Busca

PROJETO GÊNESIS > Ufologia em destaque no Sertão Central

07:00 · 04.11.2012 / atualizado às 07:17 · 04.11.2012 por

Quixadá > Especialistas em ufologia vão iniciar pesquisas em torno do gênero na Área Q, como ficou conhecida a região de Quixadá e Quixeramobim, onde são comuns relatos de avistamentos de óvnis. Um aficionado estudioso do tema no Estado, Robisson Alencar, mais conhecido como Boby Peças, é um dos idealizadores da proposta. Segundo ele, trata-se do Projeto Gênesis, o primeiro estudo de campo do gênero no Ceará. Uma equipe está sendo formada para trabalhar em conjunto com a Associação Gênesis, uma organização não governamental cujo objetivo é desenvolver e executar projetos como simpósios, livros, vídeos, documentários e excursões de visita a lugares considerados importantes para as pesquisas. A rota terá início nas duas cidades do Sertão Central do Ceará.

A ideia principal do projeto é dar mais credibilidade aos fenômenos de fato registrados na região, mas desprezados ou escondidos pelos órgãos oficiais como as Força Aéreas de muitos países e os institutos espaciais internacionais, como a NASA, explica o ufólogo.

Na avaliação de Boby Peças, dos casos apontados como relacionados aos OVNIs ou UFOs, somente 2% tem alguma fundamentação para pesquisas mais especificas sobre esses fenômenos. A maioria deles, os outros 98%, geralmente não tem veracidade. O restante dos casos anunciados, são de algum tipo de objeto do universo cósmico cruzando o espaço tais como meteoros e cometas, ou terráqueos, como satélites e até aeronaves de modelos não convencionais como os aviões, utilizadas pelas forças armadas dos países mais desenvolvidos como os Estados Unidos, Inglaterra e Rússia. Às vezes também são brincadeiras, peças pregadas por descrentes de vida além da Terra.

Veja a reportagem completa no Diário do Nordeste clicando aqui > Projeto Gênesis

Comente, curta no Facebook, no Orkut, no Twitter e acesse também as outras postagens do blog Diário Sertão Central > http://blogs.diariodonordeste.com.br/sertaocentral/

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *