Busca

Prédio da Perícia Forense em Canindé é interditado por precariedade na estrutura

06:30 · 16.04.2018 / atualizado às 06:30 · 16.04.2018 por

A Pefoce de Canindé estava funcionando na Travessa Pompilho Cruz, no Centro da cidade.

Infiltrações, vazamentos e até a possibilidade de choques elétricos, esses problemas, associados a rachadura na estrutura do prédio onde funciona o Núcleo de Perícia Forense do Ceará (Pefoce) em Canindé, levaram engenheiros do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE) a interditarem o imóvel após as últimas chuvas registradas na cidade. O supervisor da Pefoce neste Município, Renato de Oliveira confirmou a interdição, destacando haver riscos para os servidores.

Diante da necessidade de interdição o setor administrativo tanto da Pefoce como do Instituto Médico Legal (IML) passam a funcionar no antigo prédio da delegacia regional da Polícia Civil, na Av. Francisco Cordeiro Campos, no bairro Monte. Todavia, os corpos que necessitam de necropsia, como os de vítimas de crimes, estão sendo encaminhados para a Central da Pefoce, em Fortaleza até a conclusão das obras de restauração do prédio local.

A prefeitura de Canindé deverá realizar os serviços, vez que o Núcleo regional funciona através de parceria da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O administrador informou que haverá agilidade na reforma, entretanto não foi informado quando será iniciada e quanto tempo deverá demorar para a sua conclusão.

Além da capital e de Canindé a Pefoce possui núcleos de atendimento em Quixeramobim, Juazeiro do Norte, Sobral, Iguatu e Tauá. A unidade de Canindé atende 22 municípios da região: Apuiarés, Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Boa Viagem, Canindé, Capistrano, Caridade, Catunda, General Sampaio, Guaramiranga, Hidrolândia, Itapiúna, Itatira, Madalena, Monsenhor Tabosa, Mulungu, Pacoti, Paramoti, Santa Quitéria, Tamboril e Tejuçuoca.

Problema antigo

Em maio de 2015 o Ministério Público do Ceará (MPCE) recomendou a transferência do complexo para outro local, vez que estava situado e uma área residencial desta cidade, estava incomodando a vizinhança. O motivo era o mau cheiro exalado da sala onde os cadáveres encaminhados são examinados. Os moradores não aguentavam mais o odor e por esse motivo solicitaram providências aos órgãos públicos.

> Mau cheiro – Núcleo de perícia forense de Canindé será transferido para área isolada

Os representantes do Ministério Público deram o prazo de 180 dias para a mudança do Núcleo de Perícia a um local distante de áreas habitadas. Passados quase três anos a prefeitura de Canindé ainda não doou o terreno para a construção da unidade regional.

Pefoce de Canindé
Telefone: (85) 3433 6940

Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Participe do Diário Sertão Central através do telefone e whats app (85) 9 8755 0154

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *