Cearense Raffael marca três gols e garante o Borussia na fase de grupos da Liga dos Campeões

24/08/2016 - 18:20 por

Raffael foi decisivo na classificação do Borussia (foto: divulgação)

Raffael foi decisivo na classificação do Borussia (foto: divulgação)

Com três gols do cearense Raffael e outros três de Thorgan Hazard, irmão de Eden, craque do Chelsea, o Borussia Moenchengladbach garantiu sua classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões com facilidade, ao massacrar o Young Boys Berna por 6 a 1, nesta quarta-feira.

Rafael já tinha deixado sua marca na partida de ida, ao abrir o placar na vitória por 3 a 1 do time alemão na Suíça. Ravet marcou o gol de honra do Young Boys, no Borussia Park.

O Gladbach já disputou a fase de grupos da Champions na temporada passada e não conseguiu chegar ao mata-mata, por ter ficado em último lugar de uma chave complicadíssima, com Manchester City, Juventus e Sevilla.

Categoria: Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Joe Hart se desentende com Pep Guardiola, abandona treino do City e deixa dúvida no ar

24/08/2016 - 12:36 por

Joe Hart está infeliz em ser reserva no Manchester City (foto: AFP)

Joe Hart está infeliz em ser reserva no Manchester City (foto: AFP)

Os dias do goleiro Joe Hart no Manchester City parecem estar contatos, se depender das últimas atitudes do técnico Pep Guardiola. Nessa terça-feira (23), durante o treino de apronto da equipe inglesa para o compromisso de hoje, às 15h45 (de Brasília), pelos playoffs da Liga dos Campeões, contra o Steaua Bucareste, atleta e treinador protagonizam o que parece ser uma discussão.

Pior para Joe Hart, que logo depois da breve conversa, abandona a atividade. Vale lembrar que Hart é dono de um dos maiores salários do futebol europeu (cerca de R$ 1,8 milhões por mês) e tem contrato com o City até o final da temporada 2018/2019.

Já nesta pré-temporada, o até então dono da camisa 1 perdeu a posição para o reserva Willy Caballero. A decisão pelo arqueiro argentino ser titular foi do próprio Guardiola, que justificou o bom momento do concorrente à titularidade da meta do City.

De acordo com informações da imprensa espanhola, o goleiro Cláudio Bravo, que se desligou do Barcelona, estaria na mira do Manchester City. “Não posso negar o que todo o mundo sabe, mas até que haja algo oficial não posso falar”, disse Guardiola sobre o assunto.

Veja o momento em que Guardiola e Hart discutem e o goleiro da seleção inglesa abandona o treino do City:

Categoria: Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Em Roma, ser dragão

23/08/2016 - 10:58 por

 

Porto's Brailian midfielder Otavio (L) controls the ball next AS Roma's midfielder Daniele De Rossi (C) and Greek defender Kostas Manolas during the UEFA Champions League first leg play off football match FC Porto vs AS Roma at the Dragao stadium in Porto on August 17, 2016. / AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

Foto: AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

Partida de ida, válida pela fase de playoffs da Liga dos Campeões, na cidade do Porto, terminou empatada em 1 a 1
Nesta terça-feira, às 15h45, todos os caminhos vão dar a Roma. O duelo mais esperado da fase de playoffs terá O FC Porto procurando manter o tabu de nunca ter perdido para os italianos – três jogos, uma vitória e dois empates- e assim, carimbar a passagem para a fase de grupos da Liga dos Campeões; e a Roma tentando manter a invencibilidade de seis meses jogando nos seus domínios, quando foi derrotada pela última vez, em fevereiro desse ano, para o Real Madrid, por 2 a 0.

O dragão de Nuno Espírito Santo terá de ser arrojado na Cidade Eterna, visto que entra em desvantagem na eliminatória frente a uma Roma que mostrou ser bem competitiva e destemida, na semana passada e que sabe lidar com várias dificuldades ao longo de uma partida.

Ora, diz o povo do alto da sua sabedoria popular italiana que “em Roma ser romano”. Desta vez, não poderá ser bem assim. Em Roma, o FC Porto terá de ser dragão em todos os 90 minutos. Só assim poderá sonhar com a classificação para a fase de grupos. A vitória ou um empate com dois ou mais gols permitem ao clube azul e branco avançar. A Roma com um empate sem gols ou uma vitória simples garantirá mais uma vez a presença na fase principal da Champions.

“Nós iremos entrar em campo com muita garra, porque esperamos oito meses por esta partida e é tudo aquilo que queremos. Este desafio é a chave para entrar na competição mais importante da Europa. Estamos prontos para jogar”, disse o técnico romano Luciano Spalletti.

“Podem esperar um FC Porto que não se rende, cooperativo e aguerrido. Um FC Porto determinado e competitivo. Só assim poderemos chegar aos nossos objetivos”, declarou Nuno Espírito Santo, técnico portista.
De Rossi, Nainggolan e Strootman serão essenciais no meio-campo da Roma, pois o time português tentará pressionar desde o início. Congestionar o meio, e travar os jogadores portugueses será meio caminho para obter a classificação.

O FC Porto precisa de gols e André Silva tem sido o destaque da equipe portista. E tem tido sucesso com a sua missão. A sua pontaria (ou falta dela neste duelo) poderá ditar a sorte ou o azar dos azuis e brancos na competição.

O belga Vermaelen, da Roma, não jogará a partida, pois foi expulso no duelo de ida, no Estádio do Dragão. A equipe romana conta com os desfalques de Rüdiger, Mario Rui, Florenzi e Torosidis, todos machucados.

Os onze prováveis para a partida desta terça-feira (23), no Estádio Olímpico, serão:
Roma: Szczesny; Palmieri, Manolas, Jesus, Bruno Peres; De Rossi, Strootman, Nainggolan; Diego Perotti, Salah, Dzeko.
Técnico: Luciano Spalletti

FC Porto: Casillas; Alex Telles, Felipe, Marcano, Maxi Pereira; Herrera, Danilo Pereira, Otávio; Corona, Adrian López, André Silva.
Técnico: Nuno Espírito Santo

Categoria: Arquivo

Comentários

Enviar para o Kindle

Borussia Dortmund investe pesado e contrata mais um campeão do Mundial de 2014

22/07/2016 - 9:46 por

Schürrle foi um dos responsáveis pela sonora goleada (7 a 1) da Alemanha sobre o Brasil, na Copa de 2014 (foto:AFP)

O atacante Andre Schürrle foi um dos jogadores responsáveis pela sonora goleada (7 a 1) da Alemanha sobre o Brasil, na Copa de 2014 (foto:AFP)

O Borussia Dortmund anunciou oficialmente nesta sexta-feira (22) a contratação do meia-atacante Andre Schürrle, que deixou o Wolfsburg para assinar um contrato de cinco anos com o seu novo time. Ele se tornou o segundo reforço de peso confirmado em dois dias pelo clube, que na última quinta havia confirmado a volta de Mario Götze, que está de volta à equipe três anos após uma polêmica transferência para o rival Bayern de Munique.

Assim como Götze, autor do gol que deu o título da Copa do Mundo de 2014 à Alemanha na final da Copa de 2014, Schürrle disputou o Mundial realizado no Brasil e se tornou o oitavo reforço do Dortmund para a próxima temporada do futebol europeu. Além dos dois jogadores, o clube já contratou Mikel Merino, Ousame Dembele, Marc Batra, Emre Mor, Sebastian Rode e Raphael Guerreiro.

Hoje com 25 anos de idade, Schürrle havia defendido o Chelsea antes de se transferir para o Wolfsburg em fevereiro de 2015. No ano anterior, por sinal, foi dele o cruzamento que resultou no gol de Götze, no Maracanã, na prorrogação do jogo contra a Argentina na decisão da Copa de 2014. Antes de ser contratado pelo Chelsea em 2013, ele foi revelado pelo alemão Mainz e depois atuou pelo Bayer Leverkusen.

O Dortmund e o Wolfsburg não revelaram valores da transação envolvendo Schürrle, mas especula-se na Alemanha que o primeiro destes clubes pagou cerca de 30 milhões de euros para contar com o jogador, que comemorou a oportunidade de poder atuar por outro clube gigante do futebol mundial.

“O Borussia Dortmund é um dos clubes de elite na Europa e tem um elenco forte e extremamente empolgante. Conheço pela minha própria experiência o quão forte o Borussia pode ser por meio da inteiração com seus torcedores e estou muito ansioso para essa experiência agora como parte dos pretos e amarelos pela primeira vez, em vez apenas de ser um adversário maravilhado (com a força da fanática torcida do clube)”, afirmou Schürrle, para em seguida enfatizar: “Nos próximos anos eu quero alcançar sucesso com o Borussia Dortmund e mal posso esperar para começar a treinar e convencer a todos que o clube fez a escolha certa ao me contratar”.

O Dortmund está em reconstrução após perder nas últimas semanas alguns dos seus principais jogadores, casos do zagueiro Mats Hummels (foi para o Bayern de Munique) e dos meias Ilkay Gündogan (Manchester City) e Henrikh Mkhitaryan (Manchester United).

Com informações da Agência Estado

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Pogba está prestes a ser o jogador mais caro do mundo. Vale tudo isso?

20/07/2016 - 16:42 por

Pogba é considerado um dos melhores jogadores do mundo, na atualidade. Foto: AFP

Pogba é considerado um dos melhores jogadores do mundo, na atualidade. Foto: AFP

José Mourinho está próximo de conseguir a mais midiática e cara transferência do mercado de verão, na Europa, já que Paul Pogba (23) parece mais próximo do que nunca. Habitual nome de mercado, o francês deixou definitivamente de estar na mira de Barcelona e Real Madrid e parece ser mesmo Manchester o seu destino, com um retorno ao United. O jogador defendeu as cores dos “Red Devills” até 2013, quando se transferiu para o clube de Turim. A decisão de sua saída foi estabelecida pelo lendário treinador escocês, Alex Ferguson. Na época, Pogba afirmou que o técnico iria se arrepender de ter tomado essa atitude.

Os valores variam, mas a imprensa inglesa e a italiana parecem unânimes na conclusão de que o negócio está selado e que a transferência vai mesmo acontecer. A dúvida é o valor, com números que vão dos 100 aos 125 milhões de euros, soma astronômica e que se prepara para bater as de Gareth Bale e Cristiano Ronaldo, ficando o francês com o título de jogador mais caro do planeta. Indubitavelmente, Pogba é um bom volante, foi líder da seleção francesa no título mundial sub-20, em 2013, sendo considerado o melhor jogador do torneio. É técnico, passadas largas, bate bem na bola e só.

O camisa 10 da ‘Vecchia Signora’ é um dos protagonistas do time, na Serie A – Campeonato Italiano -, mas, durante a temporada 2015/16, só fez oito gols, bem abaixo do que se espera de um craque. O mesmo se autodeclara como o maior meio-campista de todos os tempos, mas convenhamos, está aquém de Falcão, Iniesta, Pirlo, Dino Sani, Rijkaard e mais uma lista intensa de nomes da posição.

Com a camisa da seleção principal francesa, o jogador não conseguiu, até o momento, ser o protagonista da equipe. Na última Copa do Mundo, os destaques franceses na competição foram Mathieu Valbuena, que atualmente está no Olympique Lyonnais – Lyon (FRA), e Karim Benzema, astro do Real Madrid (ESP). Na Eurocopa desse ano, ocorrida na França, Payet, do West Ham (ING) e Griezmann, do Atlético de Madrid (ESP), tomaram para si a responsabilidade de carregar os “Bleus” na tão sonhada conquista do europeu de seleções, que acabou não se concretizando, já que foram derrotados para Portugal, por 1 a 0, na prorrogação, em pleno Stade de France, em Saint-Dennis.

É uma síndrome do futebol mundial, essa supervalorização de alguns atletas. Jogadores com um nível técnico a desejar são contratados com valores exorbitantes. Exemplo recente disso é o jogador belga Michy Batshuayi (23), que foi reserva durante grande parte da última temporada no Olympique Marseille (FRA), e na seleção da Bélgica, amargou o banco durante toda a Euro, entretanto foi vendido ao Chelsea por 40 milhões de euros.
Voltando ao Pogba, talvez falte maturidade ao jogador, que tem muita marra, marra esta que, atualmente, se sobressai ao seu futebol.

(Por Ideídes Guedes)

Categoria: Arquivo

Comentários

Enviar para o Kindle

Time de fora?

Blog sobre futebol internacional da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.