Cearense Raffael marca três gols e garante o Borussia na fase de grupos da Liga dos Campeões

24/08/2016 - 18:20 por

Raffael foi decisivo na classificação do Borussia (foto: divulgação)

Raffael foi decisivo na classificação do Borussia (foto: divulgação)

Com três gols do cearense Raffael e outros três de Thorgan Hazard, irmão de Eden, craque do Chelsea, o Borussia Moenchengladbach garantiu sua classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões com facilidade, ao massacrar o Young Boys Berna por 6 a 1, nesta quarta-feira.

Rafael já tinha deixado sua marca na partida de ida, ao abrir o placar na vitória por 3 a 1 do time alemão na Suíça. Ravet marcou o gol de honra do Young Boys, no Borussia Park.

O Gladbach já disputou a fase de grupos da Champions na temporada passada e não conseguiu chegar ao mata-mata, por ter ficado em último lugar de uma chave complicadíssima, com Manchester City, Juventus e Sevilla.

Categoria: Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Joe Hart se desentende com Pep Guardiola, abandona treino do City e deixa dúvida no ar

24/08/2016 - 12:36 por

Joe Hart está infeliz em ser reserva no Manchester City (foto: AFP)

Joe Hart está infeliz em ser reserva no Manchester City (foto: AFP)

Os dias do goleiro Joe Hart no Manchester City parecem estar contatos, se depender das últimas atitudes do técnico Pep Guardiola. Nessa terça-feira (23), durante o treino de apronto da equipe inglesa para o compromisso de hoje, às 15h45 (de Brasília), pelos playoffs da Liga dos Campeões, contra o Steaua Bucareste, atleta e treinador protagonizam o que parece ser uma discussão.

Pior para Joe Hart, que logo depois da breve conversa, abandona a atividade. Vale lembrar que Hart é dono de um dos maiores salários do futebol europeu (cerca de R$ 1,8 milhões por mês) e tem contrato com o City até o final da temporada 2018/2019.

Já nesta pré-temporada, o até então dono da camisa 1 perdeu a posição para o reserva Willy Caballero. A decisão pelo arqueiro argentino ser titular foi do próprio Guardiola, que justificou o bom momento do concorrente à titularidade da meta do City.

De acordo com informações da imprensa espanhola, o goleiro Cláudio Bravo, que se desligou do Barcelona, estaria na mira do Manchester City. “Não posso negar o que todo o mundo sabe, mas até que haja algo oficial não posso falar”, disse Guardiola sobre o assunto.

Veja o momento em que Guardiola e Hart discutem e o goleiro da seleção inglesa abandona o treino do City:

Categoria: Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Em Roma, ser dragão

23/08/2016 - 10:58 por

 

Porto's Brailian midfielder Otavio (L) controls the ball next AS Roma's midfielder Daniele De Rossi (C) and Greek defender Kostas Manolas during the UEFA Champions League first leg play off football match FC Porto vs AS Roma at the Dragao stadium in Porto on August 17, 2016. / AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

Foto: AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

Partida de ida, válida pela fase de playoffs da Liga dos Campeões, na cidade do Porto, terminou empatada em 1 a 1
Nesta terça-feira, às 15h45, todos os caminhos vão dar a Roma. O duelo mais esperado da fase de playoffs terá O FC Porto procurando manter o tabu de nunca ter perdido para os italianos – três jogos, uma vitória e dois empates- e assim, carimbar a passagem para a fase de grupos da Liga dos Campeões; e a Roma tentando manter a invencibilidade de seis meses jogando nos seus domínios, quando foi derrotada pela última vez, em fevereiro desse ano, para o Real Madrid, por 2 a 0.

O dragão de Nuno Espírito Santo terá de ser arrojado na Cidade Eterna, visto que entra em desvantagem na eliminatória frente a uma Roma que mostrou ser bem competitiva e destemida, na semana passada e que sabe lidar com várias dificuldades ao longo de uma partida.

Ora, diz o povo do alto da sua sabedoria popular italiana que “em Roma ser romano”. Desta vez, não poderá ser bem assim. Em Roma, o FC Porto terá de ser dragão em todos os 90 minutos. Só assim poderá sonhar com a classificação para a fase de grupos. A vitória ou um empate com dois ou mais gols permitem ao clube azul e branco avançar. A Roma com um empate sem gols ou uma vitória simples garantirá mais uma vez a presença na fase principal da Champions.

“Nós iremos entrar em campo com muita garra, porque esperamos oito meses por esta partida e é tudo aquilo que queremos. Este desafio é a chave para entrar na competição mais importante da Europa. Estamos prontos para jogar”, disse o técnico romano Luciano Spalletti.

“Podem esperar um FC Porto que não se rende, cooperativo e aguerrido. Um FC Porto determinado e competitivo. Só assim poderemos chegar aos nossos objetivos”, declarou Nuno Espírito Santo, técnico portista.
De Rossi, Nainggolan e Strootman serão essenciais no meio-campo da Roma, pois o time português tentará pressionar desde o início. Congestionar o meio, e travar os jogadores portugueses será meio caminho para obter a classificação.

O FC Porto precisa de gols e André Silva tem sido o destaque da equipe portista. E tem tido sucesso com a sua missão. A sua pontaria (ou falta dela neste duelo) poderá ditar a sorte ou o azar dos azuis e brancos na competição.

O belga Vermaelen, da Roma, não jogará a partida, pois foi expulso no duelo de ida, no Estádio do Dragão. A equipe romana conta com os desfalques de Rüdiger, Mario Rui, Florenzi e Torosidis, todos machucados.

Os onze prováveis para a partida desta terça-feira (23), no Estádio Olímpico, serão:
Roma: Szczesny; Palmieri, Manolas, Jesus, Bruno Peres; De Rossi, Strootman, Nainggolan; Diego Perotti, Salah, Dzeko.
Técnico: Luciano Spalletti

FC Porto: Casillas; Alex Telles, Felipe, Marcano, Maxi Pereira; Herrera, Danilo Pereira, Otávio; Corona, Adrian López, André Silva.
Técnico: Nuno Espírito Santo

Categoria: Arquivo

Comentários

Enviar para o Kindle

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores