Sopa de Livros

Categoria: Sem categoria


09:10 · 10.11.2015 / atualizado às 09:10 · 10.11.2015 por

Depois do sucesso estrondoso da saga juvenil Harry Potter, J. K. Rowling revelou que está escrevendo outro livro do gênero infantil. As informações são do Entertainment Weekly.

J.K. Rowling

Atualmente em turnê para divulgação do mais recente livro da série policial que acompanha as investigações do detetive Cormoran Strike, “Career of Evil”, Rowling disse que pretende lançar a obra em breve. “Estou escrevendo uma parte de um livro infantil que eu realmente amo”, declarou.

Apesar disso, Rowling não revelou mais detalhes sobre sinopse e personagens (ou se eles estão relacionados ao universo do bruxinho), muito menos uma data prevista para o lançamento.

Sobre projetos futuros, a autora se diz preocupada com a grande quantidade de ideias que possui: “Tenho ideias para outros livros adultos. Às vezes eu me preocupo em morrer antes que eu tenha escrito todas elas. Essa é a minha crise da meia-idade”.

Para conferir a entrevista  na íntegra (em inglês) que a autora concedeu a Simon Mayo, da BBC, clique aqui.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:53 · 23.10.2015 / atualizado às 11:06 · 23.10.2015 por

Daenerys

Através do Twitter, o autor George R. R. Martin divulgou a primeira imagem do tão aguardado livro para colorir de Game of Thrones, primeiro volume da série As Crônicas de Gelo e Fogo.

Noticiamos aqui no Sopa que a famosa saga best-seller que inspirou a  premiada série de TV iria ser adaptada para o universo dos livros de colorir. Até então, a previsão de lançamento da obra, que conta com 45 ilustrações inéditas, era 27 de outubro. Nenhuma outra data foi divulgada até o momento.

Enquanto o dia não chega, confira a imagem divulgada:

CR76pJrWcAQe1yN

 

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

19:12 · 17.10.2015 / atualizado às 16:39 · 17.10.2015 por

Skin Trade, conto de fantasia escrito por George R.R. Martin na década de 1980 para uma antologia de horror chamada Night Vision, que conta ainda com textos de Stephen King, será adaptado para a TV pelo Cinemax (um dos canais da HBO).

skin-trade-1
Capa de Skin Trade, lançado em 1989

Segundo o autor, o canal já encomendou o roteiro e um episódio piloto pode ser gravado. “Sendo Hollywood, é claro, você nunca sabe como as coisas vão terminar… mas se eles gostarem o roteiro, vão gravar o piloto. E se gostarem (do piloto) então, quem sabe, talvez tenhamos uma série no ar”, declarou Martin em seu blog oficial.

A premiada obra acompanha Willie Flambeaux, um agente que se transforma em lobisomem, e Randi Wade, sua amiga e investigadora particular. Ambos procuram desvendar mistérios obscuros em uma série de assassinatos macabros em sua cidade.

Com roteiro e produção de Kalinda Vazquez (Once Upon a Time e Prison Break), o episódio piloto não tem previsão de conclusão.Martin deve manter um afastamento do projeto. “Eu adoraria escrever o script e cuidar da série pessoalmente, mas isso nunca esteve em meus planos. É que eu tenho um livro pra escrever. Vocês sabem qual”, comentou.

George R. R. Martin atualmente se dedica a finalizar “Os Ventos do Inverno”, sexto volume da saga “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que o autor prometeu finalizar antes da estreia da nova temporada da série “Game of Thrones”, em abril do próximo ano.

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

08:43 · 07.10.2015 / atualizado às 08:59 · 07.10.2015 por

No ano em que comemora 10 anos, o projeto Baú da Leitura, uma iniciativa da Coelce, em parceria com a ONG Casa do Conto, prepara um grande evento com uma série de atividades e ações sociais em sua programação, que se inicia a partir de hoje até próximo dia 9.

_D2V9140

Durante sua existência, a campanha de incentivo a leitura já distribuiu cerca de 123 mil livros a escolas públicas, ONG’s, associações e bibliotecas públicas e comunitárias de 86 municípios cearenses. Neste ano, 46 instituições serão beneficiadas.

