Sound

Categoria: Adorável nostalgia!


11:39 · 01.04.2011 / atualizado às 12:00 · 01.04.2011 por

YouTube Preview ImageA maior boy band do mundo. É assim a junção entre o New Kids On The Block (febre nos anos 80) e Back Street Boys (ícone da geração 90/00) . Após fazerem alguns shows “together”, os grupos deram um passo a mais (para ambos sobreviverem no cenário pop?) e gravaram uma canção inédita: “Don’t Turn Off The Lights”. A parceria ainda rendeu uma nova “formação” que recebeu o impronunciável nome de NKOTBSB. Vai entender!   

A megabanda (que conta com mais dançarinos do que instrumentistas em si) está em turnê coletiva pela América do Norte e já incluíram a canção no set dos shows, mas a versão de estúdio foi divulgada apenas esta semana. A receptividade do público tem sido positiva. E você, o que achou do novo single?

TAKE THAT

Falando nesse revival de boy band, ainda é dúvida se o Take That, que fez um retorno digno aos palcos com um novo CD (que ganhou prêmios até), continuará com o cantor Robbie Williams. O astro, que tem um contrato solo com a gravadora do grupo, a Universal, declarou que os integrantes são “uma unidade ligada”. “Esperamos que exista outro álbum com nós cinco juntos, mas não sabemos se será o próximo”. Pelo menos, vontade da parte de Williams existe (para quem abandonou o Take That em 1995 após “brigalhada” com Gary Barlow, o outro vocalista), é um bom sinal para os fãs.

12:51 · 13.03.2011 / atualizado às 12:56 · 13.03.2011 por
Beach Boys retornam em mais que esperado álbum

Após 44 anos, o famoso “Smile”, álbum do Beach Boys que seria o sucessor do “épico” “Pet Sounds”, finalmente será lançado. O disco foi engavetado pela gravadora Capital Records por causa de uma série de problemas, em especial o estado psicológico de Brian Wilson (obcecado pela perfeição, o cantor tava numa “viagem” louca de superar os Beatles).

“The Smile Sessions” ganhará três versões: CD duplo, digitalmente na loja da iTunes e em uma caixa limitada que inclui 4 CDs, 2 discos de vinil, 2 singles em vinil e um livro com 60 páginas escrito pelo historiador do Beach Boys Dominic Piore.
 
Se você desconfiou (como eu!) que o “Smile” já tinha sido regravado pelo Brian Wilson em 2004, como artista solo, a gente explica: esse “The Smile Sessions” é diferente, será feito somente a partir do material original gravado na época. Imagina a doideira que está por vir! Enquanto isso, vamos recordar o quanto era bom o Beach Boys com a bela “Wouldn’t it be nice”…

YouTube Preview Image
22:23 · 02.03.2011 / atualizado às 22:31 · 02.03.2011 por

YouTube Preview ImageParece que foi ontem, mas já faz 15 anos que o saudoso Mamonas Assassinas partiu, após tragédia de avião. E a data não passará em branco: a banda será homenageada pela agremiação Inocentes de Belford Roxo, que desfila pelo Grupo de Acesso, no Rio de Janeiro, durante o Carnaval.

Outra produção que irá lembrar a história de Dinho (vocalista), Bento Hinoto (guitarrista), Júlio Rasec (tecladista),  irmãos Sérgio (baterista) e Samuel Reoli (baixista) é um filme que ainda está em negociação. Mas a FICÇÃO, com o nome provisório de “MAMONAS – DE MUVI” (o título é ótimo!), tá difícil sair do papel: já sofreu cortes de orçamento e tem tido dificuldades para conseguir apoio até da Prefeitura de Guarulhos, cidade natal do grupo. Para complicar, a falta de consenso entre as famílias dos integrantes também tem adiado o projeto.

No cinema, o que está certo é o DOCUMENTÁRIO “MAMONAS PRA SEMPRE”, de Cláudio Kahns, que resgata a trajetória do quinteto que se foi no auge do sucesso. A estreia nas telonas será em maio.

Apesar do pouco tempo de banda, com o nome de Mamonas Assassinas (julho de 1995 a março de 1996), o sucesso foi estrondoso. O único álbum de estúdio, “Mamonas Assassinas”, atingiu a incrível marca de mais de 3 milhões de cópias vendidas. Na época, o grupo chegou a fazer 182 shows em apenas seis meses. Um feito invejável!

O repertório dos rapazes, um “ROCK DO CRIOULO DOIDO” (a base era rock, mas misturava do forró, pagode ao brega!), era inesquecível: pérolas como “Pelados em Santos” (olha o vídeo!), “Robocop Gay”, “Vira-Vira”, “1406” e “Mundo Animal” fez muita gente rir e cantar.

12:58 · 01.03.2011 / atualizado às 14:34 · 01.03.2011 por
Village People: alegria que contagia

Sucesso em casamentos, bailes de formatura e festas afins, principalmente quando chega o momento libera-geral da noite, o Village People comemora 30 anos de estrada. Veterano da disco music e ícone do movimento gay, o grupo volta ao Brasil em maio para dois shows: São Paulo e Florianópolis. E não é barato não: os ingressos vão de R$ 80 a 280 (SP) e R$ 100 a R$ 400 (SC).

No entanto, Felipe Rose (índio), Alex Briley (soldado), David Hodo (carpinteiro), Ray Simpson (policial), Jeff Olson (caubói) e Eric Anzalone (motociclista) prometem compensar o público com muita animação e rebolation. As celebradas “Macho Man” e “Y.M.C.A.”, maiores hits do Village, são a cereja do bolo das apresentações, que contarão ainda, no repertório, com as também clássicas  “In The Navy”, “Go West”, “Can’t Stop The Music” e “Sex Over The Phone”. Aclamados em várias gerações e pelos mais diversos públicos, alguém duvida que os rapazes (hoje “senhorinhos”) vão bombar no País?

01:42 · 25.02.2011 / atualizado às 01:42 · 25.02.2011 por

YouTube Preview ImageEitaaaaaaaaaaaa! Vocês se lembram do The Monkees, aquele grupo nos moldes do Beatles criado para aparecer em seu próprio programa de TV? Pois los macaquitos americanos, que no começo não sabiam tocar direito, se reunirão em breve para uma turnê de aniversário de 45 anos da banda. 

No repertório, não faltarão as clássicas “I’M A BELIEVER” (aquela música do SHREK!), “Daydream believer” e “Last train to clarksville”. Os senhores Davy Jones, Micky Dolenz e Peter Tork estão bastante empolgados com as apresentações, a partir de 12 de maio, no Reino Unido. “O show é para fãs de todas as idades. Espere todos os hits, muita energia e uma ótima e divertida noite!”. Não vou nem mentir que achei massa e vou ficar na torcida para que o trio passe por aqui! Os “bichinhos” são gente boa! kkkkkkkkkk
 
Um marco na TV

O The Monkees, que teve também como membro original Michael Nesmith, começou como série de TV e foi ao ar entre 1966 e1968. Dos quatro, apenas Peter, Michael e Mike eram músicos. Só Davy Jones não sabia tocar nenhum instrumento. As músicas do programa foram feitas por produtores e as letras compostas por compositores experientes. Após o cancelamento da atração, continuaram a lançar álbuns e a fazer shows até 1971. Com mais de 50 milhões de discos vendidos em todo o mundo, o grupo foi apelidado carinhosamente por John Lennon como “os irmãos Marx do rock”, uma referência aos famosos comediantes americanos.

Pesquisar

Sound

Blog da coluna Sound, do Caderno 3, de autoria da jornalista e editora assistente Juliana Colares.
Posts Recentes

10h09mOutubro vem chegando com grandes shows; lista tem Céu, Ira! e RPM

04h09mFortaleza terá seletiva do Porão do Rock nesta sexta (9), no Let’s Go Bar; conheça as 10 bandas cearenses finalistas que disputam vaga para o festival de Brasília

11h09mBanda cearense estará no disco ‘Viva Renato Russo 20 Anos’; conheça os outros 11 participantes

11h07mVanessa da Mata retorna a Fortaleza em setembro

10h07mShow do Scorpions, em setembro, já tem setor esgotado; veja serviço

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs