Sopa de Livros

Categoria: Romance


14:08 · 24.03.2016 / atualizado às 14:08 · 24.03.2016 por

Cearense de Várzea Alegre, Jorgeana Jorge tem dois livros publicados: “A espera de um adeus” e a continuação, “Desafiados a amar”. O primeiro foi publicado pela Editora Novo Século e lançado na Bienal do Livro de São Paulo e o segundo teve dez capítulos disponibilizados no wattpad, antes de estar à venda na Amazon. Os dois tratam do drama familiar do casal Cadore, à beira de uma separação e são bastante populares no skoob, inclusive o primeiro já está com edição esgotada. Na entrevista, a escritora fala sobre o processo criativo das obras, já que divide o trabalho de escritora com o ofício de professora no IFCE de Acaraú e o aconselhamento de casais na igreja que frequenta e quais as suas influências literárias. As capas dos livros estão no fim da entrevista, com os preços.

photo
Jorgeana Jorge divide o tempo entre a escrita dos livros, lecionar no IFCE e o aconselhamento de casais na igreja que frequenta

 

1. Como surgiu o interesse pelos livros? Em sua casa, a estante era recheada ou você lia mais na escola ou casa de parentes?

Meu interesse começou com os Gibis da Turma da Mônica. Na minha casa tinha uma coleção dos clássicos da Literatura, meu pai passava o dia lendo e me incentivava a ler. Ele foi um exemplo para mim. No entanto, foram os romances que pegava emprestado numa visinha que me encantaram de vez. Não conseguia mais largá-los. Foi aí que descobri meu gênero preferido.

2. Você é professora de Biologia. Como percebeu que queria ser escritora? Como faz para conciliar a escrita e o lecionar? Tem alguma rotina para a criação?

Foi justamente fazendo um comentário na coluna do Egídio Serpa, acredita? Meu esposo estava respondendo a um comentário e me chamou para ver se não havia nenhum erro. Aproveitei para ler a matéria e me empolguei para comentar também. Foi a fagulha necessária para reacender um desejo de adolescência que era escrever um romance. Promessa que fiz ao meu pai e cumpri anos depois. Sou professora no IFCE e trabalho com Botânica. Realmente não é nada fácil conciliar duas rotinas tão distintas e tão exigentes. Mas como a paixão pela literatura pulsa forte dentro de mim a gente acaba arrumando um tempinho para colocar os sonhos no papel. Gosto de ficar criando enredos em minha cabeça o tempo todo. Fico imaginando cenas, diálogos. O processo de maturação de um enredo pode durar dias ou meses. Vou anotando as ideias e quando ele está mais ou menos consolidado vou avançando na escrita. Antes de escrever, geralmente, tenho o começo, meio e fim da história. Mesmo que depois eu modifique alguma coisa, a ideia central está clara em minha mente. Infelizmente, não consigo colocar uma rotina de escrita mais rígida por conta do meu trabalho.

3. De onde busca inspiração para suas histórias? Às vezes, acontece de você encontrar alguma amiga e perceber que a história real dela renderia um livro?

Do cotidiano, das conversas de corredor, de uma matéria da internet. Tudo pode ser utilizado pelo autor. No caso dos meus dois livros, meu laboratório foi as conversas nos aconselhamentos de casais. Samantha Cadore, a personagem principal dos livros, não é uma mulher em especial, mas a junção das principais características compartilhadas por muitas mulheres casadas. Seus dilemas, suas lutas, neuras e superações. Talvez por isso tantas pessoas se identifiquem na leitura deles. As pessoas que estão ao nosso redor são fontes de inspiração inesgotáveis, de um jeito ou de outro.

4. Como fez para publicar no Wattpad? Já conhecia a plataforma? Quais são as principais vantagens e desvantagens dessa plataforma, a seu ver? Por que retirou seu segundo livro de lá?

Conheci a plataforma na Bienal do livro em Fortaleza. Uma das autoras que estava lançando um livro lá, me falou que havia sido descoberta por essa via. Fiquei curiosa em saber mais a respeito dessa ferramenta tão poderosa que era capaz de atrair o olhar de editores e não perdi tempo em conhecer. A principal vantagem é justamente a oportunidade de mostrar seu trabalho. O Wattpad lhe permite uma visibilidade interessante já que você posta seu livro em categorias específicas de acordo com o seu público leitor. A desvantagem é que muito material é publicado sem o devido filtro e você precisa garimpar bem para achar textos interessantes. Mas vejo essa iniciativa como positiva já que permite que escritores amadores rompam a barreira da timidez e deem os primeiros passos do que pode ser uma linda caminhada literária. Acho válida iniciativas assim.

5. Quantos livros já escreveu? Quais eram as temáticas?

Tenho cinco livros escritos e dois publicados. Escrevi À espera de um adeus na tentativa amorosa de despertar casamentos adormecidos. Desafiados a Amar acabou surgindo depois por sugestão dos próprios leitores que pediram uma continuação. Quando você ler o epílogo do primeiro livro vai entender bem o porquê. Mas esse gancho para uma continuação havia ficado sem pretensão nenhuma de um segundo livro.

6. Fale um pouco sobre seu novo livro. Já tem editora interessada? Como se deu o contato? Quando pretende lançar a versão impressa?

Desafiados a Amar se encontra disponível, por enquanto, apenas em formato de ebook. Embora o prazer de ter o livro em mãos seja um desejo quase majoritário dos leitores, o mercado digital está em franca expansão no País. Quis aproveitar a oportunidade para navegar em novos mares. O sonho de publicar um livro no Brasil não é algo mais tão distante quanto a alguns poucos anos. Atualmente, mesmos escritores iniciantes como eu, tem espaço para dialogar em algumas casas editoriais. À espera de um adeus foi publicado pela Novo Século Editora e sua continuação também virá pela mesma casa. Desafiados a Amar, não vai demorar muito. Estamos em processo de execução do projeto e em breve teremos novidades.

7. Quem são os autores que admira? Qual livro está lendo no momento? Você acha que essa nova geração gosta mais de ler ou não? Na sua opinião, o que pode ser feito para incentivar a leitura?

Gosto do estilo de escrita da Francine Rivers, Harlan Coben, Jojo Moyes. Inclusive estou lendo um livro da Jojo no momento – A última carta de amor. Martha Medeiros, Pedro Bandeira, Luís Fernando Veríssimo são autores brasileiros que gosto também, dentre tantos outros. Claro que não poderia deixar de fora os escritores dessa nova safra que muito tem nos alegrado com suas histórias encantadoras como Adriana Brazil, Lycia Barros (ambas prefaciaram, respectivamente, meu primeiro e segundo livro), Babi A. Sette, Samanta Holtz, Maurício Gomide, Edgar Lima e a lista se alonga. Acredito que os jovens estão lendo mais, sim. As facilidades de hoje são muito maiores e isso tem atraído mais leitores, principalmente o público teen. Sou otimista quando olho para o futuro da literatura no país mesmo em meio a tantas dificuldades. Uma delas é o valor dos livros que acredito que poderiam ser mais acessíveis. Deveriam ser criados projetos com a pretensão de democratizar o acesso ao livro e fomentar a leitura. Tanto para incentivar quem lê, bem como quem escreve.

download (2)
Editora Novo Século R$ 25

 

51WPu16TyXL._SX331_BO1,204,203,200_
E-book R$11,90
15:10 · 26.02.2016 / atualizado às 15:10 · 26.02.2016 por

Já está em pré-venda a edição especial da obra Shirley, da inglesa Charlotte Brontë, também autora dos clássicos Jane Eyre e Villete, comemorativa aos 200 anos do primeiro lançamento, da Editora Pedra Azul.

A sinopse diz:

Shirley é a história da órfã Caroline Helstone e da herdeira Miss Keeldar.
Caroline Helstone é uma tímida e doce órfã que vive com seu tio, o reverendo Mr. Helstone, em Briarfield, Yorkshire, interior da Inglaterra. Sua mãe há muito havia desaparecido e seu pai morrido. Os dias na lúgubre casa sacerdotal passam lentamente, mas Miss Helstone é feliz, pois certa encantadora casa de campo, próxima ao Moinho de Hollow, é seu paraíso terrestre. Num morador dessa cottage ela deposita toda sua expectativa de vida. Apaixonada platonicamente por seu primo, Miss Helstone sonha em se casar com ele, mas uma desilusão acontece e ela vê seu mundo ruir. Por outro lado, a vivaz Shirley Keeldar, herdeira de uma grande quantidade de terra e fortuna, mal entra em cena e se torna a mais atraente das mulheres de toda a região. Proprietária de muita terra, todos os homens elegíveis do município, assim que souberam de sua chegada e de sua fortuna, lhe propuseram casamento, mas a herdeira guarda um segredo. Charlotte Brontë, cujo talento reside em explorar o drama psicológico do amor proibido, da perda e da busca pela identidade, nos presenteia com este comovente romance de duas órfãs e a trajetória da família Gerard Moore que, justamente quando o leitor pensa que já descobriu toda a trama, a autora se torna imprevisível. Em Shirley, Charlotte desafia as convenções, explorando os limites da justiça social, ao mesmo tempo contando não uma, mas duas histórias de amor.

 

Veja a edição aqui. Também está nesse link as primeiras quatro páginas do livro.

 

Essa é a capa da edição anterior:

shirley

 

Shirley

Charlotte Brontë

Editora Pedra Azul

400 páginas

R$ 44,90

10:18 · 18.02.2016 / atualizado às 10:22 · 18.02.2016 por

Ela não está de brincadeira! Carina Rissi, autora mais conhecida pelos chick-lits Perdida e No Mundo da Luna, divulgou, através do Facebook, a capa e sinopse de seu novo livro, Mentira Perfeita.

A obra é um spin-off de Procura-se um marido e conta a história de Júlia, uma brilhante profissional sem tempo para romances que, para agradar uma tia gravemente doente, inventa estar noiva de Marcus Cassini, que tem na bagagem uma péssima reputação.

Confira capa e sinopse da obra:

942865_934286533293281_5684507899452154282_n

 

Sinopse:

Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa — qualquer coisa mesmo! — por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera — e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…

 

Como em quase todos os livros da autora, quem estampa a capa é uma moça em um vestido de noiva (#saudadescriatividade), mas para os fãs, isso é o que menos importa, não é mesmo?

A obra autografada se encontra em pré-venda no site da Saraiva (acesse aqui).

Corra para garantir o seu!

 

 

*Por Rosiane Melo

15:02 · 10.02.2016 / atualizado às 15:03 · 10.02.2016 por

 

Assim como a nossa colaboradora Rosiane Melo o fez, eu também vim expor as minhas metas de leitura para esse ano que está em curso. Infelizmente, já se passou um mês e cá estou, ainda “presa” em uma leitura iniciada em 2015, de um livro que nem é extenso. (vergonha!)

Não vou ter grandes ambições em 2016. A meta é ler pelo menos 30 livros, o que nem é um número tão grande.  Mas vamos aos desejos de leitura para esse ano, até mesmo para que eu me organize e venha a cumprir esses objetivos. O bom é que quase todos já estão lá à minha espera, na estante.

 

1. Casa Grande e Senzala – Gilberto Freyre

casa

2. Chatô – Fernando Morais

3. Trilogia Getúlio – Lira Neto

4. A noite do meu bem – Ruy Castro

5. Os Maias – Eça de Queirós

maias

6. Mulheres de Cinzas – Mia Couto

7. 1889 – Laurentino Gomes

8. Diário de Anne Frank

9. A carne e o sangue – Mary del Priore

carne

10. A alma encantada das ruas – João do Rio

11. O visconde partido ao meio – Italo Calvino

12. Malala – a menina que queria ir a escolaAdriana Carranca

13. O jardim secreto – Frances Hodgson Burnett

jardim

14. As sete irmãs – Lucinda Hiley

15. Na berma de alguma estrada – Mia Couto

16. Aprender a viver –  Luc Ferry

17. Doze contos peregrinos – Gabriel García Marquez

doze

18. Zelota – Reza Aslan

19,. Dizem que os cães veem coisas – Moreira Campos

20. As mulheres do nazismo – Wendy Lower

21. O diamante –  J. Courtney Sullivan

diamante1jpg

 

22. As cartas lacradas – Dora Oppenheim

23. O símbolo perdido – Dan Brown

24. O tempo e o vento – Erico Veríssimo

25.  A amiga genial – Elena Ferrante

amiga

26. Quarenta Dias – Maria Valéria Resende

27. Os homens sem mulheres – Haruki Murakami

28. Irmãs Romanov – Hellen Rappaport

29. Ao farol – Virgínia Woolf

 

farol

30. Objetos cortantesGillian Flynn

 

 

12:56 · 27.11.2015 / atualizado às 12:59 · 27.11.2015 por

Quando me falaram de Extraordinário,  primeiro livro da americana R.J. Palacio, que conta a história de August (ou Auggie), um menino que nasceu com uma síndrome genética que deformou o seu rosto, criei muitas expectativas para a obra. Esperava por uma leitura rápida, recheada de relatos sobre bullying, preconceito, frases de impacto e etc.

extraordinario1

Que a verdade seja destrinchada. Extraordinário é um livro de narrativa lenta, arrastada, que não tenta – nem deveria – demonizar e muito menos endeusar Auggie pela sua condição. O livro apenas apresenta o leitor ao mundo deste menino incomum e das pessoas com quem convive.

A narrativa múltipla foi uma surpresa – muito boa, aliás. Somos apresentados, no início, a um garoto em processo de independência, quando decide estudar fora de casa, e sente a necessidade do carinho, afeto fora do leito familiar e experiências longe do superprotecionismo que recebe dos pais. Não é mais um bebê, nem quer ser tratado como um.

Mas logo penetramos no mundo dos outros personagens, Julian, Charlotte, Summer, Olivia… e separamos o branco do preto ao descobrirmos um universo multicolorido em que Auggie não é o centro da história, ele é apenas o fio que liga a todos.

Um dos personagem que menos aparece e que mais me cativou foi o Sr. Browne. Ele é citado aqui e ali na narrativa, quase sempre em uma descrição modesta e relegada a segundo plano. Mas é dele uma das frases mais marcantes da história: “Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil“.

Extraordinario

Acima de tudo, a obra me lembrou As Vantagens de ser Invisível. Talvez pelas sutilezas, uma escrita que brinca com palavras e sentimentos, o drama de uma escola nova. Extraordinário não é daqueles livros que trazem uma lição no final. É sim uma história construída para escancarar uma realidade que poucos têm a coragem de conhecer.

Uma daquelas narrativas que faz a gente abrir um sorriso diante das coisas mais simples e bobas.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

09:39 · 23.11.2015 / atualizado às 09:42 · 23.11.2015 por

Pois é, no último dia 19 foram divulgados os vencedores do Prêmio Jabuti de Literatura deste ano, a mais tradicional premiação literária do País. Como são muitas categorias – 27 para ser exato, que incluem obras de medicina a ficção -, o Sopa fez uma seleção das principais e mais disputadas categorias.

Apenas um cearense figura na lista, o Klevisson Viana, que ficou em terceiro lugar nas adaptações, com a obra “O Guarani em Cordel”.

betinho

 

 

Confira abaixo a lista dos principais vencedores de 2015:

> Adaptação

 Título: Kaputt – Autor: Guazzelli – Editora: WMF Martins Fontes

Kaputt

Sinopse: Misto de reportagem e ficção, ‘Kaputt’ foi escrito secretamente quando Curzio Malaparte cobria a Segunda Guerra Mundial como enviado do jornal Corriere della Sera e se tornou um best-seller ao ser publicado. Relatando jantares e conversas do lado do inimigo, Malaparte apresenta um retrato devastador da humanidade.

Kaputt-04

 

 

> Biografia

Título: Luís Carlos Prestes – Um Revolucionário Entre Dois Mundos – Autor: Daniel Aarão Reis –Editora: Companhia das Letras

luiscarlos

Sinopse: Daniel Aarão Reis — professor titular da Universidade Federal Fluminense (UFF) e respeitado historiador das esquerdas brasileiras — escreve um relato biográfico equilibrado e completo, à altura de suas grandezas e contradições de Luís Carlos Prestes em uma ambiciosa investigação sobre o homem por trás do mito do “Cavaleiro da Esperança”. Aarão Reis acompanha os passos do líder comunista com ênfase em sua incansável atuação política, marcada pela ferrenha coerência ideológica e numerosos sacrifícios pessoais.

 

> Contos e crônicas

Título: Sem Vista para o Mar – Autor: Carol Rodrigues – Editora: Edith

semvista

Em um apanhado de 21 contos, “Sem vista para o mar” reúne os escritos (texto simples, que não respeita pontos e vírgulas e lembra poesia) da autora durante o curso de escrita que fez com Marcelino Freire no Centro Cultural B_arco, em São Paulo.

 

> Didáticos e Paradidáticos

Título: Arte é Infância – Autor: Vivian Caroline Lopes – Editora: Ciranda Cultural

maria

 

 

Sinopse: Arte é infância traz cinco narrativas sobre artistas consagrados da arte moderna mundial: Joan Miró, Paul Klee, Wassily Kandinsky, Anita Malfatti e Lasar Segall. Para auxiliar professores a transformar o conteúdo lúdico dos livros em conhecimento de história da arte e práticas de sala de aula, apresenta também o Apoio Didático, com sugestão de sequências didáticas que contemplam atividades diversas, como produção de textos, produção de imagens, pesquisas pessoais de linguagem, além de proporcionar diálogos com cinema, teatro e dança. A coleção foi concebida a partir da vivência e da experiência em sala de aula com alunos de diversas faixas etárias, principalmente em escolas públicas e Organizações Não Governamentais.

 

> Ilustração

Título: Claudius – Ilustrador(a): Claudius Ceccon – Editora: Editora SESI – SP

claudius

 

Sinopse: O título faz parte da Coleção Memória e Sociedade, publicada pela editora SESI-SP, que promove uma retrospectiva da história do País e o resgate do acervo cultural de nossa sociedade.

ceccon

 

> Infantil

Título: A História Verdadeira do Sapo Luiz – Autor: Luiz Ruffato – Editora: Editora DSOP

sapo

 

Sinopse: Uma linda princesa,em idade de se casar, não consegue encontrar um pretendente que conquiste o seu coração.Sua aia, cansada de ver a jovem triste e solitaria, tem então uma grande intuição:o príncipe não aparece porque está encantado, transformado em um sapo. Basta achar o pequeno animal e dar-lhe um beijo, que logo um rapaz belo e elegante surgirá á sua frente. Mas quantos sapos a princesa precisará beijar até encontrar aquele capaz de sua vida mudar?

Mais detalhes sobre a obra, você pode conferir aqui.

 

> Juvenil

Título: A Linha Negra – Autor: Mario Teixeira – Editora: Editora Scipione

linhanegra

 

Sinopse: O jovem Casimiro começava a se descobrir homem quando foi enviado pelo pai para participar de um conflito que se estenderia por cinco anos: a Guerra do Paraguai. Em janeiro de 1865, o rapaz se tornava soldado e partia rumo ao desconhecido. Em meio às desilusões da campanha, o improvável acontece: Casimiro se apaixona pela bela Francisca, a favorita do ditador paraguaio. Porém, o rapaz é logo separado da amada e enviado para a Linha Negra, uma perigosa trincheira nas avançadas. É então que sua jornada fica ainda mais perigosa e imprevisível.

 

> Poesia

Título: Corpo de Festim – Autor: Alexandre Guarnieri – Editora: Confraria do Vento

corpo

 

Sinopse: “Alexandre Guarnieri inaugura um novo gênero literário: seu poema voyeur biológico devassa os mais íntimos processos de gênese e institui a ordem da polivalência lírica nestas plagas abaixo do Equador. Com seus versos elegantemente bandalhos, ele conta a história da humanidade”, por Furio Lonza

 

> Romance

Título: Quarenta Dias – Autor: Maria Valéria Rezende – Editora: Editora Objetiva

quarentadias

 

Sinopse: Alice é uma professora aposentada, que mantinha uma vida pacata em João Pessoa até ser obrigada pela filha a deixar tudo para trás e se mudar para Porto Alegre. Mas uma reviravolta familiar a deixa abandonada à própria sorte, numa cidade que lhe é estranha, e impossibilitada de voltar ao antigo lar. Ao saber que Cícero Araújo, filho de uma conhecida da Paraíba, desapareceu em algum lugar dali, ela se lança numa busca frenética, que a levará às raias da insanidade.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:20 · 16.11.2015 / atualizado às 11:20 · 16.11.2015 por

A adaptação da trilogia distópica Divergente, da americana Veronica Roth,  chega ao seu terceiro filme, “A Série Divergente: Convergente”,  que estreia em 17 de março de 2016. Enquanto a data não chega, foi divulgado o primeiro trailer da produção.

Confira:

YouTube Preview Image

 

Os atores Shailene WoodleyTheo James interpretam os protagonistas da trama, que gira em torno do desafio de entender o mundo que há por trás da Muro e como lidar com novos desafios e difíceis escolhas.

a

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:17 · 06.11.2015 / atualizado às 11:17 · 06.11.2015 por

The Crown, quinto e último livro da série A Seleção, de Kiera Cass, ganhou capa internacional.

Confira:

the

A obra será lançada em 3 de maio de 2016 e encerra a série distópica que narra a história de América, uma plebeia que entra em uma competição para ser a próxima rainha de sua nação; a partir do quarto livro, “The Heir”, a narrativa gira em torno de sua filha, Eadlyn, que precisa enfrentar uma nova seleção para manter o reinado vivo.

Além da capa, foi divulgada também a sinopse:

Em “A Herdeira”, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria Seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria entre os trinta e cinco pretendentes do concurso um companheiro de verdade, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… E agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil — e importante — do que esperava.

 

POLÊMICA

Após a divulgação da capa oficial, muitos internautas reclamaram nas redes sociais. Segundo alguns, a capa é a menos bonita de toda a série. Na fanpage de um portal de notícias literárias, uma internauta chegou a postar uma capa alternativa feita pelos fãs que, segundo ela, “é muito mais linda”.

imagem
Reprodução/Facebook

 

OUTROS PROJETOS

The Siren, primeiro livro de Kiera Cass, será publicado no Brasil em uma nova versão, já em janeiro.

Kiera também está escrevendo uma duologia, porém não divulgou muitas sobre o novo projeto, apenas que será um romance jovem adulto, envolvendo crianças treinadas em academias para serem amigos perfeitos podem ser compradas, além de um romance proibido.

Já os direitos autorais para a adaptação de A Seleção para os cinemas já foi adquirida pela Warner Bros.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

12:06 · 04.11.2015 / atualizado às 12:06 · 04.11.2015 por

O romance Turismo para Cegos, da cearense Tércia Montenegro, publicado pela Companhia das Letras, foi premiado pela Biblioteca Nacional. A lista foi divulgada ontem no site da instituição. Publicações de editoras pequenas e independentes dominaram a lista dos premiados deste ano. A outra exceção, além do romance de Tércia, foi a Editora Scipione, com A Linha Negra, de Mário Teixeira, na categoria Literatura Infantil. Em setembro, resenhamos a obra de Tércia, aqui no Sopa de Livros. Antes, Turismo para Cegos, já havia sido selecionado pelo programa Petrobras Cultural.

O romance Turismo para Cegos, de Tércia Montenegro, foi agraciado com o prêmio deste ano da Biblioteca Nacional
O romance Turismo para Cegos, de Tércia Montenegro, foi agraciado com o prêmio deste ano da Biblioteca Nacional

O prêmio literário abrange nove categorias: Poesia, Romance, Conto, Ensaio Social, Ensaio Literário, Tradução, Projeto Gráfico, Literatura Juvenil e Literatura Infantil. Para cada categoria foi instituída uma comissão julgadora composta por três especialistas de notório saber que avaliaram o melhor da produção literária brasileira no período de maio de 2014 a abril de 2015. Veja aqui a lista completa dos vencedores.

11:44 · 26.10.2015 / atualizado às 11:50 · 26.10.2015 por

Kiera Cass

Com lançamento mundial previsto para maio de 2016, o quinto e último livro da série distópica juvenil “A Seleção”, de Kiera Cass, já ganhou título. Trata-se de “The Crown” (A Coroa, em português) e, assim como “The Heir” (A Herdeira), será narrado pela princesa Eadlyn, filha de Maxon e America.

A Harper Collins, editora americana que publica os livros lá fora, anunciou que a capa será revelada em breve e já disponibilizou uma página de pré-venda para a obra.

Confira abaixo o pôster divulgado nas redes sociais:

IMAGEM-quinto-volume-de-A-Seleção

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs