Busca

Categoria: Corpo em forma


17:01 · 17.01.2017 / atualizado às 17:01 · 17.01.2017 por

A celulite se caracteriza por alteração do tecido subcutâneo, onde há aumento tanto da rigidez das fibras que sustentam a epiderme quanto da camada de gordura por debaixo da pele, tracionando a pele para baixo, causando os furinhos. Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional Mirtes Alves,  o distúrbio é gerado por diversos fatores como por exemplo, a predisposição genética, o sedentarismo, a má qualidade da alimentação, como ingestão exagerada de açúcar, gorduras, entre outros. “O tratamento da celulite é baseado na combinação de uma série de medidas para melhorar o aspecto da pele e evitar o acúmulo de gordura e má circulação sanguínea, impedindo que mais imperfeições apareçam”, revela Mirtes Alves. Confira as dicas de alguns profissionais

Alimentação saudável 

vida

Evite carboidratos como massas, pães e doces, gordura, fritura, excesso de sal, refrigerante não dietético, álcool e chocolate. “Aposte em frutas, verduras, leguminosas, carboidratos integrais e bastante água”, recomenda a nutricionista Flávia Castro.

Exercícios físicos

Vida

Não fique só no aeróbico, que ajuda a queimar gordura, mas não aumenta o tônus muscular. A flacidez da pele piora e muito o aspecto da celulite. “portanto a musculação e a ginástica também devem ser inseridas no treino”, indica a educadora física Liandra Paola Damasceno..

Tratamentos estéticos

Celulite e flacidez

Visam melhorar a elasticidade das traves de fibrose, reduzir e nivelar a camada de gordura e diminui a tensão entre elas. A bubincisão realizada por meio de agulhas, é capaz de retirar as travas na fibra que puxam a pele para baixo. A drenagem linfática evita a retenção de líquidos e pode ser feita de uma a duas vezes por semana, dependendo do grau da celulite. Já a radiofrequência: através do aquecimento da área, é capaz de remodelar o colágeno e aumentar a circulação do local, ampliando a elasticidade das fibras de colágeno. “O aumenta da energia causado pelo ultrassom, gera nivelamento entre as células e estímulo a produção de elastina, melhorando o aspecto externo e interno da celulite”, complementa a dermatofuncional Mirtes Alves.

Cremes

 

IMG-20160109-WA0023Apesar de não penetrarem tão profundamente a ponto de dissolver a gordura, podem ajudar na qualidade da pele. “São indicados os produtos à base de retinol, que aumenta a espessura do colágeno. Cafeína, que inibe a produção de gordura, gingko biloba, vitaminas E e C” conclui a cosmetóloga Liana Zúniga.