Terceirona cearense: um campeonato lendário

30/03/2011 - 17:04 por

Como nascem as lendas?

A priori, são necessários grandes feitos.

Mas qual o tamanho de uma conquista, para transformar-se em mito e antologia?

Não se sabe. O que se diz, entretanto, é que há conquistas grandes, e existem conquistas tão supremas que sustentam as lendas por gerações. O Calouros do Ar, por exemplo.

Maguary e Calouros do Ar: lendas do nosso futebol

A equipe da Base Aérea foi campeão cearense em 1955. Bateu um épico Ferroviário, em seus tempos áureos e prodigiosos.

O chamado ‘Tremendão da Aerolândia’ venceu o estrelado Botafogo de Garrincha, nos tempos em que craque era aquele que jogava em casa.

O Tricolor participou por duas vezes da segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Mas desde 1998 não se vê as cores do Calouros na primeira divisão do Cearense. Aliás, desde 2009 não se vê o Calouros em ação. Com nova gestão, o clube tem buscado angariar fundos para poder voltar a participar do certame estadual.

E, no sábado próximo (2/4), haverá um jantar especial no Clube B-25, para ajudar a equipe. No Twitter, ações como promoção e venda de kits da equipe têm chamado a atenção dos que amam o futebol e gostam de preservar as memórias do esporte em terras alencarinas.

Os dirigentes buscam, com estas ações, conseguir montar um time para disputar a terceira divisão cearense, visto que

América, o nosso 'Ameriquinha'

 em 2010 a equipe não jogou o torneio por “falta de condições”.

Outras equipes
E este campeonato da terceira divisão é, por completo, feito de mágica e misticismo. Afinal, que campeonato de acesso no mundo pode contar com tantos times históricos e lendários como o nosso?

A terceira divisão cearense pode se dar ao luxo de bater no peito e dizer que possui sete títulos cearenses. Na verdade, são três campeões estaduais da primeira divisão dentre os que estarão disputando o certame. Sport Club Maguary, campeão em 1929, 1936, 1943 e 1944; América Football club, vencedor em 1935 e 1966; e o Calouros do Ar, com seu título de 1955.

Seria este um reflexo do nosso futebol atual? Vejam que, na segunda divisão, o clube mais antigo, o Uniclinic, foi fundado em 1997. O mais jovem dos ‘campeões’ da terceirona, o Calouros do Ar, foi fundado em 1952.

E segue a sina de quem busca retomar seu lugar ao sol, neste concorrido Campeonato Cearense, que não se resume somente a Fortaleza e Ceará, como insistem em pensar alguns. 

Haverá um conselho técnico para definir a organização do certame deste ano. A previsão da Federação Cearense é que o torneio tenha início em julho.

Boa sorte aos campeões.

Atualização:

As fontes para se pesquisar sobre estes clubes são pouquíssimas e raras. Visto que o texto é uma análise, venho explicar uma dúvida de leitor.

De acordo com Lucas Machado, o Sport Club Maguary que citei tetracampeão cearense, não seria o mesmo que disputa hoje a terceira divisão. Entretanto, as informações são um tanto divergentes, visto que o suposto ‘novo’ Maguary tem, em sua ficha da Federação Cearense, o mesmo escudo, com as quatro estrelas e o ano de fundação do ‘antigo’ Maguary. Assim, considerei a ‘apropriação’ como uma junção, tal qual o Stella hoje é o Fortaleza, e o Rio Branco virou Ceará.

Portanto, fica aberto o espaço para, quem tiver alguma informação oficial sobre o caso, se manifestar.

Categoria: Arquivo

Enviar para o Kindle

Posts relacionados

blog comments powered by Disqus

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores