Busca

Tag: Açude


11:10 · 23.12.2016 / atualizado às 11:10 · 23.12.2016 por
Prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, assinou ordem de serviço (Foto: Quixeramobim Agora)
Prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, assinou ordem de serviço (Foto: Quixeramobim Agora)

Quixeramobim. Deve começar, em breve, as obras da construção do açude Muquém, e da passagem molhada de Caraúno, neste Município do Sertão Central. A assinatura da ordem de serviço para o início das obras aconteceu  na última quinta-feira (22). O prefeito Cirilo Pimenta ordenou as obras.

De acordo com a prefeitura de Quixeramobim, centenas de pessoas serão beneficiadas com a passagem e a construção do açude. O valor das obras estaria orçado em mais de R$ 2 milhões..

As obras seriam uma intervenção da população de Quixeramobim. As cobranças para o início da construção se arrastavam há algum tempo. A mão de obra para a operação e os trabalho aumenta a expectativa da geração de emprego. O principal benefício, no entanto, deve ser a facilitação do acesso à população com a passagem molhada.

A assinatura a ordem de serviço é uma das últimas iniciativas da gestão de Cirilo Pimenta. O político foi derrotado pelo candidato Clébio Pavone.

___________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:17 · 20.12.2016 / atualizado às 09:17 · 20.12.2016 por
Açude Trajano amanheceu no último final de semana cheio (Foto: VC Repórter/DM.Net)
Açude Trajano amanheceu no último final de semana cheio (Foto: VC Repórter/DM.Net)

Milhã. Em todo o Ceará, as chuvas que banharam o Estado nos últimos três dias resultaram em um aporte de 0,2 milhões de metros cúbicos nos reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O volume médio atual é de apenas 6,89%. O Ceará vivencia uma das piores secas dos últimos cem anos, desde 2012, que resulta em uma grave crise hídrica.

Pequenos açudes deste Município amanheceram cheios com as chuvas dos últimos dias. No Sertão Central e em municípios da região Centro Sul, as precipitações foram suficientes para encher pequenos açudes particulares que há tempos estavam secos.

Segundo os dados da Cogerh, sete açudes receberam aporte de água de anteontem para ontem: Flor do Campo (Novo Oriente); Mamoeiro (Antonina do Norte); Catucinzenta (Aquiraz); Itapebussu (Maranguape); Acarape do Meio (Redenção); Jatobá II (Ipueiras) e Valério (Altaneira).

O maior aporte ocorreu no Flor do Campo, em Novo Oriente, 122.340 m3. Ele acumula apenas 2,7% de sua capacidade. Em seguida, o Mamoeiro, em Antonina do Norte, que obteve um aumento de 16.169 m3 e o Catucinzenta, em Aquiraz, com recarga de 12.840 m3. A Cogerh estima um aporte total de 190 mil m3 em 24h, considerando o volume liberando e o evaporado.

A matéria sobre a situação dos açudes do Ceará nos últimos dias, com as chuvas que banham o Estado desde o último final de semana, é do correspondente Honório Barbosa, da região Sul do Ceará. Leia o texto completo na edição desta terça-feira do jornal Diário do Nordeste >> Sete açudes tiveram aporte nas últimas 24 horas

___________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

08:52 · 19.12.2016 / atualizado às 16:08 · 19.12.2016 por
Dia amanheceu com chuva em Milhã (Fotos: Dm.net)
Dia amanheceu com chuva em Milhã (Fotos: Dm.net)

Milhã. Chuva. Muita chuva. Foi este o resultado do final de semana no Ceará, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). De acordo com o órgão, entre às sete da manhã do último domingo (18) até às sete da manhã desta segunda (19), choveu em 100 municípios do Estado. Este Município do Sertão Central registrou a maior chuva, fato que também se repetiu no balanço de sábado (17) para domingo.

Segundo a Funceme, nas últimas 24 horas, as maiores chuvas foram em  Milhã (80.0 mm); Ipueiras (76.3 mm); Jaguaribara (71.0 mm); Icó (65.0 mm) e Pires Ferreira (57.0 mm). A região Central registrou também registrou chuvas no período, tendo três municípios entre os dez com as maiores chuvas (Solonópole, 48.0 mm e Senador Pompeu, 47.0 mm). O boletim foi fechado ao meio-dia desta segunda-feira (19), com dados sendo atualizados a cada quinze minutos, em tempo real, ao longo do dia.

Açude Trajano amanheceu no último domingo (18) cheio
Açude Trajano amanheceu no último domingo (18) cheio

No balanço de sábado para domingo, a Funceme registrou chuvas com mais de 100 mm no Ceará. Foram registradas precipitações em 33 cidades. A maior delas foi em  Icó, com 102.0 mm. Choveu forte também em Milhã (100.0 mm); Solonópole (78.0 mm); Quixelô (77.0 mm) e Iguatu (62.0 mm). Em Milhã, a chuva de sábado para domingo fez pequenos açudes particulares, como o Trajano, conhecido popularmente como açude Titico (foto). De acordo com o portal DM.Net, da cidade de Milhã, na zona rural, houve registros de até 120 mm, como no distrito de Monte Alegre. O registro seria de pluviômetros particulares. 

Previsão do tempo
De acordo com a Funceme, a previsão do tempo para esta segunda é de chuva em todo o Ceará ao longo do dia. As precipitações serão instáveis em meio ao tempo nublado, que também deve predominar.

Funceme havia previsto
O órgão acertou ao ter previsto, na última quinta-feira (15), que o final de semana seria de chuvas no Ceará. Elas são parte do período conhecido como pré-estação, ou seja, são chuvas que antecedem o tradicional período chuvoso, que vai de janeiro a maio. As precipitações teriam sido provocadas por um fenômeno meteorológico conhecido como Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis. (VCAN).

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

11:50 · 13.12.2016 / atualizado às 11:50 · 13.12.2016 por
Açude Patu, no ano passado, já começava a baixar nível de água (Foto: arquivo)
Açude Patu, no ano passado, já começava a baixar nível de água (Foto: arquivo)

Senador Pompeu. Embora os dias de céu nublado que começaram a surgir no Ceará, tragam alegria e esperança de bom inverno ao cearense, a situação atual ainda é de preocupação. Os 153 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) amargam um acúmulo de 6,96%, frente a tudo o que podem acumular juntos. O Patu, deste Município da região Central, passou a integrar a cota dos açudes em volume morto.

De acordo com o boletim da Cogerh, ao todo, 45 açudes estão na mesma situação. Nos últimos dias, além do Patu o Santa Maria (em Ererê), o Figueiredo (em Alto Santo) e o Malcozinhado (em Cascavel), entraram para o rol do volume morto. Os açudes Canoas e Ema passaram a ser considerados secos, fazendo aumentar para 38 o número de reservatórios nesta situação.

Os número da Cogerh mostram que nenhum açude está com nível de armazenamento de água acima dos 90%. Atualmente, nenhum está sangrando e outros 134 estão com nível abaixo dos 30% de água.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:00 · 11.09.2016 / atualizado às 12:18 · 11.09.2016 por
Arrojado Lisboa, da Bacia do Banabuiú, terceiro maior açude do Estado, está com 0,59% (Foto: José Avelino Neto)
Arrojado Lisboa, da Bacia do Banabuiú, terceiro maior açude do Estado, está com 0,59% (Foto: José Avelino Neto)

 

Banabuiú. A semana se encerrou com 45 açudes cearenses chegando ao volume morto e outros 25 completamente secos. As informações são da Companhia Cearense de Gestão e Recursos Hídricos (Cogerh). Nenhum açude está sangrando no Estado e também não há mais nenhum açude com nível acima de 90%.

De acordo com o monitoramento da Cogerh, na última semana os açudes Jaburu II, em Independência entrou na cota de volume morto e o São Domingos II, no município de Caririaçu, passou a ser considerado seco.

Dos 153 reservatórios monitorados pelo órgão nenhum está com nível acima de 90%. Outros 129 estão com volume abaixo de 30%. Juntos os açudes podem armazenar 18,64 bilhões de metros cúbicos mas, atualmente, os açudes cearense acumulam apenas 9,41%.

  1. ______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com