Busca

Categoria: Tráfico


01:00 · 01.08.2018 / atualizado às 23:15 · 31.07.2018 por

Policiais militares procuravam assassino de mototaxista e acabaram encontrando mais de 1,5 kg de drogas.

Equipes da Polícia Militar em Quixadá apreenderam no fim da manhã desta terça-feira (31), nesta cidade do Sertão Central, um adolescente de 15 anos de idade com 1,6 quilos de maconha, ainda uma balança de precisão e sacos plásticos para embalagem de drogas. O material entorpecente foi encontrado no quintal da casa dele, no bairro Alto São Francisco.

Os policiais militares realizavam diligencias para capturarem os suspeitos do assassinato do mototaxista Francisco Marcelo Bezerra Marques, 45 anos. O crime ocorreu cerca de meia hora antes da apreensão do adolescente. Ele foi apontado como suspeito da execução do mototaxista. Nas buscas as drogas foram encontradas escondidas no muro dos fundos do imóvel.

A Polícia Civil informou que o suspeito foi encaminhado ao Núcleo Regional de Perícia Forense (Pefoce), em Quixeramobim, para realização de exame de parafina, no qual é possível constatar se o examinado efetuo disparo de arma de fogo. O resultado será apresentado somente dentro de 30 dias. Entretanto, o adolescente teve auto de infração por tráfico lavrado em seu desfavor.

Indagado acerca das drogas, respondeu apenas que havia decretado a sua “sentença de morte”, se referindo ao fato de os policiais terem localizado e apreendido os narcóticos. Sobre a morte do mototaxista, ficou em silêncio. Ele consta com vários atos infracionais. Dentre os delitos estão roubos e um latrocínio, quando há roubo seguido de morte, acrescentou um inspetor.

  Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

00:00 · 21.07.2018 / atualizado às 15:30 · 22.07.2018 por

Papelotes de cocaína começariam a ser “distribuídos” na região. Uma arma de fogo e munições foram apreendidas.

Uma operação conjunta realizada na tarde desta sexta-feira (20) por equipes da delegacia regional da Polícia Civil de Quixadá e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) fechou um ponto de distribuição de drogas na zona rural deste Município. Um imóvel residencial situado na localidade de Vila Rica, a pouco mais de 20Km do Centro da cidade, estava sendo utilizado como ponto de apoio para a expansão do tráfico na região. O local é próximo das vilas de Várzea da Onça e de Cipó dos Anjos, também da cidade de Ibicuitinga.

Após a realização de investigação a Polícia Civil identificou o local e juntamente com os policiais do Raio realizou o cerco na área. Para surpresa dos policiais havia uma família no local, mãe e três crianças. De acordo com os delegados à frente da operação, elas não sabiam do envolvimento de Lalernilson Lopes Marinho, 28 anos, com narcotraficantes. Em poder dele foram encontradas porções de cocaína, um revólver calibre 38 e munições. O imóvel inclusive estava marcado com a sigla de uma facção criminosa.

Parte das drogas estava escondida dentro do micro-ondas, entre o lanche das crianças Outra porção de papelotes de cocaína estava escondida dentro de uma bolsa das meninas

Ainda de acordo com a Polícia o suspeito alegou não integrar nenhuma facção criminosa. Acerca dos 145 papelotes de cocaína e da arma de fogo e munições, disse pertencer a um traficante, o qual o havia obrigado a manter os objetos apreendidos na sua posse. Por razões estratégicas iria utilizar a localidade rural para distribuição da droga. A Polícia não revelou mais detalhes a respeito da prisão, exceto que Lalernilson chegou recentemente de Fortaleza. Ele foi autuado em flagrante, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 12.07.2018 / atualizado às 11:30 · 12.07.2018 por

Quatro dias após a morte de um suspeito de tráfico, mais um homem morreu em Quixeramobim durante confronto com equipe do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). A ocorrência, registrada na noite da última terça-feira (10) foi confirmada pela Polícia Militar após às 21 horas desta quarta-feira (11). A intervenção policial ocorreu por volta das 23h30 na localidade de Fazenda Cachoeira, a cerca da 3 quilômetros da sede deste Município.

A Polícia Militar informou que uma equipe do Raio realizava patrulhamento na região quando resolveram  realizara uma barreira policial para abordarem dois suspeitos que seguiam em alta velocidade pela estrada numa motocicleta. Apesar da sinalização luminosa do intermitente da viatura a dupla furou a blitz, mas caiu logo depois. Em seguida passaram a efetuar disparos de arma de fogo na direção dos policiais.

Houve confronto armado e um suspeito foi alvejado e abandonado pelo comparsa que fugiu adentrando o matagal. Os policiais não continuaram a perseguição para socorrerem o baleado ao Hospital Municipal. Todavia, apesar do esforço ele não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito horas depois. Em poder dele a equipe do Raio apreendeu 7,9 quilos de maconha e um revólver calibre 38. Cinco das seis munições da arma estavam deflagradas. A motocicleta Honda de placa HWH 1229 foi apreendida.

O suposto traficante morto foi identificado como Emanoel Ambrósio de Lima, 22 anos, natural de Fortaleza. Ele era conhecido pelo apelido de “Lúcifer“. O comparsa continua sendo procurado pela Polícia. As suspeitas são de que a dupla iria abastecer “bocas de fumo” – como são conhecidos os pontos de vendas de drogas ilícitas – na cidade. Não foi informado se eles são membro de alguma facção criminosa.

> Suspeito de tráfico morre em confronto com BPRaio na cidade de Quixeramobim

Ecstasy em Quixadá 

Ainda na noite da terça-feira (10) outra equipe do Raio prendeu em Quixadá um homem com 16 comprimidos de Ecstasy. O traficante foi preso nas proximidades do Posto Belas Artes e do conjunto habitacional da Cohab, na entrada da cidade. Em poder dele, além da droga ilícita sintética, encontrada com mais frequência nos grandes centros urbanos, os policiais apreenderam R$ 172,60. Em média cada comprimido de Ecstasy custa R$ 35,00.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

06:00 · 11.07.2018 / atualizado às 05:45 · 11.07.2018 por

Centenas de porções de drogas estavam escondidas dentro de um balde enterrado no chão. Foto > VCrepórter

Equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) e do Ronda com Cães (Roca) apreenderam na tarde desta terça-feira (10) mais de três mil porções de drogas ilícitas prontas para comercialização. As substâncias entorpecentes estavam dentro de baldes plásticos. Os recipientes estavam enterrados em um terreno localizado por detrás do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), em Quixeramobim.

A Polícia Militar ainda informou que chegou até às drogas através de denúncia anônima. Dentro dos dois baldes havia 1.196 trouxinhas de maconha, totalizando 1,4 quilos dessa droga, 1.610 pinos de cocaína, equivalendo a 1,1 quilo e ainda 115 pedras de crack. A droga pertencia ao traficante identificado pelo pseudônimo de “Perverso“. Ele foi preso no dia anterior, nas proximidades do terminal rodoviário de Quixeramobim.

Ao ser preso “Perverso” confessou ser o novo gerente do tráfico da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na cidade. Ele alegou que a droga pertencia a uma mulher identificada como “Manu“. Outro membro do PCC, conhecido por “O“, estaria com três armas de fogo, onde dando continuidade aos trabalhos preventivos os policiais prenderem outro comparsa, com duas pistolas calibre 380 e munições.

Este terceiro integrante do PCC, que não teve o seu nome revelado, confessou que havia chegado à cidade para matar membros da facção rival, o Comando Vermelho (CV). Ele disse ser primo de uma das vítimas da chacina pratica em Quixeramobim na noite de 28 de junho passado em um antigo assentamento de trabalhadores rurais. Pretendia vingar a morte dela, completou a Polícia.

 Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

20:30 · 06.07.2018 / atualizado às 21:05 · 06.07.2018 por

Equipe do BPRaio estourou “boca de fumo” em Quixeramobim. Um suspeito morreu durante a intervenção policial.

Um homem identificado como Daniel Pinto de Freitas, 32 anos, morreu no fim da manhã desta sexta-feira (6) durante uma intervenção policial no habitacional Jardim Norte I, na periferia de Quixeramobim. De acordo com informações da Polícia Civil uma equipe do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) havia seguido até aquela área residencial para averiguar uma denúncia de tráfico de drogas. Ao tentarem abordar o suspeito ele reagiu atirando.

A Polícia Militar foi informada que havia três traficantes dentro de um dos imóveis daquele conjunto. Quando a equipe do BPRaio chegou ao local dois suspeitos fugiam. O terceiro resolveu se refugiar dentro da casa, apesar de os policiais terem dado ordem para ele se entregar. Quando adentraram o imóvel utilizado como “boca de fumo” Daniel estava escondido dentro do banheiro. Ao se aproximarem, ele passou a atirar nos policiais. No confronto acabou sendo atingido por um disparo no tórax e em na perna.

A equipe do BPRaio chegou a solicitar socorro para o suspeito, todavia ele não resistiu, foi a óbito quando recebia os primeiros atendimento no Hospital Municipal Dr. Pontes Neto. Daniel de Freitas era natural de Fortaleza e residia no bairro Messejana. Os dois comparsa continuam sendo procurados. Um deles está portando uma arma de fogo.

No imóvel os policiais militares encontraram um revólver, munições e 360 gramas de maconha. Parte da droga já estava embalada para venda. O restava estava prensada. O material foi apresentado na delegacia regional da Polícia Civil, em Quixadá.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 26.06.2018 / atualizado às 12:05 · 26.06.2018 por

Na segunda fase da Operação Faixa de Gaza a Polícia Civil apreendeu malotes com distintivos da Polícia Federal.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará divulgou a relação dos 22 presos na Operação Faixa de Gaza II, resultado de investigação realizada pela equipe da delegacia regional da Polícia Civil em Senador Pompeu. Apesar de na lista preliminar constarem 19 presos, de acordo com a SSPDS foram cumpridos 22 mandados, sete deles de ex-presidiários. As prisões ocorreram em Senador Pompeu, Juazeiro do Norte e Fortaleza. Todos são suspeitos de envolvimento com o crime organizado, tráfico de drogas e de integrarem facções criminosas. Eles estavam atuando em Senador Pompeu.

Os presos são: Antônio Silvino de Sousa Filho; Jailton Ribeiro de Lima; Francisco Alex Alves de Lima, o “Alex do Pavãozinho”; André Vieira da Silva; Antônio Sebastião Sirio Neto, conhecido como “Tatal”; Francisco Uziel Pereira Sirio, vulgo “Longa”; Danilo Moreira Alves, o “Danilo Moreno DG”; Flávio Moreira Ribeiro, conhecido como “Fabinho”; Maurício Medeiros Dourado da Silva, o “Alemão” ou “Ronaldo”; Gilliardi; Francisco Valdemir Machado Ferreira, conhecido como “Val”; Ossion Pergentino Santos, conhecido como “Osser”, “Bicão”, “Tio” e “Ocea”; José Emiliano da Silva, conhecido como “Buiú”, “Tapioca” ou “Caucaia”; Francisco Wesley Pergentino de Oliveira, vulgo  “Chupeta”, “Pitbull”, “Thuthuca” e “Palito”; Francisco Cleiton da Silva, o “Cabeça”e César Carlos Rabelo Nobre, conhecido como “Cesão” ou “Grande”;

Na lista também estão cinco mulheres: Francisca Suliane da Silva Feitosa; Antônia Talita Pereira Sirio; Yara Ruth Reinaldo Morais Antônia Elani Pereira da Silva, conhecida como “Elenir”; e Luana, conhecida como “Mulher do Cabeça”.

Segundo o delegado regional da Polícia Civil em Senador Pompeu, William Lopes, no total, foram sete meses de investigações, que devem continuar, visto que além de uma prensa hidráulica, balanças de precisão e do bloqueio de R$ 150 mil, pertencente ao grupo criminoso, foram aprendidos malotes com a estampa da Polícia Federal. As suspeitas são de que uma das facções criminosas estava planejando um grande golpe. Mais detalhes não foram revelados para não prejudicar os trabalhos da sua equipe. Pôde ser revelado apenas que faccionados estavam tentando implantar um núcleo criminoso nesta cidade do Sertão Central e expandi-lo para outras regiões.

Equipes do Departamento de Polícia do Interior – Sul, da Polícia Civil em Pedra Branca e Juazeiro do Norte auxiliaram nas prisões. Policiais militares lotados em Senador Pompeu e também do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) colaboraram no cumprimento dos mandados. Todavia, policiais criticaram a falta de apoio da administração municipal local, apesar de os trabalhos estarem sendo realizados para a redução da violência na cidade.

Primeira fase

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a primeira fase da Operação Faixa de Gaza, aconteceu no dia 14 de julho de 2017, com a prisão de 14 suspeitos. Na ocasião foram apreendidos R$ 30 mil, quatro armas de fogo, 34 munições, dois carregadores de pistola calibre 380, três coletes, 72 trouxinhas de cocaína, 81 trouxinhas de crack, 55 trouxinhas de maconha, um tijolo com 500 gramas de maconha, uma balança de precisão, 31 maços de cigarros contrabandeados, 10 aparelhos celulares, oito animais silvestres e aparelhos de TV.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 21.06.2018 / atualizado às 08:55 · 21.06.2018 por

Um homem identificado apenas pelo pseudônimo de “Berg“, 36 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (20) durante um confronto com equipes do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Comando Tático Rural (Cotar) na zona rural de Ibaretama, no Sertão Central. A Polícia informou que as equipes realizavam uma varredura na região quando ao chegarem na localidade de Riacho do Gado, um suspeito correu para os fundos de um bar. Os policiais tentaram aborda-lo, mas foram recebidos a tiros.

Os policiais reagiram em legítima defesa. No confronto “Berg” foi baleado. Ele ainda foi socorrido ao Hospital Municipal de Ibicuitinga, local mais próximo, mas não resistiu ao ferimento. A vítima era suspeita de tráfico de drogas na região e também de manter um arsenal de armas de fogo, cedidas para criminosos praticarem assaltos e homicídios. Dois revólveres calibre 38, munições e ainda duas espingardas, uma calibre 12 e a outra 32, foram encontradas em uma casa apontada como pertencente ao suspeito.

Uma fonte da Polícia ainda informou que uma mulher foi detida durante a ronda policial. Ela, as arma de fogo e munições foram apresentadas na delegacia regional da Polícia Civil em Russas.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

 

08:00 · 20.06.2018 / atualizado às 08:50 · 20.06.2018 por

Suspeitos de integrarem organizações criminosas foram presos no Interior e na capital após investigações da Polícia Civil. Foto > VCrepórter

Praticamente um ano após a realização da Operação Faixa de Gaza, com a prisão de 14 pessoas, ainda a apreensão de drogas e armas de fogo, em Senador Pompeu, a Polícia Civil deflagrou a segunda fase dessa operação, dessa vez se estendendo à capital cearense e também ao Carirí. Nesta terça-feira (19) foram presos 19 suspeitos, incluindo mulheres. A operação foi realizada com o auxílio de equipes da Polícia Militar nas três cidades.

De acordo com informações de uma fonte da Polícia Civil, Também foram cumpridos 32 mandados de busca e apreensão. Em um deles os policiais apreenderam uma prensa hidráulica. O equipamento estava sendo utilizado para embalar drogas. Maconha, cocaína, balança de precisão, revólveres e um malote com a estampaPolícia Federal” foram apreendidos  nas buscas.

A lista completa de presos ainda vai ser fornecida pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Na relação estão quatro mulheres.

Parte dos presos integram facções criminosas rivais. A ação policial decorre de investigações sobre o tráfico de drogas e de disputas entre grupos criminosos de Senador Pompeu, com constantes crimes de morte,o último deles na noite da segunda-feira (19), nas proximidades do Clube do Vaqueiro. Dois homens invadiram a residência da vítima e praticaram o homicídio. Os trabalhos de inteligência continuam, para evitar mais mortes e coibir o tráfico.

A maconha estava sendo embalada na prensa hidráulica quando foi apreendida em Fortaleza.

A primeira fase da Operação foi executada em 14 de julho do ano passado. Contou com aproximadamente 130 profissionais das forças de segurança do Estado. Foram cumpridos 34 mandados em razão de investigações sobre o tráfico de drogas em Senador Pompeu. Em decorrência de confrontos entre integrantes de grupos rivais na cidade a operação foi batizada de “Faixa de Gaza”, em alusão ao território em conflito entre israelenses e palestinos no Oriente Médio.

Fuga em massa

Enquanto a Polícia cearense se empenha para tirar os criminosos de circulação, 20 detentos conseguiram fugir da Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), em Juazeiro do Norte. Coincidentemente, a fuga ocorreu no mesmo dia da Operação Faixa de Gaza, com a prisão de duas pessoas nessa cidade, 13 em Senador Pompeu e mais quatro em Fortaleza.

> Detentos fogem por túnel em penitenciária de Juazeiro do Norte

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 15.06.2018 / atualizado às 13:00 · 15.06.2018 por

Mulher foi presa em Quixeramobim com grande quantidade de crack e de cocaína.

Equipes da Polícia Civil, das delegacias de Quixeramobim e de Senador Pompeu, juntamente com policiais do Departamento de Polícia do Interior (DPI) – Sul, prenderam nesta sexta-feira (15) uma mulher, identificada como Samila Pereira de Lima, 36 anos, que chegava em Quixeramobim para abastecer traficantes da cidade. Em poder dela os policiais aprenderam 7.500 pedras de crack e ainda 115 porções de cocaína. Juntos, os entorpecentes pesam mais de um quilo.

Segundo informações dos investigadores da Polícia Civil a traficante havia embarcado em Fortaleza num ônibus de linha regular intermunicipal. Parte da equipe policial seguiu como passageiros. O objetivo era saber o destino da droga e capturar também os recebedores, visto que pelos levantamentos realizados nas investigações se tratava de uma boa quantidade, o suficiente para abastecer várias “bocas de fumo“.

A droga apreendida pela Polícia Civil seria destinada ao abastecimento de “bocas de fumo” em Quixeramobim.

Quando a suspeita desembarcou em Quixeramobim, após o último dia de festejos em homenagem ao padroeiro da cidade, Santo Antônio, ela tentou despistar os policiais, se escondendo em um estabelecimento comercial. Entretanto, o cerco estava feito. A droga estava em uma bolsa. Foi a maior apreensão dessa natureza este ano na região, acrescentou um investigador que participou da operação.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 31.05.2018 / atualizado às 08:15 · 31.05.2018 por

Equipe da Polícia Civil de Pedra Branca aprendeu mais de 10 quilos de drogas com suspeito de mandar matar ex-esposa. Fotos > VCRepórter

A equipe da delegacia da Policia Civil em Pedra Branca prendeu nesta cidade do Sertão Central um homem apontado como mandante do assassinato da esposa e um dos maiores traficantes da região. De acordo com informações da Polícia Civil ele foi identificado como Antonio Silvano Anchieta, 43 anos, vulgo “Chega Mais“. Em poder dele os policiais apreenderam 10 quilos de maconha, 700 gramas de cocaína, ainda uma balança de precisão, uma máquina de ensacar drogas e material para embalar os entorpecentes.

A prisão de “Chega Mais” ocorreu durante a “Operação Fachada“. Após investigações acerca do assassinato da ex-esposa, Francisca Rosilene Soares Martins, 30 anos. A Justiça decretou a prisão preventiva dele. Ao darem cumprimento ao mandado judicial as drogas e ainda bebidas alcoólicas e energéticos foram encontradas na residência da ex-companheira, utilizada por ele como fachada para o tráfico, daí o título da Operação.

A Polícia Civil ainda informou que foram reunidas provas de que “Chega Mais” teria encomendado a morte da ex-companheira, por motivos passionais, fazendo parecer um latrocínio, quando há roubo seguido de morte. Entretanto, apenas o telefone celular a vítima foi levado. Havia dinheiro na bolsa, mas não foi levado pelo assassino. O crime ocorreu no dia 8 de agosto do ano passado, quando ela estava em um ponto de ônibus.

Nas investigações os policiais civis ainda constataram que “Chega Mais”, continuava a praticar o comércio ilícito de entorpecentes, uma vez que já teria sido condenado por tal delito. Ele já tinha quatro passagens por tráfico de drogas, uma por favorecimento pessoal e uma por oferecer bebida alcoólica para menor de idade. A ordem para execução da esposa teria partido de dentro da cadeia pública da cidade. Ele estava preso quando Francisca Rosilene foi morta, completou a Polícia Civil.

Chega Mais havia recebido inclusive prêmio de Destaque do Ano na categoria bar. Era apenas fachada.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154