Sopa de Livros

Categoria: Young Adult


12:09 · 04.01.2016 / atualizado às 12:11 · 04.01.2016 por

Nesses primeiros dias de 2016, é hora de avaliar as leituras do ano que passou. Na retrospectiva, apresento os melhores livros que li em 2015, apesar dos enjoos que minaram o meu tempo mais precioso de leitura, que era no ônibus. Infelizmente, como muitos, eu não consegui bater a meta de aumentar a quantidade de obras, mas pelo menos mantive o número de 26 livros. E para vocês, que livros interessantes 2015 trouxe? Conseguiram ler mais? Aguardo respostas nos comentários. Feliz 2016 para todos!

Os escritores que eu matei – Marco Severo

Os escritores que eu matei é uma compilação de crônicas sobre o universo da literatura e suas descobertas e que mais parece um diálogo entre quem escreve e quem lê. De leitura rápida, traz várias questões pertinentes a quem gosta de ler. No site da editora, o resumo diz isso: “As crônicas – parte delas publicadas anteriormente em blogs na internet e retrabalhadas para este volume, aliadas a outras inéditas – são o resultado de quase quatro anos contribuindo com o pensar e o fazer literário, aqui elevados à potência máxima, culminando com um ensaio que só atesta a vigorosa escrita do autor, que tem a capacidade de nos fazer querer caminhar com ele por este universo de encantamentos que é a literatura, virando página após página, seduzidos pelos labirintos da palavra. Dono de um estilo sagaz, ao criar uma obra a um só tempo incisiva e sensível, Marco Severo comprova que a literatura ganhou um cronista de mão cheia”.

Confira entrevista com o autor

E aqui é possível comprar o livro e ainda ler duas crônicas que fazem parte dele.

79482a_b1ab14a536024ad7a75cd9170c4504ca

Os escritores que eu matei

Marco Severo

Editora Substânsia

R$ 30

No mundo da Luna – Carina Rissi

Essa foi uma grande surpresa, porque não tenho o hábito de ler livros assim. Mas é tão bem escrito que é possível devorá-lo em um fim de semana. Um pouco dessa chick-lit deliciosa: A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe idiota vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai em seu colo. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção? Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.

Também entrevistamos a autora no blog. Veja nesse link.

Para quem não leu, a Record liberou antes do Natal um conto inspirado nesse livro, mas sem spoilers. É possível baixar aqui.

 

download (3)

No mundo da Luna

Carina Rissi

Editora Verus

R$ 42

Nada será como antes – Julio Maria

Em 2015, Elis Regina completaria 70 anos de vida. Essa biografia do jornalista Julio Maria, lançada em março, mostra muito da vida da cantora, que morreu jovem, com apenas 36 anos. Ótimo para quem é fã e também para quem quer aprender mais sobre a história recente da música no Brasil, porque o livro mergulha fundo na carreira e em cada uma das facetas da cantora. Para ficar ainda melhor, que tal ler e escutar seus discos?

Aqui, uma de suas interpretações viscerais:

YouTube Preview Image

 

Sinopse: Livro “Elis Regina – Nada Será Como Antes”, escrito pelo jornalista Julio Maria, repórter do jornal O Estado de S. Paulo, traz a história da maior cantora do País. Narra a vida de Elis desde seus primeiros dias em Porto Alegre, quando cantava ‘Fascinação’ ao lado das amigas nas escadarias de um colégio, até sua despedida trágica, aos 36 anos, quando estava prestes a, de novo, mudar tudo em sua vida. Ao todo foram quatro anos de entrevistas e pesquisas em arquivos. A ideia de escrever a biografia surgiu por meio de um convite da editora ao jornalista Julio Maria. No começo, o perfil do livro era uma homenagem, mas conforme Julio foi descobrindo mais histórias e avançando nas entrevistas, viu que havia muito mais o que contar. Pessoas importantes que até então nunca haviam se pronunciado – como dezenas de músicos que tocaram com ela. Na contramão da batalha das biografias que dividiram artistas e editoras sobre a autorização prévia dos biografados, os filhos de Elis, João Marcelo Bôscoli, Pedro Mariano e Maria Rita, entenderam que o autor precisava de liberdade para retratar todos os lados da cantora sem restrições. Depois de dois anos em campo – durante esse tempo foram inúmeros arquivos consultados e 126 entrevistas, a maioria delas feitas pessoalmente –, Julio começou a colocar a história no papel. “Mesmo quando parei para escrever, as histórias continuavam a aparecer, e o livro ganhava novas partes de tempos em tempos. Ele ficou vivo o tempo todo. E confesso que, se pudesse, estaria neste momento colocando mais histórias”, conta. ‘Não vivi a era de Elis. Quando ela faleceu, em 19 de janeiro de 1982, eu tinha nove anos de idade, e diante dessa personagem gigante, fui o que sou há 16 anos: repórter. Me joguei com o respeito que a história merecia, mas sem nenhuma tese a defender. Creio que o olhar descontaminado de paixões ou ódios ajude a traçar um perfil mais humano e menos divino”, diz Julio Maria.

 
download (6)
Nada será como antes
Elis Regina
Julio Maria
Master Books
R$ 39
O réu e o Rei – Paulo César de Araújo
Essa obra explica o porquê de o autor ter escrito a biografia proibida do cantor mais famoso do Brasil, Roberto Carlos e traz todos os detalhes dos bastidores da execução do livro e também do processo movido pelo cantor contra o seu biógrafo nos tribunais.
Sinopse: Objeto de verdadeira polêmica pública, a batalha em torno da proibição de Roberto Carlos em detalhes é o cerne de ‘O Réu e o Rei’. Paulo Cesar de Araújo conta a história da sua intensa relação com a música de Roberto Carlos, os dezesseis anos de pesquisa que embasaram a redação da biografia, e por fim os meandros de uma das mais comentadas e controversas guerras judiciais travadas recentemente no Brasil. Em novembro de 2006, Paulo Cesar de Araújo lançou ‘Roberto Carlos – Em detalhes’, primeira biografia de fôlego do maior ídolo da música brasileira. A recepção imediata do livro foi proporcional ao tamanho da empreitada. Em poucos dias, ele ganhava resenhas entusiasmadas e atingia a lista de best-sellers. Não foi para menos: o trabalho consumiu dezesseis anos de pesquisa, contou com centenas de entrevistas com as maiores personalidades da MPB e figuras-chave na vida do cantor, e condensava em uma narrativa ágil e equilibrada todo o percurso do ícone da Jovem Guarda. Mas a boa onda duraria pouco. Em sua coletiva de Natal daquele ano, Roberto Carlos reagiu com virulência quando indagado sobre o livro. Acusando o autor de invadir sua privacidade, disse que o caso já estava com seus advogados, que em breve entrariam na Justiça para impedir a circulação da biografia. Em 10 de janeiro de 2007, o rei de fato bateu às portas dos tribunais contra o autor e sua então editora. Foi o início de uma rumorosa batalha judicial, dolorosíssima para todas as partes, e também de uma das mais graves agressões à liberdade de expressão na história brasileira recente. A reação que se seguiu à notícia de que Roberto Carlos propusera ações nas esferas cívil e criminal contra Paulo Cesar — que resultaram na apreensão do livro — ocupou os principais veículos de comunicação do país e alguns no exterior. A polêmica envolveu não só personalidades da política, da cultura e das artes no Brasil, como pessoas comuns, que comentavam avidamente o caso, em redes sociais, blogs, praças, praias, bares. Nunca antes o debate sobre a proibição de uma obra alcançou tamanha repercussão no país. O livro conta a história interna dessa história. Os detalhes, os bastidores. Trata de música e censura. De artistas e advogados. De entusiasmo juvenil e audiências judiciais. Da busca por fontes e negativas. Da luta entre liberdade de expressão e controle da informação. É, antes de tudo, a história de um biógrafo que tenta encontrar sentido nos anos dedicados a estudar a trajetória de seu ídolo na música brasileira. É uma história ainda sem ponto final, mas sobretudo por isso necessária, que deve ser lida por todos os que se interessam pela discussão em torno da liberdade de expressão em nosso país.
 
12789_g
O Réu e o Rei – minha história com Roberto Carlos, em detalhes
Paulo César de Araújo
Companhia das Letras
R$ 34
Lugar Comum – Nara Vidal
Outro livro de crônicas que traz muito da simplicidade de cada dia, assim como os mestres Rubem Braga e Rubem Alves. Para ser lido a conta-gotas, para trazer mais luminosidade ao dia ou ideias. A resenha vocês conferem aqui e abaixo está o resumo.
Ler este livro, no mínimo, vai deixar o leitor sem saber em que dia está; aqui, nestas páginas, todo dia é sábado e domingo, como na casa dos avós de Nara. E quando o leitor se vir no quintal da casa, na pequena Guarani, no interior de Minas Gerais, sentado no táxi feito com uma escada de madeira deitada sobre tijolos, não vai mais querer descer desse passeio pelas histórias dessa mineira que não via a hora de sair pelo mundo, desde criança. E um dia saiu. E com ela estão surgindo os seus livros. Logo vamos descobrir que era inevitável tal destino.
lugar
Lugar Comum
Nara Vidal
Editora Pesavento
R$ 35
Mulheres – Marilyn French
Escondido entre caixas, esse livro foi um achado ainda da época que minha mãe era sócia do Círculo do Livro, nos anos 1970. Permaneceu como uma obra tabu, que eu não poderia pegar tão cedo por ser criança. Mas, aos 11, uma inscrição com letra redonda minha diz que eu tinha lido. Como se trata da história de várias mulheres entre os anos 1950 e 1970, nos Estados Unidos, tão decisivos pela revolução sexual e pelo ingresso mais intenso delas no mercado de trabalho, realmente não é um livro para fracos. A obra mostra a hipocrisia dos anos dourados, o machismo nos piores aspectos, os casamentos de fachada e também os desafios para a mulher moderna, para equilibrar a vida entre profissão, família e sexualidade. Sem dúvida, esse foi um dos melhores do ano que passou.
Sinopse:
Insatisfeita e amargurada, Mira consegue levar adiante seu casamento, num mundo cercado de hipocrisias, adultérios e espancamentos. Apesar de infeliz, comporta-se como uma esposa perfeita. Mas sua vida desaba no dia em que o marido subitamente pede o divórcio. Aos quarenta anos, ela enfrenta a dura realidade de reconstruir sozinha sua existência. Através da história de Mira e de suas amigas, Marilyn French traça com vigor apaixonante um painel dos êxitos, fracassos, dúvidas e crises das mulheres americanas nas últimas décadas.

mulheres-marilyn-french-frete-gratis-circulo-do-livro-14228-MLB20084980388_042014-F

Mulheres

Marilyn French

Editora Círculo do Livro

Preço médio: R$ 20

 
 
 

13:01 · 11.12.2015 / atualizado às 13:05 · 11.12.2015 por

Rick Riordan não para! Depois de Percy Jackson e os Olimpianos, Os Heróis do Olimpo e Marcus Chase, agora o autor best-seller vai lançar uma nova série de livros sobre a mitologia grega, intitulada The Trials of Apollo (As Provas de Apollo, em tradução livre).

rick-riordan

 

Só que dessa vez a história é um pouquinho diferente.  O personagem principal da saga será um deus, Apollo, saindo um pouco do núcleo de protagonistas semideuses – bastante explorados nas sagas anteriores do autor.

O primeiro livro será The Hidden Oracle (O Oráculo Escondido) e deve ser lançado em 3 de maio de 2016 nos EUA.

Confira a capa e sinopse oficial da obra:

26252859

 

Como você pune um imortal? Tornando-o humano. Após irritar Zeus, o deus Apollo é jogado para fora do Olimpo. Fraco e desorientado, ele chega a cidade de Nova Iorque como um adolescente comum. Agora, sem seus poderes divinos, a deidade de quatro mil anos de idade deve aprender a sobreviver no mundo moderno até que ele possa, de alguma forma, encontrar uma maneira de entrar nas graças de Zeus novamente. Mas Apollo tem muitos inimigos — deuses, monstros e mortais que amariam ver o ex olimpiano permanentemente destruído. Apollo precisa de ajuda, e ele acha que o único lugar para ir… um enclave de modernos semi deuses conhecido como Acampamento Meio-Sangue.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

10:16 · 07.12.2015 / atualizado às 10:22 · 07.12.2015 por

Em seu site, a autora da saga best-seller Divergente, Veronica Roth, falou sobre seu mais novo projeto, uma duologia que será lançada pela HarperCollins.

Até então, as únicas informações sobre a narrativa era de que ela seguiria a linha de Star Wars e seria protagonizada por um menino que forma uma estranha aliança com o inimigo para escapar de uma vida de opressão. Enquanto um deles luta por redenção, o outro procura vingança.

Pois bem, finalmente Roth deu mais detalhes sobre a história. Leia o trecho traduzido do post escrito pela autora em seu tumblr:

“Meu novo livro será uma fantasia sci-fi ambientada em um momento de instabilidade politica extrema (por isso comparações com “Star Wars”). Nele, um garoto chamado Akos, junto com seu irmão, é sequestrado e levado para uma nação inimiga. Quando o ditador dessa nação ameaça a vida de seu irmão, Akos não tem escolha a não ser trabalhar com uma garota chama Cyra (a irmã do ditador) para salvá-lo. Mas a confiança de Cyra — e sua bondade! — são difíceis de ganhar… para dizer o mínimo. E a intensa amizade entre Akos e Cyra coloca ambos em um perigo jamais imaginado”.

Também segundo a autora, os livros da duologia serão lançados em 2017 e 2018, respectivamente.

 

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

12:56 · 27.11.2015 / atualizado às 12:59 · 27.11.2015 por

Quando me falaram de Extraordinário,  primeiro livro da americana R.J. Palacio, que conta a história de August (ou Auggie), um menino que nasceu com uma síndrome genética que deformou o seu rosto, criei muitas expectativas para a obra. Esperava por uma leitura rápida, recheada de relatos sobre bullying, preconceito, frases de impacto e etc.

extraordinario1

Que a verdade seja destrinchada. Extraordinário é um livro de narrativa lenta, arrastada, que não tenta – nem deveria – demonizar e muito menos endeusar Auggie pela sua condição. O livro apenas apresenta o leitor ao mundo deste menino incomum e das pessoas com quem convive.

A narrativa múltipla foi uma surpresa – muito boa, aliás. Somos apresentados, no início, a um garoto em processo de independência, quando decide estudar fora de casa, e sente a necessidade do carinho, afeto fora do leito familiar e experiências longe do superprotecionismo que recebe dos pais. Não é mais um bebê, nem quer ser tratado como um.

Mas logo penetramos no mundo dos outros personagens, Julian, Charlotte, Summer, Olivia… e separamos o branco do preto ao descobrirmos um universo multicolorido em que Auggie não é o centro da história, ele é apenas o fio que liga a todos.

Um dos personagem que menos aparece e que mais me cativou foi o Sr. Browne. Ele é citado aqui e ali na narrativa, quase sempre em uma descrição modesta e relegada a segundo plano. Mas é dele uma das frases mais marcantes da história: “Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil“.

Extraordinario

Acima de tudo, a obra me lembrou As Vantagens de ser Invisível. Talvez pelas sutilezas, uma escrita que brinca com palavras e sentimentos, o drama de uma escola nova. Extraordinário não é daqueles livros que trazem uma lição no final. É sim uma história construída para escancarar uma realidade que poucos têm a coragem de conhecer.

Uma daquelas narrativas que faz a gente abrir um sorriso diante das coisas mais simples e bobas.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

09:10 · 10.11.2015 / atualizado às 09:10 · 10.11.2015 por

Depois do sucesso estrondoso da saga juvenil Harry Potter, J. K. Rowling revelou que está escrevendo outro livro do gênero infantil. As informações são do Entertainment Weekly.

J.K. Rowling

Atualmente em turnê para divulgação do mais recente livro da série policial que acompanha as investigações do detetive Cormoran Strike, “Career of Evil”, Rowling disse que pretende lançar a obra em breve. “Estou escrevendo uma parte de um livro infantil que eu realmente amo”, declarou.

Apesar disso, Rowling não revelou mais detalhes sobre sinopse e personagens (ou se eles estão relacionados ao universo do bruxinho), muito menos uma data prevista para o lançamento.

Sobre projetos futuros, a autora se diz preocupada com a grande quantidade de ideias que possui: “Tenho ideias para outros livros adultos. Às vezes eu me preocupo em morrer antes que eu tenha escrito todas elas. Essa é a minha crise da meia-idade”.

Para conferir a entrevista  na íntegra (em inglês) que a autora concedeu a Simon Mayo, da BBC, clique aqui.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:17 · 06.11.2015 / atualizado às 11:17 · 06.11.2015 por

The Crown, quinto e último livro da série A Seleção, de Kiera Cass, ganhou capa internacional.

Confira:

the

A obra será lançada em 3 de maio de 2016 e encerra a série distópica que narra a história de América, uma plebeia que entra em uma competição para ser a próxima rainha de sua nação; a partir do quarto livro, “The Heir”, a narrativa gira em torno de sua filha, Eadlyn, que precisa enfrentar uma nova seleção para manter o reinado vivo.

Além da capa, foi divulgada também a sinopse:

Em “A Herdeira”, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria Seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria entre os trinta e cinco pretendentes do concurso um companheiro de verdade, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… E agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil — e importante — do que esperava.

 

POLÊMICA

Após a divulgação da capa oficial, muitos internautas reclamaram nas redes sociais. Segundo alguns, a capa é a menos bonita de toda a série. Na fanpage de um portal de notícias literárias, uma internauta chegou a postar uma capa alternativa feita pelos fãs que, segundo ela, “é muito mais linda”.

imagem
Reprodução/Facebook

 

OUTROS PROJETOS

The Siren, primeiro livro de Kiera Cass, será publicado no Brasil em uma nova versão, já em janeiro.

Kiera também está escrevendo uma duologia, porém não divulgou muitas sobre o novo projeto, apenas que será um romance jovem adulto, envolvendo crianças treinadas em academias para serem amigos perfeitos podem ser compradas, além de um romance proibido.

Já os direitos autorais para a adaptação de A Seleção para os cinemas já foi adquirida pela Warner Bros.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:44 · 26.10.2015 / atualizado às 11:50 · 26.10.2015 por

Kiera Cass

Com lançamento mundial previsto para maio de 2016, o quinto e último livro da série distópica juvenil “A Seleção”, de Kiera Cass, já ganhou título. Trata-se de “The Crown” (A Coroa, em português) e, assim como “The Heir” (A Herdeira), será narrado pela princesa Eadlyn, filha de Maxon e America.

A Harper Collins, editora americana que publica os livros lá fora, anunciou que a capa será revelada em breve e já disponibilizou uma página de pré-venda para a obra.

Confira abaixo o pôster divulgado nas redes sociais:

IMAGEM-quinto-volume-de-A-Seleção

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

11:09 · 29.09.2015 / atualizado às 11:09 · 29.09.2015 por

Durante sua passagem pelo Brasil, a escritora americana Anna Todd adiantou que deve lançar ainda dois novos livros da série After, previstos para junho e agosto de 2016, além de “Before”, que será lançado em dezembro.

after

 

Com os títulos “Nothing More” e “Nothing Less”, as obras são focadas no personagem Landon, melhor amigo de Tessa e meio-irmão de Hardin. A autora afirmou que o novo personagem é uma pessoa “destemida e leal, e quando ele se apaixona, ele vai com tudo”.

FILME

Segundo Todd, a adaptação dos livros para o cinema está muito bem encaminhada. Alguns meses atrás, foi divulgado que Susan McMartin (que já trabalhou em Dois homens e meio Californication) será a roteirista do projeto.

10:44 · 16.09.2015 / atualizado às 11:20 · 16.09.2015 por

convergente0001

Finalmente! A Lionsgate divulgou o primeiro teaser trailer de “A Saga Divergente: Convergente”, penúltimo filme da franquia Divergente, que é a adaptação para os cinemas da trilogia distópica de Veronica Roth.

Confira:

YouTube Preview Image

Com Shailene WoodleyTheo James no elenco, o longa estreia em março do próximo ano, e explora os desafios enfrentados pelos protagonistas após fugirem de Chicago.

O quarto e último filme da sequência, “A Saga Divergente: Ascendente” chega em 2017.

 

*Por Rosiane Melo – estagiária do núcleo de entretenimento

10:00 · 03.09.2015 / atualizado às 10:10 · 03.09.2015 por

Aclamada obra de Rick Yancey, A 5ª Onda (Editora Fundamento, 2013) é o primeiro livro de uma trilogia apocalíptica que mistura romance, ação e invasões alienígenas. Os livros estão sendo adaptados para o cinema, com Chloe Grace Moretz no papel principal, e o primeiro trailer de A 5ª Onda já foi liberado, após vazar na internet.

Confira abaixo:

YouTube Preview Image

 

A previsão de estreia do longa é somente para o ano que vem. Enquanto 2016 não chega, reunimos alguns cliques dos bastidores das gravações:

11960235_1155035397859104_3314220645597909178_n

10408736_1115858298443481_6768679310067773792_n

10542065_1115858578443453_2865219411693354772_o

10888544_1000493709979941_1634802940913716817_n

10943109_1026552570707388_4574595546623731856_n

10959597_1027884247240887_1053599669253438240_n

11898629_1154062821289695_4205219617219728276_n

11951294_1155037834525527_1140604059381643540_n

 

Sobre o livro

(R$ 26)
(R$ 26)

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram.
Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém.
Agora “A Quinta Onda”está começando… Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em uma Terra devastada, onde qualquer pessoa, até mesmo uma criança, pode ser o inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobreviventes. Permanecer sozinha é permanecer viva – Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão? Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte.

 

*Por Rosiane Melo – Estagiária do Núcleo de Entretenimento

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs