Busca

Categoria: Editorial


12:38 · 29.03.2016 / atualizado às 12:38 · 29.03.2016 por

Com o objetivo de discutir as políticas públicas relacionadas à reciclagem no país envolvendo a perspectiva dos próprios catadores, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) lança, quinta-feira (31), o livro “Catadores de Materiais Recicláveis: um encontro nacional”. Além dos autores e organizadoras da obra, que conta com 23 capítulos, haverá a participação de Douglas Moreira da Silva e Armando Octaviano Júnior, catadores de materiais recicláveis. Eles assinam artigos que discutem a gestão participativa em cooperativas, analisam a poluição e desafios ambientais e sociais, além de seus relatos sobre a experiência no encerramento de aterros e a capacitação dos trabalhadores.

O livro é dividido em três partes: a primeira com destaque para noção de identidade do próprio catador, de suas questões a partir de sua perspectiva como trabalhador. Envolvem ainda as questões de gênero e aquelas relacionadas à divisão sexual do trabalho. Já na segunda parte, o destaque é para o aspecto coletivo, com a discussão sobre organização, instituição e fortalecimento das cooperativas como forma de inclusão produtiva. A última parte do livro discorre sobre o desenvolvimento e os desafios para a tecnologia e inovação no processo produtivo de materiais recicláveis.

14:44 · 26.08.2014 / atualizado às 14:44 · 26.08.2014 por

A Horwath HTL Hotel, Tourism and Leisure, empresa do grupo Crowe Horwath, divulgou nesta semana um novo estudo chamado “Brasil 2014: Sucessos e Limites”, sobre o impacto do mundial de futebol no setor hoteleiro. A empresa analisou, entre outras coisas, os dados de ocupação das Cidades-sede antes e durante os jogos, preços de diárias, principal atividade dos turistas fora dos jogos e fez um comparativo com resultados de 2013. Entre os resultados, Fortaleza mostrou um bom desempenho, com altas taxas de ocupação: 72% durante toda a Copa, podendo chegar a 85% em dias e véspera de jogos, e pouca variação entre uma situação e outra (13%).

Segundo a análise, o litoral brasileiro se tornou a maior fonte de lazer nos intervalos dos jogos para 78,9% dos turistas e o estado do Rio de Janeiro foi o mais frequentado. Fortaleza, Salvador e Recife, foram outros destinos litorâneos procurados entre as Cidades-Sede. O impacto também foi positivo nos resorts das regiões Norte, Nordeste e Sudeste que apresentaram um crescimento na ocupação, se comparado aos meses de junho e julho de 2013.

A alta demanda hoteleira durante vésperas e dias de jogo é evidenciada quando são comparadas as taxas de ocupação média durante estes dias e durante toda a Copa. Natal, por exemplo, atingiu 87% de ocupação na véspera e dia do jogo Gana vs. Estados Unidos (16/06), mas no resto do mês alcançou uma taxa de ocupação média de 48%. O mesmo exemplo pode ser aplicado para Cuiabá que chegou a alcançar 95% de taxa de ocupação na véspera do jogo Colômbia vs. Japão (24/06) e alcançou 60% quando considerado o período completo da Copa. Por outro lado, Rio de Janeiro, Fortaleza e São Paulo apresentaram as menores diferenças em termos de taxas de ocupação hoteleira entre as datas de vésperas de jogos e o resto da Copa.

No caso de Fortaleza, a atenuação da sazonalidade durante a Copa na capital do Ceará esteve sustentada, principalmente, nos jogos sediados (Fortaleza foi sede de jogos da Alemanha e da Holanda, além de sediar dois jogos do Brasil: vs. México e vs. Colômbia) e na localização estratégica da cidade em relação a diversos atrativos turísticos do Nordeste (praias) e a mercados emissores de turistas (América do Norte e Europa). Na véspera do jogo Brasil vs. Colômbia, por exemplo a ocupação hoteleira chegou a 92%, alcançando 97% no dia do evento. Em média, Fortaleza alcançou 85% de ocupação em dias e vésperas de jogos, e manteve 72% durante toda a Copa. A variação de 13% é uma das menores entre as Cidades-sede.

