Busca

Categoria: Turismo


09:00 · 04.08.2018 / atualizado às 09:50 · 05.08.2018 por

De qualquer lugar da cidade é possível ver as ruínas da estátua do santo sem cabeça no topo do Serrote Cágado.

Serão, 40,32 metros, 10 a mais que o padroeiro da cidade vizinha, Canindé. Quando estiver concluída, a estátua de Santo Antônio de Caridade, à margem da BR-020, se tornará o maior monumento religioso católico de concreto do Brasil. Após anos tendo como sua principal atração a obra do “santo sem cabeça“, a nova estrutura será concluída, assegurou a prefeita deste Município, Amanda Lopes, ressaltando que o projeto será dividido em três etapas.

A divulgação do início das obras ocorreria somente após as eleições de outubro, todavia, a reportagem do Diário do Nordeste descobriu o projeto, seguiu até a cidade e foi recepcionada pela equipe da administração municipal. Juntos, seguiram ao cume do Serrote Cágado. Para eles, o Santuário de Santo Antônio será o maior marco deste Município que na próxima segunda-feira (6) comemora 59 anos de emancipação política.

Boa parte dos 22 mil habitantes deste lugar ainda nem está sabendo da novidade como também do destino a ser dado à cabeça do santo, escorada em uma rua do Conjunto Cohab, a 3 km do corpo. Os indagados sobre o novo projeto ainda desconfiam, mas garantem que sendo concluída a estátua será tão grande quanto a fé de quem acredita no santo. Será motivo de orgulho e de prosperidade para a cidade.

Veja a reportagem completa no Diário do Nordeste sobre a estátua de Santo Antônio que será a maior do País.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

12:00 · 20.07.2018 / atualizado às 11:35 · 20.07.2018 por

O Sítio São Roque é considerado referência no cultivo agroecológico de café sombreado. Foto > SSR

O Sítio São Roque, um paraíso preservado no Maciço de Baturité, no município de Mulungu, realiza neste sábado (21) a sua III Festa da Colheita do Café. De acordo com os organizadores, a programação começa às 10 horas, com a Banda Municipal recepcionando os visitantes. Ainda pela manhã, tem o lançamento do Café Geraldo e do Clube do Café, seguido de rodas de conversas debaixo da jaqueira.

No início da tarde, das 13h às 14h, tem almoço ao ar livre ao som do saxofone e logo depois o retorno à roda de conversa, sobre cerveja com café. O início da centenária colheita, na trilha do café, está programado para as 15 horas. Os interessados em participar desse momento tradicional podem obter mais informações no site www.atelier1913.com.br.

Propriedade centenária, o Sítio São Roque é considerado referência no cultivo agroecológico de café sombreadoFundado em 1913 por Alfredo Farias e Amélia Farias, é administrado com fé e esperança desde 1972 até abril deste ano por seu filho mais novo, Gerardo Farias, falecido no dia 20 daquele mês. O Sítio faz parte da Rota Verde do Café no Maciço de Baturité, onde a família recebe os visitantes para contar um pouco dos 105 anos da sua história.

III Festa da Colheita do Café
Dia 21 de julho – A partir das 10 horas
Sítio São Roque – Mulungu

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

09:00 · 08.07.2018 / atualizado às 09:05 · 08.07.2018 por

Ninguém sabe ao certo quando a expressão “lindo de morrer” surgiu, mas se associa a algo muito bonito.

Um pequeno paraíso diante da dimensão do Sertão, é como muitos moradores da vila de Dom Maurício, a pouco mais de 20 quilômetros do Centro de Quixadá, definem esse recanto serrano, conhecido e insistido pela maioria dos seus habitantes como Serra do Estevão. Além do clima agradável, principalmente à noite, em razão da sua altitude em relação ao nível do mar, acima dos 700 metros, a sua flora, o Mosteiro de Santa Cruz e as suas manifestações culturais, o tornam um desses lugares especiais.

Esta cidadela erguida a partir da edificação dos monges beneditinos, foi redescoberta como um desses lugares, lindos de se morrer, ou quase isso. Essa historia surgiu na própria comunidade, a partir da  busca das suas raízes, e se transformou em mais um das suas atrações culturais. Os alunos da Escola de Ensino Integral Fundamental Antônio Martins de Almeida, encenam as lendas resgatadas por eles. Agora, está aparecendo fantasma para todo lado, com as lendas da Serra.

> Comunidade do Estevão busca origens das lendas da Serra

De corpo e alma

Em matéria de assombração e também de talento artístico a estudante Yasmin Silva, 14 anos, é um dos destaques desse novo cenário do Estevão. Ela se transforma na mulher que chora, um vulto que costuma sair do cemitério e passa a perambular pelos caminhos da serra. Com a sua performance, além de atriz é cantora e dançarina. Recebe elogios dos amigos, dos professores, da diretora escolar, Davilene Patrício e da pesquisadora Veneranda Lemos.

A jovem atriz e um grupo de 40 colegas se apresentaram recentemente na XII Caravana da Cultura da Escola. Em seguida, até a noite deste sábado (7), toda a comunidade participou da XXXII Semana Cultural de Dom Maurício. Danças folclóricas, quadrilha junina improvisada, forró pé-de-serra, sala de reboco, show de talentos, dança babatuques, ainda a apresentação artística “O vaqueiro” estavam na programação, incluindo homenagem especial aos fundadores da Semana Cultural.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:00 · 03.07.2018 / atualizado às 07:05 · 03.07.2018 por

Obras do Corredor Religioso de Canindé foram iniciadas no entorno na Basílica de São Francisco. Foto > Portal Canindé

A s obras de revitalização do corredor religioso de Canindé foram iniciadas. Os operários da a Korp Empreendimentos e Construções, empreiteira responsável pelo serviço, começaram a trabalhar no entorno da Basílica de São Francisco das Chagas, no Centro da cidade. De acordo com o cronograma estabelecido o prazo de execução é fevereiro de 2019. Os investimentos são da ordem de R$ 4,5 milhões. A contrapartida do Município é de aproximadamente R$ 500 mil.

A Ordem de Serviço foi assinada pelo governador do Ceará, Camilo Santana, no dia 5 de junho passado, estabelecendo o prazo de oito meses para conclusão das obras. Os serviços incluem a urbanização de vias e passeios, além da reforma da Praça Matriz da cidade, onde está situada a Basílica, que recebe milhares de romeiros anualmente, em visita à imagem de São Francisco de Assis.

O projeto de restauração do conjunto turístico de Canindé havia sido apresentado pelo arquiteto Luciano Guimarães à prefeita Rozário Ximenes e à administração da paróquia de São Francisco em março do ano passado. Além das melhorias no corredor religioso, composto pela Basílica, Estátua de São Francisco, Praça do Romeiro, Convento de Santo Antônio, Casa dos Milagres e Via Sacra do Monte, a obra, de responsabilidade da Secretaria das Cidades, deverá propiciar mais comodidade aos visitantes, principalmente durante o período dos eventos religiosos.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 02.07.2018 / atualizado às 13:00 · 07.07.2018 por

Para quem procura muita adrenalina nestas férias o voo livre em Quixadá é uma das opções.

Opção não falta, mas para quem procura adrenalina nestas férias de julho uma boa opção é o voo livre em Quixadá, no Centro do Estado. O lugar é ideal para a prática desse esporte nesta época do ano, para os menos experientes, quando os ventos estão mais amenos e as térmicas, como são conhecidas as correntes de ar mais quentes, menos frequentes. É a temporada verde, referência feita pelos pilotos em razão da flora da caatinga ainda carregada, após as chuvas da quadra invernal.

> Praias, açudes, serras, cultura e muita aventura no Interior 

Neste fim de semana mais de 60 pilotos, de parapente e de asa delta, acompanhados de familiares e de amigos invadiram Quixadá. Eles participaram da Quixadá Verde, uma competição de voo livre promovida pela Quixadá Aventura em parceria com a Associação de Voo Livre do Sertão Central (AVLSC) e o apoio das secretarias de Esportes e de Turismo deste Município.

Para o idealizador do evento, o empresário Eurismar Júnior, foi a oportunidade para demonstrar que as decolagens na Terra dos Monólitos, também conhecida como o Havaí do Voo Livre, são ideais na maior parte do ano e não somente com os ventos de outubro e novembro. A iniciativa atraiu participantes de várias cidades cearenses, de estados do Nordeste e até do Norte do País, aquecendo um pouco mais a economia local.

O policial militar Marcelo Soares, 43 anos, é um exemplo. Ele viajou quase 1.500 quilômetros, de Belém, no Pará, até o Ceará, para finalmente poder realizar voos mais longos. Ficou encantado, com o clima da cidade, a rampa, a paisagem e a hospitalidade dos anfitriões. Apesar de ser muito distante da sua terra natal, pretende retornar, com mais amigos. Ela já havia passado por Pacatuba, “mas ao saber que o paraíso é aqui, não pensei duas vezes“.

O casal Charles Henrique Matos, 51 anos, analista de TI, e Elida Diniz, 41, enfermeira, vieram do Rio Grande do Norte. Há dois anos eles realizam voos duplos, geralmente na praia da Pipa, distante 80 km de Natal, onde residem. Dessa vez resolveram viajar um pouco mais, aproveitando o início das férias. Não imaginavam que seria um passeio tão agradável. Pretendem retornar. Não imaginavam haver tantos atrativos em tão pouco espaço, tudo pertinho.

Como eles, até quem é cearense como a educadora física Luana Saunier, 22, e o namorado Diego Cassiano, 19, se renderam à temporada verde. Eles nasceram em Aracati e moram em Canoa Quebrada, no litoral, onde podem realizar voos curtos nos fins de semana e nas férias e tomar banho de mar. Mesmo assim ficaram surpresos  e admirados com as opções em Quixadá, inclusive para a prática de outros esportes. Ela é filha de Jerome Saunier. Ele foi o primeiro piloto de parapente no Brasil.

Para quem ainda está criando para voar como os pássaros, poder apreciar as decolagens também é interessante.

Mais Informações

Quixadá Aventura
www.quixadaavetura.com.br/quixadaverde
Whatsapp (88) 9 9911 3182

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

07:30 · 29.06.2018 / atualizado às 07:10 · 29.06.2018 por

A estrada do Santuário Mariano de Quixadá receberá nova manta de asfalto.

O acesso a um dos principais pontos turísticos de Quixadá, o Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, receberá novo revestimento de asfalto. A divulgação foi feita pelo prefeito deste Município, Ilário Marques, após reunião com o governador do Ceará, Camilo Santana. O trecho de aproximadamente 5km até o platô da Serra do Urucum, onde o complexo religioso católico foi erguido, também é acesso à rampa de voo livre reconhecida internacionalmente como uma das melhores do mundo.

Segundo a assessoria da prefeitura de Quixadá, a primeira-dama, deputada Rachel Marques e o bispo diocesano de Quixadá, dom Ângelo Pignoli, acompanharam o gestor municipal e fortaleceram no Palácio da Abolição a importância da restauração da estada santa, vez que semanalmente recebe centenas de visitantes de todas as regiões do Ceará e de outros estados  e a rampa de voo livre pilotos de todos os cantos do planeta, fortalecendo a economia local.

As próximas metas do Município são a pavimentação de acesso da BR-122 até o portal de entrada do Santuário Mariano e a restauração da rodovia de acesso a outro complexo turístico da Terra dos monólitos, o Açude Cedro. O parque histórico também recebe um considerável número de turistas, principalmente nos fins de semana. O movimento aumenta nos períodos de férias.

Mosteiro de Baturité

Na semana passada os missionários do Mosteiro dos Jesuítas, em Baturité comemoraram com o prefeito Assis Arruda, o asfaltamento da estada de acesso àquele local. O serviço foi realizado através de recursos do Programa Sinalize, desenvolvido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Ceará.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

08:00 · 19.06.2018 / atualizado às 08:05 · 19.06.2018 por

Avenida Plácido Castelo receberá arquitetura futurista, com ciclovia, mão única e passagem elevada para pedestres.

Vias públicas dignas de uma cidade turística em crescimento. Após o lançamento da Operação Verão a prefeitura de Quixadá divulgou novidades acerca dos projetos de revitalização do seu corredor viário no Centro da cidade. A principal avenida, a Plácido Castelo, terá mão única entre a Av. José Caetano e a Rua Francisco de Assis Brasileiro, ao fundo da Igreja Matriz. O trecho de aproximadamente um quilômetro, contará também com uma ciclovia.

Haverá ainda rampas de acesso para pedestres, passarelas interligando os calçadões, facilitando a travessia, seguindo os paramentos dispostos na NBR 9050. Com as mudanças, o principal espaço comercial e de eventos da cidade será transformado, radicalmente, para melhor, com mais funcionalidade, assegura a administração municipal. Será a grande transformação desde a última reforma da Praça José de Barros, em 1993.

Serão construídas três passarelas elevadas, facilitando a travessia de pedestres nas vias Av. Plácido Castelo, Rua Tabelião Enéas e Rua Francisco Enéas de Lima. A Rua Eudásio Barroso será transformada em um calçadão. Nele será acomodada a feira que já atua no local, de forma mais segura e organizada, restringindo a circulação de veículos automotores, só poderão adentrar no espaço para carga e descarga no horário estabelecido pelo Departamento Municipal de Trânsito (DMT).

A maior parte das vias da área comercial será pavimentada com blocos de concreto intertravado. As avenidas Plácido Castelo e José Caetano, e as ruas Rui Maia e Epitácio Pessoa permanecerão com cobertura asfáltica.

> Vias públicas de Quixadá tem recuperação iniciada com investimentos de R$ 10 milhões

Maioria das ruas do Centro de Quixadá receberá pavimentação com blocos de concreto.

Para facilitar a locomoção, será implantado um sistema binário de tráfego. As ruas passam a ter sentido único e inverso ao da via paralela, seguindo o modelo dos grandes centros urbanos. Com a recuperação da malha viária o fluxo será facilitado. Quanto aos sentidos de tráfego das avenidas e ruas, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) está realizando os estudos, acrescentou a assessoria da prefeitura.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

11:30 · 17.06.2018 / atualizado às 11:20 · 17.06.2018 por

Tradicional Feira Cultural de Banabuiú pretende atrair 40 mil visitantes com grandes shows.

Faltando 17 dias para mais uma edição da Feira de Artes de Banabuiú, a Banartes, a administração municipal divulgou a programação do evento, que acontece nesta cidade do Centro do Estado nos dias 5, 6 e 7 de julho. Além do Show de Calouros, do Festival da Canção, Festival de Gastronomia Típica, Feira da Agricultura Familiar, haverá Mostra de Quadrilha Juninas, que este ano deixa de ter caráter competitivo para se tornar um espaço de mostra de grupos da região.

Ainda de acordo com a Secretaria de Cultura do Município, também haverá espaço para  Teatro, Pintura, Fotografia, , Mostra de Violeiros, Voz Mirim, Dança, Cordel e Literatura, durante todo o dia. As noites serão encerradas com shows especiais, do forrozeiro Zé Cantor, o forró romântico de Vicente Nery e a atração das vaquejadas, Júnior Vianna. A expectativa é que um público de 40 mil pessoas nos três dias de Banartes.

Os detalhes da festa foram definidos no início da semana, em uma reunião no gabinete do prefeito Edinho Nobre. Uma comissão formada por profissionais de sete secretarias foi criada para a organização da Banartes. Eles terão dedicação exclusiva ao evento. “Essa é uma grande tradição que tratamos de fortalecer a cada ano. Temos trabalhado e nos esforçado para fazer uma grande Banartes e tenho certeza que vamos receber vários turistas na nossa festa, que é a maior festa junina da região Central”, declarou o prefeito.

O tema da Banartes deste ano, que chega à sua 27ª edição, é “Seca e Chuva no Sertão”. Conforme os organizadores, a escolha faz referência ao período de seca pelo qual todo sertanejo está sujeito, e o contraste da chuva, que este ano banhou o Ceará e principalmente esta cidade, onde está situado o terceiro maior açude do Estado, o Arrojado Lisboa, e que, graças às recargas da chuva, conseguiu sair do volume morto.

A decoração dará um tom junino à Avenida Queiroz Pessoa, que nesta época do ano, se transforma em um corredor cultural. Um espaço de cerca de 300 metros será ornamentado om mais de 30 mil bandeirinhas, instaladas em pórticos que ficarão distribuídos na sua extensão. Cercas de estacas de madeira, em alusão às tradições sertanejas, vão circundar as entradas do local do evento, para ambientar ainda mais a Feira, completou a prefeitura.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

19:00 · 10.06.2018 / atualizado às 18:50 · 10.06.2018 por

Acompanhada de vaqueiros e de vaqueiras a presidente da AVCMN, Fátima Girão, comandou a cavalgada de 75 anos.

Uma alvorada, nas primeiras da manhã desta segunda-feira (11), deverá encerrar a 75ª Festa do Vaqueiro de Morada Nova, organizada e promovida pela  Associação dos Vaqueiros e Criadores de Morada Nova (AVCMN). A programação teve início na última quinta-feira (7). O seu momento mais marcante foi a cavalgada até o Parque de Vaquejada João de Deus Girão, no fim da tarde da sexta-feira (8), onde foi celebrada a Missa do Vaqueiro, na Capela de Nossa Senhora de Aparecida.

Segundo representantes da AVCMN este ano o cortejo especial, de aproximadamente 5 quilômetros, contou com aproximadamente 300 vaqueiros e mais de 1.500 cavaleiros, incluindo mulheres e crianças. À frente da cavalgada, os batedores, vestidos à caráter, com suas roupas de couro, acompanhavam a presidente da Associação dos Vaqueiros, Fátima Andrade Girão de Oliveira, aplaudidos pelo público que assistia o desfile no seu percurso.

Mais de 300 vaqueiros e vaqueiras, vestidos com suas indumentárias especiais participaram da cavalgada.

Quando a cavalgada cruzou a Lagoa Salina, diante da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, recebeu uma homenagem especial da secretária Socorro Leitão Machado e da sua equipe. Era uma forma simples de demonstrar a importância da tradição mantida pela Associação na “Terra do vaqueiro“, como Morada Nova é conhecida, explicou a gestora destacando a união dos associados para a realização da festa especial.

Além das famílias de cavaleiros até os motociclistas acompanharam o desfile até o Parque de Vaquejada.

Este ano a Festa contou  com o apoio da administração municipal teve início nesta quinta-feira (7) e segue até a próxima segunda-feira (11), dia dedicado ao vaqueiro no Município. Na noite da abertura, no Espaço Cultural Moacir Bezerra da Silva, no Parque de Vaquejada, foram entregues comendas a personalidades relacionadas com a atividade do vaqueiro. Em seguida foi realizado o leilão no Pavilhão Zé Almir Girão. A arrecadação é destinada à manutenção das atividades da Associação dos Vaqueiros.

Pelo segundo ano consecutivo a Missa do Vaqueiro foi realizada na capela do Parque de Vaquejada. Nos últimos 73 anos a bênção havia ocorrido na Igreja Matriz, no Centro da cidade. Todavia, apesar da mudança de local, os vaqueiros, a diretoria da AVCMN e fiéis lotaram o pátio do parque. A missa foi celebrada pelo padre Jociel Mota.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

13:00 · 09.06.2018 / atualizado às 13:15 · 09.06.2018 por

Na cascata do Parque das Cachoeiras a água corre constantemente atraindo muitos banhistas.

Para quem procura um lazer agradável no fim de semana, o Parque das Cachoeiras, no Maciço de Baturité, é uma opção. Além de uma boa estrutura hoteleira, o balneário localizado em Baturité conta também com um restaurante ao lado de uma cascata. É possível passar o dia todo se banhando com água corrente. A 100km de Fortaleza o lugar é ideal para quem quer sair da mesmice das praias e se aventurar no meio da floresta, da Mata Atlântica.

> Cascatas voltam a atrair turistas à Serra de Baturité

O lugar fica a 10km do Centro de Baturité. Apenas o trecho de aproximadamente 1 km não é asfaltado, mas está em boa condição de tráfego. Está aberto para visitantes durante todo o dia, mas para quem não é hospede é preciso pagar uma pequena taxa de acesso, R$ 2,00. No mais, é aproveitar a diversão e contemplar a natureza e o clima, que mesmo ao meio-dia não tem passado dos 30°C, com um sensação térmica bem inferior.

Além do clima agradável o visitante pode ficar apreciando a cascata e a natureza tomando sua cerveja, artesanal.

Entretanto, os guias turísticos da região alertam que a corredeira rio abaixo só permanece até meados de agosto. No mais é passar o dia na água ou sentado na varanda apreciando a beleza natural da região, onde para este fim de semana a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê possibilidade de chuva.

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154