Busca

Tag: Tradição


16:15 · 20.01.2017 / atualizado às 16:15 · 20.01.2017 por
Fiéis fazem percurso a pé, de Banabuiú a Laranjeiras (Fotos: José Avelino Neto)
Fiéis fazem percurso a pé, de Banabuiú a Laranjeiras (Fotos: José Avelino Neto)

Banabuiú. Fiéis deste Município, do Sertão Central cearense, comemoraram hoje o dia de São Sebastião. A devoção foi representada através de uma caminhada de sete quilômetros a pé. Os fiéis saíram da praça 25 de Janeiro às cinco da manhã. No percurso, cantavam músicas de louvor, entoavam palavras de fé, pediam chuva ao padroeiro do distrito e rezavam o terço. O ato é uma tradição na cidade.

O percurso é feito a pé. Cerca de 100 pessoas participaram do ato. Os raios do nascer do sol que refletem no branco das vestimentas dos fiéis provocam uma linda imagem, ao contrastar com o dourado seco da vegetação do sertão. Durante a caminhada, eles entoam cânticos de louvor e rezam orações de fé.

Café da manhã é servido aos devotos de São Sebastião ao final da caminhada, em frente à igreja, em Laranjeiras
Café da manhã é servido aos devotos de São Sebastião ao final da caminhada, em frente à igreja, em Laranjeiras

A caminhada já acontece há mais de dez anos. Nos últimos tempos ela passou a se desvincular da paróquia e passou a ser organizada por um grupo de comerciantes que são devotos de São Sebastião. Na chegada, em Laranjeiras, os fiéis foram recepcionados com um café da manhã comunitário. Uma procissão com uma imagem do santo pelas vilas do distrito seguida de uma missa, em memória e agradecimento às graças alcançadas pelos fiéis e atribuídas ao santo, foi celebrada.

O momento é bastante aguardado por fiéis que pagaram promessas e oram em memória dos mortos no acidente fatal entre duas topiques, no ano de 2003, que deixou mais de 20 mortos de Banabuiú, gerando grande comoção local e repercussão estadual.

No Ceará São Sebastião é padroeiro de sete paróquias, duas delas são as de Pedra Branca e Choró, no Sertão Central (as demais são em Monsenhor Tabosa, Nova Olinda, Larvras da Mangabeiras, Mulungu e Auiarés). O santo também é copadroeiro de Aquiraz e Ipauimirm. Além disso a imagem mística de São Sebastião é celebrada em centenas de capelas em distritos e vilas ruais no interior do Estado.

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

12:17 · 17.01.2017 / atualizado às 12:17 · 17.01.2017 por
Ginásio de Banabuiú, onde terá parte da programação esportiva da semana (Foto: Valdecir Pimenta/Ascom)
Ginásio de Banabuiú, onde terá parte da programação esportiva da semana (Foto: Valdecir Pimenta/Ascom)

Banabuiú. Acontece nesta quarta-feira (18) a abertura oficial da 29ª Semana do Município de Banabuiú. A cerimônia acontece no ginásio coberto a partir das seis da tarde. Assim como nas cerimônias esportivas tradicionais, uma tocha olímpica será acessa no evento.

A cerimônia terá a presença de todos os atletas de delegações esportivas inscritas nos jogos da Semana esportiva. Autoridades do Município, como o prefeito Edinho Nobre, o secretário de esportes, Marcel Farias, também estarão presentes.

Algumas competições esportivas já começam nesta segunda-feira (16) no campo Valdir Leopércio. As seletivas da categoria society também já estão acontecendo. Um congresso técnico foi realizado na semana passada com todos os atletas e dirigentes de equipes, inscritos nas competições. O congresso definiu as regras e o regulamento do evento. As categoria deste ano contemplam jogos já tradicionais, como futebol de campo, até novas modalidades, como poker. As inscrições já foram encerradas.

Boa parte da programação é feita de competições esportivas, mas outros eventos também marcam a semana. No próximo dia 20, por exemplo, fiéis percorrem 18 quilômetros a pé, por uma estrada da zona rural, até o distrito de Laranjeiras, um dos mais velhos da cidade. Eles se vestem de branco e rezam por São Sebastião. No dia 25 uma missa deve encerrar a programação, ao meio-dia, em alusão ao aniversário de emancipação da cidade.

No ginásio, a secretaria de Cultura, Turismo, Indústria e Comércio fará a decoração do ambiente. A equipe promete fazer algo diferente e único, misturando a história da emancipação com a importância dos eventos esportivos. Os principais espaços esportivos da cidade, como o campo Valdir Leopércio e o Ginásio João Claudino ganharam nova ambientação.

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

10:53 · 16.01.2017 / atualizado às 10:53 · 16.01.2017 por
Segundo a organização, 21 profetas participaram do evento este ano
Segundo a organização, 21 profetas participaram do evento este ano

Quixadá. O ano de 2017 deverá ser de um bom inverno. Entre poucas discordâncias, essa foi a conclusão praticamente unânime dos participantes da 21ª edição do encontro dos Profetas das Chuvas. O evento aconteceu no último sábado (14), neste Município, no auditório do campus do Instituto Federal do Ceará (IFCE).

O público ficou bem abaixo da expectativa inicial: apenas cerca de 600 pessoas, para mil que eram esperadas. De acordo com a organização cerca de 21 profetas participaram do encontro. Para mais da metade deles a tendência é que o ano atual apresente chuvas dentro da média histórica.

Lourdinha Leite, 79 anos, única mulher do evento: acredita em um bom inverno
Lourdinha Leite, 79 anos, única mulher do evento: acredita em um bom inverno

Venerados como mestres da sabedoria popular, as profecias dos Profetas deixaram o público esperançoso. O agricultor José Leônidas dos Santos, 81 anos, ficou alegre em ouvir que poderá ter um ano mais tranquilo depois de amargar prejuízo por três anos seguidos no campo. “É aquilo que eu digo: ninguém vai conseguir passar por mais um ano de seca, não. Eu só espero que eles estejam certos e que Deus possa olhar pela gente. Não podemos desprezar a sabedoria deste povo”, afirmou.

Os profetas levaram provas colhidas em campo, durante o trabalho de pesquisa e levantamento de suas previsões. Bagaço do formigueiro, a tábua do Juá, a carnaúba, a flor do mandacaru, e até experiências mais avançadas, como a demonstração do percurso da estrela D’Álva e uma tabela com a contabilidade dos dias de ano em que houve registros de fatos que assinalam para a expectativa de um ano chuvoso.

Profeta de Limoero do Norte, seu cícero, levou ninho de pássaro típico de épocas de inverno
Profeta de Limoero do Norte, seu cícero, levou ninho de pássaro típico de épocas de inverno

As previsões feitas pelos profetas se conflitam com o prognóstico anual da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que trabalha na tentativa de prever as chances de chuva. O órgão cearense divulga no próximo dia 18 seu prognóstico e se pauta pela ciência; os profetas, pela cultura. As previsões feitas dos últimos quatro anos têm se mostrado diferentes. Desde então, o grupo de profetas avalia que o inverno tende a ser bom, já a Funceme acerta em prever chuvas abaixo da média.

Leia a matéria completa na editoria Regional da edição desta segunda-feira do jornal Diário do Nordeste >> Profetas da chuva acreditam em bom inverno

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

14:37 · 14.01.2017 / atualizado às 19:27 · 14.01.2017 por
Encontro reuniu 21 profetas, de acordo com organização, no IFCE de Quixadá
Encontro reuniu 21 profetas, de acordo com organização, no IFCE de Quixadá

Quixadá. Terminou neste sábado (14) mais uma edição dos Profetas da Chuva. O encontro aconteceu no auditório do Instituto Federal do Ceará (IFCE). De acordo com a organização 21 profetas participaram desta edição e, se eles estiverem certos, o ano de 2017 deve apresentar chuvas dentro da média.

As previsões foram feitas para um público de quase 600 pessoas que lotou o auditório do IFCE. A plateia ficou entusiasmada com as previsões que reacendiam a esperança do cearense, que já há cinco anos, sofre com a falta d’água, um fator que tem elevado os prejuízos no Estado, como a seca dos açudes e a morte dos mananciais hídricos.

Encontro encerrou-se neste sábado (14)
Encontro encerrou-se neste sábado (14)

Entre as previsões apresentadas, havia quase uma unanimidade em afirmar que o ano deverá apresentar chuvas. A profetisa Lourdinha, de 71 anos, a única mulher entre o quadro de atuais profetas de Quixadá, contou que fez suas observações com base nos ensinamentos do pai.

Ela utilizou uma tabela onde contou todos os meses do ano as chances de chuva com base na observação de pedaços de madeira, deixada debaixo das telhas da cozinha. Para sua surpresa, o resultado apresentou a probabilidade de chuvas. “Eu fiz esta experiência e vi que o ano vai ser bom, vai ter chuva, sim. Não vai ser de muita coisa não, mas vai dar pra gente sobreviver”, profetizou.

Cada profeta levou seu instrumento, colhido através do trabalho em campo de observação na natureza, para comprovar o que dizia. Restos do formigueiro, pedaços de árvores tradicionais da vegetação cearense, ninho do João de Barro, entre outros.

O organizador do evento, Helder Cortez, se diz satisfeito com a edição deste ano. Ao fazer um balanço  e comparando com os anos anteriores, ele avaliou que o encontro está se fortalecendo ainda mais na missão de perpetuar a sabedoria popular do sertão.

“Precisamos melhorar a logística, ter meios de acomodar mais gente. Temos que rever algumas coisas, mas, no geral, essa edição foi a melhor. Nos temos aqui profetas tradicionais e que tem trazido suas previsões com bastante fundamentação, o que tem deixado o público bem animado, envolvido e esperançoso”, relatou.

Leia a matéria completa na edição de amanhã do Domingo Digital do Diário do Nordeste

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

10:43 · 13.01.2017 / atualizado às 10:44 · 13.01.2017 por
Encontro começa no sábado (14), no IFCE de Quixadá (Foto: arquivo/Alex Pimentel)
Encontro começa no sábado (14), no IFCE de Quixadá (Foto: arquivo/Alex Pimentel)

Quixadá. Chove ou não chove este ano? O Ceará vai passar por mais um ano de estiagem? Essa resposta deverá vir dos profetas da chuva, homens e mulheres conhecidos por formular suas previsões do tempo, com base no conhecimento popular e na observação de fenômenos da natureza, como o formigueiro, o xique-xique e a casa do João-de-Barro. O encontro começa neste sábado (14), no auditório do Instituto Federal do Ceará (IFCE).

A organização do encontro prevê a participação de cerca de 30 profetas e mil pessoas. “É um evento que vem crescendo a cada ano”, disse Soares. “O nosso esforço é manter viva essa tradição, a nossa cultura, pois os nossos pais, avós sempre se preocuparam com o inverno, olhavam para a natureza para saber se haveria muita ou pouca chuva a cada ano”.

Profetas realizam previsões com base em observações da natureza
Profetas realizam previsões com base em observações da natureza

O encontro é promovido pelo Instituto de Pesquisa da Viola Cultural do Sertão Central. Começou de forma tímida, a partir de uma sugestão dada pelo próprio Soares ao engenheiro Químico da Cagece Hélio Cortez, que a cada ano observava o comportamento dos agricultores que sempre indagavam ser haveria ou não um bom inverno. “As pessoas insistiam, perguntavam ao Cortez e ele me falou muito sobre isso, quando fui presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Quixadá. Então tive a ideia de reunir, convidar os profetas da chuva”, explicou.

No sábado, a partir das 8h, começa, no auditório do campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) o Encontro dos Profetas da Chuva. Não há uma programação pré-definida, avisa um dos fundadores do evento, o empresário João Soares. Antes, haverá apresentação de duplas de violeiros, dentre eles, está confirmada a participação de Geraldo Amâncio e Edmilson Soldado.

Leia a matéria completa na editoria Regional da edição desta sexta-feira do jornal Diário do Nordeste >> Começa hoje o encontro dos Profetas da Chuva

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

15:35 · 05.12.2016 / atualizado às 15:44 · 05.12.2016 por
150 moto romeiros participaram do ato (Foto: Santuário de Canindé)
150 moto romeiros participaram do ato (Foto: Santuário de Canindé)

Canindé. Um dos maiores exemplos de fé do Sertão Central, Canindé é devoção o ano todo. No último final de semana, mais um evento no calendário religioso da cidade movimentou a região: a chegada da moto romaria de Mossoró (RN). De acordo com a Assessoria de Romarias do Santuário de São Francisco, 150 motoqueiros saíram em comboio do município do Rio Grande do Norte até a cidade cearense.

Segundo o site do santuário, os moto romeiros saíram de Mossoró na manhã da última sexta-feira (2) e chegaram em Canindé no final da tarde. Na cidade, de acordo com o site, o grupo foi recepcionado pelos Assessores de Romaria Rodésio Silva e Helton Lopes. Eles receberam a comenda das Romarias, e a bênção foi dada pelo Frade Menor Raoul Bentes.

Na chegada a Canindé, o comboio recebeu o apoio da guarda municipal. No sábado (3) a equipe se concentrou na avenida Presidente Dultra e tomou um café da manhã coletivo.

A moto romaria de Mossoró já ocorre há 37 anos, segundo os organizadores. A tradição de pagar promessas e estar anualmente na cidade para agradecer as graças depositadas a São Francisco, é a principal motivação da equipe.

Frei Marconi Lins disse que “A história dessas peregrinações ao santuário é antiga, e demonstra que individualmente ou em grupos, o povo cristão sempre depositou suas preces aos pés do santo dos pobres”. O grupo retornou no último domingo (4).

__________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

10:00 · 14.11.2016 / atualizado às 10:00 · 14.11.2016 por
Segundo organizadores seis mil pessoas podem ter participado da Caminhada (Foto: José Avelino Neto)
Segundo organizadores seis mil pessoas podem ter participado da Caminhada (Foto: José Avelino Neto)

Senador Pompeu. Fieis deste Município do Sertão Central, distante cerca de 280 km da Capital, promoveram, no último domingo (13), mais uma Caminhada da Seca. O ato relembra as centenas de vidas perdidas em consequência da estiagem de 1932, um das piores da cidade. Conforme os organizadores, a Caminhada reuniu um público de seis mil pessoas chegando a sua 34ª edição este ano. A quantidade ficou abaixo do que era esperado mas segue um número que tem se mantido ao longo dos anos.

Cortejo segue por estrada que leva ao Açude Patú e relembra mortos da seca de 1932 (Foto: Pascom de Iguatu)
Cortejo segue por estrada que leva ao Açude Patú e relembra mortos da seca de 1932 (Foto: Pascom de Iguatu)

A homenagem às vítimas da estiagem emocionou o povo e renovou a fé na esperança de dias melhores. A concentração começou por volta de quatro e meia da manhã em frente à Igreja Matriz, no Centro de Senador Pompeu. Cerca de uma hora depois os fiéis saíram em cortejo em direção a barragem do açude Patú, por uma estrada de terra batida. A grande maioria estava vestida de branco e caminhava com pés descalços. Conter a emoção era difícil e muitos choravam durante o percurso.

O cortejo seguiu até o Cemitério da Barragem, onde uma missa foi celebrada pelo bispo da Diocese de Iguatu, dom Edson de Castro Homem, e concelebrada pelos padres Anastácio Ferreira de Oliveira, também de Iguatu, e João Melo dos Reis, de Senador Pompeu. Segundo relatos históricos, no Cemitério da Barragem estariam enterrados a grande maioria dos mais de dois mil mortos daquele ano. Todos teriam morrido em virtude da falta de comida, água e cólera, e foram enterrados como indigentes. A sensação de emoção era única, compartilhada por mulheres, idosos, crianças, jovens e homens.

A Caminhada se tornou tradicional no segundo domingo de novembro. Ela já era tradição na cidade mas só foram oficializadas na década de 1980, a pedido do povo, pelo padre Albino Donati, falecido há dois anos. O movimento recebe o apoio do Centro de Defesa dos Direitos Humanos da cidade e vem crescendo graças ao gesto de fé e respeito de não esquecer o sofrimento de conterrâneos.

Leia a matéria completa na edição desta segunda-feira do Diário do Nordeste >> Fiéis fazem a 34ª Caminhada da Seca

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

10:03 · 10.11.2016 / atualizado às 10:03 · 10.11.2016 por
Tradicional Caminhada relembra mortos pela seca de 1932 (Foto: arquivo/Alex Pimentel)
Tradicional Caminhada relembra mortos pela seca de 1932 (Foto: arquivo/Alex Pimentel)

Senador Pompeu. Cerca de 10 mil pessoas são esperadas em mais uma Caminhada da Seca. O evento simbólico acontece anualmente, no segundo domingo de novembro, neste Município da região Central, como forma de lembrar as pessoas que foram dizimadas pela fome provocada pelos tempos difíceis da estiagem no Estado. Este ano a caminhada chega a sua 34ª edição.

O evento deve começar às 4h30 da manhã com a concentração em frente a igreja Matriz da cidade. De lá, os fiéis seguem em caminhada pela estrada de terra que dá acesso ao açude Patu e que leva ao cemitério da barragem, onde foram enterradas milhares de pessoas mortas em 1932 em virtude da seca. O local é considerado uma espécie de “Campo de Concentração” dos flagelados pela estiagem daquele ano.

Conforme os organizadores “A lembrança é uma forma de conscientizar as pessoas sobre o holocausto do sertão, durante a seca de 1932”. A caminhada é organizada pela Paróquia Nossa Senhora das Dores e recebe o apoio do Centro de Defesa dos Direitos Humanos – Antônio Conselheiro.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

08:51 · 28.10.2016 / atualizado às 08:58 · 28.10.2016 por
Aniversário foi comemorado com dia de atividades em loteamento (Foto: Cleumio Pinto/Ascom)
Aniversário foi comemorado com dia de atividades em loteamento (Foto: Cleumio Pinto/Ascom)

Quixadá. Considerada a maior cidade do Sertão Central, o aniversário de 146 anos de emancipação política de Quixadá foi tímido e sem muita pompa. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a atual situação financeira não teria permitido gastos com grandes festas. Uma parceria com empresas de iniciativa privada permitiu que a data fosse comemorada. A festa aconteceu em um loteamento da cidade.

Diferente de anos anteriores, em que grandes bandas se apresentavam na praça José de Barros, as comemorações deste ano se restringiram a homenagens, atividades físicas, esportivas e recreativas no Loteamento Ecolive Renato Carneiro. Durante todo o dia, crianças, jovens e idosos movimentaram o local e participaram das atrações. Toda a programação era gratuita.

Brincadeiras, esportes radicais como rapel, competições entre ciclistas e atividades físicas estiveram estavam entre as atrações. O loteamento homenageou figuras emblemáticas da história de Quixadá dando seus nomes às ruas do Loteamento.

Dificuldades encontradas pela prefeitura impediram realização de grande festa
Dificuldades encontradas pela prefeitura impediram realização de grande festa

Além de Welligton Xavier, participaram do evento a comitiva de secretários da gestão, o deputado estadual Osmar Baquit e empresários municipais. O Governo do Estado, também homenageou Quixadá com um vídeo em sua página na rede social Facebook.

Momento delicado
O prefeito Wellington Xavier assumiu a gestão de Quixadá após a justiça cearense determinar o afastamento do então prefeito João Hudson, conhecido como João da Sapataria. Duas ações foram movidas contra o ex-prefeito. Na primeira, ele teve o afastamento determinado por 180 dias. Mas a segunda orientou que João fosse afastado até o final de seu mandato. Wellington, que era vice-prefeito, assumiu o cargo.

Noutras ocasiões ao Diário Sertão Central Wellington Xavier declarou ter encontrado a prefeitura em estado grave. Despesas altas e casos de irregularidades estavam entre os principais entraves. Na última quarta-feira (26), quando o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) concluiu as fiscalizações na prefeitura do município, o procurador da cidade, Júnior Pinheiro, revelou que problemas foram constatados pela equipe do TCM. “Superfaturamento de contratos, funcionários fantasmas, desorganização na própria manutenção dos arquivos da prefeitura”.

Ele disse que as questões já vinham sendo apuradas em uma auditoria interna independente, que o setor jurídico da gestão de Welligton vinha realizando, e enfatizou que o trabalho do TCM ajudou no processo. “O prefeito e toda a equipe só tem a agradecer essa fiscalização, porque vai nos ajudar a corrigir uma serie de irregularidade que já vinham sendo apuradas”, disse Júnior Pinheiro.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com

15:48 · 16.10.2016 / atualizado às 15:49 · 16.10.2016 por
Missa reuniu cerca de 12 mil fieis e encerrou oficialmente os festejos
Missa reuniu cerca de 12 mil fieis e encerrou oficialmente os festejos

Canindé. Terminou neste domingo (16) os festejos em homenagem a São Francisco, neste Municípios do Sertão Central. De acordo com os organizadores, a festa ultrapassou o público de 200 mil pessoas que eram aguardadas. Romeiros de várias partes do País visitaram a cidade que devido à sua emblemática fé depositada em São Francisco, é conhecida por Assis Nordestina.

Uma missa realizada na Quadra da Gruta, ao lado da Basílica, encerrou os festejos. A missa foi celerada pelo arcebispo da Diocese de Fortaleza, dom José Aparecido Tosi. No final da tarde, uma caminhada com a imagem de São Francisco deve percorrer as principais ruas do Centro da cidade.

No último dia da festa, a cidade ficou ainda mais lotada. Devotos do santo padroeiro de Canindé não queriam perder a oportunidade de assistir a última missa dos festejos. Os principais pontos do roteiro de fé dos devotos, como a Casa dos Milagres e a Basílica de São Francisco, estavam ainda mais cheios e movimentados. Pagadores de promessa se destacavam entre a multidão, entrando chorando pela igreja ou ajoelhados. A novena realizada na Praça dos Romeiros, na noite do último sábado (15), reuniu cerca de 80 mil pessoas segundos os organizadores. Os fiéis seguravam velas, promovendo uma cena ainda mais encantadora.

O pároco e reitor do Santuário, frei Marconi Lins, destaca que o público dos dez dias de festa superou a expectativa inicial de 200 mil pessoas. “Ficou muito mais além do que a gente esperava. Vamos ver estes dias a questão exata do público. Mas foi uma festa intensa e repleta de romeiros”. Apesar das dificuldades, tanto as financeira como as provocadas pela seca, frei Marconi avalia a festa como positiva. “Apesar da questão financeira, a questão do inverno ruim, a dificuldade dos romeiros, a festa ficou dentro de nossas expectativas, daquilo que planejávamos transmitir, sobretudo o tema do compromisso com a questão ambiental. Essa mensagem foi passada e ficou muito viva no coração das pessoas”.

Amanhã o Diário do Nordeste traz uma matéria contando os detalhes do encerramento da festa. Não deixe de ler.

_________

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité.

Participe enviando a sua sugestão de notícia, vídeo ou foto através do WhatsApp 55 85 99931 3798, ou através do email: jornalismosertaocentral@gmail.com