Edital de concurso não pode barrar quem responde a processo criminal, decide STF

Para a maioria dos ministros, a restrição viola o princípio constitucional da presunção de inocência