Busca

Categoria: Tráfico


13:00 · 15.06.2018 / atualizado às 13:00 · 15.06.2018 por

Mulher foi presa em Quixeramobim com grande quantidade de crack e de cocaína.

Equipes da Polícia Civil, das delegacias de Quixeramobim e de Senador Pompeu, juntamente com policiais do Departamento de Polícia do Interior (DPI) – Sul, prenderam nesta sexta-feira (15) uma mulher, identificada como Samila Pereira de Lima, 36 anos, que chegava em Quixeramobim para abastecer traficantes da cidade. Em poder dela os policiais aprenderam 7.500 pedras de crack e ainda 115 porções de cocaína. Juntos, os entorpecentes pesam mais de um quilo.

Segundo informações dos investigadores da Polícia Civil a traficante havia embarcado em Fortaleza num ônibus de linha regular intermunicipal. Parte da equipe policial seguiu como passageiros. O objetivo era saber o destino da droga e capturar também os recebedores, visto que pelos levantamentos realizados nas investigações se tratava de uma boa quantidade, o suficiente para abastecer várias “bocas de fumo“.

A droga apreendida pela Polícia Civil seria destinada ao abastecimento de “bocas de fumo” em Quixeramobim.

Quando a suspeita desembarcou em Quixeramobim, após o último dia de festejos em homenagem ao padroeiro da cidade, Santo Antônio, ela tentou despistar os policiais, se escondendo em um estabelecimento comercial. Entretanto, o cerco estava feito. A droga estava em uma bolsa. Foi a maior apreensão dessa natureza este ano na região, acrescentou um investigador que participou da operação.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 31.05.2018 / atualizado às 08:15 · 31.05.2018 por

Equipe da Polícia Civil de Pedra Branca aprendeu mais de 10 quilos de drogas com suspeito de mandar matar ex-esposa. Fotos > VCRepórter

A equipe da delegacia da Policia Civil em Pedra Branca prendeu nesta cidade do Sertão Central um homem apontado como mandante do assassinato da esposa e um dos maiores traficantes da região. De acordo com informações da Polícia Civil ele foi identificado como Antonio Silvano Anchieta, 43 anos, vulgo “Chega Mais“. Em poder dele os policiais apreenderam 10 quilos de maconha, 700 gramas de cocaína, ainda uma balança de precisão, uma máquina de ensacar drogas e material para embalar os entorpecentes.

A prisão de “Chega Mais” ocorreu durante a “Operação Fachada“. Após investigações acerca do assassinato da ex-esposa, Francisca Rosilene Soares Martins, 30 anos. A Justiça decretou a prisão preventiva dele. Ao darem cumprimento ao mandado judicial as drogas e ainda bebidas alcoólicas e energéticos foram encontradas na residência da ex-companheira, utilizada por ele como fachada para o tráfico, daí o título da Operação.

A Polícia Civil ainda informou que foram reunidas provas de que “Chega Mais” teria encomendado a morte da ex-companheira, por motivos passionais, fazendo parecer um latrocínio, quando há roubo seguido de morte. Entretanto, apenas o telefone celular a vítima foi levado. Havia dinheiro na bolsa, mas não foi levado pelo assassino. O crime ocorreu no dia 8 de agosto do ano passado, quando ela estava em um ponto de ônibus.

Nas investigações os policiais civis ainda constataram que “Chega Mais”, continuava a praticar o comércio ilícito de entorpecentes, uma vez que já teria sido condenado por tal delito. Ele já tinha quatro passagens por tráfico de drogas, uma por favorecimento pessoal e uma por oferecer bebida alcoólica para menor de idade. A ordem para execução da esposa teria partido de dentro da cadeia pública da cidade. Ele estava preso quando Francisca Rosilene foi morta, completou a Polícia Civil.

Chega Mais havia recebido inclusive prêmio de Destaque do Ano na categoria bar. Era apenas fachada.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 23.05.2018 / atualizado às 07:50 · 23.05.2018 por

A Polícia Civil apreendeu armas de fogo e drogas e fechou “escritório” de facção em Quixadá

Equipes do Departamento de Polícia do Interior (DPI) Sul e da delegacia regional da Polícia Civil em Quixadá prenderam nesta cidade um suspeito de tráfico de drogas ligado a uma facção criminosa. Segundo informações de policiais que participaram da operação os criminosos estavam utilizando um imóvel no bairro Triângulo como ponto de venda de drogas. No local foi preso Jheyme Anjos da Silva, 23 anos (Foto).

Segundo a Polícia Civil, em poder do suspeito foram apreendidas 400 gramas de maconha, 190 de cocaína, quase meio quilo de uma substância branca, utilizada como mistura, mini balanças e ainda uma pistola .40, um revólver calibre 38 com munições de ambos os calibres e inclusive de uso restrito, 9 milímetros. A motocicleta supostamente utilizada para a entrega das drogas também foi apreendida.

Em poder de Jheyme da Silva os policiais encontraram até mais de uma dezena de caixas de lâminas de barbear

No “escritório” dos criminosos os policiais encontraram kits completos para usuários de drogas. As armas de fogo serão submetidas a perícia. Podem estar relacionadas a homicídios na região.

A prisão de Jheyme da Silva, com antecedentes por tráfico de drogas, está relacionada a captura de Cleiton Rodrigues Nobre, vulgo “Cleitinho“, 28 anos, o qual confessou à Polícia ser o chefe de facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) em Banabuiú e estava tentando expandir a atuação do seu grupo em Quixadá. Ao ser preso o “comandado” alegou que prestaria informação somente à Justiça.

Os outros integrantes da facção já foram identificados. De acordo com o delegado de Banabuiú, Salviano de Pádua, parte deles, incluindo mulheres, tem participação na execução de Walef Mendonça de Oliveira, 24 anos, filho de um vereador, naquele Município, onde a Polícia intensificou as ações ostensivas. Eles fugiram para Quixadá. Estão sendo procurados, acrescentou a Polícia Civil.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 18.05.2018 / atualizado às 07:35 · 18.05.2018 por

Operação policial foi realizada em Banabuiú em combate a ações criminosas. Um traficante foi preso. Foto > SSPDS

Um suspeito de tráfico preso e algumas pedras, possivelmente preciosas, apreendidas, esse foi o resultado de uma operação realizada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (17) na cidade de Banabuiú. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) foram cumpridos 23 mandados de busca e apreensão em imóveis supostamente residenciais.

Em um dos imóveis, situado no Centro da cidade, os policiais encontraram 34 trouxinhas de cocaína, embalagens para a preparação da droga e ainda oito telefones celulares, geralmente utilizados por dependentes químicos na troca pelas substâncias entorpecentes. O morador, Eduardo Faustino da Silva, 28 anos, foi preso em flagrante delito, por tráfico.

Noutro imóvel foram encontrados pedaços de rochas com cores e texturas diferentes, levantando a suspeita de que se tratam de pedras preciosas em estado bruto. Ninguém foi encontrado no local. O material também foi apreendido e encaminhado para a Pericia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), para realização de análise, acrescentou a Polícia.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 08.05.2018 / atualizado às 06:00 · 08.05.2018 por

Uma equipe da Polícia Militar prendeu em Senador Pompeu, no Centro do Estado, dois homens suspeitos de tráfico de drogas ilícitas. Segundo informações da Polícia a dupla, identificada como Bruno Lourenço do Nascimento Moreira e Francisco Ariamiro Alves, foi presa em um campo de futebol na localidade denominada Senhor do Bonfim, mais conhecida como quilômetro 20, na zona rural deste Município.

A Polícia Militar ainda informou que a prisão ocorreu por volta das 17h30. Em poder de Bruno Lourenço foram apreendidas 12 trouxinhas de maconha e um papelote de cocaína. Quanto a Francisco Ariamiro, ele havia esfaqueado um homem. A vítima, atingida por um golpe na barriga, foi socorrida à Maternidade e Hospital Santa Isabel. Os motivos da lesão corporal ainda são desconhecidos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 01.05.2018 / atualizado às 08:50 · 01.05.2018 por

Uma equipe do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) prendeu na noite desta segunda-feira, 30 de abril, um casal suspeito de venda de drogas em um pequeno estabelecimento situado em uma das vias mais movimentadas de Quixadá, a AV. José Caetano. O local, denominado “Escritório das Coleguinhas“, segundo a Polícia Militar, era utilizado como ponto de comercialização de drogas ilícitas e casa de prostituição.

Ao realizarem buscas no estabelecimento os policiais encontraram trouxinhas de cocaína, prontas para venda e ainda R$ 1.315,00. A responsável pelo estabelecimento, identificada como Francisca Mônica Amorim Lima, 30 anos, confessou onde havia escondido a droga e o dinheiro, dentro de um buraco na parede, no andar superior do imóvel, onde também foi preso Audenízio da Silva Freitas, 21 anos. Ambos nasceram e residem em Quixadá.

Complementando as investigações, a Polícia Civil informou que ao ser interrogado Audenízio Freitas afirmou que a droga e o dinheiro pertenciam à sua namorada, Francisca Mônica, com a qual começou o relacionamento havia pouco mais de um mês. Entretanto, o delegado Luciano Barreto autuou o casal por tráfico de drogas e associação ao tráfico. O namorado já havia sido preso pelo mesmo crime, ficando 11 meses recluso, acrescentou um investigador.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 24.04.2018 / atualizado às 08:50 · 24.04.2018 por

Trio preso pelo BPRaio em Canindé é suspeito de três homicídios nesta cidade. Fotos > SSPDS

A Polícia Civil trabalha nas investigações de três homicídios no município de Canindé, dos quais são apontados como envolvidos Francisca de Sousa Lima Rodrigues, conhecida por “Chaguinha”, 32 anos,  Josemberque Maciel da Silva, o “Jorginho”, 20 e Francisco Janael Ferreira Gomes, vulgo “Pompeu”, 25. Eles foram presos na noite do último sábado (21) por equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Segundo informações da Polícia, o trio foi preso logo após uma tentativa de homicídio no bairro do Can, em Canindé. A vítima, identificada como Francisco Ítalo Araújo Coelho, conhecido por “Fura”, 26 anos, chegou a ser socorrida, todavia, na manhã desta segunda-feira (23), veio a óbito. Ele tinha antecedentes por homicídio e crime ambiental. Pelas investigações, é a terceira vítima do trio, identificado pouco tempo após ao crime.

Após a tentativa de homicídio, no sábado (21) equipes do BPRaio seguiram à residência de “Chaguinha”, apontada como a proprietária da motocicleta utilizada na ação criminosa. No imóvel foram apreendidas quatro trouxinhas de maconha e uma de crack. “Jorginho” estava na casa e foi preso quando tentava empreender fuga pelos fundos. Ele tem antecedente criminal por roubo. Durante a prisão, ele informou que o comparsa, “Pompeu”, havia fugido na motocicleta.

O BPRaio conseguiu localizar e prender “Pompeu” logo depois. No momento da prisão ele portava um revólver calibre 32. Contra ele, constava um mandado de prisão por roubo, além de passagens pela Polícia por tráfico de drogas, lesão corporal dolosa e ameaça. Ao ser indagado sobre uma segunda arma de fogo, ele afirmou que havia se desfeito do material, que posteriormente, foi recuperado pelos profissionais de segurança que refizeram o percurso do suspeito.

O delegado Daniel Aragão, titular da Delegacia Regional de Canindé,  informou que os suspeitos confessaram participação no crime que vitimou Francisco Daniel Pereira da Silva, 22 anos, no dia 23 de março passado, fato ocorrido também no bairro da Can. Agora, os presos também serão investigados por um terceiro homicídio também ocorrido em Canindé. As armas de fogo apreendidas  serão periciadas.

As armas apreendidas em poder dos suspeitos serão examinadas pela Perícia

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 24.04.2018 / atualizado às 06:10 · 24.04.2018 por

Equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) prenderam na tarde desta segunda-feira (23), em Quixadá, o mototaxista Antonio Ednardo Anjos da Silva, 30 anos, natural de Quixadá. Na residência dele, na Rua Padre José Bezerra Filho, no bairro Triângulo, os policiais encontraram 20 gramas de cocaína, 7,5 gramas de crack, dois telefones celulares e ainda um revólver calibre 38.

Conforme informações recebidas pela Polícia, no local funcionava uma “boca de fumo“, um ponto de venda de drogas ilícitas. A prisão de “Gasolina“, como o suspeito é conhecido ocorreu a partir de denúncias anônimas, realizadas por supostos concorrentes. No momento da prisão ele estava no imóvel cercado pelas equipes do BPRaio. Surpreendido, não esboçou reação.

Na delegacia regional da Polícia Civil, em Quixadá, para onde foi conduzido, o suspeito alegou que a droga apreendida no interior do imóvel era para seu consumo e a arma de fogo para sua defesa, pois tem inimigos. Entretanto, ele está sendo investigado por dois crimes de morte na cidade. O exame no revólver apreendido poderá comprovar o envolvimento dele nos homicídios, informou um investigador.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:09 · 05.02.2018 / atualizado às 13:20 · 05.02.2018 por

Equipes da Força Tática de Apoio (FTA) de Ibicuitinga, do Policiamento Ostensivo Geral (POG) de Morada Nova e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) de Quixadá frustraram na noite deste domingo (4) um suposto ataque de membros de uma facção criminosa aos juízes da comarca de Morada Nova, que se encontravam hospedados em um hotel desta cidade.

Segundo informações da Polícia Militar, ao tomarem conhecimento do suposto ataque, inclusive de que os criminosos haviam executado uma pessoa no parque de exposições, as equipes da FTA, POG e BPRaio seguiram para o local onde os suspeitos se encontravam. Ao cercarem o imóvel, situado nas proximidades do hotel, e iniciarem a abordagem, os policiais foram recebidos à bala.

Houve troca de tiros. Parte do bando conseguiu fugir, mas um deles, identificado como Breno Araújo Cunha, foi atingido por alguns disparos após descarregar toda a munição do seu revólver calibre 38 contra os policiais. Ferido, o suspeito foi socorrido ao Hospital Municipal, onde não resistindo aos ferimentos, morreu após ser abandonado pelo restante dos comparsas.

A Polícia Militar ainda informou que na ação duas adolescentes foram aprendidas. Na fuga, o resto do bando deixou cair uma espingarda calibre 12. Dentro do imóvel também foram encontradas drogas ilícitas e uma balança de precisão. O local estava sendo usado como “boca de fumo”.  A Polícia vai investigar a participação das adolescentes, identificar e prender o restante do bando.

Foi confirmado também um homicídio. O crime ocorreu em um bar, defronte ao parque de exposições da cidade, pouco tempo antes do confronto de criminosos com os policiais. A vítima estava sentada em uma cadeira quando foi surpreendida e alvejada por vários disparos efetuados por dois homens que fugiram em uma motocicleta de cor preta.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

19:00 · 23.01.2018 / atualizado às 19:53 · 23.01.2018 por

Sorriso e Yuri foram presos pela Polícia Civil após torturas em Quixeramobim.

Três dias após a confirmação de tortura de duas mulheres e de um homem em Quixeramobim, com vídeos divulgados nas redes sociais, equipes da Polícia Civil efetuaram a prisão dos autores material e intelectual desses crimes hediondos, identificados como Yuri Nogueira Correia, 21 anos e Diego Nunes Costa, 26, este último conhecido pelo apelido de “Sorriso“. Segundo os investigadores, Diego é o líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) nesta região.

A prisão foi efetuada nesta segunda-feira (23) por policiais do Departamento do Interior Sul e da delegacia de Quixeramobim juntamente com o delegado regional de Senador Pompeu.

A dupla foi presa em um esconderijo do grupo, um imóvel isolado, situado na localidade de Alto da Vitória, já na zona rural deste Município. Como o local foi cercado, os criminosos não esboçaram reação. Apenas tentaram se livrar da prisão se identificando com nomes falsos. Todavia, a Polícia Civil já havia efetuado inclusive a identificação fotográfica deles. Dentro da casa também foram encontradas máquinas de embalagem de drogas e anotações da contabilidade do tráfico, acrescentou um investigador.

Foragidos, perigosos e cruéis

Ainda de acordo com as investigações da Polícia Civil, “Sorriso” foi o mandante da execução do servidor terceirizado à disposição da Delegacia da Polícia Civil de Quixeramobim, Carlos Alexsandro de Queiroz Brito, 42 anos, conhecido como Carlos Bandeira, na manhã de 27 de maio do ano passado. A vítima foi baleada pelas costas quando saía de casa. É ele também quem ordena as torturas de simpatizantes e as execuções de membros da facção rival Comando Vermelho (CV).

O comandado, Yuri Correia, estava foragido da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, antiga CCPL I, em Itaitinga, onde cumpria pena pelo assassinato do policial civil Tony Ítalo Lima Pinheiro, em janeiro de 2015, na capital cearense. O policial tinha 29 anos. Yuri praticou o crime com o auxílio de outros quatro comparsas. Além de frio ele e considerado o mais cruel.

As imagens das torturas praticadas não foram divulgadas por serem muito fortes. As duas mulheres, além de ameaçadas, tiveram os cabelos cortados e revólveres, engatilhados, apontados para as suas cabeças por diversas vezes. Já o rapaz, teve dois dedos da mão direita decepados por um golpe de facão. O “castigo” ocorreu porque as vítimas tinha algum tipo de relação com membros do Comando Vermelho.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154