De modo geral, o crescimento experimentado pela maioria das Cidades-sede durante a Copa, tanto em termos de diárias quanto em termos de taxas de ocupação, foi atenuado pela queda, em maior ou menor medida, nas taxas de apresentadas durante os meses prévios à realização da Copa. No caso da capital do Ceará, teve um aumento de 2% se comparado os meses de junho de 2013 vs. junho de 2014, e um crescimento de 4% se comparado o 1º semestre de 2013 vs. o 1º semestre de 2014. O Rio de Janeiro, por exemplo, experimentou um crescimento de 14% na ocupação hoteleira se considerados os meses de junho de 2013 vs. junho de 2014, por outro lado a queda foi de 2% se comparado o 1º semestre de 2013 vs. o 1º semestre de 2014.

A conclusão da análise mostra que Fortaleza obteve um bom desempenho de ocupação nos hotéis. O destino litorâneo também contribuiu como atrativo. Este mesmo motivo já faz da cidade um destino muito procurado, o que fez a ocupação quase se equiparar com o mesmo período em 2013, sendo levemente superior durante a Copa.

De forma consolidada, o país apresentou uma diminuição de 2% quando comparada a taxa de ocupação média em junho de 2013 vs. junho de 2014.

 

16:43 · 21.11.2013 / atualizado às 16:43 · 21.11.2013 por
YouTube Preview Image

Por que trazer um filho a este mundo? É a pergunta que a Unilever responde com o “Project Sunlight”, lançado mundialmente ontem (20), data em que se comemora o Dia Universal da Criança. A campanha envolve várias ações baseadas em uma pesquisa realizada entre pais e filhos nos Estados Unidos, Reino Unido, Índia e Inglaterra, em que especialistas ouviram o que eles esperam do mundo e o que as aflige, e quais são as suas expectativas e esperanças para as gerações futuras.

O estudo foi realizado com oito mil pessoas, sendo metade com os pais e outra metade com seus filhos, entre 8 e 12 anos de idade. O resultado mostra que as crianças são a chave para motivar os adultos a adotarem estilos de vida mais sustentáveis, e uma poderosa influência para a mudança de hábitos dos pais. Nove em cada 10 pais dizem que o otimismo e o entusiasmo naturais das crianças os inspiram a fazer do mundo um lugar melhor, e sete em cada 10 pais dizem que sua maior motivação para quererem viver de um modo mais ecológico é o futuro de seus filhos.

Para ilustrar a mensagem que a companhia deseja transmitir, um vídeo, encomendado especialmente pela Unilever e dirigido pelo diretor vencedor do Oscar, Errol Mortis, mostra que, embora não pareça, o mundo nunca esteve melhor para se viver. Com quase cinco minutos de duração, o curta, criado e produzido pelas agências DAVID e Ogilvy & Mather, mostra a reação de futuros pais ao assistir a imagens emocionantes e otimistas de um futuro melhor para as crianças. Com o lançamento do “Project Sunlight”, a Unilever irá conscientizar as pessoas a viver de forma sustentável e ajudará 2 milhões de crianças no Dia Universal das Crianças.

Além disso, uma campanha no Twitter com 10 celebridades chama a atenção dos fãs para o vídeo que recebe o nome de “Anthem”. No último domingo (17), Felipe Andreolli, Fernanda Paes Leme, Fernanda Pontes, Fernanda Souza, Fiorella Matheis, Giovanna Lancelotti, Patrícia Maldonado, Samara Felippo, Sérgio Marone, e Tata Weneck mudaram suas fotos para uma imagem iluminada por raios de sol.

No mesmo dia, outras duas ações aconteceram, uma delas na Maternidade Santa Joana, em São Paulo, onde um vídeo será produzido com depoimentos das novas mamães sobre quais são seus medos e desejos para seus filhos, recém-nascidos. O resultado final será postado nos canais da Unilever nas redes sociais.

13:54 · 07.11.2013 / atualizado às 13:54 · 07.11.2013 por

A loja Suplements vai receber, no próximo dia 12, o maior recordista do Mr. Olympia Ronnie Coleman e a Musa Fitness  Eva Andressa, que estão visitando quatro estados do Brasil num Road Show, uma apresentação itinerante de produtos e do estilo fitness de vida.  Em Fortaleza, estarão disponíveis para atender a imprensa às 15h e o público a partir das 15h30 até às 19h.musculos01

Ronnie Coleman nasceu em Louisiana, EUA, em 13 de maio de 1964. Concluiu o curso de contabilidade na Grambling State University (GSU) em 1986. Enquanto universitário, foi membro do time dos GSU Tigers de futebol americano, na época do famoso técnico Eddie Robinson. Após se formar, Ronnie ingressou na polícia como oficial.

Nos últimos anos, alcançou o sucesso como fisiculturista profissional e já ganhou oito Mr. Olympia, a maior competição de fisiculturismo do mundo que revelou figuras como Arnold Schwarzenegger.  Ele é considerado o maior vencedor de todos os tempos do esporte, e ganhou o Mr. Olympia todos os anos de 1998 a 2005. Coleman detém o recorde de mais vitórias IFBB como um profissional com 26. Ele quebrou o recorde anterior (realizada por Vince Taylor a 22 vitórias) em Moscovo, em 2004.

Devido à sua profissão bodybuilding, Coleman viaja o mundo fazendo muitas aparições e apresentações. Também fez alguns vídeos de treinamento dando dicas para mais weightlifters experientes, enquanto advertência contra o excesso de esforço e de forma imprópria.
Eva Andressa é conhecida como musa fitness, considerada uma das mais belas atletas do Brasil. A curitibana alcançou o reconhecimento popular através de milhares de seguidores em seus perfis nas redes sociais. Eva consegue movimentar milhares de homens e mulheres, que buscam informações sobre como a atleta conquistou sua forma. Em suas páginas e canais na internet, a atleta aborda temas como alimentação, saúde, bem-estar, dicas de treinos e vídeos com passo a passo de treinos.

Eva conquistou vários títulos durante sua carreira no mundo Fitness. No fim do ano de 2010, a musa foi convidada a participar do Programa do Jô e passou a estrelar inúmeras capas de revistas e campanhas publicitárias. Em dezembro de 2012, Eva fez participação no videoclipe do single sobre bodybuilding “Bonde da Maromba” do grupo Bonde da Stronda e posou nua em março de 2013 para a Sexy.

16:54 · 22.08.2013 / atualizado às 16:55 · 22.08.2013 por

A revista Sacada, com amostras da criatividade dos alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Unifor (Universidade de Fortaleza), será inaugurada no evento Saca Só, hoje, às 19h30, na Cobertura do Centro de Convivência da instituição.

A festa, gratuita, terá temática fundamentada no movimento Pop Art, das décadas de 50 e 60, e está sendo organizado pela AgênciaNIC e Central de Eventos do Núcleo Integrado de Comunicação.

16:32 · 12.06.2013 / atualizado às 16:32 · 12.06.2013 por

O Programa de Integração Universidade-Empresa (Uniempre) promove hoje, no auditório José Flávio Costa Lima, no térreo na sede do Sistema Fiec, a palestra “Patologia e Recuperação de Estruturas” com o professor Eduardo Ballan.

O convidado é doutor em engenharia pela Universidad Politecnica de Madrid, na Espanha. O evento é uma realização da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, por meio do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (Indi).

A palestra é dirigida, especialmente, a empresários, profissionais, professores e alunos de pós-graduação ou dos últimos semestres de engenharia.

15:28 · 03.06.2013 / atualizado às 15:28 · 03.06.2013 por

Desde o dia 28 de maio, O Boticário convoca as consumidoras a escolher a Make da Torcida – a maquiagem que tornará a brasileira campeã de beleza e alto astral na hora de torcer pelo Brasil.

Torcida Linda

A marca encomendou à make up artist Suelen Johann seis looks inspirados no tema “Brasil” e convidou algumas das mais influentes blogueiras do País para representar as maquiagens.

Para definir qual delas será a Make da Torcida, todas serão exibidas no Portal Viva Linda, dentro da área Torcida Linda, para votação popular. A make vencedora – que será conhecida em 6 de junho – será eleita para o movimento #torcidalinda de O Boticário.

16:00 · 17.10.2012 / atualizado às 16:00 · 17.10.2012 por

Uma matéria da equipe de comunicação interna da Cagece, incentivando o uso de bicicletas para o público interno, está entre as finalistas do Prêmio Allianz Seguros 2012, na categoria comunicação corporativa. O resultado final será divulgado no dia 6 de novembro, em São Paulo.

O texto traça um retrato das facilidades e dificuldades de quem encara andar de bicicleta diariamente pelas vias de Fortaleza. Foram colhidos depoimentos de adeptos. A matéria está em harmonia com a missão da Cagece de contribuir para a melhoria da saúde e qualidade de vida, provendo soluções em saneamento básico, com sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Dentro desse espírito, a Cagece desenvolve vários programas ligados à preservação do meio ambiente e à sustentabilidade. Por exemplo, o Projeto Reciclocidades trabalha desde 2009, na capacitação de jovens e adultos para a confecção de artesanato através de materiais reciclados, como forma de contribuir para a geração de renda nas famílias.

Para o público interno, a Cagece também incentiva práticas sustentáveis. A separação do material reciclável acontece por meio do projeto Coleta Seletiva. A ação teve início no ano de 2004. Na prática, nas unidades da Cagece, tanto no Interior do Estado quanto na Capital, há coletores de material reciclável, seguindo o critério das cores para facilitar a separação. O material coletado é doado para diversas instituições filantrópicas.

16:11 · 20.09.2012 / atualizado às 16:11 · 20.09.2012 por

Com mais de 56 milhões de usuários no País, o Facebook se manteve como rede social mais acessada no Brasil, de acordo com dados fornecidos pela Experian Hitwise recentemente.

Segundo levantamento, o líder teve 54,99% da preferência dos usuários, crescimento de 36,75% em comparação com o mesmo período no ano anterior.

Em segundo lugar, o YouTube teve participação de 17,92%, seguido pelo Orkut, com 12,42% e queda de 33,69% em relação a 2011. Completam a lista de redes sociais o Windows Live Home, com 2,41% no share; Twitter, com 2,29% e Yahoo! Answers Brasil, com 1,70%.

Para André Fonseca, CEO da Dito, empresa especializada em soluções de engajamento no Facebook, a manutenção da principal rede social no mundo na liderança é explicada pelas inúmeras possibilidades que ela permite em seu ambiente virtual.

“Diferentemente do Orkut, que teve uma queda brusca em apenas um ano, o Facebook permite que seus usuários interajam de várias maneiras, seja por comentários, jogos sociais ou pelo Messenger. Além disso, com a adoção de novos verbos, além do curtir, as possibilidades de engajamento cresceram ainda mais”, aponta o executivo.

14:26 · 10.09.2012 / atualizado às 14:26 · 10.09.2012 por

Para 74% das mulheres brasileiras, o programa político eleitoral gratuito não influencia seu voto, e apenas 15% creem ser necessária sua exibição para conhecer melhor o candidato. É o que aponta levantamento realizado pela Sophia Mind (www.sophiamind.com) – Empresa de Pesquisa e Inteligência de Mercado Feminino do grupo Bolsa de Mulher (www.bolsademulher.com) –, que mapeou as percepções das eleitoras brasileiras sobre a campanha partidária eleitoral na televisão. A análise foi feita com uma amostra de mais de 600 mulheres, entre 18 e 60 anos, das classes A e E de todo o Brasil.

A pesquisa revelou que a proporção entre as mulheres que assistem ao programa eleitoral é quase equivalente. Cinquenta e dois por cento delas afirmam acompanhar o horário eleitoral, mas apenas 8% esperam que este a ajude na escolha do voto. Trinta e dois por cento das entrevistadas responderam que os candidatos fazem sempre o mesmo discurso e 23% afirmaram que a propaganda incomoda, mas procuram assistir para se informarem melhor sobre eles. Já 30% se dividem entre as que creem ser necessária para que se conheça os candidatos ou que o programa é desigual, pelo tempo irregular dado a cada partido.

A pesquisa revelou ainda que tanto para as que assistem como também as que não o fazem, outros meios são importantes para a busca de informações. Os mais procurados são a Internet e os jornais, seguidos ainda das redes sociais, rádio, revista e e-mail.

Quase a metade (42%) diz que as notícias que acompanha tem mais peso na eleição do que o próprio programa político e, para 18%, o candidato já está decidido no momento em que este começa a ser veiculado. Destas, apenas 8% admitem a possibilidade de mudar o voto por causa da campanha na TV.

A pesquisa ainda analisou, com a opinião de suas entrevistadas, um termômetro de grau de importância das propagandas políticas. Para a maior parte (44%), o programa político eleitoral na TV tem baixa importância, enquanto 30% acreditam que apresenta média importância e 26% dão muita importância para essa programação para a escolha de seus candidatos.