Busca

Tag: tecnologia


00:32 · 16.04.2016 / atualizado às 00:33 · 16.04.2016 por

São Paulo – Sai o “Tim, você sem fronteiras” e passa a valer o conceito “Evoluir é fazer diferente”. Neste domingo (17), a nova identidade da operadora será, oficialmente, apresentada ao público por meio de campanha assinada pelas agências W/McCann e Z+. Um filme institucional de dois minutos irá ao ar no intervalo do Fantástico, da TV Globo.

tim-logo-antigo
Marca antiga

A novo logo da Tim foi apresentada aos jornalistas ontem (15), em São Paulo. Não foi uma simples mudança. O antigo desenho foi totalmente reformulado. A novidade só chegou no Brasil agora, mas na Itália o novo logotipo já estava sendo usado desde fevereiro. O reposicionamento foca em atributos como inovação, pioneirismo, qualidade, coragem e transparência.

tim-nova-marca-700x329
Nova marca da operadora

Segundo o presidente da Tim Brasil, Rodrigo Abreu, a nova assinatura resume a história da empresa nos últimos anos e é a base do filme que estreia neste domingo com o título “Atitude”. Os personagens azuizinhos, antes utilizados pela operadora em suas campanhas, dão lugar a pessoas que aparecem em cenas cotidianas, mas, em algum momento agem para fazer a diferença.

Resumo do filme institucional: um rapaz recolhendo lixo para reciclagem na praia mostra que ao invés de se queixar da vida da vida, mostra que é necessário se mexer e mudar. Um grupo de meninas inclui uma idosa em uma brincadeira de karaokê, reforçando que respeito é uma questão de atitude. Durante uma partida de futebol entre amigos, um jogador ajuda o outro a se levantar após uma “entrada” mais dura e destaca que todo mundo erra, mas admitir o erro muda tudo. Uma pessoa com deficiência física mostra um exemplo de superação através do esporte, ilustrando que tudo é possível, mesmo quando muitos dizem que “não dá”. Uma pessoa indo embora durante um discurso retrata que os brasileiros estão cansados de promessas e querem fatos.
Por fim, um grupo de jovens aparece recuperando uma área degradada, cuidando do jardim e pintando uma parede: “Fazer a diferença está em cada um. Quem mais pensa assim?”, questiona a locução. A partir daí, a Tim aparece como protagonista, mostrando que a empresa está ao lado dos consumidores, fazendo diferente para que eles possam fazer a diferença.

Durante a sua fala para os jornalistas, Abreu diz que a meta da empresa é se tornar a mais querida operadora. Mesmo sem apresentar números, o executivo informou que o número de reclamações contra a operadora nos órgãos de defesa do consumidor vem caindo sensivelmente.

O filme destaca que a empresa investiu e construiu a maior cobertura 4G do Brasil, simplificou seus planos e lançou um novo portfólio de ofertas inovadoras e acessíveis e, agora, reforça ainda mais seu compromisso com respeito e transparência para construir uma nova história. Nesse momento, a nova marca é projetada na fachada de um prédio diante das pessoas.

O novo logo foi criado em colaboração com a Interbrand para a Telecom Italia, que unificou sua marca no país no início do ano, passando a contar apenas com o nome Tim para todas as suas operações. O novo símbolo, com design simples e contemporâneo, foi desenvolvido para ser imediatamente identificado e é redefinição do visual do trigrama, as três ondas vermelhas que caracterizavam o logo anterior da companhia.

Por Mara Cristina

17:01 · 14.03.2016 / atualizado às 17:01 · 14.03.2016 por

Após cinco anos de altas consecutivas, o mercado de smartphones encerrou 2015 em baixa na comparação com 2014. Segundo o estudo IDC Brazil Mobile Phone Tracker Q4, realizado pela IDC Brasil – líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações – foram vendidos pouco mais de 47 milhões de celulares inteligentes entre janeiro e dezembro, queda de 13,4% na comparação com 2014, quando o país chegou à marca de 54.5 milhões de aparelhos vendidos. Ainda de acordo com o levantamento da IDC, os feature phones encerraram o ano em queda de 74%, com 4,2 milhões de unidades comercializadas.

“Foi um ano muito difícil para a economia e até o mercado de smartphones, que apresentava taxas de crescimento positivas nos anos anteriores, acabou impactado, principalmente por conta da alta do dólar. Mesmo com alguns fabricantes nacionais apostando no mercado de celulares, os insumos são importados e, ao longo do ano, foi necessário fazer de três a quatro repasses nos preços dos aparelhos”, conta Leonardo Munin, analista de pesquisa da IDC Brasil.

Embora as vendas tenham sido menores, a receita apresentou um crescimento de 1,2%, na comparação com 2014, ajudada pela alta de 17% no ticket médio, que passou de R$ 750, em 2014, para R$ 880 em 2015. “Os anos de 2013 e 2014 foram marcados pela popularização do smartphones. Em 2015, houve uma mudança no comportamento dos consumidores, que passaram a investir em celulares mais caros. O aumento na receita foi influenciado por este novo comportamento dos usuários que buscam ter uma segunda experiência com o smartphone, optando por uma aparelho mais robusto.”, revela o analista da IDC Brasil.

Munin ainda reforça que o ciclo de vida dos celulares, que era de um ano e meio, passou para cerca de dois anos. “Notamos que o consumidor está ficando mais tempo com um aparelho e preferindo, inclusive, fazer pequenos reparos. Isso acaba refletindo na venda de aparelhos novos”.

O 4º trimestre de 2015 apresentou queda de 32% na comparação com 2014. Foram vendidos 11.6 milhões de celulares inteligentes no país. “Não tínhamos um último trimestre tão fraco desde 2013. Historicamente, o primeiro trimestre é o mais fraco nas vendas. Porém, 2015 foi bem atípico e os meses de janeiro a março tiveram a melhor média do ano. Nem as festas de fim de ano e a Black Friday foram capazes de incentivar o consumo na mesma proporção dos últimos anos.”, completa o analista da IDC.

Em 2014, as vendas de smartphones no Brasil representaram 42% da fatia total na América Latina. Em 2015, houve uma queda de 8%, com o país representando 34% das vendas totais de aparelhos na região. Mundialmente, a comercialização dos celulares no Brasil representava 4,4% do total no ano de 2014 e, em 2015, passou para 3,4%. Mesmo assim, o Brasil ainda é o quarto maior consumidor em unidades, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Índia. A IDC prevê uma retração de cerca de 13% do mercado de smartphones, com a venda aproximada de 41 milhões de aparelhos em 2016.

16:39 · 12.02.2016 / atualizado às 16:39 · 12.02.2016 por

A Claro tem investido fortemente em infraestrutura para expandir a sua rede no país e continuar a oferecer sempre a melhor experiência em telefonia móvel aos seus clientes. Este mês, três cidades no Ceará passam a contar com o 3GMax da Claro. Com isso, mais de 57,4 mil pessoas serão beneficiadas com a novidade em Coreaú, Itaiçaba e Jardim.

O principal benefício da nova tecnologia é oferecer mais rapidez de conexão para uso de serviços de banda larga móvel, facilitando o uso da internet no celular, no tablet ou por modem em computadores.

No Ceará, a operadora está presente em 153 municípios com tecnologia 2G, em 107 cidades com 3G e em cinco com a rede 4G. No estado, a Claro tem 26,62%de participação de mercado e mais de 2,8 milhões de clientes.

18:24 · 13.01.2016 / atualizado às 18:24 · 13.01.2016 por

A Oi lança um programa de compra de aparelhos usados para incentivar a troca por um novo smartphone pela população. Através do programa, aparelhos usados de clientes de qualquer operadora podem valer até R$ 1.600 na troca por um novo, em todas as lojas próprias da Oi.

O objetivo é fomentar o uso de aparelhos mais modernos, com tecnologia 4G, com mais recursos de navegação, acesso as redes sociais e o uso de aplicativos diversos

Em novembro do ano passado, a Oi iniciou, após estudos, um novo modelo de cobrança, desafiando a lógica atual em que os consumidores usam múltiplos chips e restringem o uso de sua comunicação de dados para evitarem tarifas elevadas.

Através de novos planos, o Oi Livre (pré-pago) e o Oi Mais (pós-pago e controle), a empresa passou a oferecer ofertas com ligações para qualquer operadora em todo o Brasil (ligações locais e DDD), pelo mesmo valor, além de um forte aumento na franquia de dados, para o cliente usar da forma que quiser, sem restrições, inclusive na rede 4G.

O programa de troca de aparelhos é a continuidade dessa estratégia de mudança já iniciada pela companhia. A empresa quer participar do processo de popularização do smartphone e oferecer a seus atuais e futuros clientes, acesso a tecnologia 4G com um custo mais acessível.

Além disso, os clientes pós-pagos da Oi podem acumular o desconto da troca do aparelho usado com o desconto conseguido através dos pontos do programa Oi Pontos, facilitando ainda mais a compra do smartphone novo.

16:28 · 25.11.2015 / atualizado às 16:28 · 25.11.2015 por

Luiz Vergueiro, diretor de logística da Infracommerce, empresa especializada em soluções para o comércio eletrônico

O Black Friday é o dia de maior venda do varejo eletrônico brasileiro. O evento é muito aguardado pelos consumidores, que sempre destinam parte de suas economias para aproveitar-se das ofertas e oportunidades que aparecem na data. Além disso, de acordo com a consultoria Conversion, em 2015, 40% dos consumidores já devem antecipar as compras de Natal com as oportunidades geradas pelo evento do dia 27 de novembro, que já está cravado no calendário oficial do comércio eletrônico.

Como toda situação em que há pico de demanda, há uma grande necessidade para toda a cadeia varejista – online e offline -, se planejar e organizar para atender consumidor. A organização deste planejamento deve considerar os seguintes pontos:

a) Aumento da disponibilidade de produtos: ter os produtos disponíveis nas quantidades necessárias é importantíssimo para que a loja consiga efetivar todas as vendas, focando principalmente nos produtos mais desejados. Isso acontece, em média, com dois meses de antecedência ao dia do Black Friday. O objetivo é dispor do maior portfólio possível para oferecer ao consumidor;

b) Aumento da capacidade de recepção dos pedidos: o site e os sistemas, ferramentas que são utilizadas para concretizar uma venda, não podem falhar. Para evitar isso, as estruturas que suportam esses sistemas devem ser aumentadas, permitindo que 100% dos pedidos sejam processados e executados.

c) Aumento na capacidade de processamento dos pedidos no armazém: com o objetivo de minimizar ao máximo os prazos de entrega originais dos pedidos, uma estrutura extra deve ser montada para atendimento dos processos de separação, faturamento, embalagem e expedição. Uma equipe extra temporária, somada a mudanças nos processos permitem mais que dobrar a capacidade de processamento.

d) Alinhamento nos prazos de atendimento da distribuição: há um grande gargalo no processo de distribuição dos pedidos gerados pelo Black Friday. As empresas que fazem a entrega não conseguem absorver totalmente esse volume adicional e, em função disso, a proximidade deles é importante para evitar a frustração do consumidor. Os prazos de entrega por região precisam ser ajustados;

e) Readequação da estrutura de atendimento ao consumidor: junto a este aumento de volume de vendas acontece, paralelamente, o aumento do número de contatos dos consumidores. Por isso, prometer um prazo de atendimento factível e alertá-los, em caso de possível atraso, são fatores importantes para dar tranquilidade a quem realizou a compra.

12:55 · 21.10.2015 / atualizado às 12:55 · 21.10.2015 por

S455_Selfie_Preto (3)

Os smartphones continuam se renovando para atrair os mais diversos gostos. A Positivo acaba de lançar novos modelos que atendem aqueles que adoram selfies. Trata-se do Positivo Quattro X435 e é o primeiro da marca com suporte à rede LTE, que garante uma excelente velocidade na transmissão de dados por meio de sua conexão 4G.

Outra novidade é que o aparelho já vem com película protetora e está disponível nas cores preta ou dourada, com tela de 5 polegadas, Android Lollipop, processador quad-core de 1,3GHz com velocidade de 64bits, 1GB de memória RAM, 8GB de armazenamento, entrada para cartão de memória, dual-chip, câmeras frontal e traseira de 5MP, acelerômetro, sensor de luminosidade e conexão Bluetooth. O seu preço sugerido é R$ 549, garantindo uma ótima relação custo-benefício para o consumidor que busca seu primeiro smartphone 4G com tela grande.

Outro lançamento anunciado é o Positivo Selfie S455, disponível nas cores preta e dourada, indicado aos usuários que gostam de registrar os momentos do dia a dia. Ele vem com câmera frontal de 8MP – com um atalho na lista de aplicativos, que já abre a câmera diretamente no modo para autorretrato – e software que auxilia na busca pela ‘selfie perfeita’. Tem tela de 4,5 polegadas, sistema operacional Android Lollipop, processador quad-core de 1,3GHz, 1GB de RAM, 8GB de armazenamento interno, câmera traseira de 5MP, conectividade 3G, sensor de luminosidade e acelerômetro, entrada para cartão de memória, dual-chip e conexão Bluetooth.

O preço sugerido para o Positivo Selfie na operadora Tim é R$ 499. A companhia também mantém em seu portfólio o Positivo Octa X800, o Positivo X400 e o Positivo S550, todos com a chancela e os serviços do Google, incluindo cerca de um milhão de aplicativos disponíveis para download na Google Play, além de outros apps mais procurados, como Facebook, WhatsApp e Skype.

16:26 · 09.10.2015 / atualizado às 16:26 · 09.10.2015 por

Um aplicativo capaz de identificar qual bateria é compatível com o seu carro na hora que você precisar. Esta é a facilidade que a Baterias Moura está oferecendo aos clientes no lançamento da campanha “Qual a sua bateria?”. A tecnologia funciona da seguinte maneira: o usuário faz o download do app em seu smartphone e indica o ano, o modelo e a marca do veículo. Em seguida, o sistema indicará qual a bateria ideal para o carro informado. Por último, é só ativar o GPS do celular e deixar que ele indique ao cliente qual a revenda mais próxima.

CAMPANHA-Qual-a-Sua-Bateria

Na área digital, a Baterias Moura já criou aplicativos com enfoque em responsabilidade social, entretenimento e agora incrementa o acervo de utilidade pública com o novo aplicativo Qual a sua Bateria? Criado pela Ampla, o sistema está disponível nas plataformas Android e IOS.

De acordo com a supervisora de Marketing do Grupo Moura Maria Eduarda Ferrer, o objetivo desta ferramenta é ficar perto dos consumidores. “Estar na plataforma mobile é mais uma forma de conseguirmos isso. O aplicativo é uma ferramenta útil e que facilita o acesso à informação. O consumidor pode contar com a Moura para saber qual a bateria ideal para o seu carro e encontrar a revenda mais próxima de maneira rápida e intuitiva”, ressalta Eduarda.

16:52 · 07.10.2015 / atualizado às 16:52 · 07.10.2015 por
YouTube Preview Image

Olhar para os filhos e vê-los como eternas crianças. Esta situação pela qual todos os pais e mães passam durante os anos é o insight para o novo filme da Vivo, que estreia hoje em rede nacional para comunicar os planos pós-pagos da empresa, contemplando acesso à internet 4G, a partir de R$49,99 ao mês.

Assinada pela Africa, a produção retrata os pensamentos dos filhos e dos pais até perceberem que o filho já deve ter seu primeiro plano 4G. De acordo com Cris Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da operadora, Vivo é uma marca que está presente no dia a dia das pessoas e traz conteúdos relevantes para elas. “A nossa marca sempre retrata a vida real, por isso o filme traz essa reflexão dos pais sobre o momento ideal de dar um primeiro plano para seus filhos”, afirma Cris Duclos.

As cenas foram gravadas em Porto Alegre, na sede do Instituto Ling, edifício voltado à arte contemporânea e o vídeo foi dirigido pela produtora Delicatessen. Além da campanha para TV aberta, a marca fará ações para o dia das crianças em outras mídias, como mobiliário urbano e jornais.

16:28 · 05.10.2015 / atualizado às 16:28 · 05.10.2015 por

A Oi lançou campanha publicitária para anunciar novas velocidades de sua banda larga. O novo portfólio, oferecido em mais de 500 municípios de todo o Brasil (exceto São Paulo), inclui velocidades de 20, 25 e 35 Mega a partir de R$79,90 nos combos da companhia. Assinada pela agência nbs, a nova campanha da Oi tem peças para TV, web, mídia exterior e rádio, seguindo conceito “Oi. Porque seu mundo não para”.

O filme da campanha mostra como uma família pode usar ao mesmo tempo o serviço de banda larga da Oi, sem perder qualidade de conexão. Com tom bem humorado e locução dinâmica, o filme brinca com diferentes situações vividas em casa: o pai baixa um filme no laptop, enquanto o filho joga online no tablet, a esposa vê vídeos de beleza no celular, e a filha fala com o namorado, que “mora fora”, usando o computador. Depois, o filho estuda online e a filha vê um filme com o namorado. Por último, o pai vê um vídeo do filho surfando, enquanto a filha “dá um fora” no namorado.

Com as novas ofertas, a Oi amplia as opções de serviços de internet para os clientes e atende a perfis de clientes com maior demanda de velocidade, garantindo uma melhor qualidade, inclusive no uso simultâneo por dispositivos como tablets, laptops e smartphones.

As ofertas de 20, 25 e 35 Mega foram disponibilizadas este mês para clientes residenciais e empresariais pela tecnologia VDSL (very high bit-rate digital subscriber). Em 353 dos 500 municípios onde a Oi lançou as novas velocidades, a companhia é a única operadora a disponibilizar essas ofertas de internet banda larga, o que demonstra a robustez e capilaridade da rede e reforça seu compromisso de contribuir para o processo de democratização das telecomunicações no país.

Nos combos da Oi, as ofertas são disponibilizadas por R$ 79,90 ou R$ 89,90 por mês, de acordo com a localidade, para as velocidades de 20 e 25 Mega, conforme a disponibilidade na localidade, e R$ 89,90 ou R$ 99,90 por mês, de acordo com a localidade, para a velocidade de 35 Mega. Os planos contam com modem WiFi cedido sem custo adicional.

16:51 · 06.04.2015 / atualizado às 16:51 · 06.04.2015 por

Frame_Campanha VIVO_pegabem_1

A vida de hoje é always on, é on demand, é digital. Nesse contexto, fazer acontecer é uma questão de atitude. Querer inovar, sair do padrão, do lugar comum, #pegabem. Essa é a mensagem que a Vivo quer reforçar na campanha que apresenta seu novo posicionamento, “Fazer acontecer #pegabem”. A ação, criada pela DPZ, traz histórias reais de pessoas que usaram o potencial transformador da tecnologia e a multiplicidade de recursos disponíveis para mudar suas vidas.

“A gente capturou com esta campanha o insight muito atual de que, com a conexão, qualquer um pode mudar a sua vida, aproveitar as oportunidades e progredir. Fazer acontecer pega bem”, explica Cris Duclos, Diretora de Marketing da Vivo.

Segundo Rafael Urenha, Chief Creative Officer da DPZ, essa é uma evolução do conceito #pegabem, apresentado pela operadora em 2014. “Desta vez o foco está nas grandes ideias que se realizam através da tecnologia. Estamos em plena revolução digital e a Vivo tem as ferramentas que estão ajudando as pessoas a transformar a vida delas e de todos em volta para melhor”, afirma.

Para inspirar os consumidores a usar o poder da conectividade para escrever uma nova história, o atual momento do #pegabem traz experiências reais como a do Buzina, food truck que está fazendo um enorme sucesso nas ruas de São Paulo e usa a internet para dar dicas, compartilhar fotos e divulgar seu itinerário; a do coletivo Curativos Urbanos, cujo projeto usa cor e bom humor para apontar os problemas nas grandes cidades e que, graças à internet, já chegou a lugares como Roma e Paris; a do rapper Rico Dalasam, que usa o poder da conexão para divulgar seus trabalhos; a do 6emeia, que pinta bueiros, posts e tampas de esgoto e divulga tudo em seu fotolog para mostrar que a arte pode surgir em qualquer lugar; e a do chef Bruno Veloso, que viu seu Bolo de Churros ganhar fama depois de compartilhar uma foto no Instagram.

Com direção de cena de Heitor Dhalia e embalado pelo hit “Thrift Shop”, o filme traz uma linguagem dinâmica e mescla cenas de pessoas comuns que também fazem acontecer no seu dia a dia com cenas dos personagens que servem de inspiração para a ação, fazendo um convite para as pessoas exercerem todo o seu potencial.

“A vida digital mudou o jeito de falar, escrever, assistir TV, ouvir música, curtir, fazer amigos, criar e compartilhar conteúdo. Ela multiplicou as oportunidades para quem tem vontade de fazer acontecer”, explica Marcello Barcelos, diretor de Criação da DPZ.

Além dos filmes de 30 e 60 segundos, a campanha conta com ações digitais, como um hotsite que detalha as histórias dos personagens.