Busca

Categoria: Menopausa e o coração


22:02 · 14.05.2014 / atualizado às 22:02 · 14.05.2014 por
Com o ganho de peso, vem  o aumento do risco de doenças cardiovasculares  Foto: divulgação
Com o ganho de peso, vem o aumento do risco de doenças cardiovasculares
Foto: divulgação

O tema é um dos destaques do 8º Congresso Brasileiro de Climatério e Menopausa, que acontece de 15 a 17 de maio de 2014, em São Paulo.

Cerca de 10 milhões de brasileiras atravessam o climatério. Ou seja, o período em que a produção hormonal dos ovários vai diminuindo até a ausência de ovulação e chegada da menopausa. Nesta fase, que geralmente vai dos 40 aos 65 anos de idade, uma série de mudanças acontece no organismo feminino.

Menopausa e o coração

Entre os riscos cardiovasculares que aumentam a partir do climatério estão o diabetes, o triglicérides elevado, HDL baixo (conhecido como colesterol bom) e a hipertensão arterial, levando a maiores índices de infartos e acidente vascular cerebral (AVC).

Para o doutor, Alfredo Halpern, professor livre-docente da Faculdade de Medicina da USP, “até mesmo mulheres que têm IMC menor que 25kg/m², mas com acúmulo de gordura no abdômen, correm os mesmos risco de desenvolver doenças comuns às pessoas obesas, ainda mais durante o climatério”.

“Também nesta fase as mulheres têm tendência a desenvolver osteoporose e osteopenia. Isso ocorre porque a deficiência de estrogênio no climatério faz diminuir a densidade óssea, portanto o acompanhamento médico nesse período da vida é fundamental”, afirma o especialista.