Sopa de Livros

Categoria: Aventura


10:59 · 22.01.2016 / atualizado às 11:06 · 22.01.2016 por

Li, há alguns dias, “Snoopy: A felicidade é um cobertor quentinho!”, de Charles M. Schulz. Desde então, fiquei aqui sondando sobre o que falar desse livro. Eu, que nunca tinha lido Snoopy, assistido ao desenho ou aos filmes. O que uma pessoa totalmente fora do seu lugar-comum (das leituras-comum) poderia comentar sobre esses clássicos personagens que foram eternizados desde a infância na vida de tantas pessoas ao redor do globo?

O que a mim cabe, compreendi, é transmitir as sensações de uma nova leitora. Uma nova fã, por assim dizer. Em “A felicidade é um cobertor quentinho!”, Linus está bem obcecado pelo seu cobertor, sendo capaz de renegar tudo e todas as convenções para estar ao lado daquele pedaço de pano aparentemente sem nenhuma característica que o torne especial. Corrijo: apenas o fato de ele ser de Linus torna-o especial.

a felicidade

Charlie Brown está apegado a sua pipa. Não há árvores, vento ou catástrofe que o afaste da ideia de que precisa empinar aquela pipa.

E nesse Carnaval, Lucy ainda não superou o amor não-correspondido por Schroeder, que vê mais proveito em seu piano do que na moça.

a fe

Deu pra perceber? Nessa obra, os personagens estão ligados, conectados, dependentes de algo. Todos eles procuram por afeto, seja no cobertor, na pipa ou no outro. E não tem recusa, ameaça ou perda que os detenham de persistir acreditando.

O pequeno cão Snoopy está presente em todos esses momentos, como um observador distante fazendo caras e bocas, rindo à toa desse carrossel sem sentido.

Foram também essas pequenas “lições morais” sutis do texto que me encantaram. É uma dessas leituras gostosas de ônibus, para crianças e adultos, meninos e meninas que ainda acreditam no companheirismo e na necessidade que às vezes temos de contato.

 

>> Aqui você pode ainda conferir o episódio completo em inglês do desenho animado sobre o cobertor quentinho:

 

SOBRE O LIVRO

Snoopy

A felicidade é um cobertor quentinho! (2013)

Charles M. Schulz

Editora Nemo

R$ 23,80

 

 

*Por Rosiane Melo

09:09 · 04.01.2016 / atualizado às 09:09 · 04.01.2016 por

Como já noticiamos aqui no Sopa, o autor de Maze Runner, James Dashner, finalizou “The Fever Code”, mais recente obra da saga. Agora foi divulgada a capa internacional da obra. Confira:

22

“The Fever Code” é um prequel (termo que, em literatura, refere-se a uma história anterior a outra já lançada) que se passará após os acontecimentos de “A Ordem do Extermínio” e início de “Correr ou Morrer”. A previsão de lançamento é em setembro de 2016.

Livros da saga publicados no Brasil
Livros da saga publicados no Brasil

A Vergara & Riba, editora que publica os livros da saga no Brasil, já confirmou a publicação nacional.

 

*Por Rosiane Melo

08:56 · 23.12.2015 / atualizado às 10:06 · 23.12.2015 por

Star Wars montagem

Então, a Força finalmente despertou e Star Wars está mais do que nunca na boca e no coração de toda uma legião de fãs desta galáxia tão, tão distante. Mas, como o Episódio VIII só chega aos cinemas em 2017, o jeito é cair de cabeça na imensidão do Universo Expandido.

Como praticamente tudo dentro de Star Wars, os aficionados por leituras podem escolher entre dois lados: Legends e Cânone. E mais, essas duas escolhas estão presentes tanto no que diz respeito a livros como a quadrinhos. Entretanto, diferente dos dramas passados pelos Jedis, transitar entre um lado e outro não causa distúrbio algum na Força. Na verdade, a deixa ainda mais poderosa.

 

>>>>Legends

Como a maioria dos fãs já deve estar cansado de saber, após a venda da Lucasfilm para a Disney, tudo aquilo que fazia parte do Universo Expandido ganhou o selo de Legends – viraram lendas que não se sabe ao certo se aconteceram ou não. O que não significa que deixaram de ser leituras prazerosas ou que possam existir em um universo paralelo. Aí cabe à imaginação de cada um para decidir como vai considerar essas histórias. Escolhas à parte, algumas dicas de leitura bastante interessantes são:

 

Star Wars: Kenobi

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Kenobi

A história se passa logo após os acontecimentos do Episódio III – A Vingança dos Sith. Nela, acompanhamos as aventuras de Obi-Wan Kenobi, agora Ben, logo após sua chegada a Tatooine e a entrega do pequeno Luke aos tios Owen e Beru Lars.

Enquanto tenta se manter o mais invisível possível, Ben acaba se vendo-se dividido entre sua missão Jedi, de manter a criança a salvo, e a missão fundamental dos Jedis, de proteger os mais fracos. Assim, ele acaba se envolvendo nos problemas do Oásis Pika, um vilarejo no meio do deserto, e de Annileen Calwell, uma dona de armazém forte e cativante.

 

Trilogia Thrawn

Herdeiro do Império, Ascensão da Força Sombria e O Último Comando

Timothy Zahn

Editora Aleph

R$ 82,90

Herdeiro do Império

Ascensão da Força Sombria
O Último Comando

 

Considerada pelos fãs de longa data uma das melhores histórias do Universo Expandido, a Trilogia Thrawn acompanha o trio Luke Skywalker, Han Solo e Leia, agora Organa Solo, além dos demais personagens queridos da saga (Chewie, os droids, Lando, Wedge, etc) cinco anos após aos acontecimentos do Episódio VI – O Retorno de Jedi.

Na trama, Luke se vê com toda a responsabilidade de ser o último Jedi existente e com todas os encargos que aquilo significa: treinar sua irmã, restabelecer a Ordem Jedi, não sucumbir ao Lado Negro da Força. Leia, por sua vez, também fica divida entre suas obrigações políticas e seu treinamento Jedi, enquanto espera para exercer um terceiro papel em sua vida: ser mãe de gêmeos. Já Han tenta convencer os contrabandistas a cooperarem com a Nova República, o que se mostra uma missão praticamente impossível.

Ao mesmo tempo, a antiga Aliança Rebelde se depara com um remanescente do Império, o grão-almirante Thrawn: um gênio estrategista que tem como objetivo retomar o controle imperial na galáxia.

 

>>>>Cânone

Se por um lado a Disney oficialmente desconsiderou tudo o que havia sido feito antes da compra da Lucasfilm, ao mesmo tempo ela se propôs a criar um novo Universo Expandido (ou transmídia pelo menos), criando histórias complementares aos filmes de George Lucas e prelúdios para o que está por vir.

 

Star Wars: Um novo amanhecer

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Um Novo Amanhecer

Situado após a Ordem 66, em a Vingança dos Sith, “Um novo amanhecer” funciona como uma espécie de introdução à série da Disney “Star Wars Rebels”, do primeiro contato do último padawan Kanan Jarrus com a a misteriosa twi’lek Hera Syndulla.

Enquanto Kanan tenta, a todo custo manter-se o mais longe possível Império, Hera parece querer exatamente o oposto. Os dois acabam se esbarrando no meio de uma das estadias temporárias do padawan em um planeta que parecia esquecido pelo  imperador, mas que virou foco de interesse de mineração e um dos locais de investigação da twi’lek.

Entre o desejo de se manter invisível e a natural necessidade de ajudar ensinada aos Jedis, Kanan acaba se envolvendo nos problemas de Hera e do planeta, numa história envolvente e cheia de teorias da conspiração.

 

Star Wars: Marcas da Guerra

Chuck Wendig

Editora Aleph

R$ 31,90

Marcas da Guerra

A trilogia iniciada por “Marcas da Guerra” se propõe a mostrar o cenário pós-guerra que levou aos acontecimentos da nova trilogia cinematográfica iniciada por “O Despertar da Força”. O livro mostra o que acontece depois de “O Retorno de Jedi. Nesse novo panorama galáctico, vamos descobrir que a guerra ainda não chegou ao fim e que os traumas deixados por ela ainda serão sentidos por muitos e muitos ciclos.

Novos personagens e velhos conhecidos da saga agora devem escolher o lado a que deverão jurar lealdade: a Nova República, procurando estabelecer um novo governo democrático na galáxia; ou as fileiras imperiais, na tentativa de voltar ao poder absoluto depois das mortes dos lordes Sith Palpatine e Darth Vader.

>>>>Quadrinhos

No que diz respeito aos quadrinhos, duas séries estão sendo publicadas pela Panini Comics. Ambas retratam o período logo após a destruição da Estrela da Morte no Episódio IV – Uma Nova Esperança e a obsessão de Darth Vader em achar os rebeldes e, sobretudo, Luke Skywalker.

Star Wars - Legends
Star Wars – Legends

A primeira, Star Wars – Legends, foi um série da Dark Horse que estreou em 2013, com roteiros de Brian Wood e arte de Carlos D’Anda. A trama mostra uma princesa Leia ainda abalada com a destruição de Aldeeran, mas ainda assim um forte e respeitável líder de combate; um Han Solo malandro, metido em confusões à favor da Aliança Rebelde; e um Luke ainda imaturo e confuso entre os caminhos da Força e a liberdade recém adquirida após finalmente se ver livre de Tatooine.

Além da história principal, a revista é acompanha por histórias secundárias de Jedis sobreviventes da Ordem 66 que tentam fugir do Império, enquanto lutam pela manutenção da Ordem Jedi, mesmo que secretamente.

Star Wars - Marvel
Star Wars – Marvel

Já a nova história cânone, com o selo Marvel, tem roteiro de Jason Aaron e ilustrações de John Cassaday, e retrata mais intensamente a busca dos rebeldes por uma nova base, porém a série se propõe a esclarecer alguns eventos do passado de alguns personagens. E, diferente dos quadrinhos de 2013, essa nova leitura mostra Luke mais comprometido com a sua formação Jedi.

Star Wars Darth Vader - Marvel
Star Wars Darth Vader – Marvel

Há ainda a revista Star Wars – Darth Vader, escrito por Kieron Gillen e ilustração de Salvador Larroca, com acontecimentos simultâneos à outra história, mas dando foco à busca do lord sombrio e seus esforços para voltar aos bons olhos do imperador após o fiasco de Yavin.

As duas revistas também são complementadas de histórias secundárias. Star Wars traz a série “Kanan, o Último Padawan” (escrito por Greg Weisman, com desenhos de Pepe Larraz), que rememora as origens do Jedi da série da Disney XD, Star Wars Rebels, enquanto Darth Vader vem acompanhado de “Princesa Leia” (roteiro de Mark Waid e arte de Terry Dodson), que mostra a busca de Leia pelos remanescentes de Aldeeran espalhados pela galáxia.

 

*Colaboração de Luiza Carolina Figueiredo

 

**Detalhe: este é o último post do ano. Para todos os nossos leitores, feliz natal e ano novo. E que venha 2016!**

12:42 · 22.12.2015 / atualizado às 13:03 · 22.12.2015 por

tumblr_lwa6izOQSM1qesmejo1_r1_500
Pois é, está chegando uma das melhores épocas do ano. O Natal é momento de celebração em família, ceia e, é claro, troca de presentes. E para nós, leitores, não há presente melhor do que livros, certo?

Pensando nisso, o Sopa de Livros reuniu uma listinha de obras literárias para presentear na noite de Natal.

Confira:

1 – A cabeça do santo, de Socorro Acioli

R$ 37
R$ 37

Pouco antes de morrer, a mãe de Samuel lhe faz um último pedido: que ele vá encontrar a avó e o pai que nunca conheceu. Mesmo contrariado, o rapaz cumpre a promessa e faz a pé o caminho de Juazeiro do Norte até a pequena cidade de Candeia, sofrendo todas as agruras do sol impiedoso do sertão do Ceará. Seu primeiro contato na cidade será com Francisco, um rapaz de quem logo fica amigo e que resolve ajudá-lo a explorar comercialmente o seu dom da escuta, promovendo casamentos e outras artimanhas amorosas. Antes parada no tempo, a cidade aos poucos volta à vida, à medida que vai sendo tomada por fiéis de todos os cantos, atraídos pelo poder inaudito de Samuel. Em meio a esse tumulto, ele irá descobrir a verdade sobre o desaparecimento do pai e se apaixonar por uma voz misteriosa que se destaca entre as tantas outras que ecoam na cabeça do santo.

 

2 – Uma pequena casa de chá em cabul, de Deborah Rodrigues

R$ 29,90
R$ 29,90

Sunny é a orgulhosa proprietária de uma pequena casa de chá no coração do Afeganistão e precisa de um plano genial – e rápido – para manter o local e os clientes seguros. Todos em busca de um momento de paz em uma região onde a tensão paira no ar e uma bomba pode explodir a qualquer momento, mas também se torna o cenário para o encontro de cinco mulheres que, mesmo tão diferentes entre si, compartilham segredos e tornam-se amigas com uma relação extraordinária.

 

3 – Um teto todo seu, de Virgínia Woolf 

R$ 34
R$ 34

Baseado em palestras proferidas por Virginia Woolf nas faculdades de Newham e Girton em 1928, o ensaio “Um teto todo seu” é uma reflexão acerca das condições sociais da mulher e a sua influência na produção literária feminina. Virginia mostra como, na época, a elaboração da competência de uma pessoa dependia de seu sexo, uma vez que a sociedade reservava aos homens e às mulheres papéis, atribuições e concessões bastante distintas.

 

4 – Deixe a Neve Cair, de John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

R$ 29,50
R$ 29,50

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores best-sellers John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três contos de amor, com direto a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.

5 – Turismo para Cegos, de Tércia Montenegro

R$ 34,90
R$ 34,90

A vida de Laila está prestes a se esfacelar. Jovem aluna de artes plásticas, ela tem o futuro interrompido pelo diagnóstico de uma retinose, doença degenerativa e incurável que cedo ou tarde lhe custará a visão. Dona de uma personalidade forte, ela passa a viver como que à margem dos códigos sociais da família rica e dos amigos bem sucedidos, fazendo o que bem entende e da maneira que lhe convém. É justamente assim que começa sua relação com Pierre, jovem funcionário público de vida e ambições modestas. Neste belíssimo romance de estreia, Tércia Montenegro usa a relação incomum de Laila e Pierre para explorar os labirintos de uma relação a dois. A autora usa da escuridão que envolve sua protagonista para revelar uma incomum (e familiar) história de amor.

 

6 – A Vida Privada das Árvores, de Alejandro Zambra

R$ 27
R$ 27

Segundo livro do escritor chileno Alejandro Zambra, “A vida privada das árvores” é a história de uma espera. Julián, um professor de literatura e aspirante a escritor, aguarda a chegada de Verónica, sua mulher. Mas ela não chega e a espera se alonga. Junto com a enteada, a pequena Daniela, Julián distrai as horas contando histórias de árvores para a menina. Enquanto a mulher não chega, Julián recompõe na memória seu passado e, na imaginação, inventa um futuro possível no qual sua companheira já não existe.
Gostou? Bom natal!

quero todos
quero todos

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

13:01 · 11.12.2015 / atualizado às 13:05 · 11.12.2015 por

Rick Riordan não para! Depois de Percy Jackson e os Olimpianos, Os Heróis do Olimpo e Marcus Chase, agora o autor best-seller vai lançar uma nova série de livros sobre a mitologia grega, intitulada The Trials of Apollo (As Provas de Apollo, em tradução livre).

rick-riordan

 

Só que dessa vez a história é um pouquinho diferente.  O personagem principal da saga será um deus, Apollo, saindo um pouco do núcleo de protagonistas semideuses – bastante explorados nas sagas anteriores do autor.

O primeiro livro será The Hidden Oracle (O Oráculo Escondido) e deve ser lançado em 3 de maio de 2016 nos EUA.

Confira a capa e sinopse oficial da obra:

26252859

 

Como você pune um imortal? Tornando-o humano. Após irritar Zeus, o deus Apollo é jogado para fora do Olimpo. Fraco e desorientado, ele chega a cidade de Nova Iorque como um adolescente comum. Agora, sem seus poderes divinos, a deidade de quatro mil anos de idade deve aprender a sobreviver no mundo moderno até que ele possa, de alguma forma, encontrar uma maneira de entrar nas graças de Zeus novamente. Mas Apollo tem muitos inimigos — deuses, monstros e mortais que amariam ver o ex olimpiano permanentemente destruído. Apollo precisa de ajuda, e ele acha que o único lugar para ir… um enclave de modernos semi deuses conhecido como Acampamento Meio-Sangue.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

09:39 · 23.11.2015 / atualizado às 09:42 · 23.11.2015 por

Pois é, no último dia 19 foram divulgados os vencedores do Prêmio Jabuti de Literatura deste ano, a mais tradicional premiação literária do País. Como são muitas categorias – 27 para ser exato, que incluem obras de medicina a ficção -, o Sopa fez uma seleção das principais e mais disputadas categorias.

Apenas um cearense figura na lista, o Klevisson Viana, que ficou em terceiro lugar nas adaptações, com a obra “O Guarani em Cordel”.

betinho

 

 

Confira abaixo a lista dos principais vencedores de 2015:

> Adaptação

 Título: Kaputt – Autor: Guazzelli – Editora: WMF Martins Fontes

Kaputt

Sinopse: Misto de reportagem e ficção, ‘Kaputt’ foi escrito secretamente quando Curzio Malaparte cobria a Segunda Guerra Mundial como enviado do jornal Corriere della Sera e se tornou um best-seller ao ser publicado. Relatando jantares e conversas do lado do inimigo, Malaparte apresenta um retrato devastador da humanidade.

Kaputt-04

 

 

> Biografia

Título: Luís Carlos Prestes – Um Revolucionário Entre Dois Mundos – Autor: Daniel Aarão Reis –Editora: Companhia das Letras

luiscarlos

Sinopse: Daniel Aarão Reis — professor titular da Universidade Federal Fluminense (UFF) e respeitado historiador das esquerdas brasileiras — escreve um relato biográfico equilibrado e completo, à altura de suas grandezas e contradições de Luís Carlos Prestes em uma ambiciosa investigação sobre o homem por trás do mito do “Cavaleiro da Esperança”. Aarão Reis acompanha os passos do líder comunista com ênfase em sua incansável atuação política, marcada pela ferrenha coerência ideológica e numerosos sacrifícios pessoais.

 

> Contos e crônicas

Título: Sem Vista para o Mar – Autor: Carol Rodrigues – Editora: Edith

semvista

Em um apanhado de 21 contos, “Sem vista para o mar” reúne os escritos (texto simples, que não respeita pontos e vírgulas e lembra poesia) da autora durante o curso de escrita que fez com Marcelino Freire no Centro Cultural B_arco, em São Paulo.

 

> Didáticos e Paradidáticos

Título: Arte é Infância – Autor: Vivian Caroline Lopes – Editora: Ciranda Cultural

maria

 

 

Sinopse: Arte é infância traz cinco narrativas sobre artistas consagrados da arte moderna mundial: Joan Miró, Paul Klee, Wassily Kandinsky, Anita Malfatti e Lasar Segall. Para auxiliar professores a transformar o conteúdo lúdico dos livros em conhecimento de história da arte e práticas de sala de aula, apresenta também o Apoio Didático, com sugestão de sequências didáticas que contemplam atividades diversas, como produção de textos, produção de imagens, pesquisas pessoais de linguagem, além de proporcionar diálogos com cinema, teatro e dança. A coleção foi concebida a partir da vivência e da experiência em sala de aula com alunos de diversas faixas etárias, principalmente em escolas públicas e Organizações Não Governamentais.

 

> Ilustração

Título: Claudius – Ilustrador(a): Claudius Ceccon – Editora: Editora SESI – SP

claudius

 

Sinopse: O título faz parte da Coleção Memória e Sociedade, publicada pela editora SESI-SP, que promove uma retrospectiva da história do País e o resgate do acervo cultural de nossa sociedade.

ceccon

 

> Infantil

Título: A História Verdadeira do Sapo Luiz – Autor: Luiz Ruffato – Editora: Editora DSOP

sapo

 

Sinopse: Uma linda princesa,em idade de se casar, não consegue encontrar um pretendente que conquiste o seu coração.Sua aia, cansada de ver a jovem triste e solitaria, tem então uma grande intuição:o príncipe não aparece porque está encantado, transformado em um sapo. Basta achar o pequeno animal e dar-lhe um beijo, que logo um rapaz belo e elegante surgirá á sua frente. Mas quantos sapos a princesa precisará beijar até encontrar aquele capaz de sua vida mudar?

Mais detalhes sobre a obra, você pode conferir aqui.

 

> Juvenil

Título: A Linha Negra – Autor: Mario Teixeira – Editora: Editora Scipione

linhanegra

 

Sinopse: O jovem Casimiro começava a se descobrir homem quando foi enviado pelo pai para participar de um conflito que se estenderia por cinco anos: a Guerra do Paraguai. Em janeiro de 1865, o rapaz se tornava soldado e partia rumo ao desconhecido. Em meio às desilusões da campanha, o improvável acontece: Casimiro se apaixona pela bela Francisca, a favorita do ditador paraguaio. Porém, o rapaz é logo separado da amada e enviado para a Linha Negra, uma perigosa trincheira nas avançadas. É então que sua jornada fica ainda mais perigosa e imprevisível.

 

> Poesia

Título: Corpo de Festim – Autor: Alexandre Guarnieri – Editora: Confraria do Vento

corpo

 

Sinopse: “Alexandre Guarnieri inaugura um novo gênero literário: seu poema voyeur biológico devassa os mais íntimos processos de gênese e institui a ordem da polivalência lírica nestas plagas abaixo do Equador. Com seus versos elegantemente bandalhos, ele conta a história da humanidade”, por Furio Lonza

 

> Romance

Título: Quarenta Dias – Autor: Maria Valéria Rezende – Editora: Editora Objetiva

quarentadias

 

Sinopse: Alice é uma professora aposentada, que mantinha uma vida pacata em João Pessoa até ser obrigada pela filha a deixar tudo para trás e se mudar para Porto Alegre. Mas uma reviravolta familiar a deixa abandonada à própria sorte, numa cidade que lhe é estranha, e impossibilitada de voltar ao antigo lar. Ao saber que Cícero Araújo, filho de uma conhecida da Paraíba, desapareceu em algum lugar dali, ela se lança numa busca frenética, que a levará às raias da insanidade.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:29 · 18.11.2015 / atualizado às 10:29 · 18.11.2015 por

O ator norte-americano Matthew McConaughey (mais conhecido por sua atuação em Clube de Compras Dallas True Detective) estaria em negociação para estrelar a adaptação para os cinemas de “A Torre Negra”, série de Stephen King inspirada nas histórias de J. R. R. Tolkien (O Senhor dos Anéis). As informações são do The Wrap.

darktower

Segundo a publicação, McConaughey poderá escolher qual personagem interpretará, caso aceite o contrato: o protagonista, Roland Deschain, ou o vilão Walter Padick.

Nikolaj Arcel (Os Homens que não Amavam as Mulheres) irá dirigir o filme. Já Stephen King fará parte do time de produtores.

Livros da série
Edições nacionais dos livros da série

A Sony Pictures Entertainment deve financiar o que pode ser o primeiro filme de uma longa franquia que ainda terá uma série de TV produzida pela MRCTV.

Ao todo, a série “A Torre Negra” levou 30 anos para ser escrita e é composta por oito livros que misturam diversos gêneros, desde terror, fantasia a ficção científica na história de um pistoleiro que viaja em direção à temível Torre Negra.

Não é a primeira vez que são feitas tentativas de adaptar a série. Os estúdios Warner Bros. e a Universal Pictures foram alguns dos que francassaram em sua adaptação.

Vamos torcer que dessa vez dê tudo certo!

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:20 · 16.11.2015 / atualizado às 11:20 · 16.11.2015 por

A adaptação da trilogia distópica Divergente, da americana Veronica Roth,  chega ao seu terceiro filme, “A Série Divergente: Convergente”,  que estreia em 17 de março de 2016. Enquanto a data não chega, foi divulgado o primeiro trailer da produção.

Confira:

YouTube Preview Image

 

Os atores Shailene WoodleyTheo James interpretam os protagonistas da trama, que gira em torno do desafio de entender o mundo que há por trás da Muro e como lidar com novos desafios e difíceis escolhas.

a

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

08:20 · 12.11.2015 / atualizado às 08:20 · 12.11.2015 por

Nunca se falou tanto de quadrinho como se fala atualmente. Talvez seja um pouco perigoso afirmar isso com tal convicção, visto que na linha histórica da banda desenhada a separa em eras de platina, ouro, prata e bronze, enquanto a atual vem sendo chamado Era de Ferro. Entretanto, a crescente popularização das HQs é um fato incontestável por dois motivos: nunca se produziu tanto material relacionado ao gênero (cinema, TV, os videogames, artes plásticas, bens de consumo) e, principalmente, nunca se deu tanto destaque à produções autorais nacionais e regionais.

Por muito tempo, falar sobre quadrinhos era reverenciar os trabalhos das grandes editoras americanas, como Marvel e DC (e a Maurício de Sousa Produções no Brasil), entretanto vê-se uma mudança nesse cenário há alguns anos. É claro que, para muitos quadrinistas, o grande sonho ainda é trabalhar para essas empresas, mas outros simplesmente investem na produção de trabalhos autorais e, aos poucos, vão ganhando reconhecimento por suas próprias histórias.

A razão disso? A maior visibilidade do gênero, gerada direta ou indiretamente pelas grandes produções de cinema e TV, os editais governamentais que custeiam a produção dos vencedores e a ascensão do financiamento coletivo. Também pode-se adicionar ao pacote a visibilidade que a internet pode proporcionar aos artistas independentes.

No Ceará, a situação não é diferente. Vários quadrinistas vêm se destacando através da produção original, seja ela impressa ou digital, e até ganhando reconhecimento a nível nacional. Confira abaixo alguns dos promissores artistas do Estado:

 

mino

 

Mino (Hermínio Macedo Castelo Branco)

Não é possível se falar em quadrinhos cearenses sem citar o criador do primeiro personagem de repercussão do Estado, o Capitão Rapadura. O personagem foi criado há 42 anos e é um herói genuinamente nordestino, que não usa violência para combater o mal e retira suas forças da rapadura. Atualmente, suas obras podem ser conferidas no periódico Rivista, revista com “algumas pitadas de humor, cearensidade, cartuns, gastronomia, artes plásticas e mais algumas outras ‘cositas’”.

Blog: http://capitaorapadurabrasil.blogspot.com.br/

 

Zé Wellington

No mundo dos quadrinhos, Zé Wellington é roteirista. Ele assina os roteiros de “Interludio”, indicado ao Troféu HQ MIX 2010 na categoria melhor edição única independente; “Quem Matou João Ninguém?”, indicado ao Troféu HQ MIX 2015 como Novo Talento Roteirista e publicado pelo Edital de Incentivo às Artes do Governo do Estado do Ceará; e “Steampunk Ladies: Vingança a Vapor”. Além disso, participa de diversas coletâneas e revistas especializadas em literatura fantástica e quadrinhos.

Site: http://www.zewellington.com/

ZOEIRA

Talles Rodrigues 

Jornalista por formação, finalizou a faculdade e estreou nos quadrinhos através do livro-reportagem “Pânico no José Walter”, na qual investiga o Cortabundas, lenda urbana do bairro onde mora. No seu portfólio, também encontram-se as obras “Clube Dos Monstros Dos Bairros Distantes”, que marca o início da parceria com o roteirista alagoano Pablo Casado, continuada em “Mayara & Annabelle”, indicado ao HQ Mix 2015 na categoria “Publicação Independente de Autor”. A história das duas servidor públicas que caçam monstros recentemente ganhou um volume 2, financiado com sucesso no site Catarse, arrecadando mais que o dobro do valor solicitado na campanha.

Tumblr: http://tallesrodrigues.tumblr.com/

 

sirlanney

Sirlanney

Desenhista e roteirista, também foi indicada ao HQ Mix 2015 com a coletânea de quadrinhos autobiográficos “Magra de Ruim”, na categoria de “Publicação Independente de Autor”. O livro conta com os melhores quadrinhos que foram publicados no blog de Sirlanney nos anos de 2012, 2013 e início de 2014. A coletânea foi financiada com sucesso pelo Catarse, mesmo caso do Zine XXX, projeto formado por cinco zines de 24 páginas cada, com conteúdo produzido exclusivamente por mulheres.

Site: http://www.sirlanney.com/

 

natália

 

Natália Matos

A ilustradora Natália Matos é autora da página no Facebook Natitum, onde publica tirinhas de sua personagem de webcomics “Nina”, personagem sonhadora, ávida por leitura e que sempre anda com uma coroa na cabeça. Além de Nina, Natália também publica ilustrações, tirinhas e histórias mais longas em seu tumblr.

Fanpage: https://www.facebook.com/MobiliaBalao

Tumblr: http://natalia-matos.tumblr.com/post/103653483297

 

*Colaboração de Luiza Carolina Figueiredo

12:16 · 06.11.2015 / atualizado às 12:28 · 06.11.2015 por

Nos últimos dias, o universo dos livros de fantasia tem transbordado de novidades. Uma delas é a divulgação de novas imagens da primeira adaptação do spin-off de Harry Potter, “Animais Fantásticos e Onde Habitam”. A outra são os novos teasers e o primeiro trailer oficial de “Alice Através do Espelho”.

Sobre Animais Fantásticos e Onde Habitam, que conta com o vencedor do Oscar, Eddie Redmayne, no elenco, as imagens fazem parte da edição especial da revista Entertainment Weekly sobre a produção. Confira abaixo:

animais1 animais2

animais1 (1)

animais3

animais1 (1)

O filme é o primeiro de três que serão feitos sobre o livro homônimo de J. K. Rowling (que assina pela primeira vez um roteiro de cinema). Para quem não conhece a história, o longa se passa em 1926, em Nova York, e abordará acontecimentos mais voltados ao universo das criaturas mágicas abordado na literatura.

Já Alice Através do Espelho ganhou seu primeiro trailer e dois novos teasers, além do que noticiamos aqui no Sopa.

Assista:

YouTube Preview Image

 

YouTube Preview Image

 

YouTube Preview Image

 

“Alice Através do Espelho” estreia em 27 de maio de 2016 nos cinemas. No elenco, destaque para Mia Wasikowska, Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Anne Hathaway e Sacha Baron Cohen.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs