Sopa de Livros

Categoria: Ficção científica


08:56 · 23.12.2015 / atualizado às 10:06 · 23.12.2015 por

Star Wars montagem

Então, a Força finalmente despertou e Star Wars está mais do que nunca na boca e no coração de toda uma legião de fãs desta galáxia tão, tão distante. Mas, como o Episódio VIII só chega aos cinemas em 2017, o jeito é cair de cabeça na imensidão do Universo Expandido.

Como praticamente tudo dentro de Star Wars, os aficionados por leituras podem escolher entre dois lados: Legends e Cânone. E mais, essas duas escolhas estão presentes tanto no que diz respeito a livros como a quadrinhos. Entretanto, diferente dos dramas passados pelos Jedis, transitar entre um lado e outro não causa distúrbio algum na Força. Na verdade, a deixa ainda mais poderosa.

 

>>>>Legends

Como a maioria dos fãs já deve estar cansado de saber, após a venda da Lucasfilm para a Disney, tudo aquilo que fazia parte do Universo Expandido ganhou o selo de Legends – viraram lendas que não se sabe ao certo se aconteceram ou não. O que não significa que deixaram de ser leituras prazerosas ou que possam existir em um universo paralelo. Aí cabe à imaginação de cada um para decidir como vai considerar essas histórias. Escolhas à parte, algumas dicas de leitura bastante interessantes são:

 

Star Wars: Kenobi

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Kenobi

A história se passa logo após os acontecimentos do Episódio III – A Vingança dos Sith. Nela, acompanhamos as aventuras de Obi-Wan Kenobi, agora Ben, logo após sua chegada a Tatooine e a entrega do pequeno Luke aos tios Owen e Beru Lars.

Enquanto tenta se manter o mais invisível possível, Ben acaba se vendo-se dividido entre sua missão Jedi, de manter a criança a salvo, e a missão fundamental dos Jedis, de proteger os mais fracos. Assim, ele acaba se envolvendo nos problemas do Oásis Pika, um vilarejo no meio do deserto, e de Annileen Calwell, uma dona de armazém forte e cativante.

 

Trilogia Thrawn

Herdeiro do Império, Ascensão da Força Sombria e O Último Comando

Timothy Zahn

Editora Aleph

R$ 82,90

Herdeiro do Império

Ascensão da Força Sombria
O Último Comando

 

Considerada pelos fãs de longa data uma das melhores histórias do Universo Expandido, a Trilogia Thrawn acompanha o trio Luke Skywalker, Han Solo e Leia, agora Organa Solo, além dos demais personagens queridos da saga (Chewie, os droids, Lando, Wedge, etc) cinco anos após aos acontecimentos do Episódio VI – O Retorno de Jedi.

Na trama, Luke se vê com toda a responsabilidade de ser o último Jedi existente e com todas os encargos que aquilo significa: treinar sua irmã, restabelecer a Ordem Jedi, não sucumbir ao Lado Negro da Força. Leia, por sua vez, também fica divida entre suas obrigações políticas e seu treinamento Jedi, enquanto espera para exercer um terceiro papel em sua vida: ser mãe de gêmeos. Já Han tenta convencer os contrabandistas a cooperarem com a Nova República, o que se mostra uma missão praticamente impossível.

Ao mesmo tempo, a antiga Aliança Rebelde se depara com um remanescente do Império, o grão-almirante Thrawn: um gênio estrategista que tem como objetivo retomar o controle imperial na galáxia.

 

>>>>Cânone

Se por um lado a Disney oficialmente desconsiderou tudo o que havia sido feito antes da compra da Lucasfilm, ao mesmo tempo ela se propôs a criar um novo Universo Expandido (ou transmídia pelo menos), criando histórias complementares aos filmes de George Lucas e prelúdios para o que está por vir.

 

Star Wars: Um novo amanhecer

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Um Novo Amanhecer

Situado após a Ordem 66, em a Vingança dos Sith, “Um novo amanhecer” funciona como uma espécie de introdução à série da Disney “Star Wars Rebels”, do primeiro contato do último padawan Kanan Jarrus com a a misteriosa twi’lek Hera Syndulla.

Enquanto Kanan tenta, a todo custo manter-se o mais longe possível Império, Hera parece querer exatamente o oposto. Os dois acabam se esbarrando no meio de uma das estadias temporárias do padawan em um planeta que parecia esquecido pelo  imperador, mas que virou foco de interesse de mineração e um dos locais de investigação da twi’lek.

Entre o desejo de se manter invisível e a natural necessidade de ajudar ensinada aos Jedis, Kanan acaba se envolvendo nos problemas de Hera e do planeta, numa história envolvente e cheia de teorias da conspiração.

 

Star Wars: Marcas da Guerra

Chuck Wendig

Editora Aleph

R$ 31,90

Marcas da Guerra

A trilogia iniciada por “Marcas da Guerra” se propõe a mostrar o cenário pós-guerra que levou aos acontecimentos da nova trilogia cinematográfica iniciada por “O Despertar da Força”. O livro mostra o que acontece depois de “O Retorno de Jedi. Nesse novo panorama galáctico, vamos descobrir que a guerra ainda não chegou ao fim e que os traumas deixados por ela ainda serão sentidos por muitos e muitos ciclos.

Novos personagens e velhos conhecidos da saga agora devem escolher o lado a que deverão jurar lealdade: a Nova República, procurando estabelecer um novo governo democrático na galáxia; ou as fileiras imperiais, na tentativa de voltar ao poder absoluto depois das mortes dos lordes Sith Palpatine e Darth Vader.

>>>>Quadrinhos

No que diz respeito aos quadrinhos, duas séries estão sendo publicadas pela Panini Comics. Ambas retratam o período logo após a destruição da Estrela da Morte no Episódio IV – Uma Nova Esperança e a obsessão de Darth Vader em achar os rebeldes e, sobretudo, Luke Skywalker.

Star Wars - Legends
Star Wars – Legends

A primeira, Star Wars – Legends, foi um série da Dark Horse que estreou em 2013, com roteiros de Brian Wood e arte de Carlos D’Anda. A trama mostra uma princesa Leia ainda abalada com a destruição de Aldeeran, mas ainda assim um forte e respeitável líder de combate; um Han Solo malandro, metido em confusões à favor da Aliança Rebelde; e um Luke ainda imaturo e confuso entre os caminhos da Força e a liberdade recém adquirida após finalmente se ver livre de Tatooine.

Além da história principal, a revista é acompanha por histórias secundárias de Jedis sobreviventes da Ordem 66 que tentam fugir do Império, enquanto lutam pela manutenção da Ordem Jedi, mesmo que secretamente.

Star Wars - Marvel
Star Wars – Marvel

Já a nova história cânone, com o selo Marvel, tem roteiro de Jason Aaron e ilustrações de John Cassaday, e retrata mais intensamente a busca dos rebeldes por uma nova base, porém a série se propõe a esclarecer alguns eventos do passado de alguns personagens. E, diferente dos quadrinhos de 2013, essa nova leitura mostra Luke mais comprometido com a sua formação Jedi.

Star Wars Darth Vader - Marvel
Star Wars Darth Vader – Marvel

Há ainda a revista Star Wars – Darth Vader, escrito por Kieron Gillen e ilustração de Salvador Larroca, com acontecimentos simultâneos à outra história, mas dando foco à busca do lord sombrio e seus esforços para voltar aos bons olhos do imperador após o fiasco de Yavin.

As duas revistas também são complementadas de histórias secundárias. Star Wars traz a série “Kanan, o Último Padawan” (escrito por Greg Weisman, com desenhos de Pepe Larraz), que rememora as origens do Jedi da série da Disney XD, Star Wars Rebels, enquanto Darth Vader vem acompanhado de “Princesa Leia” (roteiro de Mark Waid e arte de Terry Dodson), que mostra a busca de Leia pelos remanescentes de Aldeeran espalhados pela galáxia.

 

*Colaboração de Luiza Carolina Figueiredo

 

**Detalhe: este é o último post do ano. Para todos os nossos leitores, feliz natal e ano novo. E que venha 2016!**

10:16 · 07.12.2015 / atualizado às 10:22 · 07.12.2015 por

Em seu site, a autora da saga best-seller Divergente, Veronica Roth, falou sobre seu mais novo projeto, uma duologia que será lançada pela HarperCollins.

Até então, as únicas informações sobre a narrativa era de que ela seguiria a linha de Star Wars e seria protagonizada por um menino que forma uma estranha aliança com o inimigo para escapar de uma vida de opressão. Enquanto um deles luta por redenção, o outro procura vingança.

Pois bem, finalmente Roth deu mais detalhes sobre a história. Leia o trecho traduzido do post escrito pela autora em seu tumblr:

“Meu novo livro será uma fantasia sci-fi ambientada em um momento de instabilidade politica extrema (por isso comparações com “Star Wars”). Nele, um garoto chamado Akos, junto com seu irmão, é sequestrado e levado para uma nação inimiga. Quando o ditador dessa nação ameaça a vida de seu irmão, Akos não tem escolha a não ser trabalhar com uma garota chama Cyra (a irmã do ditador) para salvá-lo. Mas a confiança de Cyra — e sua bondade! — são difíceis de ganhar… para dizer o mínimo. E a intensa amizade entre Akos e Cyra coloca ambos em um perigo jamais imaginado”.

Também segundo a autora, os livros da duologia serão lançados em 2017 e 2018, respectivamente.

 

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:49 · 12.09.2015 / atualizado às 10:49 · 12.09.2015 por

Nas redes sociais, a editora Darkside Books  divulgou que irá publicar De volta para o futuro — Os Bastidores da Trilogia, fruto de uma colaboração entre o autor George Gipe Bob Gale.

A previsão de lançamento é para 21 de outubro, mesma data em que os personagens viajam ao futuro em De volta para o futuro II.

Inspirado nas franquias de filmes, a obra conta a história de Marty McFly (Fox), um adolescente que volta no tempo até 1955, quando conhece os seus futuros pais no colégio e acidentalmente faz sua mãe ficar romanticamente interessada por ele. Marty, com a ajuda do Dr. Emmett Brown (Lloyd),  tentará encontrar um modo de voltar para 1985.

Confira abaixo a capa oficial:

 

 

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:00 · 03.09.2015 / atualizado às 10:10 · 03.09.2015 por

Aclamada obra de Rick Yancey, A 5ª Onda (Editora Fundamento, 2013) é o primeiro livro de uma trilogia apocalíptica que mistura romance, ação e invasões alienígenas. Os livros estão sendo adaptados para o cinema, com Chloe Grace Moretz no papel principal, e o primeiro trailer de A 5ª Onda já foi liberado, após vazar na internet.

Confira abaixo:

YouTube Preview Image

 

A previsão de estreia do longa é somente para o ano que vem. Enquanto 2016 não chega, reunimos alguns cliques dos bastidores das gravações:

11960235_1155035397859104_3314220645597909178_n

10408736_1115858298443481_6768679310067773792_n

10542065_1115858578443453_2865219411693354772_o

10888544_1000493709979941_1634802940913716817_n

10943109_1026552570707388_4574595546623731856_n

10959597_1027884247240887_1053599669253438240_n

11898629_1154062821289695_4205219617219728276_n

11951294_1155037834525527_1140604059381643540_n

 

Sobre o livro

(R$ 26)
(R$ 26)

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram.
Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém.
Agora “A Quinta Onda”está começando… Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em uma Terra devastada, onde qualquer pessoa, até mesmo uma criança, pode ser o inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobreviventes. Permanecer sozinha é permanecer viva – Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão? Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

18:00 · 04.06.2015 / atualizado às 18:53 · 04.06.2015 por

Auditório da Livraria Leitura do RioMar Fortaleza

Na última sexta-feira (29), a Livraria Leitura do Shopping RioMar Fortaleza recebeu o #MochilãoDaRecord. Em sua primeira edição, o evento literário contou com a apresentação dos principais lançamentos do Grupo Editorial Record, além de sorteios, brindes e um bate-papo com a editora executiva da Galera Record, Ana Lima.

Roleta da sorte
Roleta da sorte
Brindes
Brindes

Fortaleza foi a primeira cidade a receber o evento, que acontece em dez capitais do País (Florianopólis, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife e Salvador). Entre os autores convidados: Carina Rissi (Perdida, No Mundo da Luna) em Brasília; Em Porto Alegre e Belo Horizonte, respectivamente, Bianca Briones (Batidas perdidas) e Marina Carvalho (Simplesmente Ana e Elena, a filha da princesa); Brittainy C. Cherry (Sr. Daniels) em São Paulo e Rio de Janeiro e a blogueira Melina Sousa do Serendipity) em Curitiba e Florianopólis.

Nessa semana, o #MochilãoDaRecord desembarca em Porto Alegre (sexta), Florianopólis (sábado) e Curitiba (domingo).

Datas do #MochilãoDaRecord
Datas do #MochilãoDaRecord

Ana Lima foi a convidada especial do evento no Nordeste e concedeu uma entrevista exclusiva ao Sopa de Livros que você confere logo abaixo.

SL – É a primeira vez que vocês promovem o #MochilãoDaRecord para os leitores, certo?

Todo ano, a Galera Record faz algum evento ou em São Paulo ou no Rio. Ano passado, a gente fez um piquenique, ano retrasado a gente fez um passeio de barco… Mas é mais para os blogueiros parceiros, era muito fechado nesse circuito de capital. Há um tempo, as pessoas me pedem para fazer em outros lugares. Acabamos fazendo uma coisa maior, com todas as editoras do grupo. Dando certo, pretendemos fazer [o #MochilãoDaRecord] duas vezes ao ano. É um evento para aproximar o leitor não só do livro, mas do editor, dos autores.

SL – Todos os autores são nacionais?

Não. A Brittainy C. Cherry vai estar no Rio, porque ela estará no Brasil por acaso. Claro que se a gente tiver a oportunidade de trazer um autor estrangeiro aqui, melhor ainda. Mas o foco são os autores nacionais.

SL – Algum motivo para o #MochilãoDaRecord começar no Nordeste?

Fortaleza é a primeira cidade. A gente vai experimentando, mas estamos abertos a sugestões. Talvez na próxima vez a gente comece pelo Norte e não passe por tantas cidades no Nordeste, já que aqui visitamos três capitais. É uma tentativa de abranger uma boa parte do País.

SL – Qual o principal objetivo do #Mochilão?

É bem aquela coisa de a gente se aproximar e ouvir. Tem a mídia social, que a gente lê o tempo todo e as pessoas falam muita coisa. Ainda assim, você estar na cidade, perto do leitor, é outra coisa. É meio como quando vai todo mundo para a Bienal. Quando você está ali, ouvindo o que eles gostam, é algo que não pode ser ignorado. Eu gosto de fazer isso. O contato dos leitores com os editores e com os autores. Sair um pouco daquela zona do autógrafo e poder bater um papo com eles porque nem sempre as livrarias têm espaço ou os autores têm disponibilidade. Proporcionar isso é bem legal.

LANÇAMENTOS

Guilherme Filippone (Gerente de Marketing) e Shirley Higaki (Coordenadora de Merchandising e Treinamento) apresentaram os principais lançamentos do ano do Grupo.

Confira abaixo a lista de algumas obras inéditas:

Memória da Água, de Emmi Itaranta

Memoria-da-Agua

Num futuro distante, a Europa foi dominada pela China, e a água passou a ser controlada e distribuída em cotas pelos militares. Noria é filha de um mestre do chá. Ela está sendo treinada para substituir o pai, e dentre todos os ensinamentos, ele revela à filha seu maior segredo: uma fonte natural escondida que fornece água para a família. Guardar esse segredo é negar ajuda ao restante de população, e ajudá-los é colocar em risco a própria vida: os militares punem severamente quem for descoberto desfrutando de alguma fonte ilegal de água. Mas Noria aprendeu que a sabedoria representa, acima de tudo, o poder de decidir seu próprio destino, a escolha entre lutar e se entregar.

O Descompasso Infinito do Coração, de Bianca Briones

o-descompasso-infinito-do-coração

Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto. Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela. Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar?

Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry

sr-daniels

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Mas Ashlyn não consegue acreditar quando descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.

Beleza Perdida, de Amy Harmon

beleza perdida

Ambrose Young é lindo. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar. Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas – perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. Uma releitura moderna de A Bela e a Fera.

Red Hill, de Jamie Mcguire

Red Hill capa nacional

Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, elas procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano. O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? 

Naomi e Ely e a lista do não beijo, de David Levithan e Rachel Cohn

naomi-ely-e-a-lista-do-nc3a3o-beijo-de-rachel-cohn-e-david-levithan-galerarecord

Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que… Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.

Em Busca de Cinderela, de Colleen Hoover

Finding-Cinderella
Capa americana

No escuro, um encontro casual aos seus 18 anos, leva Daniel e uma garota com quem se depara confessarem o amor que sentem um pelo outro. Mas este amor tem algumas condições: ele duraria apenas uma hora e seria apenas uma ilusão. Então, após uma hora, a garota foge como Cinderella, enquanto Daniel tenta se convencer de que o que aconteceu entre eles apenas pareceu perfeito, porque eles estavam fingindo que era perfeito. Um ano e um péssimo relacionamento depois, sua descrença no amor a primeira vista é destruída quando ele conhece Six: uma garota com um nome estranho e uma personalidade mais estranha ainda. Daniel não demora a perceber que os sentimentos que ele fingia ter por Cinderella e os que sentia por Six, não eram assim tão diferentes. Especialmente quando os dois amores de sua vida acabam sendo um só.

Entrelinhas, de Tammara Webber

Entrelinhas - Tammara Weber

Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer – e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme.  Até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. 

Em Busca de Abrigo, de Jojo Moyes

Em Busca de Abrigo

Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953,  Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois, ela já está prometida em noivado ao rapaz. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas.

Brilhantes, de Marcus Sakey

BRILHANTES

A partir de 1980, um por cento das crianças começou a apresentar sinais de inteligência avançada. Essa parcela da população, chamada de “brilhantes”, é vista com desconfiança pelo restante da humanidade. Nick Cooper é um deles, um agente brilhante, treinado para identificar e capturar terroristas superdotados e levá-los para a custódia do governo. Seu último alvo é um líder responsável pelo maior ataque terrorista dos últimos tempos e que pretende começar uma guerra civil. Mas para capturá-lo, Cooper precisa se infiltrar em seu mundo e ir contra a tudo o que acredita. 

Trono de Vidro (Herdeira do Fogo, Volume 3), de Sarah J. Maas

Capa americana
Capa americana

O único pensamento de Celaena Sardothien é vingar a morte selvagem de uma amiga: como “Campeã” do Rei assassino de Adarlan, ela é obrigada a servir a este tirano, mas ele vai pagar pelo que fez. Sacrificando seu futuro, Chaol, o capitão da guarda do Rei, enviou Celaena a Wendlyn para protegê-la, mas seus demônios mais sombrios estavam no mesmo lugar. Se ela puder vencê-los, ela vai ser a maior ameaça de Adarlan – e seu próprio inimigo mais difícil. 

A Garota no Trem, de Paula Hawkins

a garota no trem

Rachel pega o mesmo trem toda manhã. Ela sabe que ele vai esperar no mesmo sinal toda vez, com vista para uma fileira de quintais. Ela até começou a sentir como se conhecesse as pessoas que vivem em uma destas casas. “Jess e Jason”, é como ela os chama. A vida deles como ela vê é perfeita. Se ao menos Rachel pudesse ser tão feliz assim. E então ela vê algo chocante. É apenas um minuto antes do trem se mover, mas é o suficiente. Agora tudo mudou. Agora Rachel tem uma chance de se tornar uma parte da vida que ela só assistiu de longe. Agora eles verão; ela é muito mais do que apenas a menina no trem…

Os Lugares Mágicos dos Filmes de Harry Potter, de Jody Revenson

Os Lugares Mágicos dos Filmes de Harry Potter, de Jody Revenson

A obra leva os leitores a uma jornada visual por trás das cenas de todos os oito filmes da série Harry Potter. A autora proporciona os perfis detalhados de cada locação e as une com artes conceituais jamais vistas, fotos dos bastidores e fotografias dos filmes com informações suplementares que revelam os segredos das filmagens trazidos direto dos arquivos da Warner Bros.

À Procura de Audrey, de Sophie Kinsella

À Procura de Audrey conta a história de Audrey, uma garota de 14 anos que sofre de distúrbios de ansiedade. Quando ela conhece Linus, um colega de seu irmão, faíscas surgem pelo ar. Conforme a amizade se torna mais profunda, uma conexão romântica começa a se desenvolver — acelerando a recuperação de Audrey e, surpreendentemente, ajudando toda a sua família.

Star Wars – Manual do Império

Quer saber tudo sobre o Império Galáctico? Escrito pelos melhores oficiais do Império, desde o Imperador Palpatine até os Stormtroopers, o Manual do Império caiu nas mãos da Aliança Rebelde, e seus membros não demoraram para fazer anotações. 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

16:58 · 23.05.2015 / atualizado às 13:09 · 24.05.2015 por

A nova modinha da literatura no século XXI são os livros distópicos. Quem não está familiarizado com o termo, basta uma simples definição: distopia, no meio literário, caracteriza uma sociedade imaginária controlada por um Estado opressivo e totalitário, onde predomina a corrupção e as condições de vida são precárias ou apocalípticas.

No entanto, o surgimento da literatura distópica não é recente. A maioria dos best-sellers atuais que se dizem distópicos são inspirados em verdadeiros clássicos dos séculos XIX e XX. O Sopa de Livros listou seis deles, entre os mais representativos desse gênero. Veja abaixo:

 

1. A Máquina do Tempo, de H. G. Wells 

R$ 35,90
R$ 35,90

Este é o primeiro romance do escritor inglês H.G. Wells (autor de outros clássicos de sucesso como O Homem Invisível e A Guerra dos Mundos). Publicado em 1895, o livro conta a história de um cientista que inventa uma máquina do tempo e com ela viagem para o futuro, onde se depara com o fim dos valores morais e a ameaça de extinção da espécie humana.

H. G. Wells
H. G. Wells

Trecho da obra:

“A versatilidade intelectual é a nossa compensação para enfrentar as mudanças, os perigos, os problemas. Um animal em perfeita harmonia com seu ambiente é um mecanismo perfeito. A natureza nunca apela para a inteligência senão quando o hábito e o instinto são incapazes de resolver um problema. Não existe inteligência onde não existe mudança ou necessidade de mudança.”

 

2. 1984, de George Orwell

R$ 45,00
R$ 45,00

1984 é um dos romances distópicos mais influentes do século XX. George Orwell lançou o livro em 1949, poucos meses antes de sua morte. A obra acompanha o personagem Winston, que vive em uma sociedade totalitária onde todos são vigiados pelo Grande Irmão, que é uma espécie de personificação de poder cínico e supremo que sabe e vê tudo. 

George Orwell
George Orwell

Trecho da obra:

“É preciso muito esforço para saber e não saber, ter consciência da completa verdade ao contar mentiras cuidadosamente construídas, para manter simultaneamente duas opiniões, sabendo que são contraditórias, e acreditar em ambas.”

3. Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley

R$ 26,00
R$ 26,00

Estamos no Ano 634 d.F. (depois de Ford). A sociedade é governada pelo Estado científico. Os seres humanos nascem de proveta e possuem comportamentos pré-estabelecidos e funções pré-determinadas. Monogamia, família, privacidade e pensamento criativo são considerados crimes. Esse é o universo criado pelo escritor britânico Aldous Huxlex em Admirável Mundo Novo, obra publicada originalmente em 1932.

Aldous Huxley
Aldous Huxley

Trecho da obra:

“Tal é a finalidade de todo condicionamento: fazer as pessoas amarem o destino social a qual não podem escapar.”

4. Neuromancer, de Willian Gibson

R$ 44,00
R$ 44,00

Publicado em 1984, Neuromancer é uma dos livros de Cyberpunk mais consagrados do século passado. Já ganhou os três principais prêmios da ficção científica: Nebula, Hugo e Philip K. Dick. O autor William Gibson conduz o leitor em um universo futurístico, onde impera uma alucinação coletiva virtual, na qual as pessoas se conectam para alcançar a informação plena. 

William Gibson
William Gibson

Trecho da obra:

“Ciberespaço. Uma alucinação consensual vivenciada diariamente por bilhões de operadores autorizados […] uma representação gráfica de dados abstraídos dos bancos de todos os computadores do sistema humano.”

5. Fahrenheit 451, de Ray Bradbury

R$ 17,90
R$ 17,90

Escrito pouco tempo depois do fim da Segunda Guerra Mundial, Fahrenheit 451 condena a opressão anti-intelectual nazista e a realidade econômica e política dos anos 1950 ao construir uma história sobre uma sociedade opressiva comandada por um governo autoritário do mundo pós-guerra. Livros são proibidos e todo o conhecimento dos fatos deve ser buscado somente através de TVs instaladas nas praças e em todas as casas. 

Ray Bradbury
Ray Bradbury

Trecho da obra:

“Bem, afinal de contas, estamos na era do lenço descartável. Assoe seu nariz numa pessoa, encha-a, esvazie-a, procure outra, assoe, encha, esvazie. Cada um está usando as fraldas da camisa do outro. Como torcer para o time da casa quando não se tem nem um programa nem sabemos os nomes? Por falar nisso, que camisa estão usando quando entram em campo?”

6. Laranja Mecânicade Anthony Burgess

R$ 36,00
R$ 36,00

Laranja Mecânica é uma obra de 1962 que narra a história de uma sociedade futurista em que a violência predomina entre os jovens e é reprimida com o mesmo nível de agressividade pelo governo totalitário. Leitura marcante, o livro é uma sátira à sociedade britânica e foi escrito parcialmente em uma gíria influenciada pelas línguas russa e inglesa, chamada “Nadsat”.

Anthony Burgess
Anthony Burgess

Trecho da obra:

“Você pecou, suponho, mas o seu castigo foi além de qualquer proporção. Eles transformaram você em alguma coisa que não é um ser humano. Você está comprometido com atos socialmente aceitáveis, uma maquininha capaz de fazer somente o bem. Música, sexo, literatura e arte, tudo agora deve ser fonte não de prazer, mas de dor.”

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

12:09 · 07.05.2015 / atualizado às 12:09 · 07.05.2015 por

Foram divulgadas as primeiras imagens da adaptação cinematográfica do livro best-seller Inferno, de Dan Brown. Continuação de O Código Da Vinci e Anjos e Demônios, Inferno acompanha o professor de Simbologia de Harvard, Robert Langdon, em mais uma de suas aventuras. Dessa vez, Langdon precisa investigar uma série de assassinatos envolvendo uma das obras mais misteriosas de todos os tempos: O Inferno, do escritor, poeta e político italiano Dante Alighieri.

Capa de A Divina Comédia, de Dante Alighieri, em edição lançada pela Editora 34.

Inferno compõe a primeira parte da obra, sendo as outras duas Purgatório e Paraíso

Preço: R$ 84,00

 

Inferno, de Dan Brown

Preço: R$ 39,90

As filmagens do filme mal começaram e o diretor do longa, Ron Howard já divulgou em sua página do Facebook alguns cliques do novo projeto. Confira abaixo:

inferno1 inferno2   inferno3

No elenco do longa, os atores Tom Hanks (Robert Langdon), Omar Sy (Christopher Bruder), Felicity Jones (A Teoria de Tudo), Irfan Khan (As Aventuras de Pi) e Sidse Babett (Borgen). Quem assina o roteiro da adaptação é David Koepp (Jurassic Park).

A adaptação tem previsão de estreia para 13 de outubro de 2016.

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

20:00 · 28.06.2014 / atualizado às 11:58 · 07.07.2014 por

Quando se fala em Júlio Verne, vem logo à mente as adaptações das suas obras que estavam nas listas de material escolar para as séries do Ensino Fundamental em outros tempos.  Nesses livros, páginas e páginas de descrições eram ocultadas para facilitar a leitura, que era voltada para o público infanto-juvenil. Assim foi com todos os livros de Júlio Verne, que também foram adaptados para o cinema como no clássico Viagem ao Centro da Terra, que passou muitas vezes na TV aberta.

YouTube Preview Image

Entretanto, esse não é o caso dessa edição de 20 Mil Léguas Submarinas da Editora Zahar.  A edição de luxo, com capa dura, exibe todas as descrições dos animais  e da flora subaquática imaginada por Verne. As ilustrações, criadas por Alphonse de Neville e Edouard Riou, também são da edição original francesa da obra, lançada em 1871. Essas são algumas das ilustrações:

k_546

Esse é o mapa do percurso trilhado pelo capitão Nemo  e sua tripulação

k_547

Mais uma ilustração:

k_548

O enredo impressiona por manter a sua atualidade, em pleno século XXI.  O livro antecipa uma das mais importantes invenções do século seguinte, o submarino, e contribuiu para que o autor fosse considerado um dos criadores da moderna ficção científica. A “profecia” de Verne, de que existiria um veículo com um combustível inesgotável, capaz de transitar sob as águas do oceano, só se tornaria concreta dali a oito décadas, com a criação do primeiro submarino movido a propulsão nuclear.

Apesar de um dos pontos fortes do livro ser exatamente a tradução, os leitores que não são tão habituados à descrições detalhadas podem esmorecer antes de terminar a história. Isso porque o estilo ágil de Jules Verne e a sua capacidade de criar cenas verossímeis na cabeça do leitor fica um pouco prejudicado, por conta de tantos nomes científicos e detalhes da fauna e flora marinha.

Aos que conseguirem transpor esse obstáculo, o livro se transmuta em uma expedição cheia de episódios fantásticos, alguns narrados com tanta habilidade, que fazem o leitor acreditar que eles tenham existido de verdade, como o do túnel que liga os mares Vermelho e Mediterrâneo e a luta entre a tripulação do Nautilus e os polvos gigantes.

A edição ainda conta com notas da tradução original, perfil biográfico do autor, dicionário de termos náuticos e a introdução com caráter ensaístico de Rodrigo Lacerda, que contextualiza como se deu a criação das “Viagens Extraordinárias” – série que inclui outros títulos famosos, como “Viagem ao Centro da Terra”. Lacerda lembra que as Viagens foram concebidas como folhetins paradidáticos, publicados como uma espécie de suplemento literário de um periódico infanto-juvenil chamado Revista de Educação e Recreação.

Para quem quiser conhecer mais sobre a história pessoal do solitário  e enigmático capitão Nemo, Verne escreveu A Ilha Misteriosa, quatro anos depois. Fica a dica para complementar essa leitura.

 Índice

20 Mil Léguas Submarinas – Edição Comentada e Ilustrada

Júlio Verne

Editora Zahar

456 Páginas

R$64,90/R$24,90(e-book)

 

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs