Sopa de Livros

Categoria: Young Adult


12:45 · 12.08.2015 / atualizado às 12:58 · 12.08.2015 por

Com vídeos que chegam a ter mais de 100 mil visualizações, Pam Gonçalves é sucesso no youtube com o canal literário Garota It. Conhecida entre o público leitor que acompanha semanalmente sua atividade na rede, a vlogueira brasileira anunciou recentemente que irá lançar seu primeiro livro, pela Galera Record.

pam

Detalhes como título, sinopse e previsão de lançamentos ainda não foram divulgados, mas a Pam adiantou que a história será cheias de mistérios e se passará em uma faculdade.

YouTube Preview Image

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

09:00 · 24.07.2015 / atualizado às 22:17 · 23.07.2015 por

Talvez seja a ilustração “engraçadinha” ou o generoso elogio do autor de A Culpa é das Estrelas, John Green, logo na capa de “Os Dois Mundos de Astrid Jones”, de A. S. King, o fato é que o livro logo chama a atenção do público leitor mais jovem (mesmo quando esse mesmo leitor sequer leu uma frase do livro). E não se engane: o que, em uma primeira impressão carregada de preconceitos, pode parecer só mais um livro melodramático de young adult sobre uma adolescente em conflitos familiares e de sexualidade, é na verdade uma narrativa filosoficamente inteligente.

Astrid Jones é apenas uma garota comum que mora em uma cidade pequena e invisível, onde quase nada acontece, e o que acontece todo mundo fica sabendo. Sua família é um desastre: a mãe possessiva ignora sua existência, o pai vive “chapado” e a irmã a trata como se fosse um estranho. Astrid também só possui dois amigos de lealdade duvidosa: Justin e Kristina. Nos fins de semana, ela trabalha lavando camarões. Mantém um relacionamento secreto que ao mesmo tempo é incrível e sufocante. Quando está sozinha, Astrid gosta de olhar para o céu e enviar amor aos passageiros dos muitos aviões que voam lá em cima. E é totalmente fissurada em Sócrates.

Vamos filosofar?
Vamos filosofar?

É interessante notar a genialidade da autora. Como, em um milhão de anos-luz, poderíamos relacionar todos esses eventos aleatórios em uma única história??? Pois é, A. S. King consegue, de uma maneira muito sutil e engraçada. Isso mesmo. Engraçada. O tom irônico e crítico de Astrid sobre o mundo e as pessoas ao seu redor instiga reflexão, e muitas, muitas gargalhadas.

Esse definitivamente não é um livro que, poderiam supor os leitores mais ousados, “qualquer um” escreveria. Não é “careta”, muito menos “emo e gótico” – aquele tipo de leitura meio “crise existencial”, “Crepúsculo”, “queria estar morta”, sabe?

Pelo contrário, essa é uma história que você sabe que vale a pena a partir do momento em que ela te incomoda. Que provoca reflexões sobre igualdade, tolerância, família e amor. Mas amor muito bem distribuído, amor que não recrimina, que não exige reciprocidade, um amor sem rótulos. Tudo isso regado a uma boa dose de Sócrates e aviões no céu azul.

 

O LIVRO

R$ 34,90
R$ 34,90

Sinopse:

“O movimento é impossível.” É o que Astrid Jones, 17 anos, aprendeu na sua aula de filosofia. E, vivendo na pequena cidade em que mora, ela começa a acreditar que isso é mesmo verdade. São sempre as mesmas pessoas, as mesmas fofocas, a mesma visão de mundo limitada, como se estivessem todos presos em uma caverna, nunca enxergando nada além. Nesse ambiente, ela não tem com quem desabafar suas angústias, e por isso deita-se em seu jardim, olha os aviões no céu, e expõe suas dúvidas mais secretas aos passageiros, já que eles nunca irão julgá-la. Em seu conflito solitário, ela se vê dividida entre dois mundos: um em que é livre para ser quem é de verdade e dar vazão ao que vai em seu íntimo, e outro em que precisa se enquadrar desconfortavelmente em convenções sociais.

 

A AUTORA

A. S. King

A. S. King é mais conhecida pelos premiados romances juvenis. Seus livros Glory O’Brien’s History of the Future e Reality Boy foram vencedores do Los Angeles Times Book Prize de 2012. Ask the Passengers e Everybody Sees the Ants integraram a lista da ALA Top Ten Book for Young Adults de 2012 e do Andre Norton Award. Atualmente ela mora nos Estados Unidos, com o marido e os filhos na Pensilvânia.

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

10:28 · 22.07.2015 / atualizado às 10:28 · 22.07.2015 por

Famosa nas redes sociais pelo seu jeito espontâneo e o carisma característico – ela possui mais de doze milhões de seguidores divididos entre as mídias YouTube, Facebook, Twitter e Instagram -, a vlogueira Kéfera Buchmann, 22 anos, anunciou recentemente que irá lançar Muito Mais que 5inco minutos, seu primeiro livro.

Confira a capa:

 

Kefera

Falando sobre relacionamentos, bullying, moda, gafes com muito bom humor, a obra é lançada com o selo da editora Paralela e está atualmente em pré-venda.

Você pode adquirir a obra clicando aqui.

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

18:17 · 18.07.2015 / atualizado às 18:17 · 18.07.2015 por

Venerada pelos teens, a autora brasileira best-seller Carina Rissi divulgou o título do terceiro livro da série Perdida – Perdida e Encontrada. “Destinado – as memórias secretas do senhor Clarke”, narrado pelo personagem Ian, tem previsão de lançamento para a Bienal do Livro no Rio de Janeiro, em setembro.

imagem

A editora Verus confirmou que a série será composta por seis livros. Sobre o quarto livro,  Rissi divulgou apenas que ele será protagonizado por Elisa e Lucas, um casal para lá de conturbado. O quinto será sobre a personagem Valentina e o sexto volume, com o título provisório de “Cartas para Nina”, será narrado novamente por Sofia.

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

20:49 · 21.06.2015 / atualizado às 16:04 · 23.06.2015 por

Dizem que uma boa história é aquela que consegue cativar o leitor até a última sentença, seja essa história contada em uma única frase ou em uma série de muitos e muitos livros. O motivo por uma narrativa se estender além do volume único é um mistério. Às vezes, o autor não está preparado para abandonar o universo ficcional que criou, às vezes os fãs insistem tanto que os escritores se forçam a sentar em frente ao computador e escrever e às vezes a história é complexa e fascinante demais para caber em apenas um livro.

A questão é que não importa quantos livros são escritos e histórias são contadas, contanto que elas acrescentem algo. Pelo menos é o que a maioria dos leitores procura: uma leitura que valha as muitas horas de ócio investidas. Uma história que os transforme e emocione.

A Herdeira (R$ 19,90)
A Herdeira (R$ 19,90)

A Herdeira, quarto livro da série de young adult A Seleção, da escritora americana Kiera Cass, é um exemplo de como escolher prolongar uma história que não tem necessidade de ser prolongada pode ser um erro fatal.

Não, o livro não é nenhum desastre. Longe disso. Em A Herdeira, somos inseridos novamente no universo distópico da sociedade futurista Illéa, décadas após os eventos narrados nos livros anteriores da série – A Seleção, A Elite e A Escolhida. Mesmo após o fim da Seleção e das castas, o governo encontra-se novamente ameaçado por protestos, desigualdade e atentados violentos.

A personagem principal, Eadlyn, é a filha mais velha de Maxon e America e a futura rainha. Orgulhosa e muito mimada, ela não é bem vista pelo povo e, para reconquistar a estabilidade nacional e ganhar a confiança dos súditos, Eadlyn decide participar de uma nova Seleção. 35 garotos são enviados ao palácio real para disputar o coração de Eadlyn.

É a partir daí que a história corre o risco de se tornar redundante e oca. Embora a perspectiva narrativa seja diferente – se nos outros livros, quem narra a história é uma Selecionada, em A Herdeira é a princesa -, estamos novamente diante de uma Seleção, conflitos com rebeldes e algumas fights entre Selecionados. A Herdeira se supera e ainda consegue acrescentar à narrativa uma personagem principal pouco empolgante, além de um romance indefinido. O final é, no entanto, o ponto forte do livro.

Kiera Cass
Kiera Cass

A culpa não é da Kiera. Sua escrita é leve e descontraída e a ideia geral do livro é interessante. A leitura não é de todo em vão. É empolgante vislumbrar como estão as vidas de America e Maxon e de seus quatro filhos, além do casal mais que fofo de Asper e Lucy.

Mas quando a questão é contar a história de Eadlyn, A Herdeira carece de autenticidade e profundidade. Eadlyn é muito diferente de America e vê o mundo e os desafios de sua vida de forma muito particular e séria. Sua personalidade fria e distante pode impedir o leitor de simpatizar com ela.

Os relacionamentos e conflitos políticos não são muito desenvolvidos e a autora constrói um final confuso mas surpreendente para a obra, que deve ganhar uma sequência próximo ano.

A Herdeira é o que nós, brasileiros, chamamos de “embromation”: a arte de falar, falar e não dizer (quase) nada. Não há muitas novidades com as quais “surtar”, embora o livro não seja em nenhum momento entediante.

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

18:00 · 04.06.2015 / atualizado às 18:53 · 04.06.2015 por

Auditório da Livraria Leitura do RioMar Fortaleza

Na última sexta-feira (29), a Livraria Leitura do Shopping RioMar Fortaleza recebeu o #MochilãoDaRecord. Em sua primeira edição, o evento literário contou com a apresentação dos principais lançamentos do Grupo Editorial Record, além de sorteios, brindes e um bate-papo com a editora executiva da Galera Record, Ana Lima.

Roleta da sorte
Roleta da sorte
Brindes
Brindes

Fortaleza foi a primeira cidade a receber o evento, que acontece em dez capitais do País (Florianopólis, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife e Salvador). Entre os autores convidados: Carina Rissi (Perdida, No Mundo da Luna) em Brasília; Em Porto Alegre e Belo Horizonte, respectivamente, Bianca Briones (Batidas perdidas) e Marina Carvalho (Simplesmente Ana e Elena, a filha da princesa); Brittainy C. Cherry (Sr. Daniels) em São Paulo e Rio de Janeiro e a blogueira Melina Sousa do Serendipity) em Curitiba e Florianopólis.

Nessa semana, o #MochilãoDaRecord desembarca em Porto Alegre (sexta), Florianopólis (sábado) e Curitiba (domingo).

Datas do #MochilãoDaRecord
Datas do #MochilãoDaRecord

Ana Lima foi a convidada especial do evento no Nordeste e concedeu uma entrevista exclusiva ao Sopa de Livros que você confere logo abaixo.

SL – É a primeira vez que vocês promovem o #MochilãoDaRecord para os leitores, certo?

Todo ano, a Galera Record faz algum evento ou em São Paulo ou no Rio. Ano passado, a gente fez um piquenique, ano retrasado a gente fez um passeio de barco… Mas é mais para os blogueiros parceiros, era muito fechado nesse circuito de capital. Há um tempo, as pessoas me pedem para fazer em outros lugares. Acabamos fazendo uma coisa maior, com todas as editoras do grupo. Dando certo, pretendemos fazer [o #MochilãoDaRecord] duas vezes ao ano. É um evento para aproximar o leitor não só do livro, mas do editor, dos autores.

SL – Todos os autores são nacionais?

Não. A Brittainy C. Cherry vai estar no Rio, porque ela estará no Brasil por acaso. Claro que se a gente tiver a oportunidade de trazer um autor estrangeiro aqui, melhor ainda. Mas o foco são os autores nacionais.

SL – Algum motivo para o #MochilãoDaRecord começar no Nordeste?

Fortaleza é a primeira cidade. A gente vai experimentando, mas estamos abertos a sugestões. Talvez na próxima vez a gente comece pelo Norte e não passe por tantas cidades no Nordeste, já que aqui visitamos três capitais. É uma tentativa de abranger uma boa parte do País.

SL – Qual o principal objetivo do #Mochilão?

É bem aquela coisa de a gente se aproximar e ouvir. Tem a mídia social, que a gente lê o tempo todo e as pessoas falam muita coisa. Ainda assim, você estar na cidade, perto do leitor, é outra coisa. É meio como quando vai todo mundo para a Bienal. Quando você está ali, ouvindo o que eles gostam, é algo que não pode ser ignorado. Eu gosto de fazer isso. O contato dos leitores com os editores e com os autores. Sair um pouco daquela zona do autógrafo e poder bater um papo com eles porque nem sempre as livrarias têm espaço ou os autores têm disponibilidade. Proporcionar isso é bem legal.

LANÇAMENTOS

Guilherme Filippone (Gerente de Marketing) e Shirley Higaki (Coordenadora de Merchandising e Treinamento) apresentaram os principais lançamentos do ano do Grupo.

Confira abaixo a lista de algumas obras inéditas:

Memória da Água, de Emmi Itaranta

Memoria-da-Agua

Num futuro distante, a Europa foi dominada pela China, e a água passou a ser controlada e distribuída em cotas pelos militares. Noria é filha de um mestre do chá. Ela está sendo treinada para substituir o pai, e dentre todos os ensinamentos, ele revela à filha seu maior segredo: uma fonte natural escondida que fornece água para a família. Guardar esse segredo é negar ajuda ao restante de população, e ajudá-los é colocar em risco a própria vida: os militares punem severamente quem for descoberto desfrutando de alguma fonte ilegal de água. Mas Noria aprendeu que a sabedoria representa, acima de tudo, o poder de decidir seu próprio destino, a escolha entre lutar e se entregar.

O Descompasso Infinito do Coração, de Bianca Briones

o-descompasso-infinito-do-coração

Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto. Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela. Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar?

Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry

sr-daniels

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Mas Ashlyn não consegue acreditar quando descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.

Beleza Perdida, de Amy Harmon

beleza perdida

Ambrose Young é lindo. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar. Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas – perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. Uma releitura moderna de A Bela e a Fera.

Red Hill, de Jamie Mcguire

Red Hill capa nacional

Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, elas procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano. O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? 

Naomi e Ely e a lista do não beijo, de David Levithan e Rachel Cohn

naomi-ely-e-a-lista-do-nc3a3o-beijo-de-rachel-cohn-e-david-levithan-galerarecord

Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que… Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.

Em Busca de Cinderela, de Colleen Hoover

Finding-Cinderella
Capa americana

No escuro, um encontro casual aos seus 18 anos, leva Daniel e uma garota com quem se depara confessarem o amor que sentem um pelo outro. Mas este amor tem algumas condições: ele duraria apenas uma hora e seria apenas uma ilusão. Então, após uma hora, a garota foge como Cinderella, enquanto Daniel tenta se convencer de que o que aconteceu entre eles apenas pareceu perfeito, porque eles estavam fingindo que era perfeito. Um ano e um péssimo relacionamento depois, sua descrença no amor a primeira vista é destruída quando ele conhece Six: uma garota com um nome estranho e uma personalidade mais estranha ainda. Daniel não demora a perceber que os sentimentos que ele fingia ter por Cinderella e os que sentia por Six, não eram assim tão diferentes. Especialmente quando os dois amores de sua vida acabam sendo um só.

Entrelinhas, de Tammara Webber

Entrelinhas - Tammara Weber

Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer – e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme.  Até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. 

Em Busca de Abrigo, de Jojo Moyes

Em Busca de Abrigo

Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953,  Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois, ela já está prometida em noivado ao rapaz. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas.

Brilhantes, de Marcus Sakey

BRILHANTES

A partir de 1980, um por cento das crianças começou a apresentar sinais de inteligência avançada. Essa parcela da população, chamada de “brilhantes”, é vista com desconfiança pelo restante da humanidade. Nick Cooper é um deles, um agente brilhante, treinado para identificar e capturar terroristas superdotados e levá-los para a custódia do governo. Seu último alvo é um líder responsável pelo maior ataque terrorista dos últimos tempos e que pretende começar uma guerra civil. Mas para capturá-lo, Cooper precisa se infiltrar em seu mundo e ir contra a tudo o que acredita. 

Trono de Vidro (Herdeira do Fogo, Volume 3), de Sarah J. Maas

Capa americana
Capa americana

O único pensamento de Celaena Sardothien é vingar a morte selvagem de uma amiga: como “Campeã” do Rei assassino de Adarlan, ela é obrigada a servir a este tirano, mas ele vai pagar pelo que fez. Sacrificando seu futuro, Chaol, o capitão da guarda do Rei, enviou Celaena a Wendlyn para protegê-la, mas seus demônios mais sombrios estavam no mesmo lugar. Se ela puder vencê-los, ela vai ser a maior ameaça de Adarlan – e seu próprio inimigo mais difícil. 

A Garota no Trem, de Paula Hawkins

a garota no trem

Rachel pega o mesmo trem toda manhã. Ela sabe que ele vai esperar no mesmo sinal toda vez, com vista para uma fileira de quintais. Ela até começou a sentir como se conhecesse as pessoas que vivem em uma destas casas. “Jess e Jason”, é como ela os chama. A vida deles como ela vê é perfeita. Se ao menos Rachel pudesse ser tão feliz assim. E então ela vê algo chocante. É apenas um minuto antes do trem se mover, mas é o suficiente. Agora tudo mudou. Agora Rachel tem uma chance de se tornar uma parte da vida que ela só assistiu de longe. Agora eles verão; ela é muito mais do que apenas a menina no trem…

Os Lugares Mágicos dos Filmes de Harry Potter, de Jody Revenson

Os Lugares Mágicos dos Filmes de Harry Potter, de Jody Revenson

A obra leva os leitores a uma jornada visual por trás das cenas de todos os oito filmes da série Harry Potter. A autora proporciona os perfis detalhados de cada locação e as une com artes conceituais jamais vistas, fotos dos bastidores e fotografias dos filmes com informações suplementares que revelam os segredos das filmagens trazidos direto dos arquivos da Warner Bros.

À Procura de Audrey, de Sophie Kinsella

À Procura de Audrey conta a história de Audrey, uma garota de 14 anos que sofre de distúrbios de ansiedade. Quando ela conhece Linus, um colega de seu irmão, faíscas surgem pelo ar. Conforme a amizade se torna mais profunda, uma conexão romântica começa a se desenvolver — acelerando a recuperação de Audrey e, surpreendentemente, ajudando toda a sua família.

Star Wars – Manual do Império

Quer saber tudo sobre o Império Galáctico? Escrito pelos melhores oficiais do Império, desde o Imperador Palpatine até os Stormtroopers, o Manual do Império caiu nas mãos da Aliança Rebelde, e seus membros não demoraram para fazer anotações. 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

14:52 · 25.05.2015 / atualizado às 14:52 · 25.05.2015 por

Isabela Freitas, autora brasileira best-seller com mais de 300 mil livros vendidos, divulgou a capa de seu próximo livro, “Não se iluda, não”, que dá continuidade a “Não se apega, não”, da editora Intrínseca.

A previsão de lançamento da obra é para 15 de julho. Até lá, os leitores podem garantir o seu exemplar na pré-venda (Livraria Cultura, Saraiva, Amazon, Livraria da Folha e Livraria da Travessa)

Confira abaixo a capa e a sinopse de “Não se iluda, não”:

Capa de "Não se iluda, não"
Capa de “Não se iluda, não”

Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como A Garota em Preto e Branco. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. Assunto é o que não falta.

Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe… Isabela luta contra um sentimento cada vez mais evidente: a atração por seu melhor amigo. E agora?

 

*Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

13:26 · 11.05.2015 / atualizado às 13:37 · 11.05.2015 por

O quarto livro da autora best-seller Carina Rissi, (confira a entrevista) – No mundo da Luna – lançado em Fortaleza no dia 10 de abril, é daqueles que não se consegue desgrudar até que se chegue ao fim. E olhe que o livro tem mais de 400 páginas.

Entretanto, graças ao estilo fluido da autora, que consegue a proeza de contar uma história de amor com elementos de suspense e humor, com boas pitadas de erotismo, sem desbancar para o vulgar e nem para o meloso, digamos assim, é fácil devorar a obra em apenas um fim de semana ou até menos.

carina

Carina Rissi é uma das autoras brasileiras com mais livros vendidos no momento. Mora em Ariranha, São Paulo.

Para quem conhece seus outros romances (Perdida; Encontrada; Procura-se um marido), a protagonista dessa obra pode parecer um pouco diferente e, dizem os fãs de Carina, um pouco imatura. Mas, de acordo com a autora, a intenção é realmente essa, já que ela é uma garota que ingressou há pouco na idade adulta e por isso, a incoerência e a inconstância em suas atitudes.

Luna é uma garota de 24 anos, bem temperamental e explosiva, dá seus primeiros passos como jornalista. Só que, recém-formada, o que consegue é  um emprego de secretária em uma revista, pequena e tentando sair do buraco, voltada para o público feminino. A primeira chance que aparece é a de fazer o horóscopo. Ela topa, apesar de não acreditar em nada, mesmo sendo descendente de ciganos pelo lado da mãe, e acaba se metendo em muitas confusões por conta disso.

No amor, as coisas também não andam bem. Ela acabou de romper um namoro longo por traição e o cara já está noivo de outra. Durante a trama, Dante, o chefe nerd e turrão, acaba se mostrando de outra forma. Essa é a sinopse oficial. E aqui está um trecho para degustação.

Já para quem nunca leu nada da autora e nem é acostumado com esse tipo de livro, chamado de Chick-Lit por uns e Young Adult por outros, a obra pode agradar e até despertar o desejo de se procurar outras obras da autora best-seller. Tudo por conta da trama bem amarrada e dos elementos extras, nesse caso, a cultura cigana e seus rituais.

YouTube Preview Image

O casal Dara e Igor, do principal núcleo da novela Explode Coração, de 1995, foi uma das abordagens para a televisão feita sobre a cultura cigana. 

 

A única ressalva está em algumas situações previsíveis. No começo da obra, já dá para intuir alguns detalhes e, ao desenrolar da história, confirmamos essas informações. Porém, várias surpresas aguardam o leitor.

Avaliações

A repercussão positiva das obras de Carina, que já figuraram em várias listas de mais vendidos, fez com que a pirataria chegasse até as suas obras. No mundo da Luna, inclusive, foi pirateado 18 dias antes do seu lançamento.

No site da Amazon, o livro figura como cinco estrelas e é unanimidade entre os 13 que comentaram. Já está na lista dos mais vendidos da Editora Record, que detêm a Editora Verus. No Skoob, recebeu nota 4,8 e dos 758 leitores, 78% também avaliaram a obra como cinco estrelas. Apesar da capa ser um pouco clichê, já que tem uma noiva correndo,  a diagramação é bem feita e são bem raros os erros de revisão. Vale a leitura, ideal para uma longa viagem ou um fim de semana prolongado.

 

nomundo

No mundo da Luna

Editora Verus

476 páginas

Preço: R$ 42

12:40 · 30.04.2015 / atualizado às 12:40 · 30.04.2015 por

Vermelho Como o Sangue é o primeiro livro da “Trilogia da Branca de Neve”, de autoria da finlandesa Salla Simukka. No Brasil, a obra carrega o selo da editora Novo Conceito e foi lançado neste ano. Além de Vermelho Como o Sangue, a trilogia comporta os livros Branco Como a Neve e Negro Como o Ébano, que serão lançados em breve.

Capa brasileira de Vermelho Como o Sangue, de Salla Simukka (R$34,90)

Salla Simukka é uma premiada autora de ficção para jovens adultos. Nasceu em Tampere, na Finlândia, onde vive até hoje. Sua trilogia é uma tentativa ambiciosa de adaptar os contos de fadas baseados na Branca de Neve para a atualidade, com muita ação, mistério e drama.

Salla Simukka
Salla Simukka

A escrita de Simukka é cativante e inteligente. Rápida, mas profunda. Fantasiosa embora realística. A autora transforma o clichê dos contos de fadas em uma trama assustadoramente envolvente e atraente.

Penetramos na obscuridade do passado de Lumikki, uma adolescente de 17 anos que vive sozinha e não tem amigos. Junto com ela enfrentamos a dificuldade de confiar, o medo, a natural necessidade de distância e retração. O momento em que ela sai de sua zona de conforto e penetra na cena de um crime e se vê cercada de criminosos e súbitas amizades improváveis.

Lumikki nos lembra Lisbeth, a personagem hacker da série de livros Millennium, de Stierg Larsson. Solitária, independente e inconstante em relacionamentos, ela é traumatizada pelo seu passado e esconde segredos obscuros dos quais não consegue se desvincular.

Simukka escreve com a mesma perturbação e criatividade de Tahereh Mafi (autora best-seller da trilogia Estilhaça-me). Elas compartilham da mesma habilidade de brincar com sentenças e palavras, fazê-las dançar na página como se fossem mar em tempestade violenta.

Essa turbulência é construída lenta e calculadamente no decorrer da história. Conhecemos uma garota solitária que vive uma vida normal numa cidade invisível e depois somos apresentados ao caos, às paixões ocultas, à morte e à violência.

Quase não notamos o elemento “branca de neve”. Ele tem um toque leve e disperso na narrativa.

O curioso é que Vermelho Como o Sangue acaba de uma forma bem “história de um livro só”, o que contribui para que, ao final da leitura, surja no leitor uma curiosidade incomum, aquela que anseia por um futuro sobre o qual é impossível fazer suposições. Tudo é possível. E isso torna a história mais que instigante.

Confira abaixo o book trailer da obra:

YouTube Preview Image

 

* Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

18:36 · 25.04.2015 / atualizado às 18:36 · 25.04.2015 por

A escritora brasileira de young adult Paula Pimenta só tem motivos para comemorar.

paula_pimenta_fliaraxa_leo_drumond

A editora Gutenberg revelou recentemente a capa e disponibilizou para pré-venda seu terceiro livro de Minha Vida Fora de Série, que narra as (des) aventuras e conflitos de uma garota chamada Priscila.

A obra deve ser lançada em 21 de junho.

Confere aí:

150408_paula_post1
Na pré-venda, o terceiro livro de Minha Vida Fora de Série custa entre R$17,30 e R$37,90

E dá uma olhadinha na sinopse da obra:

Três anos se passaram desde a 2ª temporada de Minha vida fora de série. Priscila, agora com 19 anos, percebe que tem que deixar a adolescência para trás e começar a lidar com as responsabilidades da vida adulta: O namoro com Rodrigo, cada vez mais sério; o início da faculdade, que ela ainda tem dúvidas se escolheu a certa; as novidades na família, que mais uma vez transformam seu cotidiano. Mas, como nos seriados que tanto ama, ela também vai passar por muitas reviravoltas e confusões, e descobrir que alguns acontecimentos de episódios passados podem afetar os atuais. Não percam mais essa temporada imperdível da vida fora de série de Priscila.

Para os ansiosos em adquirir a obra, é possível encontrá-la em pré-venda nos seguintes sites: Livraria SaraivaFNAC Livraria da FolhaCasas BahiaPonto Frio e Extra.

TURNÊ

Atualmente, Paula Pimenta está em turnê pelo País – turnê que infelizmente não inclui Fortaleza – para divulgar o lançamento do livro Cinderela Pop, que é uma versão estendida do conto Princesa Pop, de uma coletânea sobre princesas modernas.

Abaixo, capa, sinopse e booktrailer de Cinderela Pop, da editora Galera:

CAPA-Cinderela-Pop
Preço: R$ 29,90

Cintia é uma menina de 17 anos, antenada, com opiniões próprias, que adora música e acredita em príncipes encantados. Com a separação dos pais, porém, ela vê sua vida virar de ponta-cabeça: deixa de esperar seu príncipe e se muda para a casa da tia. Isso até conhecer Freddy Prince, um cantor charmoso que deseja apenas fazê-la confiar mais uma vez no amor.

YouTube Preview Image

* Texto de Rosiane Melo – estagiária do Núcleo de Entretenimento do Diário do Nordeste

Pesquisar

Sopa de Livros

Blog da jornalista Kelly Garcia, da área Entretenimento, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

02h03mPara marcar na agenda

02h03mEm entrevista, Jorgeana Jorge revela seu processo de criação

03h03mAutor cearense Jairo Sarfati fala sobre seu livro e novos projetos

02h03mPara marcar na agenda

11h03mUFC lança livros-reportagem nesta quarta-feira

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs