Categoria: Serviço público


06:00 · 14.12.2018 / atualizado às 05:55 · 14.12.2018 por

Quixadá, Quixeramobim, Boa Viagem, Pedra Branca, Senador Pompeu e Solonópole, no Sertão Central, estão incluídos na relação dos 44 municípios cearenses beneficiados pelo Ministério da Saúde com investimentos de mais de R$ 7 milhões para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O recurso deverá assegurar o atendimento de urgência em acidentes e assistência a pacientes em situação de emergência, também na transferência para hospitais.

Segundo o governador Camilo Santana, o incentivo financeiro foi assegurado para o Estado através do presidente do senado, Eunício Oliveira, o qual  destacou que as agendas do governo cearense em Brasília também estão garantindo mais apoio da União na liberação de verbas para obras fundamentais ao desenvolvimento do Estado. Os dois representantes cearenses foram ao Ministério da Saúde, onde o ministro Gilberto Occhi assinou a portaria assegurando a liberação dos recursos.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 12.12.2018 / atualizado às 06:40 · 12.12.2018 por

Através de Edital a prefeitura de Quixadá está convocando para nomeação e posse 175 candidatos aprovados no último concurso público municipal, realizado em 2016. São 172 para os cargos de professores da educação básica, nas áreas de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II nas disciplinas de Ciências, Educação física, Geografia, História, Língua portuguesa e Matemática. As outras três vagas são para o cargo de técnico de radiologia.

A prefeitura divulgou ainda que os concursados aprovados deverão comparecer, pessoalmente, ou por intermédio de procurador, mediante procuração pública ou particular, com firma reconhecida em cartório, de 18 a 21 deste mês de dezembro, de 8h às 12h e de 14h às 17h, na sede da Secretaria de Educação do Município, na Rua José de Queiroz Pessoa, 1932, Centro da cidade, para confirmarem interesse em assumir as funções disponíveis.

Outros 211 de um total de 764 aprovados, iniciarão suas atividades no dia 17 deste mês. São 95 auxiliares de serviços gerais, nove auxiliares de serviço funerário, 30 agentes administrativos, cinco motoristas categoria A e 21 categoria D, 22 vigias, 10 atendentes, cinco auxiliares de arquivo e um bombeiro hidráulico. Completam a lista 13 servidores com deficiência física. São cinco auxiliares de serviços gerais, cinco cozinheiros, um motorista categoria D e dois eletricistas.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 09.12.2018 / atualizado às 09:05 · 09.12.2018 por
O CEO de Quixeramobim chegará à marca de 35 mil atendimentos este ano. A unidade começou a funcionar em 2014.

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do Sertão Central, em funcionamento na cidade de Quixeramobim, deverá encerrar o ano com um número recorde de atendimentos a pacientes dos municípios que integram o Consórcio de Saúde do Sertão Central:Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Pedra Branca, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole.

Pelos cálculos do diretor do Consórcio, Neto Dias, esses números se aproximarão dos 35 mil. Os resultados foram apresentados esta semana na prestação de contas para a Assembleia do Consórcio, formada pelos prefeitos.

Dentre dos destaques, o diretor fez uma comparação em relação aos últimos dois anos, 2016, quando foram oferecidas à população atendida 774 próteses, entre prótese total mandibular e maxilar. No ano seguinte, 2017, o número de beneficiados aumentou para 1.047. Este ano a quantidade de suplementos bucais deverá dobrar em relação a 2016; serão mais de 1.500, apontou no encontro com os representantes dos municípios.

A Policlínica, em funcionamento da cidade de Quixadá, outro equipamento do Consórcio, também conseguiu um feito inédito. Foi habilitada pelo Ministério da Saúde para Serviço de Referência para Câncer de Colo de Útero e em breve estará habilitada para Serviço de Referência de Câncer de Mama. A unidade já é referência no acompanhamento de gestações de risco, oferecendo serviços valiosos para as mulheres nesta situação, destacou Neto Dias.

A equipe do CEO de Quixeramobim comemora a expansão no atendimento à população do Sertão Central.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

09:30 · 07.12.2018 / atualizado às 09:40 · 07.12.2018 por

Um grupo de aprovados em seleção pública para o cargo de Agente Comunitário de Saúde em Morada Nova solicitou à 1ª Promotoria de Justiça Estadual neste Município, a adoção de providencias para suas nomeações considerando haver a necessidade de profissionais dessa área em várias localidades.

Atendendo o pedido dos concursados o representante do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ajuizou Ação Civil Pública (ACP) com o objetivo de obrigar a prefeitura a nomear os agentes de saúde aprovados no Edital nº 001/2016. O órgão ministerial também requer à Justiça a aplicação de multa diária em caso de descumprimento.

De acordo com o MPCE os aprovados no último processo seletivo público apresentaram documento alegando ter o Município disponibilizado 58 vagas imediatas; 48 foram nomeados. Como os demais ainda não foram convocados, as localidades onde deveriam atuar estão desassistidas desde então. A convocação deve ocorrer  antes do dia 15 deste mês, quando se encerra o prazo de validade do concurso.

A Promotoria de Justiça solicitou à Secretaria Municipal de Saúde a relação de todos os agentes comunitários de saúde lotados nas áreas citadas no Edital. Em resposta, o Município enviou uma tabela, a qual confirma as informações apresentadas na representação dos concursados. Também demonstra que 14 localidades estão desassistidas e, em outras áreas, sequer teve candidatos aprovados.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato com a Secretaria de Saúde e prefeitura de Morada Nova. Até a publicação desta edição as ligações telefônicas e mensagem eletrônica não haviam sido atendidas.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 04.12.2018 / atualizado às 07:01 · 04.12.2018 por
Apesar de o Arrojado Lisboa ainda manter reserva de 89,38 milhões de metros cúbicos, o equivalente a 5,58 % da sua capacidade, a zona rural de Banabuiú enfrenta forte crise hídrica. 

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu por meio de Portaria publicada no Diário Oficial da União a situação de emergência nos municípios de Banabuiú, no Centro do Estado, e de Tamboril, no Sertão dos Inhamuns.

A medida se baseou na descrição do Formulário de Informações do Desastre(FIDE), encaminhado pelos municípios e Governo do Estado, apontando a situação vivida por causa da seca.

O reconhecimento da situação de emergência poderá facilitar a captação de recursos e programas estaduais e federais para ações de convivência com o semiárido, incluindo a distribuição de água nas comunidades rurais.

Na mesma publicação, estão incluídos municípios dos estados de Minas Gerais, Piauí, Sergipe e Bahia, por causa de estiagem, ainda de Santa Catarina, por chuvas intensas e Rio Grande do Sul, por chuva de granizo.

De acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) 37 municípios cearenses estão com situação de emergência reconhecida até o próximo dia 12 de dezembro. Na lista estão: Acopaira, Assaré, Bela Cruz, Canindé, Caririaçú, Cascavel, Cedro, Chaval, Choró, Crateús, Crato, Groaíras, Hidrolândia, Icapuí, Icó, Iguatu, Independência, Icó, Ipu, Itapajé, Itatira, Jguaribara, Jaguaruana, Jardim, Lavras da Mangabeira, Madalena, Missão Velha, Nova Olinda, Ocara, Parambu, Paramoti, Quiterianópolis, Reriutaba, Salitre, São Gonçalo do Amarante, Senador Pompeu, Umari e Umirim.

Ainda pelos dados da Cedec, no total69 municípios cearenses em situação de emergência por seca decretada ou homologada pelo Governo do Estado do Ceará, todos com situação reconhecida pelo Governo Federal por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 28.11.2018 / atualizado às 08:00 · 28.11.2018 por
O aterro sanitário particular, único no Sertão Central, fica localizado no distrito de Bonfim, em Senador Pompeu.

Em decisão expedida nesta terça-feira (27) o juiz da 1ª Vara da Comarca de Quixadá, Welithon Alves de Mesquita, determinou a intervenção do aterro sanitário da empresa DFL Serviços de Limpeza Urbana e Meio Ambiental, localizado no município de Senador Pompeu. A medida tem por finalidade o cumprimento do contrato de transbordo do lixo de Quixadá à sua destinação final. Ainda foi dobrado o valor a multa, de R$ 5 mil para R$ 10 mil ao dia por descumprimento da decisão judicial.

Na medida arbitrada pelo juiz a prefeitura de Quixadá está sendo autorizada a utilizar todos os equipamentos da DFL para cumprimento do contrato administrativo, inclusive, se necessário, com uso de força policial, e havendo resistência, o arrombamento de cadeados e de portas das instalações particulares. Essas medidas, ressalta o magistrado, visam exclusivamente conseguir a contendo o transbordo do lixo nas dependências do aterro sanitário, pertencente ao empresário Ernane Teles Castro Júnior.

Enquanto a empresa não é notificada formalmente a prefeitura de Quixadá foi autorizada a depositar os resíduos sólidos da cidade no antigo lixão. Foi a alternativa encontrava para evitar o acúmulo de lixo nos logradouros públicos, de não causar transtornos nem riscos à população. A liberação valerá por sete dias, tempo considerado necessário e suficiente pelo magistrado para o cumprimento dos atos processuais decorrentes da sua decisão. Os serviços de recolhimento do lixo tiveram início nesta terça-feira (27).

O magistrado fundamenta sua decisão no descumprindo das suas determinações, de forma reiterada, pela empresa DFL, que além de causar graves prejuízos à sociedade de Quixadá, em razão dos efeitos do acúmulo de lixo por toda a cidade, tem provocado o descrédito do Poder Judiciário.

A reportagem do Diário do Nordeste não consegui manter contato com a DFL. Anteriormente, o empresário Ernane Júnior havia informado que a prefeitura de Quixadá não estava cumprindo o contrato e ainda alegou ter sido alvo de extorsão. A denúncia provocou a realização da Operação Fiel da Balança. O caso segue na Justiça.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

06:30 · 28.11.2018 / atualizado às 06:40 · 28.11.2018 por
Secretário de Agricultura de Quixadá retorna ao cargo e encontra prédio transformado em “depósito”.

Interrompida em razão de decisão judicial após realização da Operação Fiel da Balança, para apurar apurar suposto desvio de recursos financeiros destinados ao serviço de coleta de resíduos sólidos em Quixadá, a equipe do prefeito Ilário Marques recomeça seus trabalhos enfrentando alguns transtornos.Muito lixo nas ruas e até veículos danificados foram encontrados em alguns órgãos, reclamam assessores ao reassumirem seus cargos.

Apesar de o prefeito interino João Paulo Furtado ter permanecido à frente da administração do Município por pouco mais de três meses, foi tempo suficiente para prejudicar o funcionamento de algumas secretarias. Esse é o exemplo da pasta de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar. Retornando à função, Kleber Júnior reclamou da situação em que o secretário temporário, Karlus Martins, deixou a Secretaria, em funcionamento na Feira de Animais da cidade.

Kleber Júnior pretende realizar uma auditoria para verificar se dados importantes e andamentos administrativos foram extraviados. Também não entende porque as dependências da Secretaria de Agricultura foram transformadas em um imenso depósito

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato com o prefeito interino e com o secretário nomeado por ele para a Agricultura, todavia, até a publicação desta edição não haviam sido localizados.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 21.11.2018 / atualizado às 11:13 · 21.11.2018 por
As atendentes do Hospital Regional Dr. Pontes Neto ganharam mais proteção para receberem os pacientes apesar de a maioria ser educados e compreensivos.

Uma Nota de Repúdio publicada recentemente pelo Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE) na sua página virtual trás novamente a discussão sobre o atendimento hospitalar nas unidades de saúde espalhadas pelo Estado. As agressões verbais são cotidianas e as físicas estão se tornando cada vez mais frequentes e violentas. As últimas ocorreram no último fim de semana. Uma em Quixeramobim e a outra em Fortaleza.

Em Quixeramobim, um técnico de Enfermagem foi lesionado pelo acompanhante de uma paciente na madrugada do sábado (17). Ele foi derrubado e agredido a chutes quando tentou defender outra funcionária do Hospital Regional Dr. Pontes Neto, quando ela estava sendo ofendida verbalmente. O agressor estava muito exaltado. Ele foi conduzido à Delegacia Regional da Polícia Civil, em Quixadá. Foi instaurado um TCO por lesão corporal.

Os problemas mais graves costumam ocorrer na área de emergência do hospital.
Diariamente são atendidos em média 400 pacientes no Hospital Regional Dr. Pontes Neto.

No domingo (18) uma técnica em Enfermagem foi espancada no Hospital Geral Dr. César Cals, em Fortaleza. A autora da agressão foi a mãe de uma criança que se encontra internada na UTI Neonatal . A vítima registrou Boletim de Ocorrência no 14º Distrito Policial, na capital cearense. Ela precisará se submeter a cirurgia para corrigir a fratura na mão decorrente das agressões.

De acordo com levantamentos efetuados pelo Coren-CE, este ano já foram registradas 12 denúncias de agressões físicas a profissionais da enfermagem. O número já é maior que o total de casos registrados em 2017, quando nove profissionais denunciaram agressões sofridas em todo o Estado.

Para a presidente do Conselho Regional de Enfermagem, Ana Paula Brandão, a crescente onda de violência nas unidades hospitalares reflete dois problemas que afetam a política de Saúde Pública: os cortes nos investimentos em Saúde e, consequentemente, a precarização dos serviços em hospitais e Unidades Básicas de Saúde; além da falta de investimentos na segurança destes locais.

Para solucionar problemas dessa natureza a direção do Hospital de Quixeramobim já havia construído uma guarita para atendimento dos pacientes e familiares. Agora, as atendentes ficam protegidas por paredes. Para os outros casos será necessária a contratação de vigilância, desarmada, explicou o secretário de Saúde de Quixeramobim, Eugênio Almeida, também diretor da unidade hospitalar regional.

A gerente de Enfermagem do Hospital Dr. Pontes Neto, Manuela Estevam Ribeiro, acrescentou ter sido instalado na unidade um Núcleo de Gerenciamento de Conflitos. O objetivo é conscientizar a população sobre as prioridades dos atendimentos. São dois médicos para a média diária de 400 pacientes. Há ainda atendimento a seis leitos de adultos, dois de pediatria e ainda duas UTIs.

Copiar conteúdo autoral sem prévia autorização é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal. A pena é de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 21.11.2018 / atualizado às 11:14 · 21.11.2018 por

Um dia após o afastamento do vereador Gutemberg Queiroz Pelegrine Filho, conhecido como “Guto da Glaudiesel”, a Câmara de Vereadores d e Quixadá deverá apreciar nesta quarta-feira (21), em sessão ordinária, um pedido de impeachment protocolado pela advogada Flávia Regina Cabral de Oliveira contra o prefeito Ilário Marques, afasto do cargo por determinação da Justiça desde agosto passado.

> Vereador de Quixadá investigado por esquema de “rachadinha” é afastado por corrupção passiva

No pedido, a advogada denuncia Ilário Marques por crime de responsabilidade fiscal. Segundo ela, o denunciado teria efetuado gastos na ordem de R$ 5 milhões sem autorização da Câmara Municipal, excedendo o orçamento municipal de 2017. “São as chamadas pedaladas fiscais, como ocorreu com a presidente Dilma Roussef“, explicou o advogado Gladson Alves do Nascimento, especialista nessa área.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato com Ilário Marques, todavia, até a publicação desta edição ele não havia sido localizado. Entretanto, um assessor dele informou não haver consistência na denúncia ainda a ser apreciada pelos vereadores para ser discutida na Casa Legislativa municipal.

Copiar conteúdo autoral sem prévia autorização é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal. A pena é de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

05:30 · 21.11.2018 / atualizado às 11:15 · 21.11.2018 por
A fazenda experimental administrada pela Ematerce em Quixeramobim vai receber a visita de embaixador de Israel.

O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Avraham Shelley, visitará na manhã desta quarta-feira (21) a Fazenda Normal, em Quixeramobim. De acordo com a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), o representante estrangeiro realizará um sobrevôo sobre o equipamento administrado pela Ematerce,  acompanhado pelo secretário De Assis Diniz, pelo presidente da Ematerce, Antônio Amorim e pelo técnico do Projeto São José III, Gilberto Stuztman. O pouso na fazenda está marcado para às 9h.

Sobre a visita, o embaixador comentou haver interesse na construção de estufas e conhecer outras necessidades para operação da Fazenda Normal.

Yossi Shelley acertou a agenda em reunião com o secretário e o secretário adjunto do Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz e Wilson Brandão, respectivamente, na segunda-feira (19). No mesmo encontro, conheceu os resultados do trabalho da equipe que opera as Estações de Tratamento Móveis (ETAs Móveis) realizada pela equipe da SDA através do Projeto Paulo Freire. O balanço da equipe aponta para implantação de 1.209 cisternas de placa devidamente abastecidas nos 31 municípios com mais baixo IDH.

Ainda de acordo com a SDA a previsão é de conclusão da meta do atual contrato, 4 mil cisternas, e a implantação de mais 8 mil de um novo contrato que se encontra em licitação. A ação conduzida pela equipe técnica da SDA conta com o financiamento do Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura (FIDA).

O projeto de cisternas é uma antiga ação da SDA que busca garantir o acesso à água de beber para população do semiárido cearense. Cada cisterna comporta cerca de 16 mil litros d’água, o que é suficiente para garantir o consumo das famílias por um ano, ou 2 mil litros d’água ao mês”, ressalta De Assis.

Fazenda Normal

Sobre o projeto Fazenda Normal, o titular da SDA destaca como objetivo se tornar autossustentável, passando a funcionar como modelo tecnológico para todo o Estado. O entrave da obra de implantação das estufas especiais utilizadas na agricultura do território estatal localizado no Oriente Médio  é o envio de um engenheiro especializado para orientar a montagem e a instalação.

São três grandes estufas e, infelizmente, ainda não temos em nosso corpo técnico habilidades para trabalhar esse tipo de cultivo. O que foi acertado é que, feita as bases, que os técnicos de Israel estivessem no Ceará com seus conhecimentos e suas capacidades para fazer a montagem das estufas para o cultivo hidropônico – com inclusive uma parte dela com recirculação da água e dessalinização para cultivo de folheosas como cebola, coentro, alface e repolho“, explicou o presidente da Ematerce, Antônio Amorim.

A SDA acrescentou que as obras de terraplanagem e as bases de concreto para instalação já estão prontas. A instalação elétrica, captação e adução de água também estão no roteiro. Com a conclusão da instalação das estufas a Fazenda Normal  poderá ser administrada a partir de um consórcio envolvendo instituições como a Ematerce e o Instituto Agropolos do Ceará (IACe).

Copiar conteúdo autoral sem prévia autorização é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal. A pena é de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Blog da editoria Regional, do Diário do Nordeste, sobre os municípios da região Sertão Central, do Ceará.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags