Os proprietários dos terrenos onde os muros desabaram com a força do vento, na Rua Gonçalves Neres, estão calculando os prejuízos.