Categoria: Sociedade


08:00 · 13.06.2019 / atualizado às 07:45 · 13.06.2019 por

O Instituto Assum Preto abriu inscrições para residências de roteiros e mostras competitivas para o 3º Sertão & Diversidade, um festival internacional de curtas metragem.

Segundo os organizadores, os interessados precisam acessar o site www.sertaoediversidade.org até o dia 27 deste mês. A programação será realizada de 14 a 17 de agosto na Casa de Saberes Cego Aderaldo, em Quixadá.

O evento é realizado juntamente com o Núcleo de Pesquisas e Experimentos Audiovisuais (NAVI) do Instituto Federal do Ceará (IFCE) campus de Quixadá e colaboração de instituições públicas e privadas.

O Sertão & Diversidade debate assuntos relacionados a gênero e diversidade por meio da linguagem audiovisual a partir da vivência de pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (LGBTs).

Mostra de cinema

O Festival Internacional de Curtas pretende apresentar realizações cinematográficas recentes, do Brasil e do exterior, que contribuam para a discussão sobre gênero e diversidade, e promover o intercâmbio e estimular o desenvolvimento da produção audiovisual no Sertão Central do Ceará.

A Mostra Competitiva de Curtas, que chega este ano à sua terceira edição, é dividida nas categorias Ficção e Documentário, acrescentam os organizadores.

 Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 08.06.2019 / atualizado às 06:35 · 08.06.2019 por
O presidente e a vice-presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas e Ana Vládia Feitosa reúnem o Colégio cearense em Quixadá. Foto > OAB Ceará

A Ordem dos Advogados do Brasil no Ceara, OAB Ceará, realiza neste sábado (8) em Quixadá o encontro dos gestores das 16 Subsecçõs no Estado. O colégio de presidentes e vice-presidentes da entidade se reúne a partir das 9h no salão de reuniões do Hotel Vale das Pedras.

De acordo com o presidente da seccional cearense da OAB, Erinaldo Dantas, os 32 representantes da gestão no triênio 2109-2021 discutirão projetos a nível estadual e nacional. Serão debatidos os problemas e soluções da prática advocatícia vivenciadas pelos associados.

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

11:30 · 25.01.2019 / atualizado às 12:01 · 25.01.2019 por
Banabuiú comemora mais um aniversário de emancipação com muita festa.

Após oito dias de festa, as comemorações do aniversário da cidade de Banabuiú, no Sertão Central do Estado, se encerram nesta sexta-feira (25). O encerramento oficial ocorre no Corredor Cultural, com show do cantor Toca do Vale. O evento é aberto ao público e organizado pela gestão do prefeito Edinho Nobre, que prometeu policiamento e segurança à população e conterrâneos de cidades vizinhas que são aguardados. A expectativa é que cerca de 8 mil pessoas lotem o espaço para comemorar o aniversário da cidade carinho.

Hoje é a data de emancipação da cidade, que comemora 31 anos de sua emancipação, ocorrida em 1988, e por isso o município decretou feriado. A festa tem início às 22h. Antes, acontece a entrega de premiação das modalidades que disputaram os últimos jogos na noite da última quinta-feira (24) e de competições que ainda ocorre hoje.

O encerramento da semana do município será marcado por um momento aguardado há mais de dez anos pelos desportistas banabuienses: a estreia das competições no estádio municipal. O último jogo de futebol de campo acontece a partir das 16h no local. A partida desta sexta marca a conclusão da primeira fase do projeto, e o início das competições esportivas da cidade no local. A gestão esclarece que a inauguração oficial do equipamento ainda deve acontecer.

O prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre, falou do orgulho em poder estrear jogos de campo no estádio, justamente na data em que a cidade comemora o seu aniversário. “Eu, como filho de Banabuiú, estou muito orgulhoso. Dá satisfação, ver o resultado do empenho e do trabalho de nossa gestão, em poder cumprir com o nosso compromisso, e tornar o sonho de muitos desportistas algo concreto e real, que é de ver o estádio sendo concluído”, declarou o prefeito.

Tradicionalmente, o esporte é o principal atrativo do evento municipal. A cidade se movimenta por uma semana com competições que destacam o esporte e o trabalho da pasta no município. De acordo com a assessoria de comunicação do município, ao longo dos últimos sete dias, cerca de 800 atletas rotativos competiram em 27 diferentes modalidades. A cidade se movimentava com competições que ocorriam simultaneamente, no ginásio, no campo e em outros espaços públicos.

Outra novidade desta 31ª edição da semana do aniversário da cidade, foi a inauguração de um letreiro, fixado na Praça 25 de Janeiro, com a frase “#EuAmoBanabuiú”. A noite, a peça artística ganha um incremento, com um jogo de luzes que mudam de cor. A chegada do letreiro tem chamado atenção da população. Várias pessoas estão lotando a praça à noite, para fazer fotos, que estão se espalhando pelas redes sociais e cativando conterrâneos banabuienses.

“Como um filho dessa terra, desde que assumi eu tenho me dedicado com muito carinho, e tenho pedido muito empenho de minha equipe, na organização dessa festa, porque é a festa mais importante da história de nossa cidade, então, é algo simples mas é algo que vem sempre com uma programação muito variada, com muitas atrações, premiações e que mexe com a cidade”, afirmou o prefeito de Banabuiú, Edinho Nobre.

A festa do município é uma tradição que além de movimentar a cidade, traz incremento à economia, movimentando o comércio. Nesta época do ano, a economia da cidade registra um dos seus melhores faturamentos. Bares, lanchonetes, restaurantes e até a rede hoteleira ficam movimentados no período.

Durante a edição de 2019, a Secretaria de Saúde entregou à população mais de 500 mil em equipamentos para as Unidades Básicas do Município e uma nova ambulância, que deve equipar os serviços de saúde oferecidos à população.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 16.12.2018 / atualizado às 08:50 · 16.12.2018 por
O presidente da CDL de Quixadá, Gilberto Falcão, recepcionou os convidados homenageados, Renato Carneiro e Francisco Mesquita. Fotos > Lázaro Mendonça

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Quixadá concedeu a medalha Junot Carneiro a duas personalidades eleitas pelo colegiado classista como destaques no cenário municipal, o médico Francisco Martins de Mesquita e o industrial Renato de Araújo Carneiro. Ambos foram prefeitos de Quixadá e na avaliação da CDL continuam prestando relevantes serviços a este Município.

O atual presidente da CDL de Quixadá, Gilberto Falcão, destaca a medalha Junot Carneiro, como a mais elevada e digna condecoração emanada pela entidade a qual representa, a personalidades que marcaram a história de Quixadá. A outorga recebe o nome do fundador da Câmara Lojista nesta cidade do Sertão Central.

Os homenageados, acompanhados de familiares, agradeceram a comenda especial na cerimônia realizada no auditório Maria Iracema Segundo Costa. Além de industrial da cotonicultura Renato Carneiro foi prefeito de Quixadá no período de fevereiro de 1977 a janeiro de 1983, eleito pela Aliança Renovadora Nacional (Arena). Dr. Mesquita, como é conhecido, esteve à frente da administração municipal por dois mandatos; de janeiro de 1989 a dezembro de 1992, pelo PDT, e de janeiro de 1997 a dezembro de 2000, pelo PSDB.

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 03.12.2018 / atualizado às 07:15 · 03.12.2018 por
Congresso acadêmico sobre o Sertão Central pretende discutir potencialidades da região.

Instituições acadêmicas do Centro do Estado pretendem reunir diversos segmentos sociais para discutirem as potencialidades desta região do semiárido brasileiro. O evento, I Congresso Nacional Interdisciplinar sobre o Sertão Central (Conisce), reunirá saberes da comunidade e produções realizadas na academia sobre o Sertão Central. Será o suporte para a criação de um banco de dados, reunindo conceitos empíricos e científicos, apontam os organizadores.

Os trabalhos, enquadrados em eixos temáticos: inovação, tecnologia e espaço urbano; educação, formação e direitos humanos; desenvolvimento, sustentabilidade e recursos naturais; cultura, arte, identidade; saúde, espaço agrário e sistemas biológicos, serão apresentados no Conisce, de 4 a 7 de dezembro, na Faculdade Cisne, em Quixadá.

Podem ser inscritos artigos em diversas modalidades: trabalhos de conclusão de curso, pesquisas de iniciação científica e de mestrado e doutorado.  Além de palestras e apresentações de trabalhos acadêmicos, o congresso terá atividades ligadas a áreas culturais e educacionais, economia solidária, gastronomia regional, artesanato e planejamento regional. O endereço eletrônico é http://conisce.com.br/.

Conforme a coordenadora do Congresso, professora Simone Dantas, será a oportunidade para o diálogo com vários segmentos em busca de soluções eficientes, não somente para o convívio como também o desenvolvimento da região tendo como alicerce as suas potencialidades.

Apesar de a escassez hídrica ser apontada como principal problema, recebendo sempre soluções paliativas, o planejamento, a administração e aplicação de novas tecnologias podem minimizar esses efeitos. O conhecimento está se fortalecendo na engenharia, na arquitetura, na saúde, agropecuária, na química, na ecologia e até na tecnologia da informação como opções.

O nosso sertão precisa deixar de existi r sob o estereótipo da pobreza. Sentimos com isso a necessidade de nos organizarmos, de associarmos a academia e o ator social nessa transformação. Com isso aguardamos a inscrição de propostas interessantes. A nossa expectativa é de esse espaço se consolidar como um instrumento eficaz de mudanças”.

Além da Faculdade Cisne, o Instituto Federal do Ceará (IFCE), a Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (FECLESC), da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Federal do Ceará (UFC) em Quixadá estão unidas na organização da conferência especial. Contam com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Ceará (Ipece) e da Associação dos Municípios do Sertão Central (Amusc).

De acordo com o Ipece o Sertão Central é formado pelos municípios Banabuiú, Choró, Deputado Irapuan Pinheiro, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole. São 16.014,77 km² de área com população de 392.811 habitantes.

I Congresso Nacional Interdisciplinar sobre o Sertão Central (Conisce)
De 4 a 7 de dezembro – Faculdade Cisne
Quixadá – Ceará

Diário Sertão Central. Participe pelo fone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 19.07.2018 / atualizado às 07:49 · 19.07.2018 por

Dom Adélio Tomasin fará exposição beneficente de artes plásticas no Shopping Iguatemi

A coletânea pessoal de artes plásticas do bispo emérito de Quixadá, dom Adélio Tomasin, estará à mostra em uma exposição beneficente no Shopping Iguatemi, em Fortaleza. O público poderá apreciar e comprar as obras do pintor italiano de 88 anos na loja 632, ao lado da Colcci, no piso inferir, a partir das 19 horas. O pintor retrata temas diversos em suas pinturas, do cotidiano a paisagens sertanejas.

De acordo com a organização da exposição, toda a renda da venda das pinturas será revertida para o abrigo de idosos Remanso da Paz, mantido em Quixadá pelo religioso com o auxílio de outros benfeitores. Mais de 50 deles são assistidos diariamente com atividades recreativas, sociais e alimentação. Também recebem cuidados médicos sem custo algum.

Pelo seu legado o religioso é considerado um dos maiores empreendedores de Quixadá e do Sertão Central. Em 2005 foi homenageado com o troféu Sereia de Ouro, concedido pelo Sistema Verdes Mares a personalidades de notável relevância no Estado. Naquele ano o cantor Belchior, falecido no dia 30 de abril do ano passado, também recebia a comenda criada em 1971 pelo industrial Edson Queiroz.

Dom Adélio Tomasin nasceu na província de Vicenza, na comunidade italiana Montegaldella, na região do Vêneto, na Itália, no dia 27 de abril de 1930. A sua missão religiosa começou em 1959, no Uruguai, onde participou da Pastoral Rural. Três anos depois viajou para o Brasil, passando a morar em Porto Alegre onde fundou, com outros membros da Congregação, o Centro Social Padre João Calábria.

Regressou ao Brasil em 1984, quando, assumiu novamente a direção do Centro Social Padre João Calábria. Quatro anos depois, aos 16 de março de 1988, foi eleito pelo Sumo Pontífice João Paulo II, bispo da Diocese de Quixadá, recebendo a Ordem do Episcopado de Dom Cláudio Colling, então arcebispo de Porto Alegre. Sua posse em Quixadá ocorreu no dia 29 de maio daquele ano.

Exposição : DAT 88 – Obras de Dom Adélio
20 de Julho de 2018 – 19 horas
Shopping Iguatemi – Fortaleza
Loja 632, Piso Inferior ao lado da Colcci.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 13.07.2018 / atualizado às 21:35 · 12.07.2018 por

Especialista em saúde mental, Wilson Cândido Braga ministrará palestra nesta sexta-feira (13) em Quixadá.

O professor Wilson Cândido Braga ministrará palestra na tarde desta sexta-feira (13) em Quixadá, abordando o tema Autismo: Caracterização e Neurociências. Em seguida haverá lançamento do seu livro, Autismo: Azul e de todas as cores. Os dois eventos, abertos ao público, tendo como entrada um quilo de alimentos não perecíveis destinados a projetos sociais, serão realizados a partir das 17 horas no auditório da Câmara Municipal. Haverá ainda momento de autógrafo. O exemplar custa R$ 25,00.

O palestrante escritor é pedagogo, terapeuta ocupacional e licenciado em Biologia. Especialista em Saúde Mental, Psicopedagogia, Gestão em Programas de Saúde da Família, Educação Infantil, Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD), Comunicação Alternativa e Educação Especial, Atendimento Educacional Especializado,  Ciências da Educação e Docência do Ensino Superior. É mestrando em Ciências da Educação.

Palestra

Autismo: Caracterização e Neurociências
17 horas – Câmara Municipal de Quixadá
Livro – Autismo: Azul e de todas as cores.
Mais informações: (88) 9 9927 6450

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 19.11.2017 / atualizado às 07:00 · 20.11.2017 por

Algumas gravuras do painel de grafite, simbolizando pássaros por liberdade, foram modificadas.

O I Festival Sertão & Diversidade teve sua culminância na noite deste sábado (18) com polêmica e censura. O motivo foi o painel de grafite pintado na parede lateral da praça do Centro Cultural Rachel de Queiroz, no Centro de Quixadá. Tão logo começou a ser postada na redes sociais, a arte, criada por participantes da oficina passou a receber criticas. Algumas gravuras denotavam erotização. A reação negativa levou a organização do evento a utilizar uma espécie de tapa-sexo nas imagens consideradas explicitas. Depois, uma delas foi apagada e a outra recebeu a gravura de uma rosa.

Diante da repercussão e da censura pública o painel colorido ganhou novas formas. Em protesto, o coordenador do Festival, roteirista Geraldo Cavalcanti, se manifestou com uma única frase: Não a todo tipo de violação à liberdade de expressão. Ele se referia à censura ao trabalho artístico, resultado da oficina de grafite. Pressionada, a administração municipal teria exigido a alteração do desenho original. Essa foi a divulgação feita nas redes sociais pela organização do Festival.

O painel de grafite, ao lado do Centro Cultural, tem 30 metros de extensão.

Posicionamento da Prefeitura

A Prefeitura de Quixadá informou que deu todo o suporte e apoio à realização do Festival. Foram aportados apoios financeiro e estrutural à iniciativa, considerando a importância e necessidade do debate proposto pelo projeto. Em nenhuma circunstância foi cerceada qualquer expressão artística e acima de tudo mensagens e opiniões culturais.

Privamo-nos em fazer qualquer juízo de valor sobre as ações desenvolvidas pela organização do evento e seus participantes e às diversas opiniões que circularam nas redes sociais.Destacamos que prefeitura de Quixadá repudia toda manifestação preconceituosa, racista, homofóbica, misógina e de violência e reafirma seu compromisso com os quixadaenses por uma cidade mais amorosa para todos e todas“, acrescento a Nota enviada ao Diário do Nordeste.

Proposta positiva

Mesmo assim, na sua primeira edição, focada no público de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs), a proposta atingiu seu objetivo. Atraiu a atenção da sociedade para o movimento e para a programação, que teve início na quinta-feira (16) com a participação especial do ator Silvero Pereira e se encerrou na noite deste sábado (19) com a exibição de três filmes do gênero e um show, A vibe, na Praça da Cultura

Na Mandala de prosa, uma das oficinas do Festival, realizada na Faculdade de Educação Ciências e Letras do Sertão Central (Feclesc) foram discutidos vários temas relacionados ao público LGBT. Nos debates foram discutidos: a identidade de gênero e orientação sexual no ambiente escolar; representatividade LGBT no Sertão; sexo, saúde e prevenção e avanços e desafios das políticas públicas LGBT.

Na “Mandala de prosa”, realizada no auditório da Feclesc, o público LGBT discutiu vários temas.

Na programação também teve uma oficina de maquiagem Drag Queen, no Centro Cultural.

O painel de arte em grafite, pintado a muitas mãos, tinha um colorido e temática especial.

Veja também no Diário do Nordeste

Ator Silvero Pereira abrilhanta abertura do Festival Sertão & Diversidade em Quixadá

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 18.11.2017 / atualizado às 07:05 · 18.11.2017 por

A Associação dos Filhos e Amigos de Quixadá (Afaq) realizará neste sábado (18) no Balneário Cedro Clube, nesta cidade, o baile de confraternização “Velhos tempos, belos dias”.

Segundo a presidente da Afaq, Cristina Fonseca, a festa é promovida em parceria com o Rotary Clube, Lions Clube e a Câmara de Dirigentes de Lojistas (CDL) de Quixadá para homenagear benfeitores e seus familiares.

Seis homenageados receberão a comenda Terra dos Monólitos. Os escolhidos, por votação de todos os associados da Afaq foram Maria do Socorro Moura Lima, José dos Santos Alves, Joaquim Capistrano Costa e ainda in memoriam, José Gomes da Silva, Maria Pordeus Lima de Araújo e José Linhares da Páscoa. Todos prestaram serviços relevantes ao Município.

A presidência da Afaq informou que a festividade tem início programado para as 21 horas, animada pelas bandas Opção Musical e Banda Reprise. O ingresso individual custa R$ 25,00. Parte da renda será destinada à Associação Grão de Mostarda.

Associados e a sociedade de Quixadá participarão da festa de confraternização. Foto > Afaq

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

07:00 · 15.11.2017 / atualizado às 06:55 · 15.11.2017 por

Ator Silvero Pereira prestigiará abertura do Festival Sertão & Diversidade em Quixadá.

A Fundação Assum Preto, através da Escola de Cinema do Sertão, juntamente com o Núcleo de Pesquisas e Experimentos Audiovisuais (NAVI), juntamente com o Instituto Federal do Ceará (IFCE) campus de Quixadá e colaboração do Coletivo Sertão Diversidade, vão realizar a partir desta quinta-feira (16), o I Festival Sertão & Diversidade. O evento, gratuito, seguirá até o sábado (18) no Centro Cultural Rachel de Queiroz, em Quixadá.

Segundo os organizadores, o Festival vai debater assuntos relacionados a gênero e diversidade por meio da linguagem audiovisual. A ideia é ampliar as discussões sobre a temática a partir da vivência de pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (LGBTs). Na programação também estão incluídos debates com cineastas, mandalas de prosa, oficina de drag e grafite, lançamentos de livros, exposição, competição de curta metragens, exibições, apresentações de dança e teatro e shows.

Mostra de cinema

Dentro da programação do Festival vai ocorrer a I Mostra Competitiva Desarme Seus Olhos. Trata-se de competição de curta-metragens de até 60 segundos produzidos por estudantes das escolas públicas de Quixadá. A competição será dividida em duas modalidades: Nível Fundamental II, 8º e 9º Ano e, Nível Médio, 1º e 2º Ano.

A mostra é uma parceria com a Secretaria da Educação de Quixadá e a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação 12 (Crede 12). Um dos critérios adotados para a mostra competitiva é que os vídeos elaborados pelos estudantes dialoguem com a temática LGBTs. Os vídeos ganhadores serão exibidos durante a programação noturna do festival.

Abertura especial

Ainda de acordo com a organização do Festival o ator cearense Silvero Pereira, que viveu a travesti transformista “Elis Miranda”, que se vestia como “Nonato” para garantir seu emprego de motorista, na novela A Força do Querer, da Rede Globo, estará presente na abertura da programação, com início programado para as 18 horas da quinta-feira (16) na Praça da Cultura, com a exibição do curta Cafundó & Escondido.

I Festival Sertão & Diversidade

De 16 a 18 de novembro
Programação do Festival
Quixadá – Ceará

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Diário Sertão Central

Fatos diários do Sertão Central e do Maciço de Baturité em infraestrutura, polícia, economia, política, esporte e cultura. Por Alex Pimentel.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags