir das 16h30, com sua 11ª edição. O espetáculo, com a a participação de mais de 200 atores, entre protagonistas e figurantes, narra em 19 cenas e 13 cenários espalhados pela cidade, o calvário de Cristo, desde sua chegada a Jerusalém até a ressurreição. A expectativa dos organizadores é de um público de mais de três mil espectadores.

A Inigualável Paixão de Jesus Cristo, projeto contemplado pelo XIV Edital Ceará da Paixão, da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) é realizado pela Fundação Santa Terezinha, com o apoio da iniciativa privada e dos poderes públicos estadual e municipal. A produção é do Ponto de Cultura Estação das Artes e apoio institucional da Associação Comunitária do Bairro Caracará (ACBC) e da Paróquia Nossa Senhora das Dores de Senador Pompeu.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:30 · 29.03.2018 / atualizado às 08:31 · 29.03.2018 por

A Paixão de Cristo no Mosteiro dos Jesuítas, em Baturité, é tradicional na região serrana.

Uma das passagens mais importantes da história cristã, a crucificação e ressurreição de Jesus, começou a ser encenada nas cidades do Interior do Ceará. Na noite desta quarta-feira (28), a Paixão de Cristo – Do Caminho do Calvário à Ressurreição, foi apresentada na Praça do Obelisco, no Centro de Redenção. A peça, com 1h20 de duração, contou com 70 artistas do Grupo Teatral de Redenção, liderado pelo produtor cultural João Victor. O espetáculo recebeu o apoio da Secretaria da Cultura do Estado (Secult), administração municipal e da paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição.

Nesta sexta-feira (30) o público do Maciço de Baturité terá a oportunidade de assistir à tarde, a partir das 16 horas, a Paixão de Cristo pelo 12º ano consecutivo diante do Mosteiro dos Jesuítas, apresentada pela Companhia de Teatro Monte Cruzeiro. No sábado (31) pela primeira vez o espetáculo, com 130 artistas do Grupo Teatral Paixão de Cristo Monte Cruzeiro liderado pelo produtor Eugenio Fabs, será apresentado nas ruas de Baturité, saindo da Capela dos Arcanjos de Deus a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Palma.

Sertão Central

A Paixão de Cristo também foi apresentada ao público de Ibaretama, no Sertão Central, na noite desta quarta-feira (28). Hoje (29) será a vez do distrito de Juatama, em Quixadá, assistir o espetáculo, também a partir das 19 horas. A passagem teatral religiosa realizada pela Secretaria de Cultura de Quixadá, também será exibida amanhã (30) na Praça da Cultura, no Centro da cidade e no sábado (31) no distrito de Riacho Verde.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

19:30 · 27.03.2018 / atualizado às 19:35 · 27.03.2018 por

Dom Adélio Tomasin completa 30 anos de ordenação episcopal e comemora em Quixadá.

O bispo emérito de Quixadá, dom Adélio Tomasin, comemorou no início desta semana um importante feito na sua vida religiosa e pessoal. Na segunda-feira (26) completou 30 anos de ordenação episcopal. No mesmo dia o representante da Igreja Católica festejou com uma celebração especial, na Igreja da Sagrada Família, Jesus Maria e José seus 63 anos de sacerdócio. No próximo dia 27 de abril completa 88 anos de nascimento.

Em reconhecimento aos feitos religiosos e sociais do benfeitor católico a Catedral de Quixadá, como é conhecida a maior igreja da cidade, lotou, de amigos, fiéis, de admiradores do seu trabalho e de padres da Diocese de Quixadá, em uma missa de ação de graças. Muitos se emocionaram e aplaudiram dom Adélio Tomasin. A celebração ocorreu na noite desta segunda-feira.

No dia 3 de janeiro de 2007, ao completar 77 anos, por força da doutrina da sua Igreja, o bispo emérito renunciou à administração da Diocese de Quixadá. Mesmo assim, atendendo o apelo de muitos fiéis, abdicou de retornar à sua terra natal, a vila de Montegaldella, em Vicenza, na Itália, para continuar seus trabalhos sociais nesta cidade do Sertão Central. Além de fundar a Casa de Acolhida São João Calabria, também conhecida como Remanso da Paz, para idosos, ele também foi o idealizador da Faculdade Cisne.

