OPINIÃO do EDITOR > Quixadá perde receita com turismo desprezando suas riquezas naturais e históricas