Busca

EXTREMA POBREZA

07:00 · 06.08.2011 / atualizado às 11:25 · 06.08.2011 por

Cidades do Sertão Central escapam da miséria

Quixadá > Na próxima semana a secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca, estará em Fortaleza, para discutir com autoridades do Estado, o plano nacional de superação da extrema pobreza, o Brasil Sem Miséria. No Ceará, mais de 1,5 milhão de pessoas vivem em extrema pobreza. Fortaleza é a quarta cidade do País com maior número de pessoas em situação de miséria. Segundo o secretário estadual do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, são 134 mil.

Além da capital cearense, Caucaia, na região metropolitana, entra na relação dos 50 municípios brasileiros com maior número de habitantes em extrema pobreza. São 33.897. A cidade de Itapipoca, na Zona Norte do Interior tem o maior número de miseráveis, com 33.501. Granja e Juazeiro do Norte veem logo depois, com 25.002 e 24.099, respectivamente. Conforme a lista da Secretária de Desenvolvimento Agrário (SDA) as cidades do Sertão Central, não entraram na relação.

Mesmo assim, metade da população em situação econômica crítica vive na zona rural. Em Quixadá e Quixeramobim já são encontrados moradores de rua. Não passam fome porque recebem auxílio de voluntários. Para mudar esse quadro, no Ceará, o Governo Federal investirá R$ 3,5 milhões em assistência técnica, treinamento e distribuição de sementes de qualidade aos pequenos produtores. A construção de 145 mil cisternas de placa também é meta do Governo, para amenizar os efeitos da seca.

Quem quiser entender melhor como está a situação da miséria no Ceará e no Brasil pode acompanhar a rodada de discussão. O evento, com parceria das secretarias do Desenvolvimento Agrário (SDA) e do Trabalho e Desenvolvimento Social (SDS), será realizado na próxima quarta-feira, 10, a partir das 9 horas da manhã, em um luxuoso ambiente, o Hotel Oásis Atlântico, situado na avenida Beira Mar, com agradável vista para o oceano.

No Ceará, mais de 1,5 milhões vivem em situação de extrema pobreza

Comentários 17

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pedro

03/03/2013 as 15:1219

Pobre sao os desalmados politicos que roubam na maior cara limpa e fica por isso mesmo,e uma vergonha o que arrecadam e o qie nao faxem pelo pais,transporte publico,hospitsis,professores tudo a desejar,estou enojado

socorro

31/06/2012 as 06:0819

meu povo a situação é precária, esta na hora de mudarmos esta situção. vamos lutar contra isso por meio do voto vamos nesta eleição colocar no poder quem realmente conhece nossa realidade. esse candidato que o atual prefeito lançou nasceu em familia rica entao ele nao sabe o que o pobre passa ao olhar seus filhos passando fome e nao poder aliomenta-los. vamos fazer a diferença vamos mudar.

MARTA

13/12/2012 as 12:0819

MEU DEUS EU NÃO ACREDITO QUE NO SECULO 21 AINDA EXISTE POBREZA

roberto Madeira

05/02/2012 as 14:0819

É UMA PENA VER MINHA QUERIDA CIDADE ITAPIPOCA! DENTRE A CIDADE COM O MAIOR NUMERO DE MISERÁVEIS! O MODELO DE ADMINISTRAÇÃO DOMINANTE FALHOU FEIO, O LEMA DELES ” CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO” FALHOU E ERROU FEIO!

Milza

07/08/2011 as 20:0819

Gente falar em pobreza e muito complicado e delicado, pois como em tudo na vida existem dois lados. Como o colega falou de “preguiça” e falta de vontade ele ta certo sim, mais também existe muita falta de oportunidade pra quem é pobre, não tem estudo e ainda tem uma “bando” de filhos pra criar. Mais o poder publico e politico do nosso “RIQUISSíMO” país não tem interesse em cabacar com essa situação.

luan sanches

07/07/2011 as 19:0819

esse é o ceará que o povo não connhece. o povo só conhece o ceará do grande aquário, dogrande castelão e dos prédios bonitos que o governo está construindo.

EDNALDO DIOGENES CALIXTO

07/02/2011 as 14:0819

VAI SER DIFICIL ACABAR COM PROBREZA NESTE PAIS, BOA PARTE DOS RECURSOS FICAM NAS CONTAS DOS POLITICOS,ENQUANTO NÃO SE DESENVOLVER UMA POLITICA QUE FORTALEÇA REALMENTE AGRICULTURA FAMILIAR A PROBREZA VAI CONTINUAR, E BOLSA FAMILIA ESTA DEIXANDO O POVO PREQUIÇOSO.

Renato

06/10/2011 as 22:0819

Aqui em nosso País não existe EXTREMA MIZERIA, existe muita preguiça isso sim tem muito. Pergunte 1% destes que vive em tal situação, se eles querem trabalhar na agriculta ou viver dependendo da fome zero. Todos nós sabemos a resposta. Estamos vivenciando um dos melhores momentos tanto para construção civil, como para agricultura e pecuária. O individuo que trabalha e tem dignidade ele pode ser pobre, mas não vive em miséria.

Jose Nicolau

06/07/2011 as 19:0819

Eita Má. Cadê o governo do povo para o povo. Vade Retro cid e luzianne. Num voltem NUNCA mais.

Alfredo

06/06/2011 as 18:0819

Nem deus acaba com a pobreza imaginem o SUPER LULA.

Celio Viana

06/03/2011 as 15:0819

Ali na Avenida Des. Moreira(Assembleia Legislativa) há algumas dezenas de MISERÁVEIS EXECRÁVEIS causadores da miséria de tantos cearenses…O Brasil não tem povo, tem público, Lima Barreto já dizia isso há 100 anos.

Rafael

06/03/2011 as 15:0819

Ah, entendi: segundo vcs, autoridades como secretários de estado e demais governantes e servidores públicos em geral deveriam se reunir no barracão do cortiço… não se trata de retirar da miséria mas sim de se juntarem aos miseráveis… Isso sim que é fugir do foco de uma notícia realmente importante para ridicularização sensacionalista da desgraça… Parabéns!

Antonio Maciel

06/01/2011 as 13:0819

… Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.
Romanos 14:22

Dyogo Agostinho

06/01/2011 as 13:0819

Como será discutir a miséria no Sertão num luxuoso Hotel com vista para o mar?
Deve ser o mesmo dos famintos e miseráveis do sertão discutirem o preço do caviar e a queda do dólar.

Luiz Lucena

06/12/2011 as 12:0819

Concluindo o meu comentário,(aconteceu um acidente aqui e cliquei sem querer em enviar), faço um desafio como conseguiriamos diminuir consideravelmente os indices de “extrema pobreza” no Estado do Ceará com o somatório da implantação do aquario, as aquisições das Hillux’s e seu custo de manutenção e somando com a arrecadação do FECOP, este último com vultosas cifras.

Francisco Lima

06/12/2011 as 12:0819

É REALMENTE TEM MUITOS MISERÁVEIS EM NOSSO ESTADO E PRINCIPALMENTE EM FORTALEZA, É SÓ DÁ UMA VOLTINHA ÁS 18:00 HS NA PRAÇA DO FERREIRA,NA PRAÇA DA ESTAÇÃO E NA PRAÇA JOSÉ DE ALENCAR, SEM CONTAR COM OS PEDINTES E PESSOAS QUE DORMEM EM FACHADAS DE LOJAS.

JOSÉ FLAVIO BRUNO

06/10/2011 as 10:0819

MAS AINDA TEM POBRE NO BRASIL?
EU PENSEI QUE O LULA TINHA ACABADO COM A POBREZA.
PALAVRAS SÃO PALAVRAS, NADA MAIS DO QUE PALAVRAS.