Caso Maria Esther: grávida, mãe que matou filha pode perder guarda do futuro bebê; entenda o que diz a lei

Crime hediondo não prevê benefício de prisão domiciliar para a lactante, diz criminalista