Busca

Tag: Água


11:10 · 23.12.2016 / atualizado às 11:10 · 23.12.2016 por
Prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, assinou ordem de serviço (Foto: Quixeramobim Agora)
Prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, assinou ordem de serviço (Foto: Quixeramobim Agora)

Quixeramobim. Deve começar, em breve, as obras da construção do açude Muquém, e da passagem molhada de Caraúno, neste Município do Sertão Central. A assinatura da ordem de serviço para o início das obras aconteceu  na última quinta-feira (22). O prefeito Cirilo Pimenta ordenou as obras.

De acordo com a prefeitura de Quixeramobim, centenas de pessoas serão beneficiadas com a passagem e a construção do açude. O valor das obras estaria orçado em mais de R$ 2 milhões..

As obras seriam uma intervenção da população de Quixeramobim. As cobranças para o início da construção se arrastavam há algum tempo. A mão de obra para a operação e os trabalho aumenta a expectativa da geração de emprego. O principal benefício, no entanto, deve ser a facilitação do acesso à população com a passagem molhada.

A assinatura a ordem de serviço é uma das últimas iniciativas da gestão de Cirilo Pimenta. O político foi derrotado pelo candidato Clébio Pavone.

___________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:17 · 20.12.2016 / atualizado às 09:17 · 20.12.2016 por
Açude Trajano amanheceu no último final de semana cheio (Foto: VC Repórter/DM.Net)
Açude Trajano amanheceu no último final de semana cheio (Foto: VC Repórter/DM.Net)

Milhã. Em todo o Ceará, as chuvas que banharam o Estado nos últimos três dias resultaram em um aporte de 0,2 milhões de metros cúbicos nos reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O volume médio atual é de apenas 6,89%. O Ceará vivencia uma das piores secas dos últimos cem anos, desde 2012, que resulta em uma grave crise hídrica.

Pequenos açudes deste Município amanheceram cheios com as chuvas dos últimos dias. No Sertão Central e em municípios da região Centro Sul, as precipitações foram suficientes para encher pequenos açudes particulares que há tempos estavam secos.

Segundo os dados da Cogerh, sete açudes receberam aporte de água de anteontem para ontem: Flor do Campo (Novo Oriente); Mamoeiro (Antonina do Norte); Catucinzenta (Aquiraz); Itapebussu (Maranguape); Acarape do Meio (Redenção); Jatobá II (Ipueiras) e Valério (Altaneira).

O maior aporte ocorreu no Flor do Campo, em Novo Oriente, 122.340 m3. Ele acumula apenas 2,7% de sua capacidade. Em seguida, o Mamoeiro, em Antonina do Norte, que obteve um aumento de 16.169 m3 e o Catucinzenta, em Aquiraz, com recarga de 12.840 m3. A Cogerh estima um aporte total de 190 mil m3 em 24h, considerando o volume liberando e o evaporado.

A matéria sobre a situação dos açudes do Ceará nos últimos dias, com as chuvas que banham o Estado desde o último final de semana, é do correspondente Honório Barbosa, da região Sul do Ceará. Leia o texto completo na edição desta terça-feira do jornal Diário do Nordeste >> Sete açudes tiveram aporte nas últimas 24 horas

___________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

08:52 · 19.12.2016 / atualizado às 16:08 · 19.12.2016 por
Dia amanheceu com chuva em Milhã (Fotos: Dm.net)
Dia amanheceu com chuva em Milhã (Fotos: Dm.net)

Milhã. Chuva. Muita chuva. Foi este o resultado do final de semana no Ceará, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). De acordo com o órgão, entre às sete da manhã do último domingo (18) até às sete da manhã desta segunda (19), choveu em 100 municípios do Estado. Este Município do Sertão Central registrou a maior chuva, fato que também se repetiu no balanço de sábado (17) para domingo.

Segundo a Funceme, nas últimas 24 horas, as maiores chuvas foram em  Milhã (80.0 mm); Ipueiras (76.3 mm); Jaguaribara (71.0 mm); Icó (65.0 mm) e Pires Ferreira (57.0 mm). A região Central registrou também registrou chuvas no período, tendo três municípios entre os dez com as maiores chuvas (Solonópole, 48.0 mm e Senador Pompeu, 47.0 mm). O boletim foi fechado ao meio-dia desta segunda-feira (19), com dados sendo atualizados a cada quinze minutos, em tempo real, ao longo do dia.

Açude Trajano amanheceu no último domingo (18) cheio
Açude Trajano amanheceu no último domingo (18) cheio

No balanço de sábado para domingo, a Funceme registrou chuvas com mais de 100 mm no Ceará. Foram registradas precipitações em 33 cidades. A maior delas foi em  Icó, com 102.0 mm. Choveu forte também em Milhã (100.0 mm); Solonópole (78.0 mm); Quixelô (77.0 mm) e Iguatu (62.0 mm). Em Milhã, a chuva de sábado para domingo fez pequenos açudes particulares, como o Trajano, conhecido popularmente como açude Titico (foto). De acordo com o portal DM.Net, da cidade de Milhã, na zona rural, houve registros de até 120 mm, como no distrito de Monte Alegre. O registro seria de pluviômetros particulares. 

Previsão do tempo
De acordo com a Funceme, a previsão do tempo para esta segunda é de chuva em todo o Ceará ao longo do dia. As precipitações serão instáveis em meio ao tempo nublado, que também deve predominar.

Funceme havia previsto
O órgão acertou ao ter previsto, na última quinta-feira (15), que o final de semana seria de chuvas no Ceará. Elas são parte do período conhecido como pré-estação, ou seja, são chuvas que antecedem o tradicional período chuvoso, que vai de janeiro a maio. As precipitações teriam sido provocadas por um fenômeno meteorológico conhecido como Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis. (VCAN).

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:33 · 16.12.2016 / atualizado às 09:33 · 16.12.2016 por
Em Banabuiú, tempo nublado trouxe as primeiras chuvas (Foto: José Avelino Neto)
Em Banabuiú, tempo nublado trouxe as primeiras chuvas (Foto: José Avelino Neto)

Banabuiú. A alegria do final de semana se intensifica com a chegada de chuva. De acordo com o boletim da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), das sete da manhã da última quinta-feira (15) até às 9h15 desta sexta-feira (16) já havia sido registrada chuva em 17 municípios do Estado. Até o momento, Caririaçu registra a maior pluviometria: 59.0 mm.

Choveu forte também em Missão Velha (55 mm), Barbalha (35 mm) e Iguatu (34 mm). As quatro principais regiões do Ceará (Centro Sul, Zona Norte, Cariri e Sertão Central), registraram chuvas. Na região Central, Quixeramobim registrou uma precipitação de 1.2 mm. Em Aracoiaba, no Maciço de Baturité, foram 13.5 mm.

Nos demais municípios onde ainda não houve registros de chuva, há possibilidade, já que o tempo amanheceu nublado. Em Banabuiú, uma fraca neblina caiu nas primeiras horas da manhã e na metade do dia as gotas ficaram mais fortes.

Previsão é de chuva
De acordo com a Funceme o início do final de semana deve ser de chuva. Os sistemas meteorológicos devem atuar ocasionando chuvas com intensidade moderada nesta sexta e sábado (17), conforme o órgão.

A partir de hoje e até sábado, a Funceme explica que um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) deve se deslocar de forma favorável ao estado ocasionado as chuvas. A faixa litorânea e a região Centro Sul do Estado devem registrar precipitações hoje. A previsão deve se repetir no sábado. Nas demais regiões, o céu permanece parcialmente nublado. Para domingo, o órgão prevê possibilidade de chuvas isoladas na faixa litorânea e no Sul do Ceará, entre a madrugada e o início da manhã. No decorrer do dia, céu parcialmente nublado.

A alegria da notícia se junta à esperança do cearense que, desde o início da semana, já assiste às primeiras chuvas caírem no Ceará. Os registros são típicos da pré-estação chuvosa, período compreendido da segunda quinzena de dezembro até o início de janeiro, e que começou oficialmente na última quinta, embora sem registro de chuvas em nenhum município do Ceará.

A média histórica observada em dezembro, segundo os dados da Funceme, é de 31.6 mm. Ate quinta o órgão havia registrado chuvas em quatro dias do mês, banhando 35 diferentes municípios do Estado. Com os registros até aqui, a Funceme já contabiliza a média de 7.4 mm, mas o registro pode aumentar se os fenômenos da pré-estação ocasionar o surgimento de novas chuvas.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

11:50 · 13.12.2016 / atualizado às 11:50 · 13.12.2016 por
Açude Patu, no ano passado, já começava a baixar nível de água (Foto: arquivo)
Açude Patu, no ano passado, já começava a baixar nível de água (Foto: arquivo)

Senador Pompeu. Embora os dias de céu nublado que começaram a surgir no Ceará, tragam alegria e esperança de bom inverno ao cearense, a situação atual ainda é de preocupação. Os 153 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) amargam um acúmulo de 6,96%, frente a tudo o que podem acumular juntos. O Patu, deste Município da região Central, passou a integrar a cota dos açudes em volume morto.

De acordo com o boletim da Cogerh, ao todo, 45 açudes estão na mesma situação. Nos últimos dias, além do Patu o Santa Maria (em Ererê), o Figueiredo (em Alto Santo) e o Malcozinhado (em Cascavel), entraram para o rol do volume morto. Os açudes Canoas e Ema passaram a ser considerados secos, fazendo aumentar para 38 o número de reservatórios nesta situação.

Os número da Cogerh mostram que nenhum açude está com nível de armazenamento de água acima dos 90%. Atualmente, nenhum está sangrando e outros 134 estão com nível abaixo dos 30% de água.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

16:17 · 13.10.2016 / atualizado às 16:18 · 13.10.2016 por

Banabuiú. Municípios selecionados e que compõem a Bacia do Banabuiú e as Bacias do Baixo e Médio Jaguaribe, receberam esta semana 1.550 hidrômetros para auxiliar nos Sistemas de Saneamento Rural (Sisar). A entrega aconteceu na última terça-feira (11). De acordo com a Secretaria das Cidades, o valor investido na compra dos equipamentos foi de R$290 mil reais, oriundos do Tesouro do Estado, que contempla também a compra de mais 82 macromedidores de vazão.

Hidrômetros devem melhorar o funcionamento dos sistemas de abastecimento na zona rural (Foto: Lucas de Menezes/Agência Diário)
Hidrômetros devem melhorar o funcionamento dos sistemas de abastecimento na zona rural (Foto: Lucas de Menezes/Agência Diário)

Os equipamentos foram doados como contrapartida ao financiamento do banco alemão KFW Bankengruppe, que se destina ao Programa de Saneamento Básico Ceará II – KFW II. A Bacia do Banabuiú ficou com 800 hidrômetros e 37 macromedidores. Já as Bacias do Baixo e do Médio Jaguaribe receberam 750 hidrômetros e 46 macromedidores.

Ainda conforme a secretaria, a chegada dos equipamentos tem como objetivo melhorar o funcionamento dos sistemas de abastecimento na zona rural, garantindo a medição correta do uso da água e colaborando para o combate ao desperdício e o consumo consciente.

O Programa de Saneamento Básico Ceará II – KfW II, financiado pelo banco alemão KfW Bankengruppe, tem como objetivo implantar, ampliar e reabilitar os sistemas de abastecimento de água e saneamento básico nas regiões do Baixo Jaguaribe, Médio Jaguaribe, Banabuiu, Acaraú, Coreaú e Parnaíba, com a conseqüente melhoria na qualidade de vida da população beneficiada.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

14:25 · 16.09.2016 / atualizado às 14:26 · 16.09.2016 por

Mombaça. O Governo do Estado entregou na última quinta-feira (15) 686 títulos de terra a agricultores familiares deste Município da região central cearense. Os títulos foram entregues pelo gestor da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), Dedé Teixeira, e pelo chefe do Estado, Camilo Santana.

Quase 700 agricultores foram beneficiados (Foto: Governo do Estado)
Quase 700 agricultores foram beneficiados (Foto: Governo do Estado)

Agricultores e familiares estiveram presentes para receber os títulos. Houve muita emoção entre os trabalhadores do campo. Dedé Teixeira salientou que o programa pretende, até 2020, entregar títulos para todos os agricultores. “Nosso objetivo é que possamos universalizar essa ação para que todos os agricultores familiares tenham o seu título de propriedade da terra”.

Na ocasião, Camilo também comunicou a entrega de cinco cartas de créditos para sistemas de abastecimento d’água do Programa Água para Todos. Segundo o Governo Estadual, foram investidos R$ 1,7 milhão. As cartas fazem parte da estratégia do Governo para tentar minimizar os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem no Estado. Os sistemas de abastecimento vão beneficiar 556 famílias.

No mesmo dia, o trecho da CE-060, que liga Mombaça a Acopiara, e que havia sido restaurado, foi entregue oficialmente.

________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

 

10:14 · 15.09.2016 / atualizado às 10:14 · 15.09.2016 por

Capistrano. O governador do Estado, Camilo Sobreira Santana, entregou para a população deste Município, localizado na região do Maciço de Baturité, uma nova adutora. Com investimento de mais de R$ 2,2 milhões, a obra deve ajudar a população a ter acesso a água limpa e tratada.

A cerimônia de entrega aconteceu na tarde da última quarta-feira (14) com a presença de autoridades. Camilo Santana destacou que vem fazendo esforços para garantir água a todas as regiões do Ceará, em atenção ao período de estiagem. “Estamos vivendo o quinto ano consecutivo de seca. Não temos medido esforço para minimizar as consequências para nossos irmãos e irmãs”. Em sua fala, o governador antecipou que além das duas máquinas perfuratrizes adquiridas para realizar o trabalho de perfuração de poços no interior, o Governo estaria realizando a compra de mais 19 máquinas. “Sei do desafio da área rural, do homem do campo, e também de quem mora na área urbana. Esse investimento vai trazer maior segurança para os moradores da região”, disse.

Adutora deve garantir abastecimento regular aos moradores de Capistrano (Foto: Ascom/Governo do Estado)
Adutora deve garantir abastecimento regular aos moradores de Capistrano (Foto: Ascom/Governo do Estado)

A adutora vai captar água no Açude Pesqueiro, para seguir por 8 km até a Estação de Tratamento de Água (ETA). Lá, a água passa por um rigoroso processo para remoção de impurezas e tratamento (floculação, decantação e filtração). Depois de limpa, a água recebe cloro para desinfecção e é encaminhada para estações de bombeamento até os reservatórios dos bairros. A obra, executada pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) com recursos do Governo.

A obra deve garantir aos moradores de Capistrano o abastecimento da cidade até a próxima quadra chuvosa, além de água de melhor qualidade e aumento na vazão.

De acordo com o Governo do Estado a ampliação do sistema de abastecimento de Capistrano, que também vai agraciar os moradores de Itapiúna, atendendo a cerca de 8.500 habitantes, está incluída entre as medidas do Plano Estadual de Convivência com a Seca, apresentadas pelo Governo do Ceará em fevereiro de 2015.

________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

08:30 · 14.09.2016 / atualizado às 10:42 · 14.09.2016 por
Caminhões devem amenizar situação de dificuldades no abastecimento na cidade (Foto: José Avelino Neto)
Caminhões devem amenizar situação de dificuldades no abastecimento na cidade (Foto: José Avelino Neto)

Boa Viagem. Um dos municípios que mais sofre com a seca de 2016, Boa Viagem deve receber reforços na Operação Carro-pipa, uma alternativa para levar água aos moradores da região. De acordo com a Defesa Civil do Estado do Ceará dez novas rotas para veículos pipas serão abertas.

O sorteio para cadastrar os caminhões que devem fazer o itinerário para atender a população boa-vigense, mediante licitação, aconteceu na semana passada. Conforme a Defesa Civil o sorteio dos concorrentes aconteceu no Quartel Central do Corpo de Bombeiros em Fortaleza.

As rotas de Boa Viagem deverão ser assistidas por veículos com 10m³ de capacidade, cada. Além de Boa Viagem também participaram concorrentes que visam abastecer a cidade de Campos Sales em novas rotas.

O abastecimento através de Carro-pipa é uma forma de amenizar a preocupante situação no abastecimento de Boa Viagem. A cidade passa por sistema de racionamento desde fevereiro de 2012. A solução poderia vir com a perfuração de poços profundos mas encontrar água debaixo do chão na cidade tem sido uma das principais dificuldades. Até abril deste ano, de 100 poços perfurados, 44 não tinham água.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

09:00 · 11.09.2016 / atualizado às 12:18 · 11.09.2016 por
Arrojado Lisboa, da Bacia do Banabuiú, terceiro maior açude do Estado, está com 0,59% (Foto: José Avelino Neto)
Arrojado Lisboa, da Bacia do Banabuiú, terceiro maior açude do Estado, está com 0,59% (Foto: José Avelino Neto)

 

Banabuiú. A semana se encerrou com 45 açudes cearenses chegando ao volume morto e outros 25 completamente secos. As informações são da Companhia Cearense de Gestão e Recursos Hídricos (Cogerh). Nenhum açude está sangrando no Estado e também não há mais nenhum açude com nível acima de 90%.

De acordo com o monitoramento da Cogerh, na última semana os açudes Jaburu II, em Independência entrou na cota de volume morto e o São Domingos II, no município de Caririaçu, passou a ser considerado seco.

Dos 153 reservatórios monitorados pelo órgão nenhum está com nível acima de 90%. Outros 129 estão com volume abaixo de 30%. Juntos os açudes podem armazenar 18,64 bilhões de metros cúbicos mas, atualmente, os açudes cearense acumulam apenas 9,41%.

  1. ______

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com