Busca

Categoria: Transito


07:30 · 18.08.2015 / atualizado às 07:36 · 18.08.2015 por

Quixadá
O motorista profissional Raimundo Carmo Pinheiro, 70 anos, se apresentou na Delegacia Regional da Polícia Civil, em Quixadá, para apresentar a sua versão acerca do acidente de trânsito que provocou a morte do agricultor Antônio Erinaldo Ferreira da Silva, 33 anos, no fim da manhã desta segunda feira, 17, na Av. Coronel João Paracampos, no Centro de Choró.

Choró - Acidente de trânsito 17.08.15 (1) DN

Segundo informações da Polícia Civil o agricultor pilotava a motocicleta YBR 125, de cor preta, placa OSU-2901 quando colidiu com um micro-ônibus de placas ORV-1797, pertencente à Secretaria de Educação de Choró. O impacto foi tão violento que o motociclista, mesmo utilizando capacete, teve morte no local. Logo uma multidão se formou e o motorista do transporte escolar se evadiu.

Ainda de acordo com informações da Polícia, ao ser interrogado o motorista a serviço da administração municipal alegou que abandonou o local do acidente porque percebeu que o motociclista já estava morto. Além do mais, como a colisão ocorreu numa área muito movimentada da cidade logo se formou uma multidão. Ele tinha receio de ser agredido fisicamente por algum amigo ou familiar da vítima.

Choró - Acidente de trânsito 17.08.15 (4)Choró - Acidente de trânsito 17.08.15 (3)

Após a conclusão das investigações a delegada Anna Claudia Nery decidirá se o motorista será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Os levantamentos preliminares apontam que o micro-ônibus adentrou a principal avenida da cidade (CE-456) quando saia de um posto de combustível. Mas somente após ouvir testemunhas e o resultado do laudo pericial a delegada poderá decidir se o motorista será indiciado.

Fotos > Sidney Silva

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:30 · 13.08.2015 / atualizado às 10:29 · 13.08.2015 por

Ibaretama
Um acidente de trânsito registrado no fim da tarde desta quarta-feira, 12, na CE-359, causou a morte do comerciante Francisco Eudásio de Oliveira, 59 anos e do trabalhador Evangelista Batista da Costa, 27. Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas seguiam numa motocicleta, conduzida pelo comerciante, quando foram atingidas por um automóvel. O sinistro ocorreu nas proximidades do Posto São Paulo, no município de Ibaretama, no Centro do Estado.

Ibaretama - Acidente 12.08.15Ibaretama - Acidente 12.08.15 (1)

Populares informaram à Polícia que a motocicleta, uma Honda XRE 300 de placa PMV 0027 colidiu frontalmente com um automóvel Volkswagen Voyage City placas OSS-9200, de Fortaleza. O impacto foi tão violento que a motocicleta ficou totalmente destruída e os corpos das vítimas dilacerados. O Voyage City foi arremessado no acostamento da rodovia. O motorista e um passageiro sofreram apenas lesões leves.

A Polícia não informou como o acidente ocorreu. Não havia testemunhas no local, apenas muitos curiosos. Somente a perícia técnica poderá apontar as reais causas da colisão. O motorista, um gerente de vendas residente na cidade do Crato, e o passageiro do automóvel, um gerente de indústria residente na cidade vizinha, Juazeiro do Norte, ainda serão ouvidos na Delegacia Regional da Polícia Civil, em Quixadá.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:30 · 12.08.2015 / atualizado às 08:26 · 12.08.2015 por

Quixeramobim
O uso do capacete e a redução do número de acidentes, esse foram os únicos avanços substanciais na maioria das cidades do Interior do Ceará onde o controle e a fiscalização do trânsito foi municipalizada. A avaliação é feita por agentes de trânsito, motociclistas, motoristas e passageiros. Nos outros aspectos, como a sinalização e a mobilidade, ainda deixam muito a desejar. As infrações, principalmente de estacionar em local proibido, de não possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e alguma irregularidade na documentação dos veículos, são constantes. A prova está nos autos de infração e nos depósitos das unidades regionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Quixadá - Municipalização do Trânsito DN

Quase 10 anos após o Código Nacional de Trânsito (CNT) ter estabelecido a norma da municipalização, aplicada pelo Conselho Estadual de Trânsito (Cetran) a partir de 2008, até agora apenas 59 municípios cearenses assumiram esse ofício. Na maioria deles a dificuldade está na captação de recursos para atenderem suas demandas. O número de agentes é muito inferior ao necessário e apesar das constantes críticas de motociclistas e motoristas, considerando exageradas as aplicações de multas, não são suficientes para pagarem sequer a folha dos servidores das Autarquias e Departamentos.

Esse é a situação de Quixeramobim. Antes da municipalização, em 2006, os motociclistas e garupeiros só utilizavam o equipamento obrigatório de segurança quando a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e os fiscais do Detran realizavam blitze. Hoje, mais de 90% deles trafega com o capacete, na cabeça. Quanto ao número de acidentes, reduziram acentuadamente. Antes, a média era de 50 a 60 óbitos, a maioria deles de motocicletas. Nos anos seguintes esses números caíram para no máximo 15. “Mas no início a resistência foi grande. Os agentes não eram respeitados e precisavam até do auxílio da Polícia”, explicou o agente Fernando Ivo de Souza, um dos mais experientes.

Na cidade vizinha, Quixadá, a reclamação é geral. Enquanto os infratores não se conformam com as penalizações, os proprietários de automotores criticam as dificuldades do tráfego, principalmente nas ruas mais estreitas, onde os dois lados dessas vias públicas estão sendo utilizadas como estacionamento, já que são poucos os espaços para esse fim na cidade. Agora Autarquia Municipal de Trânsito de Quixadá (ATMQ), o órgão municipal tem como prioridade reduzir o número de acidentes, passando a realizar blitze com mais frequência, inclusive na zona rural. Todavia, os recursos humanos e financeiros são poucos, explica o superintendente da AMTQ, Gebson Lopes.

Veja a reportagem completa no Diário do Nordeste > Municipalizar trânsito é desafio

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:00 · 12.08.2015 / atualizado às 08:25 · 12.08.2015 por

Choró - Municipalização do Trânsito (2)Quixadá
O número de cidades cearenses com o trânsito municipalizado poderia ser bem maior se não fosse o medo dos prefeitos na rejeição dos seus eleitores à implantação do serviço nas suas gestões. Essa foi a a principal alegação de alguns deles em entrevista ao Diário do Nordeste. Atualmente dos 184 municípios do Estado apenas 56 cumprem a normativa 296 de 2008, do Conselho Nacional do Trânsito (Contran).

Todavia, de acordo com o presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), Luiz Eduardo Tigre, outros 14 municípios já ingressam junto ao Conselho para começarem a aplicar a promulgação normativa do Contran. Apesar de parecerem poucos, o Ceará está em destaque no cenário nacional como o primeiro Estado do Norte e Nordeste e o quinto do Brasil em número de municipalizações.

Na avaliação do presidente do Cetran, esses números só não são maiores porque algumas prefeituras alegam falta de recursos e outros gestores municipais temem perder votos. A esse respeito o presidente ressaltou que Sobral foi a primeira do Estado a municipalizar o trânsito. Na época, Cid Gomes era o prefeito. Em seguida ele foi eleito governador.

A reportagem do Diário do Nordeste tentou manter contato telefônico com o presidente da Associação do Municípios do Estado do Ceará (Aprece), o prefeito Expedito do Nascimento, para expor o posicionamento da classe a respeito das cidades que ainda não estão com o trânsito municipalizado, todavia, até a publicação desta edição não havia sido possível entrevistá-lo.

Veja mais no Diário do Nordeste > Mais 14 novas cidades devem passar a gerir o serviço e Municipalizar trânsito é desafio

Mais Informações

Conselho Estadual de Trânsito
Av. Godofredo Maciel, 2900 – Fortaleza
Telefone: (85) 3101.5828

Associação dos Municípios do Estado do Ceará
Rua Maria Tomásia, 230 – Fortaleza
Telefone: (85) 4006-4000

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com

07:00 · 11.08.2015 / atualizado às 06:52 · 11.08.2015 por

estatua_saofrancisco_caninde_CECanindé
A Prefeitura de Canindé e a Paróquia de São Francisco deverão cumprir uma série de normas para as festividades de São Francisco, a serem realizadas de 24 de setembro a 4 de outubro nesta cidade do Interior do Ceará, situada a 100Km de Fortaleza. A medida está sendo tomada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCe) através de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). Além da segurança no transporte de romeiros, o qual deverá atender as normas estabelecidas na Resolução Nº 508, de 2014, do Contran, o TAC estabelece regras para ocupação dos espaços públicos para realização das celebrações religiosas e também a serem utilizados pelos comerciantes e ambulantes.

No documento, assinado pelo prefeito interino Francisco Paulo dos Santos Justa; o pároco do Santuário de São Francisco Frei João Sannig; os secretários municipais Antônia Noélia Santos Bastos, da Ação Social e João Carlos Bezerra Arruda, do Turismo; o delegado Sidney Cleydson de Lira Silva; o inspetor chefe da Polícia rodoviária Federal em Canindé, Paulo de Tarso Alencar dos Santos; o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, coronel Francisco Assis Azevedo de Sousa; o sargento do posto da Polícia Rodoviária Estadual em Caiçara, Francisco Gilvan da Silva; e o comandante do Programa Ronda, tenente Vilamar Ferreira Justa, também ficou estabelecido que não serão utilizados recursos públicos para realização da festa.

Ainda conforme os promotores de Justiça da comarca de Canindé e de Itatira Paulo de Queiroz Magalhães Vitoriano Nobre e Maria Carolina de Paula Santos Steindorfer, o descumprimento ou violação de qualquer dos compromissos assumidos implicará, a título de cláusula penal, o pagamento de multa diária correspondente a mil UFIR, exigíveis daquele a quem fora atribuída a violação, enquanto ela perdurar. No TAC ainda ficou estabelecido que o município de Canindé enviará ao Ministério Público o cronograma da utilização dos espaços, bem como esclarecimentos acerca dos critérios adotados para distribuição dos espaços, concessão dos alvarás e cobranças de taxas e tarifas.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.

Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com