Busca

Evento sobre ufologia e espiritismo vai reunir especialistas em Quixadá

11:44 · 14.11.2016 / atualizado às 11:58 · 14.11.2016 por
Encontro terá palestras e exposições de fotos e casos documentados em vídeo (Foto arquivo/Alex Pimentel)
Encontro terá palestras e exposições de fotos e casos documentados em vídeo (Foto arquivo/Alex Pimentel)

Quixadá. Não falta quem afirme ter visto um Objeto Voador Não Identificado (OVNI) em Quixadá. Em qualquer lugar da cidade, seja numa loja de conserto de eletrodoméstico ou num bazar de roupas, há sempre alguém que vai lhe dizer já ter avistado uma luz ofuscante ou um objeto estranho cortando o céu. A fama dos vários relatos rendeu ao município do Sertão Central o título de Capital Cearense do Ufologia, assunto que será discutido no “Conexão Ufo”, evento que acontece no início de dezembro deste ano e que deve reunir especialistas da cidade, do Ceará e de outros Estados para discutir a ufologia, ciência que estuda a possibilidade de vida fora da terra. O evento acontece no prédio da Crede 12, na rua Juscelino Kubitschek. A entrada é gratuita.

A programação se estende do dia 1º a 3 de dezembro, com palestras com especialistas, meditação e rodas de conversa sobre o tema. O evento vai deve relacionar o espiritismo e a ufologia. As exposições de fotos e registros de casos documentados em vídeo devem garantir a atenção da maioria do público. O evento é organizado pela Sociedade Investigativa de Vida Anômala Asthar (Siva) em parceria com equipes de estudos sobre o tema em Quixadá.

Temática ufológica predomina em Quixadá (Foto: José Avelino Neto)
Temática ufológica predomina em Quixadá (Foto: José Avelino Neto)

O mais conhecido nome da região em pesquisas sobre disco-voadores, Robson Alencar, integra o time de palestrantes do Conexão Ufo. Bob Peças, como Robson é conhecido em Quixadá, diz que vai falar sobre Abduções e aparições de objetos não identificados em Quixadá. Especialistas de outros estados, como Bahia e São Paulo, também vão participar. Bob Peças já estuda o assunto há quase quatro décadas e afirma ter catalogado cerca de 1.500 casos. “Em apenas dois anos eu registrei 240 casos de abdução em Quixadá. Os casos catalogados desde quando comecei os estudos, representam 30% da população quixadaense”, explica o ufólogo.

Cerca de 220 pessoas devem passar em cada um dos três dias do evento, conforme estima Bob Peças. Para ele o assunto é pertinente. “Apesar de ser muito comum por aqui, a população ainda não está preparada para lidar com o desconhecido”, diz ele.

Quixadá é mistério
A Capital da Ufologia detém uma áurea mística. Os monólitos, por exemplo, formações rochosas que cercam a cidade e algumas com contornos e formas inexplicáveis, seriam como uma espécie de portal para o além. A temática já inspirou o cinema, como no filme “Área Q”, que trata da abdução do aposentado Luis Fernandes Barroso, considerado por muitos como o mais famoso caso de abdução em Quixadá, e segue inspirando o comércio e o turismo. A casa de shows noturna OVNI Club, por exemplo, foi elaborada a partir do assunto.

SERVIÇO:
Conexão Ufo
Local: avenida Juscelino Kubistchek, 493
Data: 01 a 03 de dezembro
Horário: 18 às 21 horas
Inscrição: omkenwilliam@yahoo.com.br
Realização: Sociedade Investigativa de Vida Anômala Ashtar (Siva)

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

 

 

Comentários 1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ivan Ribeiro

29/11/2017 as 23:0119

Gostaria de saber sobre eventos de ufologia em Quixadá no mês de abril.
Obrigado