Sopa de Livros

Categoria: Literatura Estrangeira


13:24 · 01.03.2016 / atualizado às 13:29 · 01.03.2016 por

Finalmente (!!!) a editora Rocco confirmou o mês de lançamento – junho – da disputada edição ilustrada de Harry Potter e a Pedra Filosofal, o primeiro volume das novas edições ilustradas de todos os livros da série de J.K. Rowling.

702858

E as novidades não param! Será publicada uma obra em inglês de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, peça teatral encenada em Londres que mostra Harry adulto, 19 anos após o último livro da saga, Harry Potter e as Relíquias da Morte, em uma aventura ao lado de um de seus três filhos, Alvo. Quanto à publicação em terras brasileiras, não sabemos de nenhuma editora que irá lançar o livro por aqui.

> Em março, livro para colorir da saga Harry Potter será lançado nos EUA

> E também no Brasil!

> J. K. também está escrevendo um novo livro infantil (será que é Harry Potter e a Criança Amaldiçoada ou a obra não pertence ao universo do bruxinho?)

Veja algumas das ilustrações de Jim Kay (para ver mais desenhos do artista para o universo do bruxinho, clique aqui):

bu

bu2

bu3

 

 

 

*Colaboração de Rosiane Melo

15:10 · 26.02.2016 / atualizado às 15:10 · 26.02.2016 por

Já está em pré-venda a edição especial da obra Shirley, da inglesa Charlotte Brontë, também autora dos clássicos Jane Eyre e Villete, comemorativa aos 200 anos do primeiro lançamento, da Editora Pedra Azul.

A sinopse diz:

Shirley é a história da órfã Caroline Helstone e da herdeira Miss Keeldar.
Caroline Helstone é uma tímida e doce órfã que vive com seu tio, o reverendo Mr. Helstone, em Briarfield, Yorkshire, interior da Inglaterra. Sua mãe há muito havia desaparecido e seu pai morrido. Os dias na lúgubre casa sacerdotal passam lentamente, mas Miss Helstone é feliz, pois certa encantadora casa de campo, próxima ao Moinho de Hollow, é seu paraíso terrestre. Num morador dessa cottage ela deposita toda sua expectativa de vida. Apaixonada platonicamente por seu primo, Miss Helstone sonha em se casar com ele, mas uma desilusão acontece e ela vê seu mundo ruir. Por outro lado, a vivaz Shirley Keeldar, herdeira de uma grande quantidade de terra e fortuna, mal entra em cena e se torna a mais atraente das mulheres de toda a região. Proprietária de muita terra, todos os homens elegíveis do município, assim que souberam de sua chegada e de sua fortuna, lhe propuseram casamento, mas a herdeira guarda um segredo. Charlotte Brontë, cujo talento reside em explorar o drama psicológico do amor proibido, da perda e da busca pela identidade, nos presenteia com este comovente romance de duas órfãs e a trajetória da família Gerard Moore que, justamente quando o leitor pensa que já descobriu toda a trama, a autora se torna imprevisível. Em Shirley, Charlotte desafia as convenções, explorando os limites da justiça social, ao mesmo tempo contando não uma, mas duas histórias de amor.

 

Veja a edição aqui. Também está nesse link as primeiras quatro páginas do livro.

 

Essa é a capa da edição anterior:

shirley

 

Shirley

Charlotte Brontë

Editora Pedra Azul

400 páginas

R$ 44,90

15:02 · 10.02.2016 / atualizado às 15:03 · 10.02.2016 por

 

Assim como a nossa colaboradora Rosiane Melo o fez, eu também vim expor as minhas metas de leitura para esse ano que está em curso. Infelizmente, já se passou um mês e cá estou, ainda “presa” em uma leitura iniciada em 2015, de um livro que nem é extenso. (vergonha!)

Não vou ter grandes ambições em 2016. A meta é ler pelo menos 30 livros, o que nem é um número tão grande.  Mas vamos aos desejos de leitura para esse ano, até mesmo para que eu me organize e venha a cumprir esses objetivos. O bom é que quase todos já estão lá à minha espera, na estante.

 

1. Casa Grande e Senzala – Gilberto Freyre

casa

2. Chatô – Fernando Morais

3. Trilogia Getúlio – Lira Neto

4. A noite do meu bem – Ruy Castro

5. Os Maias – Eça de Queirós

maias

6. Mulheres de Cinzas – Mia Couto

7. 1889 – Laurentino Gomes

8. Diário de Anne Frank

9. A carne e o sangue – Mary del Priore

carne

10. A alma encantada das ruas – João do Rio

11. O visconde partido ao meio – Italo Calvino

12. Malala – a menina que queria ir a escolaAdriana Carranca

13. O jardim secreto – Frances Hodgson Burnett

jardim

14. As sete irmãs – Lucinda Hiley

15. Na berma de alguma estrada – Mia Couto

16. Aprender a viver –  Luc Ferry

17. Doze contos peregrinos – Gabriel García Marquez

doze

18. Zelota – Reza Aslan

19,. Dizem que os cães veem coisas – Moreira Campos

20. As mulheres do nazismo – Wendy Lower

21. O diamante –  J. Courtney Sullivan

diamante1jpg

 

22. As cartas lacradas – Dora Oppenheim

23. O símbolo perdido – Dan Brown

24. O tempo e o vento – Erico Veríssimo

25.  A amiga genial – Elena Ferrante

amiga

26. Quarenta Dias – Maria Valéria Resende

27. Os homens sem mulheres – Haruki Murakami

28. Irmãs Romanov – Hellen Rappaport

29. Ao farol – Virgínia Woolf

 

farol

30. Objetos cortantesGillian Flynn

 

 

14:47 · 18.01.2016 / atualizado às 14:23 · 19.01.2016 por

Tudo bem que para muita gente o ano só vai começar mesmo depois do Carnaval, em fevereiro. Entretanto, para as editoras, isso muda de figura e são muitos os lançamentos de janeiro, perfeitos para quem quiser incluir alguma novidade nas metas de leitura. Vem ver!

Companhia das Letras

Kaos Total, de Jorge Mautner

Todas as letras de Jorge Mautner reunidas pela primeira vez com poemas inéditos e pinturas que revelam uma face até agora desconhecida do autor de Maracatu Atômico.

companhia1

Como curar um fanático, de Amóz Oz

Em ensaios lúcidos e ponderados, um debate sobre a tragédia no sentido mais antigo do termo: a batalha entre o certo e o certo.

 

compnhia2

Uma história de solidão, de John Boyne

Autor de O menino do pijama listrado, John Boyne aborda com extrema delicadeza o tema dos abusos sexuais na Igreja católica.

companhia3

 

Objetiva

Outros cantos, de Maria Valéria Rezende

A vencedora do Prêmio Jabuti de 2015 oferece um romance magistral sobre as viagens movidas a sonhos.

objetiva1

O foco triplo, de Daniel Goleman e Peter Senge

Um olhar inovador sobre como melhorar nosso desempenho acadêmico e desenvolvimento pessoal em tempos de tecnologia.

objetiva2

 

Seguinte
A Sereia, de Kiera Cass

Novo livro da autora da série A Seleção, Kiera Cass fala sobre uma garota que foi salva de um naufrágio pela própria água e que para pagar sua dívida, se torna uma sereia.

seguinte

 

Paralela
Coroa Cruel, de Victoria Aveyard

Descubra o passado sangrento de Norta em dois contos que se passam no universo de A rainha vermelha.

seguinte2
58 listas (33 úteis e 25 nem tão úteis assim), de Manu Barem

Afiadíssima, Manuela Barem, editora do Buzzfeed Brasil, reúne em um livro suas melhores listas de tweets, fatos bizarros sobre o Brasil e muito mais!

seguinte3

Zahar

Estado de crise, de Zygmunt Bauman

A crise mais séria da modernidade, a de 1929, foi habilmente contornada pelo Estado. Contudo, a crise pela qual hoje passamos é diferente. No mundo globalizado, os governos estão cada vez mais impotentes para gerenciá-la, e os cidadãos, cada vez mais insatisfeitos com seus governantes. Nesse livro indispensável, Zygmunt Bauman e Carlo Bordoni se debruçam sobre o atual contexto para debater esta nova crise mundial, fazendo uma análise inédita das questões que a sociedade líquida vem enfrentando. Os pensadores advertem que essa crise não é passageira. Por isso, é necessário que se entendam seus mecanismos a fim de estabelecer novos campos de atuação e luta.

zahar1

O conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas

A fantástica edição comentada de O conde de Monte Cristo agora em volume único!
O conde de Monte Cristo é um clássico da literatura mundial, uma história emocionante e cheia de ação e vingança, que vem fascinando leitores há quase dois séculos. Alexandre Dumas prende o leitor numa trama de tirar o fôlego, traições, denúncias anônimas, tesouros fabulosos, envenenamentos e apresenta uma galeria de personagens que retrata o espectro social de um mundo em transformação.
Essa obra-prima tem aqui a edição brasileira que merece: uma tradução viva do texto integral, vencedora do prêmio Jabuti, 170 gravuras de época e mais de 500 notas explicativas, além de uma rica apresentação e cronologia de vida e obra do autor. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.

OCondeDeMonteCristo_comentado

As aventuras de Robin Hood: edição bolso de luxo, de Alexandre Dumas

Ao mesmo tempo bandido e mocinho, herói de inúmeras histó­rias e canções da tradição oral, o lendário Robin Hood tem sua saga contada pelo talento inquestionável de Alexandre Dumas. Ambientado na Inglaterra nos séculos XII e XIII, o livro traz as aventuras do fora da lei e seu bando em busca de justiça, igual­dade e também diversão. Nas matas de Sherwood e Barnsdale, acompanhamos os embates de Robin com o xerife de Nottingham, sua história de amor com lady Marian e sua parceria com o leal João Pequeno e frei Tuck.

zahar3

Pequena Zahar
Tudo muda, de Anthony Browne

Em Tudo muda, Anthony Browne aborda, com sua perspectiva singular e suas formidáveis ilustrações, o tema da mudança na vida de uma criança.

zahar4
Rocco

CIDADE DOS ÚLTIMOS DIAS – O último policial #2 Ben H. Winters

A pouco mais de dois meses para o asteroide Maya atingir a Terra, investigar crimes não é mais uma prioridade para a força policial de Concord. Mas Hank Palace não pensa assim. Cidade dos últimos dias é o novo livro de Ben H. Winters, e segunda parte da trilogia O último policial. A obra acompanha o ex-detetive na investigação do misterioso desaparecimento de Brett Cavatone, o marido da sua antiga babá. Com a sociedade se desmantelando a sua volta, Hank tenta a todo custo juntar as poucas pistas que tem, até descobrir o paradeiro de Brett aparenta ser somente uma questão de tempo. Mas será que Maya dará este tempo a Hank? A elogiada trilogia de Bem H. Winters traz novas indagações sobre o que os homens devem uns aos outros quando o fim está próximo.

rocco1

 

HOTELLES – QUARTO 2 Emma Mars

O jogo de sedução envolvendo a jovem Annabelle Lorand, conhecida como Elle, está de volta. Hotelles – Quarto 2 mostra o que aconteceu com a protagonista da trilogia erótica da francesa Emma Mars depois de trocar o noivo, o magnata da comunicação David Barlet, por Louis, irmão mais velho dele. Ambientada em Paris, a trama conserva a mistura de romance, mistério e intrigas, bem como as cenas quentes que marcaram o primeiro livro, ao acompanhar a educação sexual de Elle, jovem jornalista que resolve trabalhar como acompanhante de luxo para pagar o pagamento de saúde da mãe, e acaba se enredando num jogo sedutor e perigoso que envolve os dois irmãos, os famosos quartos do Hôtel des Charnes, cada um dedicado a uma famosa cortesã do passado, sua melhor amiga, Sophia, e a agência Belas da Noite.

rocco2

 

SOB A LUZ DOS SEUS OLHOS Chris Melo

Considerada a “Nicholas Sparks de saia” pelos fãs, por suas histórias românticas voltadas especialmente para o público jovem adulto, a paulista Chris Melo estreia na Rocco, pelo selo Fábrica231, com Sob a luz dos seus olhos. A trama conta a história de Elisa, que embarca para a Inglaterra decidida a começar sua vida adulta, levando na bagagem seus planos e sonhos para o futuro; e Paul, um artista tentando se encontrar e que vive intensamente cada momento. O que poderia ser apenas um encontro casual entre dois jovens tentando achar o seu lugar no mundo se transforma, pelas mãos de Chris Melo, numa profunda jornada de autoconhecimento, superação, perdão e recomeços protagonizada por duas pessoas comuns que experimentam o poder extraordinário do amor. O livro chegará às prateleiras em edição revista, trazendo novas cenas e um epílogo emocionante, inaugurando a coleção <3 Curti, dedicada a leitores que não abrem mão de uma boa história romântica com final feliz.

rocco3

 

A GAROTA DINAMARQUESA David Ebershof

Com estreia nos cinemas em fevereiro, já acenando com um possível novo Oscar para Eddie Redmayne, ganhador da estatueta de melhor ator por A teoria de tudo, A garota dinamarquesa reconstrói a história de Lily Elbe, talvez a primeira transexual da história a fazer a cirurgia de redesignação sexual (ou “mudança de sexo”). Vivendo até a meia-idade como Einar, um pintor dinamarquês na Europa dos anos 1920 e 1930, ela teve a sorte de contar não apenas com um médico pioneiro, mas com uma mulher brilhante, generosa e apaixonada, sua própria esposa, Greta, para encontrar sua verdadeira identidade. Num momento em que as questões de gênero estão cada vez mais em voga, o aclamado romance de David Ebershoff, que volta às prateleiras com novo projeto gráfico, capa com o pôster do filme e posfácio assinado pelo autor, é um livro delicado e envolvente e uma leitura necessária nos dias atuais.

rocco4

 

NUTRIÇÃO DESCOMPLICADA, BOA FORMA FACILITADA Rodrigo Paiva

Por que emagrecer? Somente para ficar em forma ou para diminuir taxas como glicose ou colesterol que estão ameaçando a saúde? Quem sabe para dar uma guinada na autoestima? O motivo não importa. Nutricionista e preparador físico com pós-graduação em fisiologia, Rodrigo Paiva afirma que a chave para alcançar qualquer objetivo em relação ao próprio corpo está na força de vontade. E também em compreender o “pensamento” do corpo. Em Nutrição descomplicada, boa forma facilitada, seu livro de estreia pelo selo de bem-estar Bicicleta Amarela, o autor esmiúça temas variados como vitaminas, metabolismo, a diferença entre emagrecer e perder peso, exercício e queima de energia, os mitos e verdades da alimentação, entre outros assuntos. E mostra que sempre é tempo de se imaginar em melhor forma e mais saudável e traçar metas para conquistar esse objetivo.

rocco5

 

MISSÃO JUSTIÇA – CRÔNICAS DE ELEMENTIA: Uma aventura não oficial de Minecraft Sean Fay Wolfe

 

Fan-fiction inspirada no fenômeno Minecraft, um dos jogos mais vendidos do mundo e febre entre os pré-adolescentes, o primeiro volume da série Crônicas de Elementia, do jovem Sean Fay Wolfe, foi escrito entre uma aula e outra num notebook que Sean levava para o colégio e publicado de forma independente quando ele tinha apenas 16 anos. Mas o sucesso do jovem autor logo chamou a atenção da gigante HarperCollins, que não demorou a adquirir os direitos de publicação da obra. Em Missão justiça, que chega agora às prateleiras de todo o Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores, três jovens jogadores de Minecraft são vítimas de preconceito e perseguição de usuários mais experientes no servidor Elementia e se veem envolvidos em grandes batalhas contra as forças do mal. Uma jornada eletrizante para os fãs do universo Minecraft e para qualquer leitor em busca de uma boa aventura.

rocco6

 

Rocco Jovens Leitores

A ETERNIDADE PELOS ASTROS – Coleção Memórias do Futuro Louis Blanqui (Org. Marco Lucchesi)

No segundo livro da coleção Memórias do Futuro – que reúne clássicos inéditos ou pouco conhecidos no Brasil, mas que mantêm o frescor estético e a atualidade –, o teórico socialista e revolucionário francês Louis-Auguste Blanqui (1805-1881) une química e poesia para refletir sobre a dinâmica do universo e a existência humana. Segundo ele, o universo é composto por um número finito de elementos que, combinados de incalculáveis maneiras diferentes, repetem-se, com pequenas variações, eternamente: “A eternidade encena, imperturbável, no infinito, as mesmas representações.” Mais do que a veracidade científica de suas hipóteses, a beleza da viagem empreendida por Blanqui, que antecipou o pensamento de Nietzsche acerca do eterno retorno, está no modo como se desenrola a argumentação, na riqueza das analogias e no brilhantismo sardônico de seu estilo.

NANOOK – Ele está chegando Gustavo Bernardo

Bernardo só começou a falar aos quatro, ainda assim numa língua irreconhecível. Aos 15, o garoto, considerado problemático pela mãe, é levado a uma clínica psiquiátrica e, durante a consulta, numa espécie de surto, faz uma declaração enigmática: “Eu só queria avisar: Nanook está chegando.” Durante seu tratamento, Bernardo torna-se um desafio para seu médico, principalmente quando fatos estranhos começam a ocorrer, como a queda brusca das temperaturas em todo o mundo e o aparecimento de estranhos cães brancos pela cidade de Ouro Preto. Que ligação pode existir entre o aviso de Bernardo e esses fatos? Com quarta-capa assinada por Ana Maria Machado, Nanook encerra a Trilogia da Utopia, do escritor, ensaísta e professor universitário Gustavo Bernardo. Um romance envolvente que mergulha nas tradições da população inuit, os primeiros habitantes das regiões árticas do Canadá, e convida o leitor a refletir sobre questões como autismo e mudanças climáticas.

rocco7

O TÚMULO DA BORBOLETA – The Murder Notebooks #3 Anne Cassidy

Depois de Hora morta e A morte de Rachel, a série de suspense The Murder Notebooks chega ao seu terceiro volume, O túmulo da borboleta, levando os jovens Rose e Joshua a Newcastle, onde o tio de Joshua está internado e onde os dois descobrirão fatos surpreendentes sobre seus pais e o mistério que cerca seu desaparecimento. Decididos a investigar o paradeiro de Kathy, mãe de Rose, e Brendam, padrasto da garota e pai de Joshua, os dois adolescentes se veem enredados numa trama de perigos e segredos que envolve uma tatuagem de borboleta e seis cadernos com anotações em código, mapas e foto que eles terão que desvendar se quiserem descobrir o que realmente aconteceu. E principalmente se quiserem sobreviver.

rocco8

11:06 · 15.01.2016 / atualizado às 11:13 · 15.01.2016 por

Organizar metas de leitura não é tarefa fácil, principalmente porque é preciso muita disciplina para segui-las. No entanto, esse ano tentarei seguir a risca as leituras a que me proponho, visto que no ano passado não consegui me conter.

tumblr_lrm8f4I73W1r086dio1_500

Tive a decisão pessoal de não ler muitos livros em 2016. Minha meta está atualmente em 25, 26 obras, entre títulos nacionais e internacionais, dos mais variados gêneros possíveis. A escolha é resultado de uma série de fatores: um maior interesse meu pelos autores brasileiros, a descoberta do gosto por HQ’s, continuações de sagas que preciso terminar, o investimento nos clássicos e em autores que eu já li e gostaria de conhecer outras obras deles. Enfim, estou ficando criteriosa. Acontece.

Não vai dar para comentar todos os títulos, mas os autores que mais estou ansiosa para ler são: o rei do romance policial no Brasil, Raphael Montes (com os elogiados Suicidas e Dias Perfeitos), Stierg Larsson (Millennium – Os homens que não amavam as mulheres), o autor de fantasia nacional Affonso Solano (O Espadachim de Carvão), a jornalista cearense Socorro Acioli (A Cabeça do Santo), a ativista paquistanesa Malala Yousafzai (Eu sou Malala), Gillian Flynn (Lugares Escuros), Charlotte Brontë (Jane Eyre), os quadrinhos de Charles M. Schulz (Snoopy: A felicidade é um cobertor quentinho!) e de Béka e Marko (A Narradora das Neves) e Rick Yancey (O Mar Infinito).

Abaixo você confere por extenso os títulos que pretendo ler em 2016:

Dias perfeitos, de Raphael Montes

dias perfeitos

Suicidas, de Raphael Montes

Lugares escuros, de Gillian Flynn

Clube de luta, de Chuck Palahniuk

Millennium – Os homens que não amavam as mulheres, de Stierg Larsson

os

Precisamos falar sobre Kevin, de Lionel Shriver

A batalha do labirinto, de Rick Riordan

O espadachim de carvão, de Affonso Solano

Eu sou Malala, de Malala Yousafzai e Christina Lamb

lugares

Juventude brutal, de Anthony Breznican

Garoto encontra garoto, de David Levithan

Fragmentados, de Neal Shusterman

Jane Eyre, de Charlotte Brontë

Sobrecapa Jane Eyre

Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie

Toda luz que não podemos ver, de Anthony Doerr

Outlander – A libélula no âmbar, de Diana Gabaldon

a libelula

 

172 horas na lua, de Johan Harstad

Black bird, de Anna Carey

Crime e castigo, de Fiódor Dostoiévski

A cabeça do Santo, de Socorro Acioli

a cabeça

Uma pequena casa de chá em Cabul, de Deborah Rodriguez

O mar infinito, de Rick Yancey

Tudo que um geek deve saber, de Ethan Gilsdorf

A felicidade é um cobertor quentinho!, de Charles M. Schulz

A narradora das neves, de Béka e Marko

a narradora

Alice – edição de 150 anos, de Lewis Carroll

O desafio de ferro, de Holly Black e Cassandra Clare

 

 

Então é isso. Gostaram? Comentem com a gente!

Para acessar toda a minha lista organizada no Skoob e saber mais detalhes de cada obra, clique aqui.

 

 

*Por Rosiane Melo

 

10:46 · 08.01.2016 / atualizado às 10:54 · 08.01.2016 por

A editora Planeta será a responsável pela publicação do primeiro livro de Jorge Bergoglio como Papa Francisco.

Trata-se da obra “O nome de Deus é misericórdia”, que será lançada mundialmente em seis idiomas (alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, português) no próximo dia 16. As informações são do Portal Publishnews.

Versão em espanhol de "O nome de Deus é Misericórdia"
Versão em espanhol de “O nome de Deus é Misericórdia”

Até o momento, nenhuma editora tinha se manifestado sobre a publicação da obra no Brasil.  A Planeta só tinha divulgado o lançamento da obra em Portugal e na Espanha e agora por aqui.

“O nome de Deus é misericórdia” é composto por uma narrativa de diálogo simples entre o Papa e o leitor, escrito a partir de conversas entre Francisco e o vaticanista Andrea Tonielli, autor da biografia “Francisco”, também publicada no Brasil pela Planeta.

 

 

*Por Rosiane Melo

12:09 · 04.01.2016 / atualizado às 12:11 · 04.01.2016 por

Nesses primeiros dias de 2016, é hora de avaliar as leituras do ano que passou. Na retrospectiva, apresento os melhores livros que li em 2015, apesar dos enjoos que minaram o meu tempo mais precioso de leitura, que era no ônibus. Infelizmente, como muitos, eu não consegui bater a meta de aumentar a quantidade de obras, mas pelo menos mantive o número de 26 livros. E para vocês, que livros interessantes 2015 trouxe? Conseguiram ler mais? Aguardo respostas nos comentários. Feliz 2016 para todos!

Os escritores que eu matei – Marco Severo

Os escritores que eu matei é uma compilação de crônicas sobre o universo da literatura e suas descobertas e que mais parece um diálogo entre quem escreve e quem lê. De leitura rápida, traz várias questões pertinentes a quem gosta de ler. No site da editora, o resumo diz isso: “As crônicas – parte delas publicadas anteriormente em blogs na internet e retrabalhadas para este volume, aliadas a outras inéditas – são o resultado de quase quatro anos contribuindo com o pensar e o fazer literário, aqui elevados à potência máxima, culminando com um ensaio que só atesta a vigorosa escrita do autor, que tem a capacidade de nos fazer querer caminhar com ele por este universo de encantamentos que é a literatura, virando página após página, seduzidos pelos labirintos da palavra. Dono de um estilo sagaz, ao criar uma obra a um só tempo incisiva e sensível, Marco Severo comprova que a literatura ganhou um cronista de mão cheia”.

Confira entrevista com o autor

E aqui é possível comprar o livro e ainda ler duas crônicas que fazem parte dele.

79482a_b1ab14a536024ad7a75cd9170c4504ca

Os escritores que eu matei

Marco Severo

Editora Substânsia

R$ 30

No mundo da Luna – Carina Rissi

Essa foi uma grande surpresa, porque não tenho o hábito de ler livros assim. Mas é tão bem escrito que é possível devorá-lo em um fim de semana. Um pouco dessa chick-lit deliciosa: A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe idiota vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai em seu colo. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção? Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.

Também entrevistamos a autora no blog. Veja nesse link.

Para quem não leu, a Record liberou antes do Natal um conto inspirado nesse livro, mas sem spoilers. É possível baixar aqui.

 

download (3)

No mundo da Luna

Carina Rissi

Editora Verus

R$ 42

Nada será como antes – Julio Maria

Em 2015, Elis Regina completaria 70 anos de vida. Essa biografia do jornalista Julio Maria, lançada em março, mostra muito da vida da cantora, que morreu jovem, com apenas 36 anos. Ótimo para quem é fã e também para quem quer aprender mais sobre a história recente da música no Brasil, porque o livro mergulha fundo na carreira e em cada uma das facetas da cantora. Para ficar ainda melhor, que tal ler e escutar seus discos?

Aqui, uma de suas interpretações viscerais:

YouTube Preview Image

 

Sinopse: Livro “Elis Regina – Nada Será Como Antes”, escrito pelo jornalista Julio Maria, repórter do jornal O Estado de S. Paulo, traz a história da maior cantora do País. Narra a vida de Elis desde seus primeiros dias em Porto Alegre, quando cantava ‘Fascinação’ ao lado das amigas nas escadarias de um colégio, até sua despedida trágica, aos 36 anos, quando estava prestes a, de novo, mudar tudo em sua vida. Ao todo foram quatro anos de entrevistas e pesquisas em arquivos. A ideia de escrever a biografia surgiu por meio de um convite da editora ao jornalista Julio Maria. No começo, o perfil do livro era uma homenagem, mas conforme Julio foi descobrindo mais histórias e avançando nas entrevistas, viu que havia muito mais o que contar. Pessoas importantes que até então nunca haviam se pronunciado – como dezenas de músicos que tocaram com ela. Na contramão da batalha das biografias que dividiram artistas e editoras sobre a autorização prévia dos biografados, os filhos de Elis, João Marcelo Bôscoli, Pedro Mariano e Maria Rita, entenderam que o autor precisava de liberdade para retratar todos os lados da cantora sem restrições. Depois de dois anos em campo – durante esse tempo foram inúmeros arquivos consultados e 126 entrevistas, a maioria delas feitas pessoalmente –, Julio começou a colocar a história no papel. “Mesmo quando parei para escrever, as histórias continuavam a aparecer, e o livro ganhava novas partes de tempos em tempos. Ele ficou vivo o tempo todo. E confesso que, se pudesse, estaria neste momento colocando mais histórias”, conta. ‘Não vivi a era de Elis. Quando ela faleceu, em 19 de janeiro de 1982, eu tinha nove anos de idade, e diante dessa personagem gigante, fui o que sou há 16 anos: repórter. Me joguei com o respeito que a história merecia, mas sem nenhuma tese a defender. Creio que o olhar descontaminado de paixões ou ódios ajude a traçar um perfil mais humano e menos divino”, diz Julio Maria.

 
download (6)
Nada será como antes
Elis Regina
Julio Maria
Master Books
R$ 39
O réu e o Rei – Paulo César de Araújo
Essa obra explica o porquê de o autor ter escrito a biografia proibida do cantor mais famoso do Brasil, Roberto Carlos e traz todos os detalhes dos bastidores da execução do livro e também do processo movido pelo cantor contra o seu biógrafo nos tribunais.
Sinopse: Objeto de verdadeira polêmica pública, a batalha em torno da proibição de Roberto Carlos em detalhes é o cerne de ‘O Réu e o Rei’. Paulo Cesar de Araújo conta a história da sua intensa relação com a música de Roberto Carlos, os dezesseis anos de pesquisa que embasaram a redação da biografia, e por fim os meandros de uma das mais comentadas e controversas guerras judiciais travadas recentemente no Brasil. Em novembro de 2006, Paulo Cesar de Araújo lançou ‘Roberto Carlos – Em detalhes’, primeira biografia de fôlego do maior ídolo da música brasileira. A recepção imediata do livro foi proporcional ao tamanho da empreitada. Em poucos dias, ele ganhava resenhas entusiasmadas e atingia a lista de best-sellers. Não foi para menos: o trabalho consumiu dezesseis anos de pesquisa, contou com centenas de entrevistas com as maiores personalidades da MPB e figuras-chave na vida do cantor, e condensava em uma narrativa ágil e equilibrada todo o percurso do ícone da Jovem Guarda. Mas a boa onda duraria pouco. Em sua coletiva de Natal daquele ano, Roberto Carlos reagiu com virulência quando indagado sobre o livro. Acusando o autor de invadir sua privacidade, disse que o caso já estava com seus advogados, que em breve entrariam na Justiça para impedir a circulação da biografia. Em 10 de janeiro de 2007, o rei de fato bateu às portas dos tribunais contra o autor e sua então editora. Foi o início de uma rumorosa batalha judicial, dolorosíssima para todas as partes, e também de uma das mais graves agressões à liberdade de expressão na história brasileira recente. A reação que se seguiu à notícia de que Roberto Carlos propusera ações nas esferas cívil e criminal contra Paulo Cesar — que resultaram na apreensão do livro — ocupou os principais veículos de comunicação do país e alguns no exterior. A polêmica envolveu não só personalidades da política, da cultura e das artes no Brasil, como pessoas comuns, que comentavam avidamente o caso, em redes sociais, blogs, praças, praias, bares. Nunca antes o debate sobre a proibição de uma obra alcançou tamanha repercussão no país. O livro conta a história interna dessa história. Os detalhes, os bastidores. Trata de música e censura. De artistas e advogados. De entusiasmo juvenil e audiências judiciais. Da busca por fontes e negativas. Da luta entre liberdade de expressão e controle da informação. É, antes de tudo, a história de um biógrafo que tenta encontrar sentido nos anos dedicados a estudar a trajetória de seu ídolo na música brasileira. É uma história ainda sem ponto final, mas sobretudo por isso necessária, que deve ser lida por todos os que se interessam pela discussão em torno da liberdade de expressão em nosso país.
 
12789_g
O Réu e o Rei – minha história com Roberto Carlos, em detalhes
Paulo César de Araújo
Companhia das Letras
R$ 34
Lugar Comum – Nara Vidal
Outro livro de crônicas que traz muito da simplicidade de cada dia, assim como os mestres Rubem Braga e Rubem Alves. Para ser lido a conta-gotas, para trazer mais luminosidade ao dia ou ideias. A resenha vocês conferem aqui e abaixo está o resumo.
Ler este livro, no mínimo, vai deixar o leitor sem saber em que dia está; aqui, nestas páginas, todo dia é sábado e domingo, como na casa dos avós de Nara. E quando o leitor se vir no quintal da casa, na pequena Guarani, no interior de Minas Gerais, sentado no táxi feito com uma escada de madeira deitada sobre tijolos, não vai mais querer descer desse passeio pelas histórias dessa mineira que não via a hora de sair pelo mundo, desde criança. E um dia saiu. E com ela estão surgindo os seus livros. Logo vamos descobrir que era inevitável tal destino.
lugar
Lugar Comum
Nara Vidal
Editora Pesavento
R$ 35
Mulheres – Marilyn French
Escondido entre caixas, esse livro foi um achado ainda da época que minha mãe era sócia do Círculo do Livro, nos anos 1970. Permaneceu como uma obra tabu, que eu não poderia pegar tão cedo por ser criança. Mas, aos 11, uma inscrição com letra redonda minha diz que eu tinha lido. Como se trata da história de várias mulheres entre os anos 1950 e 1970, nos Estados Unidos, tão decisivos pela revolução sexual e pelo ingresso mais intenso delas no mercado de trabalho, realmente não é um livro para fracos. A obra mostra a hipocrisia dos anos dourados, o machismo nos piores aspectos, os casamentos de fachada e também os desafios para a mulher moderna, para equilibrar a vida entre profissão, família e sexualidade. Sem dúvida, esse foi um dos melhores do ano que passou.
Sinopse:
Insatisfeita e amargurada, Mira consegue levar adiante seu casamento, num mundo cercado de hipocrisias, adultérios e espancamentos. Apesar de infeliz, comporta-se como uma esposa perfeita. Mas sua vida desaba no dia em que o marido subitamente pede o divórcio. Aos quarenta anos, ela enfrenta a dura realidade de reconstruir sozinha sua existência. Através da história de Mira e de suas amigas, Marilyn French traça com vigor apaixonante um painel dos êxitos, fracassos, dúvidas e crises das mulheres americanas nas últimas décadas.

mulheres-marilyn-french-frete-gratis-circulo-do-livro-14228-MLB20084980388_042014-F

Mulheres

Marilyn French

Editora Círculo do Livro

Preço médio: R$ 20

 
 
 

09:09 · 04.01.2016 / atualizado às 09:09 · 04.01.2016 por

Como já noticiamos aqui no Sopa, o autor de Maze Runner, James Dashner, finalizou “The Fever Code”, mais recente obra da saga. Agora foi divulgada a capa internacional da obra. Confira:

22

“The Fever Code” é um prequel (termo que, em literatura, refere-se a uma história anterior a outra já lançada) que se passará após os acontecimentos de “A Ordem do Extermínio” e início de “Correr ou Morrer”. A previsão de lançamento é em setembro de 2016.

Livros da saga publicados no Brasil
Livros da saga publicados no Brasil

A Vergara & Riba, editora que publica os livros da saga no Brasil, já confirmou a publicação nacional.

 

*Por Rosiane Melo

08:56 · 23.12.2015 / atualizado às 10:06 · 23.12.2015 por

Star Wars montagem

Então, a Força finalmente despertou e Star Wars está mais do que nunca na boca e no coração de toda uma legião de fãs desta galáxia tão, tão distante. Mas, como o Episódio VIII só chega aos cinemas em 2017, o jeito é cair de cabeça na imensidão do Universo Expandido.

Como praticamente tudo dentro de Star Wars, os aficionados por leituras podem escolher entre dois lados: Legends e Cânone. E mais, essas duas escolhas estão presentes tanto no que diz respeito a livros como a quadrinhos. Entretanto, diferente dos dramas passados pelos Jedis, transitar entre um lado e outro não causa distúrbio algum na Força. Na verdade, a deixa ainda mais poderosa.

 

>>>>Legends

Como a maioria dos fãs já deve estar cansado de saber, após a venda da Lucasfilm para a Disney, tudo aquilo que fazia parte do Universo Expandido ganhou o selo de Legends – viraram lendas que não se sabe ao certo se aconteceram ou não. O que não significa que deixaram de ser leituras prazerosas ou que possam existir em um universo paralelo. Aí cabe à imaginação de cada um para decidir como vai considerar essas histórias. Escolhas à parte, algumas dicas de leitura bastante interessantes são:

 

Star Wars: Kenobi

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Kenobi

A história se passa logo após os acontecimentos do Episódio III – A Vingança dos Sith. Nela, acompanhamos as aventuras de Obi-Wan Kenobi, agora Ben, logo após sua chegada a Tatooine e a entrega do pequeno Luke aos tios Owen e Beru Lars.

Enquanto tenta se manter o mais invisível possível, Ben acaba se vendo-se dividido entre sua missão Jedi, de manter a criança a salvo, e a missão fundamental dos Jedis, de proteger os mais fracos. Assim, ele acaba se envolvendo nos problemas do Oásis Pika, um vilarejo no meio do deserto, e de Annileen Calwell, uma dona de armazém forte e cativante.

 

Trilogia Thrawn

Herdeiro do Império, Ascensão da Força Sombria e O Último Comando

Timothy Zahn

Editora Aleph

R$ 82,90

Herdeiro do Império

Ascensão da Força Sombria
O Último Comando

 

Considerada pelos fãs de longa data uma das melhores histórias do Universo Expandido, a Trilogia Thrawn acompanha o trio Luke Skywalker, Han Solo e Leia, agora Organa Solo, além dos demais personagens queridos da saga (Chewie, os droids, Lando, Wedge, etc) cinco anos após aos acontecimentos do Episódio VI – O Retorno de Jedi.

Na trama, Luke se vê com toda a responsabilidade de ser o último Jedi existente e com todas os encargos que aquilo significa: treinar sua irmã, restabelecer a Ordem Jedi, não sucumbir ao Lado Negro da Força. Leia, por sua vez, também fica divida entre suas obrigações políticas e seu treinamento Jedi, enquanto espera para exercer um terceiro papel em sua vida: ser mãe de gêmeos. Já Han tenta convencer os contrabandistas a cooperarem com a Nova República, o que se mostra uma missão praticamente impossível.

Ao mesmo tempo, a antiga Aliança Rebelde se depara com um remanescente do Império, o grão-almirante Thrawn: um gênio estrategista que tem como objetivo retomar o controle imperial na galáxia.

 

>>>>Cânone

Se por um lado a Disney oficialmente desconsiderou tudo o que havia sido feito antes da compra da Lucasfilm, ao mesmo tempo ela se propôs a criar um novo Universo Expandido (ou transmídia pelo menos), criando histórias complementares aos filmes de George Lucas e prelúdios para o que está por vir.

 

Star Wars: Um novo amanhecer

John Jackson Miller

Editora Aleph

R$ 21

Um Novo Amanhecer

Situado após a Ordem 66, em a Vingança dos Sith, “Um novo amanhecer” funciona como uma espécie de introdução à série da Disney “Star Wars Rebels”, do primeiro contato do último padawan Kanan Jarrus com a a misteriosa twi’lek Hera Syndulla.

Enquanto Kanan tenta, a todo custo manter-se o mais longe possível Império, Hera parece querer exatamente o oposto. Os dois acabam se esbarrando no meio de uma das estadias temporárias do padawan em um planeta que parecia esquecido pelo  imperador, mas que virou foco de interesse de mineração e um dos locais de investigação da twi’lek.

Entre o desejo de se manter invisível e a natural necessidade de ajudar ensinada aos Jedis, Kanan acaba se envolvendo nos problemas de Hera e do planeta, numa história envolvente e cheia de teorias da conspiração.

 

Star Wars: Marcas da Guerra

Chuck Wendig

Editora Aleph

R$ 31,90

Marcas da Guerra

A trilogia iniciada por “Marcas da Guerra” se propõe a mostrar o cenário pós-guerra que levou aos acontecimentos da nova trilogia cinematográfica iniciada por “O Despertar da Força”. O livro mostra o que acontece depois de “O Retorno de Jedi. Nesse novo panorama galáctico, vamos descobrir que a guerra ainda não chegou ao fim e que os traumas deixados por ela ainda serão sentidos por muitos e muitos ciclos.

Novos personagens e velhos conhecidos da saga agora devem escolher o lado a que deverão jurar lealdade: a Nova República, procurando estabelecer um novo governo democrático na galáxia; ou as fileiras imperiais, na tentativa de voltar ao poder absoluto depois das mortes dos lordes Sith Palpatine e Darth Vader.

>>>>Quadrinhos

No que diz respeito aos quadrinhos, duas séries estão sendo publicadas pela Panini Comics. Ambas retratam o período logo após a destruição da Estrela da Morte no Episódio IV – Uma Nova Esperança e a obsessão de Darth Vader em achar os rebeldes e, sobretudo, Luke Skywalker.

Star Wars - Legends
Star Wars – Legends

A primeira, Star Wars – Legends, foi um série da Dark Horse que estreou em 2013, com roteiros de Brian Wood e arte de Carlos D’Anda. A trama mostra uma princesa Leia ainda abalada com a destruição de Aldeeran, mas ainda assim um forte e respeitável líder de combate; um Han Solo malandro, metido em confusões à favor da Aliança Rebelde; e um Luke ainda imaturo e confuso entre os caminhos da Força e a liberdade recém adquirida após finalmente se ver livre de Tatooine.

Além da história principal, a revista é acompanha por histórias secundárias de Jedis sobreviventes da Ordem 66 que tentam fugir do Império, enquanto lutam pela manutenção da Ordem Jedi, mesmo que secretamente.

Star Wars - Marvel
Star Wars – Marvel

Já a nova história cânone, com o selo Marvel, tem roteiro de Jason Aaron e ilustrações de John Cassaday, e retrata mais intensamente a busca dos rebeldes por uma nova base, porém a série se propõe a esclarecer alguns eventos do passado de alguns personagens. E, diferente dos quadrinhos de 2013, essa nova leitura mostra Luke mais comprometido com a sua formação Jedi.

Star Wars Darth Vader - Marvel
Star Wars Darth Vader – Marvel

Há ainda a revista Star Wars – Darth Vader, escrito por Kieron Gillen e ilustração de Salvador Larroca, com acontecimentos simultâneos à outra história, mas dando foco à busca do lord sombrio e seus esforços para voltar aos bons olhos do imperador após o fiasco de Yavin.

As duas revistas também são complementadas de histórias secundárias. Star Wars traz a série “Kanan, o Último Padawan” (escrito por Greg Weisman, com desenhos de Pepe Larraz), que rememora as origens do Jedi da série da Disney XD, Star Wars Rebels, enquanto Darth Vader vem acompanhado de “Princesa Leia” (roteiro de Mark Waid e arte de Terry Dodson), que mostra a busca de Leia pelos remanescentes de Aldeeran espalhados pela galáxia.

 

*Colaboração de Luiza Carolina Figueiredo

 

**Detalhe: este é o último post do ano. Para todos os nossos leitores, feliz natal e ano novo. E que venha 2016!**

12:42 · 22.12.2015 / atualizado às 13:03 · 22.12.2015 por

tumblr_lwa6izOQSM1qesmejo1_r1_500
Pois é, está chegando uma das melhores épocas do ano. O Natal é momento de celebração em família, ceia e, é claro, troca de presentes. E para nós, leitores, não há presente melhor do que livros, certo?

Pensando nisso, o Sopa de Livros reuniu uma listinha de obras literárias para presentear na noite de Natal.

Confira:

1 – A cabeça do santo, de Socorro Acioli

R$ 37
R$ 37

Pouco antes de morrer, a mãe de Samuel lhe faz um último pedido: que ele vá encontrar a avó e o pai que nunca conheceu. Mesmo contrariado, o rapaz cumpre a promessa e faz a pé o caminho de Juazeiro do Norte até a pequena cidade de Candeia, sofrendo todas as agruras do sol impiedoso do sertão do Ceará. Seu primeiro contato na cidade será com Francisco, um rapaz de quem logo fica amigo e que resolve ajudá-lo a explorar comercialmente o seu dom da escuta, promovendo casamentos e outras artimanhas amorosas. Antes parada no tempo, a cidade aos poucos volta à vida, à medida que vai sendo tomada por fiéis de todos os cantos, atraídos pelo poder inaudito de Samuel. Em meio a esse tumulto, ele irá descobrir a verdade sobre o desaparecimento do pai e se apaixonar por uma voz misteriosa que se destaca entre as tantas outras que ecoam na cabeça do santo.

 

2 – Uma pequena casa de chá em cabul, de Deborah Rodrigues

R$ 29,90
R$ 29,90

Sunny é a orgulhosa proprietária de uma pequena casa de chá no coração do Afeganistão e precisa de um plano genial – e rápido – para manter o local e os clientes seguros. Todos em busca de um momento de paz em uma região onde a tensão paira no ar e uma bomba pode explodir a qualquer momento, mas também se torna o cenário para o encontro de cinco mulheres que, mesmo tão diferentes entre si, compartilham segredos e tornam-se amigas com uma relação extraordinária.

 

3 – Um teto todo seu, de Virgínia Woolf 

R$ 34
R$ 34

Baseado em palestras proferidas por Virginia Woolf nas faculdades de Newham e Girton em 1928, o ensaio “Um teto todo seu” é uma reflexão acerca das condições sociais da mulher e a sua influência na produção literária feminina. Virginia mostra como, na época, a elaboração da competência de uma pessoa dependia de seu sexo, uma vez que a sociedade reservava aos homens e às mulheres papéis, atribuições e concessões bastante distintas.

 

4 – Deixe a Neve Cair, de John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

R$ 29,50
R$ 29,50

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores best-sellers John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três contos de amor, com direto a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.

5 – Turismo para Cegos, de Tércia Montenegro

R$ 34,90
R$ 34,90

A vida de Laila está prestes a se esfacelar. Jovem aluna de artes plásticas, ela tem o futuro interrompido pelo diagnóstico de uma retinose, doença degenerativa e incurável que cedo ou tarde lhe custará a visão. Dona de uma personalidade forte, ela passa a viver como que à margem dos códigos sociais da família rica e dos amigos bem sucedidos, fazendo o que bem entende e da maneira que lhe convém. É justamente assim que começa sua relação com Pierre, jovem funcionário público de vida e ambições modestas. Neste belíssimo romance de estreia, Tércia Montenegro usa a relação incomum de Laila e Pierre para explorar os labirintos de uma relação a dois. A autora usa da escuridão que envolve sua protagonista para revelar uma incomum (e familiar) história de amor.

 

6 – A Vida Privada das Árvores, de Alejandro Zambra

R$ 27
R$ 27

Segundo livro do escritor chileno Alejandro Zambra, “A vida privada das árvores” é a história de uma espera. Julián, um professor de literatura e aspirante a escritor, aguarda a chegada de Verónica, sua mulher. Mas ela não chega e a espera se alonga. Junto com a enteada, a pequena Daniela, Julián distrai as horas contando histórias de árvores para a menina. Enquanto a mulher não chega, Julián recompõe na memória seu passado e, na imaginação, inventa um futuro possível no qual sua companheira já não existe.
Gostou? Bom natal!

quero todos
quero todos

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs