Busca

Categoria: Dica cultural


16:58 · 10.12.2014 / atualizado às 16:58 · 10.12.2014 por

Ler é essencial e não faz mal. Até o dia 20 de dezembro, os frequentadores do North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei, North Shopping Maracanaú e Via Sul Shopping poderão participar do projeto “Livraria Amiga”.

SONY DSC

A ideia é bacana: nos shoppings haverá prateleiras vazias para que as pessoas deixem livros de literatura. Nesses espaços as pessoas poderão sentar para fazer leitura. Os livros que foram arrecadados serão doados para o Lar Fabiano de Cristo (Fortaleza) e a Creche Pleno Viver da Fundação Terra (Maracanaú).

O projeto, feito em parceria com a Arquitetura e o Marketing dos quatro shoppings, reforça a filosofia dos empreendimentos em relação a responsabilidade social. No final da ação, os títulos arrecadados vão ajudar na educação e estimular a leitura. “Esperamos poder contar com a contribuição do público para que no decorrer da ação o local esteja repleto de livros. Queremos estimular a leitura aliada à contribuição voluntária para uma sociedade melhor”, afirma Girlaine Caldas, gerente de Marketing do North Shopping Jóquei.

Quem quiser ajudar com doações para a Livraria Amiga deve entregar livros em bom estado nos espaços temáticos de cada shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h e, aos domingos e feriados, das 14h30 às 20h30.

16:41 · 02.12.2014 / atualizado às 16:41 · 02.12.2014 por

 

Convite virtual expo Servulo na Bahia

A arte de Sérvulo Esmeraldo estará exposta na Paulo Darzé Galeria de Arte, em Salvador (BA), a partir de quinta-feira (4). A vernissage reunirá 25 esculturas de sua autoria, boa parte recém produzidas. A visitação pública vai até o dia 10 de janeiro de 2015. O convite da mostra de Sérvulo Esmeraldo traz uma belíssima homenagem ao artista cearense com seu nome grafado em caligrafia do também artista e designer italiano Bruno Munari (1907-1998).

 

10:00 · 17.11.2014 / atualizado às 11:34 · 15.11.2014 por
09:00 · 17.11.2014 / atualizado às 09:30 · 15.11.2014 por

Rostinhos em forma de nuvens, café na xícara em formato de sorriso. Quem nunca soltou a imaginação? O fotógrafo italiano Elido Turco foi mais além. Durante quatro anos ele explorou formas que remetem a rostos nos troncos das árvores. Nasceu a série “Dream Creatures”. É, simplesmente, fantástico!

arvore

arvore1

arvore2

arvore3

Fotos: reprodução do site http://www.hypeness.com.br/

07:30 · 17.11.2014 / atualizado às 14:01 · 14.11.2014 por

A literatura fantástica de Michael Moorcock chega ao Brasil com o primeiro volume de “Elric de Melniboné Livro 1: A Traição ao  Capa_Elric_livro um (baixa)Imperador”. Vale lembrar que o personagem, criado nos anos 1970, teve edições em quadrinhos.

Resumo da saga: Elric é imperador de Melniboné, também conhecida como Ilha do Dragão, uma nação que dominou o mundo por 10 mil anos e agora está decadente, habitada por um povo cruel e egoísta, que enxerga os humanos como uma raça inferior. Elric é frágil fisicamente, devido à condição de albino, e por isso necessita do uso de drogas, poções e feitiços para manter sua vitalidade.

Cínico e melancólico, o anti-herói criado por Moorcock se preocupa com algumas questões morais e mostra pouco interesse pelas tradições de seu mundo, o que acaba por incomodar seus súditos e revoltar o seu primo, o príncipe Yyrkoon, seu sucessor direto que ambiciona o trono e, por isso, vive de intrigas para destituir o imperador.

Além de toda guerra pelo poder e da briga em família, Elric nutre uma paixão por Cymoril, irmã de Yyrkoon, que busca apoiá-lo e compreendê-lo, apesar das dificuldades de entender as motivações do imperador.

As histórias da saga envolvem ainda a batalha entre os Senhores da Ordem e do Caos, a quem Elric serve. Neste primeiro volume, o imperador da nação de Melniboné assume o controle da Stormbringer, uma espada demoníaca rúnica tão poderosa que é capaz de cortar virtualmente qualquer tipo de substância e que ainda pode beber a alma de quem é ferido por ela, sugando sua vitalidade e a transferindo para o imperador albino. Moorcock conta a saga de Elric de forma dinâmica e interessante, sendo altamente recomendada para os fãs de histórias de fantasia com ação e aventura. A obra também inspirou jogos de RPG e videogames e, as músicas de bandas de rock e heavy metal, como canções do Deep Purple, Diamond Head, Blind Guardian e Blue Oyster Cult.

09:37 · 13.11.2014 / atualizado às 09:37 · 13.11.2014 por

Década de 1950. Anos dourados. Marcado por conflitos, como a Guerra do Vietnã (1959) e movimentos inesquecíveis na cultura, música e cinema. Em 29 de junho de 1958, o Brasil tornou-se campeão da Copa do Mundo de Futebol.

Foi uma época marcante também para os cearenses. Em 1958, nascia o majestoso Cine São Luiz, na icônica Praça do Ferreira. Em 2010, o marco de sua decadência.

Chegamos em 2014. Depois de dez meses em reforma, o São Luiz será reinaugurado dia 22 de dezembro (mais detalhes aqui).

Ponto de encontro da sociedade cearense, o cine não se tornou apenas uma lembrança de filmes inesquecíveis, mas uma viagem em sua arquitetura imponente e seus lustres importados.

saoluiz

saoluiz1

Fotos reproduzidas do fortalezaemfotos.com.br

15:31 · 19.09.2014 / atualizado às 15:31 · 19.09.2014 por

Amanhã, 16h, cinco cantores (Eva Grace, Jeffherson Pereira, Carla Amaral, Letícia Ferreira e Márcio Rezende) disputam a final do concurso musical “Canta Parangaba”. A iniciativa é do Shopping Parangaba em parceria com a Duetos Escola de Música. Marcos Lessa, revelação do programa The Voice, é um dos padrinhos do projeto e fará apresentação para o público nesta etapa final.

O Canta Parangaba recebeu mais de 100 inscrições e os artistas que disputam a final fazem sua performance ao vivo na Praça de Alimentação do Shopping (Piso L3), com apresentação de Jack Lima. O vencedor gravará o jingle do Shopping Parangaba e ganhará bolsa de canto na Duetos. A Escola de Música disponibilizará também bolsa para o 2º colocado. Além de compor a banca de jurados, a Escola foi responsável pela assessoria musical dos candidatos durante o concurso.

 

16:24 · 06.03.2014 / atualizado às 16:32 · 06.03.2014 por

No primeiro fim de semana após o carnaval, os amantes da boa música que estiverem em Fortaleza terão a oportunidade de assistir a um excelente espetáculo. Um dos mais novos talentos da nova cena musical cearense, Marcos Lessa, apresentará nos dias 7, 8 e 9 de março o show em homenagem à Wilson Simonal.

lessa

As apresentações serão na Caixa Cultural (Centro Cultural da Caixa Econômica Federal), instalado no prédio da antiga Alfândega, na Praia de Iracema. O evento conta com o patrocínio da água mineral natural Indaiá. “Ao apoiar os talentos da nossa música, estamos incentivando a nossa cultura e reforçando as ações de marketing da Indaiá junto ao público formador de opinião e que se interessa por manter uma vida saudável tomando uma água de excelente qualidade”, revela o superintendente da Indaiá, Antonio Vidal.

Marcos Lessa ganhou notoriedade em todo o Brasil após a chegar à semifinal do The Voice Brasil¸ programa da Rede Globo destinado a revelar novos talentos da música nacional. A semelhança da voz de Lessa com a de outro ícone, Emílio Santiago, chegou a ser destacada durante o programa. Agora, Marcos Lessa homenageia em show outro grande cantor brasileiro, Wilson Simonal, que fez muito sucesso nas décadas de 1960 e 1970.

O irreverente e talentoso Simonal chegou a comandar um programa na TV Tupi, Spotlight¸ e dois programas na TV Record, Show em Si… Monal e Vamos S´imbora. Em 2012, Simonal foi eleito pela revista Rolling Stone Brasil, o quarto melhor cantor brasileiro de todos os tempos.

15:39 · 06.03.2014 / atualizado às 15:39 · 06.03.2014 por

Depois do sucesso do Espaço Parangaba Kids e do Brincando com a Galinha Pintadinha, que vai até o dia 09 de março, o Shopping Parangaba apresenta uma nova ação voltada para a criançada: o Teatro de Fantoches. Durante  os fins de semana do mês de março, a meninada poderá assistir a apresentação dos bonecos coloridos e animados.

Além do teatro, a programação inclui a criação de esculturas de balão, pinturas artísticas, apresentação de peças, contação de histórias e muitas brincadeiras.

As atividades irão ocorrer na Praça de Alimentação do Shopping Parangaba, das 12h às 14h, todo sábado e domingo do mês de março.

17:42 · 10.02.2014 / atualizado às 17:42 · 10.02.2014 por

dominguinhos
O projeto Natura Musical homenageia o mestre Dominguinhos. “Um Dominguinhos que pouca gente conhece: jazzista, improvisador, universal. Virtuoso que nunca estudou música”. Na carta que escreveu a respeito do projeto que a envolveu por seis anos, Mariana Aydar sintetiza o porquê do seu interesse em realizar uma obra que homenageia este que é um dos ícones da música brasileira.

Nela, a cantora menciona uma singularidade bastante marcante na obra desse exímio sanfoneiro: seu refinamento musical, sua universalidade. “Assim era Dominguinhos. Grande, muito grande. Simples, muito simples”, reforça. Tudo isso está presente nos oito capítulos da web série Dominguinhos +, exibidos semanalmente, às quartas-feiras, de 26 de fevereiro a 16 de abril  (através dos endereços www.facebook.com/dominguinhosmais e www.youtube.com/dominguinhosmais), e no documentário Dominguinhos, previsto para estreia em maio.

O músico, também instrumentista, cantor e compositor fez uma série de parcerias musicais ao longo de sua carreira. Dominguinhos já se apresentou e fez duetos com a própria Mariana, além de Elba Ramalho, Gal Costa, Hermeto Pascoal, Gilberto Gil, Nara Leão, Nana Caymmi e, claro, com seu “pai postiço”, como ele gostava de brincar, Luiz Gonzaga. Vencedor de dois Grammys Latino, o músico começou tocando pandeiro, ainda criança, em Guaranhuns, sua cidade natal.

O projeto foi realizado por Mariana Aydar, Duani e Eduardo Nazarian, em associação com a bigBonsai, produtora audiovisual paulistana, e obteve patrocínio do programa Natura Musical mediante seleção no edital nacional de 2010.  A ideia que moveu o início do trabalho de pesquisa, há seis anos, e o agendamento dos encontros musicais era reunir parceiros antigos e mais jovens – inspirados pela música de José Domingos de Morais, Nenê, em seu início de carreira, e Dominguinhos, após novo batismo feito por Gonzaga.

A filmagem resultou em dois produtos audiovisuais que se completam, dão voz – e microfone – ao artista falecido em julho do ano passado e contam o início da carreira, a chegada ao Rio, a primeira sanfona, as parcerias e as falas emocionadas de seus companheiros de estrada, instrumentos e palcos.

Os produtores – Deborah Osborn, Felipe Briso e Gilberto Topczewski – explicam a complementaridade dos trabalhos: “À medida que nos aprofundávamos na vida e obra do mestre, ficava clara a necessidade de que essa história tivesse desdobramentos em diversas plataformas. O material era vasto e valioso e a vontade de contar essa história para o maior número de pessoas possível era um objetivo importante. Do cinema à internet, do livro ao Facebook, do disco ao Youtube. As idéias foram surgindo e a vocação do material foi se revelando”.

Para a gerente da área de Apoios e Patrocínios da Natura, Fernanda Paiva, o projeto materializa uma das propostas do Natura Musical que é perpetuar e dar acesso ao nosso legado musical. “Dominguinhos é um ícone. Um dos músicos mais talentosos da nossa história, que influenciou gerações e ajudou a elevou a música regional e tradicional a um patamar nacional. Esse projeto é um importante registro de sua história”, explica.