Busca

Categoria: Turismo


18:00 · 15.10.2017 / atualizado às 15:00 · 15.10.2017 por

A mata seca proporciona uma bela paisagem na geografia de Quixadá. Fotos > Lutero Rômulo

Um grupo de profissionais autônomos e estudantes resolveu realizar neste fim se semana em Quixadá uma expedição diferente. Preocupados com as recentes queimadas registradas no entorno na cidade eles resolveram escalar um do monólitos da região, a Pedra da Baleia, na Serra Branca, atingida pelo fogo, para registrarem a dimensão da devastação. Todavia, de acordo com um dos expedidores, o advogado Lutero Rômulo,apenas a base do monólito onde acamparam deste sábado para domingo foi atingida pela queimada.

Além do passeio aventureiro a intenção era registra a dimensão da devastação e realizar uma campanha de conscientização junto à população. Do alto, de aproximadamente 100 metros acima do nível do mar, o grupo pode observar todo entorno. Nenhum dano mais grave foi constatado. “Apesar de a vegetação estar completamente seca,a paisagem é deslumbrante“, acrescentou Lutero Rômulo. Ele fez registros fotográficos da expedição.

Os 10 aventureiros escalaram a Pedra da Baleia à procura de destruição mas se depararam com uma bela paisagem.

Mesmo assim, a preocupação com as queimadas continua. A maioria ocorre acidentalmente ou provocadas por agricultores, para limparem as terras para plantio. Nas últimas semanas foram registrados alguns focos de queimadas no entorno de Quixadá. Na quinta-feira (12) o Diário do Nordeste publicou reportagem sobre a situação das queimadas no Ceará. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) o mês de setembro deste ano apresentou número recorde de focos.

Veja a reportagem no Diário do Nordeste

Setembro bateu recorde de queimadas no Ceará

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:00 · 13.10.2017 / atualizado às 06:00 · 13.10.2017 por

O chef Luciano Ferreira realiza oficinas de gastronomia por todo o estado do Ceará. Foto > ACC

Empreendedores do Maciço de Baturité vão receber nesta sexta-feira certificações pelo Projeto Revitalização da Gastronomia de Mulungu. Os participantes apresentarão ao público pratos inovadores como o crepe de mel de engenho e o carré de carneiro. O Encontro, com a participação do presidente da Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC), chef Luciano Ferreira, é promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro em Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com a prefeitura de Mulungu.

De agosto até o início deste mês 50 profissionais de 16 estabelecimentos locais conheceram e aprenderam novas técnicas de gastronomia, elevando os sabores e enaltecendo os produtos regionais. Apostando na diversidade do agronegócio com produção e cultivo de café, hortaliças, frutas, raízes e ervas, o cardápio dos restaurantes, lanchonetes, cafés e pousadas foi enriquecido. Com a revitalização pretendem conquistar o paladar dos visitantes que buscam tranquilidade e o agradável clima serrano.

As oficinas de gastronomia foram ministradas pelo chef Luciano Ferreira. Na avaliação do especialista a valorização dessas atividades permite aos produtores e comerciantes locais não só um estímulo ao desenvolvimento sustentável, mas a consolidação de uma cadeia produtiva marcada pela pluralidade. Associá-las ao café de sombra, aos casarões históricos e as paisagens serranas da região é uma peculiaridade valiosa a ser incluída na receita do empreendedorismo.

Para a articuladora do Escritório Regional do Sebrae no Maciço de Baturité, Fabiana Gizelle, questões como a valorização da cultura serrana, o consumo direto dos agricultores familiares, o manejo sustentável e inovação em cardápios devem estar associados ao planejamento global de desenvolvimento da região. Os resultados podem ser alcançados em curto prazo como destinos turísticos que promovam o crescimento econômico do meio rural. Mulungu é um exemplo.

Gastronomia Mulungu – Certificação

A partir das 10 horas
Galeria e Cafeteria Santa Demolição
Sítio Espatódea

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

09:00 · 07.10.2017 / atualizado às 09:05 · 07.10.2017 por

Com grande potencial turístico natural o Maciço de Baturité aguarda com expectativa os cursos da Setur.

Pequenos empresários e guias turísticos do Maciço de Baturité aguardam cursos de capacitação a serem promovidos pela Secretaria de Turismo do Ceará (Setur). Conforme divulgação feita pela Setur na segunda semana de setembro passado, a qualificação dos profissionais e será executada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE). A capacitação faz parte do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). O investimento é de R$ 2 milhões.

Além do Maciço de Baturité profissionais da região da Ibiapaba e do Litoral Leste do Estado. No Maciço,  os cursos serão realizados em Guaramiranga, Redenção, Mulungu e Palmácia. Na Serra Grande, como a Ibiapaba também é conhecida, a formação ocorre em Ubajara, São Benedito e Viçosa do Ceará. Aquiraz e Beberibe são as cidades praianas onde a equipe do Senac/CE realizará os cursos. A meta da Setur é concluir todas as etapas até março do próximo ano.

Ainda de acordo com a Setur o programa tem o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços oferecidos ao turista nas regiões de serra, sertão e litoral do Estado. Por esse motivo serão ofertados cursos como: Inglês Básico para Turismo; Elaboração de Projetos Turísticos; Empreendedorismo e Negócios de Oportunidade; Planejamento e Elaboração de Roteiros Turísticos; Boas Práticas na Manipulação de Alimentos; Sustentabilidade e Cidadania Ambiental, entre outros.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

08:00 · 07.10.2017 / atualizado às 08:15 · 07.10.2017 por

Ciclo de romarias de São Francisco das Chagas atrai mais de um milhão de romeiros por ano a Canindé.

As comemorações das festividades em homenagem a São Francisco das Chagas, padroeiro de Canindé, se encerraram na última quinta-feira (5) com o descerramento da bandeira santa, mas na cidade o clima continua sendo de festa, não somente pelo ciclo de romarias, que seguem até 3 de fevereiro, Dia do Romeiro. A prefeitura, a paróquia e principalmente os comerciantes informais estão felizes com a confirmação do governador do Ceará, Camilo Santana, de investimentos de R$ 4,5 milhões para o corredor religioso da cidade.

O anúncio das melhorias no corredor religioso da cidade, com início das obras ainda este ano, foi feito pelo próprio governador durante o encerramento do novenário de São Francisco. Camilo Santana acompanhou o pároco reitor da Paróquia Santuário de São Francisco das Chagas, frei Marconi Lins e frei Sérgio Moura até a Praça dos Romeiros, onde foi realizada a última missa campal, com a participação de 70 mil fiéis, conforme dados da paróquia.

No fim de março passado o projeto de restauração do conjunto turístico de Canindé havia sido apresentado à prefeita Rozário Ximenes e à administração da paróquia pelo arquiteto Luciano Guimarães. Além das melhorias no corredor religioso, composto pela Basílica, Estátua de São Francisco, Praça do Romeiro, Convento de Santo Antônio, Casa dos Milagres e Via Sacra do Monte. A obra, de responsabilidade da Secretaria das Cidades, deverá propiciar mais comodidade aos visitantes, principalmente durante o período dos eventos religiosos.

A procissão de São Francisco é um dos momentos de concentração de grande número de romeiros em Canindé.

Teleférico de São Francisco

Durante a visita o governador não citou outra obra importante para o corredor religioso, o teleférico, partindo da estátua de 31 metros de altura, passando pelo zoológico, praça do romeiro e igreja do Cristo Rei. Entretanto, a cidade espera o funcionamento do equipamento juntamente com a conclusão dos serviços de incremento anunciados novamente pelo governador. Os estudos para implantação do teleférico ainda estão sendo realizados.

Veja mais no Diário do Nordeste

Projeto de restauração do Corredor Religioso de Canindé é apresentado à comunidade

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

20:00 · 17.09.2017 / atualizado às 20:05 · 17.09.2017 por

Quem visitou o Açude Cedro no fim da tarde deste sábado (16) ficou surpreso com a recepção. Não era por menos, afinal, apreciar o por do sol diante de uma das paisagens mais belas do planeta, diante da pedra da Galinha Choca e da barragem secular, ouvindo músicas de Roberto Carlos a Luiz Gonzaga, ao som de uma orquestra regida por dois maestros, não acontece todo dia.

A orquestra era na realidade a Banda da Musica Municipal de Quixadá, que recebe o nome do Maestro Nabor Crebilon de Sousa. Os maestros, José Ferreira Filho, conhecido como “Dudu Black” e Raimundo Ferreira Barros, o “Chinês”. A banda, com 43 integrantes. Desse total 13 são mulheres. Pela primeira vez participaram do Por do Sol Musical, promovido pelo empresário Carlos Alberto Barbosa, o “Beto Tur”.

Quem também prestigiou o por do sol especial ao lado do Açude Cedro foi a dupla Paulo Queiroz e Dalete Queiroz, pai e filha, dividindo com a orquestra as apresentações musicais que tiveram inclusive o canto Ave Maria, exatamente às 18 horas, um pedido especial de Beto Tur, no quarto ano consecutivo do evento musical especial onde, entre uma musica e outra são narrados ao público um pouco da história do lugar.

Sobre a iniciativa, Beto Tur explicou que é realizada sempre no mês de setembro, em razão do período da primavera, quando não ocorrem chuvas na região, Nesse período o sol também está mais esplendoroso, principalmente quando se põe por detrás da Serra do Estevão, espalhando seus raios no espelho d’água do açude. “Além desse belo momento, o Por do Sol Musical é uma forma de demonstrarmos a importância das nossas riquezas naturais e históricas como atrativos turísticos”, acrescentou.

Para quem assistiu o espetáculo musical pela primeira vez, como o casal Maurício Norões e Amanda Cantarelli, apresentações assim deveriam ocorrer todos os fins de semana. “Esse lugar é muito belo mesmo. Quem o vê logo se encanta e ainda mais ter a oportunidade de ao mesmo tempo ouvir melodias inesquecíveis, é melhor do que muitos parques mundo afora. Faz pena apenas o estado em que esse lugar se encontra, com aparência de abandonado“, comentou o casal paulista.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:30 · 16.09.2017 / atualizado às 09:00 · 16.09.2017 por

Por do Sol Musical será realizado neste sábado (16) em Quixadá a partir das 16 horas. Foto > Alex Uchôa

Os visitantes, tanto turistas como moradores de Quixadá, terão a oportunidade de participar de um fim de tarde diferente em um dos locais mais belos do Ceará, o Açude Cedro. A partir das 16 horas músicos da terra farão uma apresentação especial no IV Por do Sol Musical, na passarela de acesso à barragem do mais antigo reservatório público do Brasil. O evento é aberto ao público e se estenderá até às 19 horas. Não há cobrança de taxa

O espetáculo é organizado e realizado pela empresa de turismo Betotur. Sempre que possível o empresário promove o encontro na cidade. Para ele, a iniciativa é uma forma de demonstrar a importância turística do principal cartão postal de Quixadá, além de propiciar um agradável momento de lazer no fim de tarde ao lado da pedra da Galinha Choca, que fazendo conjunto com a estrutura arquitetônica histórica do açude é conhecida mundo afora.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

08:00 · 09.09.2017 / atualizado às 07:55 · 09.09.2017 por

Para os trilheiros a nossa floresta branca é uma das mais atraentes do planeta.

O turismo ecológico está começando a despontar no Interior. A cada dia aumentam os grupos de aventureiros e as descobertas de novas trilhas. O DOC, um caderno especial do Diário do Nordeste publicado aos sábados, foi buscar nos quatro cantos dos Ceará alguns desses lugares. Em matéria de natureza, a Terra dos Monólitos, da aventura e dos esportes radicais, como Quixadá é conhecida, a Chapada da Ibiapaba, onde está situada a Bica do Ipu e o bondinho, ainda a Chapada do Araripe, no Cariri, são alguns destaques.

Em Quixadá, além dos grupos de trilheiros, o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Pedro Baquit, que assumiu a pasta no início deste ano com a nova administração, pretende fortalecer esse segmento turístico. No pacote também estão inclusos o montanhismo e o voo livre. A ideia é atrair mais turistas para a região, capacitando e auxiliando quem se dedica a essas atividades. Atrativos naturais o Município tem, ressalta.

Pedro Baquit pretende fazer o turismo “decolar” em Quixadá, começando pelas rampas de voo livre.

Nessa perspectiva, o empresário Antonio Almeida, do Pedra dos Ventos, pioneiro na região em turismo de aventura e ecológico juntamente com o tenente do Exército Brasileiro, Adão Donato Masera, falecido, já conquistou a auto-sustentabilidade do seu empreendimento, o Pedra dos Ventos Resort, um hotel-fazenda situado no distrito de Juatama. Além do voo livre e das trilhas o parque particular começa a receber outro segmento, os observadores de pássaros.

Na avaliação de Almeida, quem se dedica a essas atividades de exploração turística precisa se profissionalizar, como fazem os europeus. Todos os anos, nas duas últimas décadas, nos meses de outubro e novembro, eles trazem pilotos de voo livre de vários países para participarem do X Ceará, uma competição aérea de cross country. Quixadá se torna uma vitrine para o planeta. Suas outras potencialidades podem ser exibidas. com planejamento e organização esse tesouro natural pode ser encontrado.

Veja a reportagem especial no Diário do Nordeste

Nas trilhas do Ceará: esporte, lazer e aventura no Interior  

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:00 · 25.08.2017 / atualizado às 06:05 · 25.08.2017 por

O parque do Açude Cedro, em Quixadá, é considerado um dos mais belos do mundo.

O juiz da 23ª Vara Federal, Ricardo José Brito Bastos Aguiar de Arruda, voltou a realizar em Quixadá, Audiência Pública com a diretoria do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), através de videoconferência, para adoção de providências de restauração e preservação do acervo arquitetônico e natural do Açude Cedro. Além dos representantes do Ministério Público participaram representantes de vários segmentos sociais e moradores do entorno do açude centenário.

Na última Audiência, realizada no dia 10 de maio, o magistrado federal havia estabelecido prazo de 160 dias para o Dnocs apresentar o cronograma do projeto de restauro. O plano foi apresentado, com possibilidade do início dos serviços em 2020, todavia o órgão federal dependerá da contratação do arquiteto Romeu Duarte, ex-superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Ceará para elaboração do projeto.

Na administração municipal anterior o então secretario do Desenvolvimento Econômico e Turístico de Quixadá, Fabiano Barbosa, teve dificuldade para realizar as obras de restauro do armazém e da vila do Açude Cedro, na alameda de acesso a parede do reservatório centenário. O recurso financeiro havia sido captado através de emenda parlamentar, mas retornou aos cofres do governo federal porque a prefeitura não conseguiu em tempo hábil empresa pelo Iphan para realizar o serviço.

A esse respeito, presente na Audiência que contou também com a participação do atual secretário da pasta de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Município, Pedro Baquit, o ambientalista Osvaldo Andrade questionou a contratação do arquiteto, apontando que ele foi o responsável pela elaboração dos projetos dos campus da UFC e do IFCE, dentro da área de preservação do Açude Cedro, onde estão situados alguns dos monólitos tombados como patrimônio natural.

Um dos proponentes da Audiência Pública acatada pelo Ministério Público, o jornalista e advogado Wanderley Barbosa, também participou do encontro realizado na sala do magistrado. Como o espaço era pequeno, outros interessados na restauração e preservação do Açude Cedro outros interessados acompanharam no corredor do Fórum, por esse motivo a próxima reunião, em novembro, será realizada no auditório do IFCE. Nela será realizado um amplo debate sobre o projeto a ser apresentado pelo Dnocs, acrescentou Barbosa.

Sala de Audiências do Fórum Federal em Quixadá ficou lotada. Foto > Eurismar Júnior 

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:00 · 11.08.2017 / atualizado às 06:20 · 11.08.2017 por

Presidentes da Adece e Fecomércio-CE se reuniram com prefeitos do Sertão Central em Fortaleza.

A Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-CE) estão fortalecendo uma parceria no auxílio ao desenvolvimento dos municípios do Sertão Central. Em setembro, as duas instituições apresentarão projetos para discussão e execução aos prefeitos dos 15 municípios da região.

De acordo com a Adece, a estratégia de desenvolvimento foi discutida na sede da Fecomércio-CE, em Fortaleza . Além do presidente da casa, Luiz Gastão Bittencourt, a presidente da Adece, Nicolle Barbosa, e o presidente da Associação dos Municípios do Sertão Central (Amusc), Marcondes Holanda Jucá, a reunião contou com a presença de prefeitos e representantes dos municípios participantes da iniciativa.

No encontro a presidente da Adece destacou as parcerias que já estão sendo realizadas individualmente com alguns municípios e ressaltou a importância do trabalho em conjunto para desenvolver a região em sua totalidade. “É importante dinamizar a economia já existente em cada localidade. A atitude da Amusc em ampliar parcerias é fundamental para o desenvolvimento sustentável da região do Sertão Central que conta com o nosso apoio“, completou.

O presidente do Sistema Fecomércio-CE apresentou a estrutura da entidade e expôs os programas existentes na casa que possam ser utilizados como ferramenta para auxiliar no desenvolvimento econômico e social dos municípios. A realização de cursos técnicos em diversas áreas, e até de idiomas são exemplos, para cidades com potencial turístico como Quixadá.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do telefone (88) 9 9970 5161

06:30 · 03.08.2017 / atualizado às 09:05 · 03.08.2017 por

Ciclo de romarias em Canindé teve início com Perdão de Assis e procissão. Fotos > Secretaria de Turismo de Canindé

O maior santuário franciscano da América do Sul, de São Francisco das Chagas, em Canindé (a 100Km de Fortaleza), deu início nesta quarta-feira (2) ao ciclo de romarias em homenagem ao santo protetor dos sertanejos. Os festejos começaram com a celebração da santa missa do Perdão de Assis, às 6 horas na Basílica, seguida da ordenação presbiteral dos frades Francisco Rogério, de Mossoró (RN) e Frei Ricardo de Campo Formoso (BA). O culto especial foi celebrado por dom Frei Beto Breis, bispo coadjunto da diocese de Juazeiro (BA).

À tarde, numa coletiva para a imprensa, transmitida pela web TV, o reitor da Paróquia-Santuário de São Francisco das Chagas, frei Marconi Lins, anunciou os festejos alusivos ao ciclo de romarias. Além do Perdão de Assis, os fiéis participaram a partir das 17hs30 da procissão com a imagem de Nossa Senhora dos Anjos, partindo da Igreja das Dores até a Basílica, e logo depois de mais uma celebração eucarística, dentre as muitas a serem realizadas até o dia 3 de fevereiro do próximo ano, quando a programação religiosa se encerra.

Conforme o líder religioso franciscano, em seguida, até o dia 11, serão realizados os festejos de Santa Clara. Acompanhando a programação religiosa, de 15 a 17 de setembro será a vez da Festa das Chagas, marcando o bicentenário da Paróquia-Santuário e praticamente uma semana depois, no dia 24, têm início a maior festa franciscana do País, atraindo romeiros de todos os estados do Nordeste, se estendendo até o dia 4 de outro, dedicado a São Francisco das Chagas.

Este ano os festejos de São Francisco terão como título “Francisco restaura a minha igreja”.

Para a principal festa religiosa de Canindé frei Marconi Lins informou já terem sido adotadas todas as providências para o recebimento dos romeiros nos 12 dias de novenas e festas. Reuniões já foram realizadas com o governo municipal e as forças de segurança, incluindo o Corpo de Bombeiros Militar. Resta apenas uma definição da Polícia Rodoviária Federal (PRF) acerca da fiscalização das BRs de acesso ao Estado. “Esperamos que tenham o bom senso de entenderem que a maioria dos romeiros é pobre”, justificou frei Marconi Lins evitando questionar o uso dos paus-de-arara, principal transporte dos viajantes sertanejos.

Representando a administração municipal a secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Socorro Bastos, enfatizou a importância da população de acolher bem os romeiros. Além da hospitalidade, assegurando-lhes também paz nos momentos de oração e tranquilidade nos festejos programados pelo Santuário-Paróquia. Também demonstrou preocupação com a exploração dos visitantes, principalmente na comercialização das refeições e até nos banhos de chuveiro. Ela pediu para os comerciantes não abusarem nos preços.

Mesmo assim, para frei Marconi Lins, o número de romeiros será menor em relação aos anos anterior, em parte pela proibição dos uso dos caminhões paus-de-arara, única opção de transporte para grande parte dos devotos de São Francisco e também em razão da estiagem prolongada. “Voltou a chover no sertão, mas foram chuvas irregulares, ainda prevalecendo o quadro de seca”, frisou durante a entrevista coletiva à imprensa.

A esse respeito, este ano, na cidade, água não vai faltar. O Açude São Mateus está com 75,59% do seu volume conforme dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O aporte hídricos é suficiente para abastecer toda a cidade até a próxima quadra invernosa, garante a equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

No ciclo de romarias os atos religiosos são transformados pela Paróquia-Santuário em espetáculos públicos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9 9970 5161