Ele deixou a Europa quatro anos após ordenado, em 1959, obstinado em elevar a fé por meio do trabalho direto com os pobres. Passou pelo Uruguai, em acampamentos agrícolas, passou a educar jovens carentes em Porto Alegre, seguiu para a Nigéria, no fim dos anos 60 e de volta ao Brasil, em 1988, o religioso da Congregação Pobres Servos da Divina Providência foi transferido para o Ceará, ordenado bispo assumiu os rumos da Igreja Católica na região.

Durante a sua jornada em Quixadá, como bispo, instalou o Hospital Maternidade Jesus Maria José, convenceu missionários a construírem a Creche Escola Regina Pacis, a Comunidade Novos Horizontes, para acolhida de dependentes químicos e ainda construiu o Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão e a Faculdade Católica. Foi ele também quem fundou a Escola Artesanal e a Rádio Cultura.

Pelo seu legado dom Adélio Tomasin é considerado por muitos o maior empreendedor de Quixadá e do Sertão Central. Em 2005 foi homenageado com o troféu Sereia de Ouro, concedido pelo Sistema Verdes Mares a personalidades de notável relevância no Estado. Naquele ano o cantor Belchior, falecido no dia 30 de abril do ano passado, também recebia a comenda criada em 1971 pelo industrial Edson Queiroz.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 26.03.2018 / atualizado às 11:55 · 26.03.2018 por

Em muitas paróquias da diocese de Quixadá os fiéis participaram da Profissão de Ramos, a de São Sebastião, em Choró, foi uma delas.

Praticamente todas as paróquias da Diocese de Quixadá promoveram neste domingo (25), além da celebração religiosa dentro das suas igrejas a procissão de ramos. Este ano a administração eclesiástica de dom Ângelo Pignoli está distribuindo inclusive a programação da Semana Santa nas residências das freguesias católicas, como a da paróquia da Sagrada Família, Jesus, Maria e José.

De acordo com os párocos, o objetivo é direcionar os fiéis para o verdadeiro sentido da Sexta-feira Santa, comemorado por muitos como um feriadão, onde aproveitam o fim de semana prolongado para excederem nas bebidas e festas. O momento é de reflexão e de oração, por quem deu a própria vida pela humanidade, pregam os sacerdotes.

Na quarta-feira (28), todo o clero deverá participar da Missa dos Santos Óleos na Catedral de Quixadá, como também é conhecida a igreja da Sagrada Família, no Centro da cidade. Na noite seguinte, quinta-feira (29) o próprio bispo presidirá a celebração da Santa Ceia e Lava Pés e também a Paixão do Senhor, na sexta-feira (30), a a partir das 15 horas, a missa da Vigília Pascal, às 20 horas, no sábado (31) e da ressurreição, no domingo às 19 horas.

Dom Ângelo Pignoli tem participado da maioria das ações das paróquias sob a sua administração.

A paróquia de São Sebastião, no município vizinho, Choró, tem se destacado na suas missões evangelizadoras. A participação da comunidade tem sido muito importante, principalmente com os trabalhos do padre Jocélio Alves. Nos últimos quatro anos, quando assumiu a missão nesta cidade ele vem reaproximando os fiéis da Igreja, comentam os agentes pastorais. As procissões de São José, a pouco mais de um semana e a procissão do Domingo de Ramos são exemplos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 26.03.2018 / atualizado às 15:05 · 26.03.2018 por

Evangélicos se reuniram em Boa Viagem para clamarem a Deus por chuvas para este Município.

Pastores de várias igrejas evangélicas de Boa Viagem  se reuniram nesta cidade, neste fim de semana, em uma corrente de fé para suplicarem a Deus por chuvas neste Município. O culto de louvor foi realizado no Centro de Esportes José Assef Fares. Na ocasião foram arrecadados alimentos não perecíveis, doados à Associação Cristã Peniel, da Igreja Batista Ágape, explicou um dos organizadores do evento, Michel Moreira.

O ato religioso, que recebeu o título”Clamor a Deus por abundância de chuvas em Boa Viagem” foi realizado pela primeira vez nesta cidade do Sertão Central, onde há mais de quatro anos a população sofre com a falta de água no abastecimento regular através do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). Todos se uniram em uma forte oração por mudanças positivas no quadro meteorológico. O Açude Vieirão, de onde é captada a água, continua seco.

Além dos pastores e evangélicos a prefeita de Boa Viagem, Aline Vieira, participou e orou no culto especial, encerrado com uma apresentação especial da cantora gospel Eulene Mesquita. Uma das interpretações que mais emocionou o publico foi a da música “A gaivota”, composta por ela, uma das preferidas pelo público de todas as religiões.

Após a apresentação musical a cantora Eulene Mesquita posou ao lado dos fãs.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

21:00 · 19.03.2018 / atualizado às 20:55 · 19.03.2018 por

A celebração especial em homenagem a São José, às margens do Açude Umari, ficou conhecida como “Missa das sombrinhas”. Fotos > Deujacir Vieira

Pelo segundo ano consecutivo o Dia de São José foi comemorado no município de Madalena, no Sertão Central, às margens do Açude Umari. Mais uma vez o momento foi de agradecimento ao santo, pela boa quantidade de água armazenada no reservatório público inaugurado em junho de 2011, atualmente com mais de 50% do seu volume, mantendo o abastecimento regular da cidade e atendendo dezenas de comunidades da região através dos carros-pipa.

Entretanto, além do considerável número de participantes da celebração campal, realizada pela manhã, com forte calor, a quantidade de guarda-sóis abertos chamou a atenção. Uma tenda foi armada pela prefeitura que também distribuiu água e disponibilizou cadeiras, mas o momento ficou marcado como a “Missa das sombrinhas“, celebrada pelo padre Jean, representando o pároco Adailson Nogueira.

Nem mesmo a prefeita Sônia Costa e o vice-prefeito, Dal Filho, conseguiram resistir ao dia ensolarado, com mais de 34ºC, e também buscaram proteção com uma sombrinha. Apesar do calor,  a gestora municipal agradeceu à paróquia pela celebração e a sua equipe, pela organização da estrutura montada no local do encontro religioso.

O sol forte obrigou os devotos a usarem as sombrinhas para amenizar o calor.

Os sacerdotes celebraram a missa debaixo da tenda instalada pela prefeitura de Madalena.

O sol forte a a falta de chuvas não abalou a fé dos devotos de São José em Madalena.

Centenas de fiéis participaram da missa campal à margem do Açude Umari.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

20:00 · 19.03.2018 / atualizado às 19:55 · 19.03.2018 por

Embora em menor número, os devotos de São José do Custódio mantiveram a tradição da procissão.

Na véspera do equinócio, quando o Sol, em seu movimento anual aparente, corta o equador celeste, fazendo com que o dia e a noite tenham igual duração, havendo maior possibilidade de chuvas, devotos de São José, padroeiro do Ceará e de muitas comunidades sertanejas saíram das suas casas para reverenciar o protetor, a quem costumam rogar por chuvas.

No Sertão Central, em Quixadá, além da área pastoral do distrito de Custódio, considerada a mais antiga da região, também teve procissão na paróquia da Sagrada Família, de Jesus, Maria e José, na cidade, com mais de mil fiéis acompanhando no fim da madrugada o cortejo comandado pelo bispo diocesano dom Ângelo Pignoli. Após o enceramento da celebração religiosa foi servido um café especial para os devotos.

Dessa vez a missa de encerramento foi celebrada dentro da pequena capela do distrito de Custódio.

O momento não foi apenas de pedidos, mas também de agradecimentos ao santo padroeiro.

Ainda pela manhã, foi a vez da área pastoral do Custódio, na zona rural, realizar pelo 104º ano consecutivo a sua procissão de encerramento das festas em louvor a São José. O pároco Marcos Chagas liderou a caminhada religiosa pela vila, debaixo de um sol escaldante, mas foi também o bispo da Diocese quem celebrou a missa em homenagem ao padroeiro, dentro da igreja. Nos anos anteriores a celebração havia sido campal.

Dom Ângelo Pignoli realizou sermões modernos alertando os católicos à valorização da religião.

O próprio bispo foi quem guiou os fiéis na procissão da paróquia da Sagrada Família, ainda na madrugada.

Noutro município da região, Solonópole, no distrito de São José os fiéis se reuniram no fim da tarde na área externa da Igreja Matriz para a celebração especial que contou com a presença de seguidores do santo nas comunidades de  Irapuan Pinheiro, João Cearlino, Vila Santo André, Cajazeiras, Paraná, Canadá, Nova Empresa, Silêncio, Santa Fé e Angico.

Nuvens se formaram por toda a região, mas apenas uma neblina passageira foi registrada em Quixadá.

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154