O evento, que acontece na sede da companhia, é destinado ao público infantil e adolescente e reúne oficinas e palestras de discussão sobre o papel da leitura na sociedade, estimulo ao mundo das letras, a importância da música na sensibilização durante as contações de histórias. Na ocasião, ainda acontece o sorteio de 15 baús (cada um com 400 livros) de leituras para escolas públicas cearenses.

309 baús já foram doados desde o surgimento da campanha. Além da doação, durante a entrega acontecem contação de histórias e oficinas de capacitação para agentes de leitura nas comunidades beneficiadas na capital e no interior cearense.

_D2V9259

 

Para Almir Rocha, contador de histórias e diretor da Casa do Conto, “a proximidade com a comunidade é o gancho do Baú”.  Ele ainda reforça que a entrega dos baús, com livros de qualidade no acervo, abastece bibliotecas de diversas cidades com um catálogo variado, o que desperta o interesse da população local pela leitura.

Segundo Débora Pinho, responsável Integração com o Entorno Social da Enel Brasil, “a companhia acredita que a leitura pode despertar neste público o interesse por uma nova realidade, apostando no desenvolvimento e inclusão social”.

A grande maioria das histórias são fictícias, adquiridas do catálogo de quase 50 editoras, embora narrativas educativas sobre meio ambiente e consumo consciente também estejam presentes, como explica Almir Rocha, contador de histórias e diretor da Casa do Conto: “Em sua maioria, o acervo é literatura, livros de coleções como a Vaga-lume, Para gostar de ler, contos de Julio Verne, Machado de Assis, mas há outros gêneros também”.

Raimundo Moreira é ator, diretor e contador de histórias. Por mais de 17 anos, atuou também como professor de História e confessa que “a forma que eu tinha de passar o conteúdo para as crianças era contando histórias”. Na edição deste ano do Baú da Leitura, ele estará à frente da oficina “A arte de contar histórias: a contação de histórias como premissa básica para formação de novos leitores a partir do acervo que compõe o Baú de Leitura”, que acontece hoje, das 10 às 12h.

Para ele, “a grande recompensa humana [do projeto] é encontrar o outro, primeiro através das crianças, que estão trilhando um novo caminho, e a gente dá um suporte”.

Já Teddy Williams, produtor e ministrante da oficina sobre musicalização infantil, afirma que o mais importante é “saber que você está contribuindo para a transformação social”, além de conhecer autores e colecionar experiências.

Confira a programação completa do evento:

> Quarta (07)

08h – Café da manhã e credenciamento para oficinas

08h30 – Abertura – Pequeno histórico sobre o Baú da Leitura e suas ações nas comunidades com Débora Pinho (Enel Brasil)

09h – Palestra – “O retrato da leitura no Brasil e no Ceará”, com o secretário adjunto da Secult, Fabiano dos Santos, e a coordenadora da COPLA/Secult, Mileide Flores

10h às 12h – Oficina – A arte de contar histórias: a contação de histórias como premissa básica para formação de novos leitores a partir do acervo que compõe o Baú de Leitura, com Raimundo Moreira

10h às 12h – Musicalização infantil: a música como instrumento para sensibilização nas contações de histórias e rodas de leitura, primando aproximar os pequenos leitores das bibliotecas, com Teddy Williams

13h30 – Apresentação artística

14h às 17h – Oficina – Dinamização do acervo: como desenvolver um projeto de leitura que tenha como premissa básica contribuir para a formação de novos leitores a partir do acervo do projeto Baú de Leitura, com Mara Monteiro

14h às 17h – Oficina – Criando repertório de histórias contadas e lidas para o público de diferentes etapas, com Luisete Carvalho

 

> Quinta (08)

08h30 – Apresentação cultural no pátio da Coelce

09h às 12h – Acervo e afetividade: vivências de leitura – noções básicas de organização de acervos nas bibliotecas comunitárias, com Ana Maria de Sá

13h às 16h30 – Oficina – Musicalização infantil: a música como instrumento para sensibilização nas contações de histórias e rodas de leitura, primando aproximar os pequenos leitores das bibliotecas, com Teddy Williams

14h às 17h – Oficina – Contação de histórias: Quem conta as histórias que nos fazem voar?, com Tâmara Bezerra

 

> Sexta (09)

08h30 – Informes sobre o Sistema Estadual de Bibliotecas, com Aparecida Lavor e Valdenir Braga

10h – Entrega de 15 Baús de Leitura, com presença do presidente da Coelce

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

 

10:17 · 05.10.2015 / atualizado às 10:18 · 05.10.2015 por

J.K. Rowling

Após a adaptação seriada de “Morte Súbita”, J. K. Rowling agora comemora a produção de uma série da BBC para os livros “O Chamado do Cuco” e “O Bicho-da-Seda”, que acompanham as investigações do detetive particular Cormoran Strike. Desde o ano passado confirmada, “The Cormoran Strike Mysteries”, no entanto, só começa a ser gravada no final deste ano, segundo a emissora.

Com direção de Julian Farino, a produção terá dois roteiristas: Sarah Phelps, responsável pelos episódios referentes a “O Chamado do Cuco”, e Ben Richards, que escreverá aqueles sobre “O Bicho-da-Seda”.

A BBC não anunciou detalhes como data de estreia,  número de episódios e temporadas. Mas Rowling já adiantou, ao The Guardian, que os livros sobre o detetive podem ir além dos sete de “Harry Potter”.

O terceiro livro da saga, “Career of Evil” será lançado mundialmente próximo dia 20.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:06 · 02.10.2015 / atualizado às 10:14 · 02.10.2015 por

12080717_1022170477803148_326962671_n

O poeta cearense e co-fundador da Editora Substânsia, Talles Azigon, concedeu uma entrevista exclusiva para o Sopa de Livros e falou um pouco sobre poesia, inspirações, e seu mais recente lançamento, o livro de micropoemas inspirados na poesia marginal dos anos 1970, “MARoriGINAL”.

Além de poeta, Talles também é produtor cultural e contador de histórias. Fundou a Substânsia ao ao lado dos amigos Nathan Matos e Madjer Pontes, com a intenção inicial de autopublicação. A iniciativa, no entanto, deu tão certo, que a editora passou a publicar autores cearenses e de outros estados do Brasil.

“MARoriGINAL” é o seu segundo livro publicado pela Editora Substânsia (o primeiro foi “Três Golpes D’Água”).

 

 

Confira a entrevista:

 

Trechos de MARoriGINAL:
Nu escuro

“Depois de fechados os olhos
Os corpos somem
O que enxergará é o prazer

Toda beleza é miragem.”

 

Propaganda Enganosa

“Hoje encontrei teu nome
na latinha de refrigerante.

Minha suspeita era real:
teu nome faz mal.”

 

SERVIÇO

mar

 

 

MARoriGINAL, de Talles Azigon

R$ 15,00

52 páginas

 

 

 

 

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

12:10 · 28.09.2015 / atualizado às 12:48 · 28.09.2015 por
Affonso Solano recebe fãs em evento na Livraria Cultura, no domingo
Affonso Solano recebe fãs em evento na Livraria Cultura, domingo

Olha que legal! O Sopa de Livros entrevistou, por telefone, o podcaster e escritor de fantasia Affonso Solano, que esteve ontem (27) na Livraria Cultura de Fortaleza para bater um papo com seus leitores e aproveitou para lançar na capital cearense sua nova obra, “O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur”.

O livro é o segundo volume da saga “O Espadachim de Carvão”, que narra as aventuras do herói Adapak, um jovem semideus de pele negra e olhos brancos, que vive em um universo fantasioso chamado Kurgala. “O primeiro livro foca no Adapak, como uma ferramenta de apresentação daquele mundo. No segundo livro, a gente expande o mundo de duas pessoas, há uma nova personagem e a história é contada em diversos pontos de vista, todos convergindo em um objetivo final”, adianta o autor.

———————————————————————

Sinopse:

Capa de "O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur" (R$ 27,90)
Capa de “O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur” (R$ 27,90)

 

“Ninguém viaja mais rápido que Puzur.” Lutando para se adaptar ao mundo dos mortais, Adapak se refugia no navio de Sirara, farto de lidar com os segredos do passado. Mas quando um antigo diário cai em suas mãos, o Espadachim de Carvão acaba por mergulhar nos registros de alguém responsável por influenciar não somente sua vida, mas a história de Kurgala – uma menina forçada a acompanhar a jornada de um ladrão desesperado, disposto a violar as regras mais antigas que os Quatro Que São Um deixaram para trás. Quem foi Puzur? O que procurava? Enquanto viaja pelas páginas do tempo, Adapak desconhece que sua curiosidade está prestes a colocá-lo sob a ameaça de algo que ele mesmo possa ter desencadeado.

 

 

——————————————————————–

Se você não conhece o escritor brasileiro, podemos apenas dizer que Solano faz um pouco de tudo e é bastante “idolatrado” no universo nerd. Além de ilustrador, storyboarder e colunista do site Omelete, ele é mais conhecido por ser co-criador do projeto Matando Robôs Gigantes (hoje incorporado ao grupo Jovem Nerd), em que discute, através de podcasts e videocasts semanais, tudo sobre o mundo do cinema, games e quadrinhos, ao lado de Diogo Braga e Beto Estrada.

“Com certeza eu sou nerd”, ele responde quando interrogado sobre as influências do universo geek em sua vida.  Para ele, “o nerd é uma pessoa que precisa descobrir e saber mais sobre tudo que consome”.

O gosto por essa cultura começou na infância, período em que ele se define como “tímido”. Ser um observador não-participante, segundo ele, foi um aspecto fundamental para que se descobrisse escritor. “Pela instrospecção, você é muito mais observador do que a maioria das pessoas. Você entende como elas se comportam.”

Foi a família que o fez criar gosto pela fantasia, após tentativas frustradas em simpatizar com os clássicos. “Não me identificava”, confessa. O pai, um fanático por histórias em quadrinhos, e mãe, assídua leitora, o introduziu a Julio Verne e tantos outros autores do gênero. Na adolescência, já explorava sua veia artística ao desenhar quadrinhos.

Affonso Solano
Affonso Solano

Ler fantasia era simples, mas escrever no gênero foi um processo difícil. “Quando eu me inseri no cenário da fantasia nacional, ele ainda sofria muito preconceito, mas assim que me lancei nesse universo, encontrei um ambiente muito mais receptivo”, admite.

Esse clima de “receptividade” tem uma explicação. Quando lançou seu primeiro livro de fantasia, “O Espadachim de Carvão”, em 2013, Solano já era bastante conhecido no meio em que atua. O número significativo de fãs e admiradores de seu trabalho, ele aponta, facilitou o sucesso da obra.

No entanto, o autor que precisou terceirizar muitas de suas atividades para se dedicar diariamente em uma rotina rígida de escrita – escreve das 8h às 12h todos os dias, religiosamente -,  afirma que teve todo o cuidado para não cair no estereótipo “biografia de blogueiro/vlogueiro”, que é uma verdadeira febre atualmente no mercado editorial.

A complexidade e imersão de suas histórias é um ponto bastante elogiado pelos leitores e críticos. Solano se dedica ao mundo de “O Espadachim de Carvão”, que surgiu como um bem-sucedido projeto de HQ para o Omelete, há 10 anos e faz questão de enfatizar que o sucesso que hoje possui foi construído com dedicação.

“Você tem que sangrar para outras mídias, fazer as viagens, ir a feiras, encontros, ser uma pessoa pública. Se o seu material não vencer por conta própria, ele não continua”, afirma.

Como prova de sua disposição integral para proporcionar aos fãs a maior diversidade da experiência, Solano esteve na Bienal do Livro do Rio para lançar “O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur”, onde permaneceu por quatro dias de autógrafos, das 15h às 22h. Além da sessão de autógrafos, a editora Leya levou um cosplay de Adapak para interagir com os fãs. O próprio Solano diz que, nos encontros, gosta de fazer apresentações de slides sobre todo o seu processo criativo, apresentando desde o surgimento da ideia para um livro, até a construção das ilustrações, da capa e a impressão.

Uma estátua colecionável do herói semideus, esculpida por Eddie Vieira,  também responsável pelos colecionáveis das Graphics MSP, que já criam colecionáveis para a Turma da Mônica, também está em pré-venda para o delírio dos fãs.

Estátua de Adapak, primeiro colecionável da saga "O Espadachim de Carvão"
Estátua de Adapak, primeiro colecionável da saga “O Espadachim de Carvão”

Em dezembro, o autor participa da Comic Con Experience, um dos maiores eventos geek da América Latina, que acontece em São Paulo. Ele adiantou para o Sopa que estará lançando no evento uma história em quadrinhos com um conteúdo extra (e inédito) sobre as aventuras de Adapak.

PROJETOS 

Sobre o futuro literário de O Espadachim de Carvão, Solano é aberto: “Não é uma trilogia, é uma série de livros. Não quero limitar a história apenas aos livros. Estou focando em consolidar o nome da série.”

E com esse intuito, o autor revelou que será produzida uma animação de 10 episódios sobre a história. Atualmente, Solano estuda vender o produto final para canais nacionais e internacionais, sem descartar serviços de streaming como o Netflix e a própria internet.

E os projetos vão para além da saga. “Gostaria de lançar outros livros. Estou produzindo uma antologia de contos de horror com os meus irmãos, e pretendo lançar uma série de ficção científica”.

EVENTO NA CULTURA

Affonso Solano pousa ao lado de fãs em evento na Livraria Cultural
Affonso Solano pousa ao lado dos leitores Maggie Paiva e Lucas Bernardo em evento na Livraria Cultura

Como dissemos anteriormente, Affonso Solano esteve na Livraria Cultura, na tarde de ontem, e recebeu dezenas de fãs.

Um dos fanáticos pelo escritor, o estudante Lucas Bernardo Reis admite que o escritor brasileiro possui um diferencial em sua escrita: “Eu conheci o Affonso pelo podcast do MRG e só depois que vi os escritos dele no Omelete. O que eu acho legal é que ele cria uma fantasia muito diferente, mas também porque o personagem Adapak é muito cativante. Os livros são pequenos e é uma leitura mais rápida”.

Fortaleza foi a última cidade da turnê de lançamento de “O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur”, que já passou por cidades como São Paulo, Brasília e Porto Alegre.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

12:45 · 12.08.2015 / atualizado às 12:58 · 12.08.2015 por

Com vídeos que chegam a ter mais de 100 mil visualizações, Pam Gonçalves é sucesso no youtube com o canal literário Garota It. Conhecida entre o público leitor que acompanha semanalmente sua atividade na rede, a vlogueira brasileira anunciou recentemente que irá lançar seu primeiro livro, pela Galera Record.

pam

Detalhes como título, sinopse e previsão de lançamentos ainda não foram divulgados, mas a Pam adiantou que a história será cheias de mistérios e se passará em uma faculdade.

YouTube Preview Image

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

11:04 · 06.08.2015 / atualizado às 11:05 · 06.08.2015 por

Nos últimos dias, a autora Carina Rissi divulgou a capa e a sinopse do quarto livro da série best-seller Perdida, Destinado – as memórias secretas do senhor Clarke, para o delírios dos fãs das aventuras de Sofia e do Sr. Clarke. Nós, do Sopa de Livros, já tínhamos noticiado aqui o título da obra, que a autora revelou há algumas semanas.

Confira abaixo a capa e a sinopse oficial:

Capa de "Destinado"
Capa de “Destinado”

 

SINOPSE

Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto… Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

 

ENTREVISTA

O Sopa de Livros entrevistou a Carina quando a autora esteve em Fortaleza para divulgar o seu mais recente lançamento, No Mundo da Luna.

Relembre aqui:

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

13:04 · 04.08.2015 / atualizado às 13:04 · 04.08.2015 por

Tem lançamento previsto para a Bienal do Livro do Rio, de 3 a 13 de setembro, a biografia romanceada de uma das maiores artistas e símbolos femininos de todos os tempos, Frida Kahlo.

Escrito pelo autor mexicano Rauda Jamis, o livro ganha edição especial, cuja capa foi feita a partir de um estandarte (foto abaixo), da famosa artesã mineira Rosi Figues, que recentemente produziu peças de decoração para a novela “Além do Tempo”, na Globo.

 

frida

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs