Borussia Dortmund investe pesado e contrata mais um campeão do Mundial de 2014

22/07/2016 - 9:46 por

Schürrle foi um dos responsáveis pela sonora goleada (7 a 1) da Alemanha sobre o Brasil, na Copa de 2014 (foto:AFP)

O atacante Andre Schürrle foi um dos jogadores responsáveis pela sonora goleada (7 a 1) da Alemanha sobre o Brasil, na Copa de 2014 (foto:AFP)

O Borussia Dortmund anunciou oficialmente nesta sexta-feira (22) a contratação do meia-atacante Andre Schürrle, que deixou o Wolfsburg para assinar um contrato de cinco anos com o seu novo time. Ele se tornou o segundo reforço de peso confirmado em dois dias pelo clube, que na última quinta havia confirmado a volta de Mario Götze, que está de volta à equipe três anos após uma polêmica transferência para o rival Bayern de Munique.

Assim como Götze, autor do gol que deu o título da Copa do Mundo de 2014 à Alemanha na final da Copa de 2014, Schürrle disputou o Mundial realizado no Brasil e se tornou o oitavo reforço do Dortmund para a próxima temporada do futebol europeu. Além dos dois jogadores, o clube já contratou Mikel Merino, Ousame Dembele, Marc Batra, Emre Mor, Sebastian Rode e Raphael Guerreiro.

Hoje com 25 anos de idade, Schürrle havia defendido o Chelsea antes de se transferir para o Wolfsburg em fevereiro de 2015. No ano anterior, por sinal, foi dele o cruzamento que resultou no gol de Götze, no Maracanã, na prorrogação do jogo contra a Argentina na decisão da Copa de 2014. Antes de ser contratado pelo Chelsea em 2013, ele foi revelado pelo alemão Mainz e depois atuou pelo Bayer Leverkusen.

O Dortmund e o Wolfsburg não revelaram valores da transação envolvendo Schürrle, mas especula-se na Alemanha que o primeiro destes clubes pagou cerca de 30 milhões de euros para contar com o jogador, que comemorou a oportunidade de poder atuar por outro clube gigante do futebol mundial.

“O Borussia Dortmund é um dos clubes de elite na Europa e tem um elenco forte e extremamente empolgante. Conheço pela minha própria experiência o quão forte o Borussia pode ser por meio da inteiração com seus torcedores e estou muito ansioso para essa experiência agora como parte dos pretos e amarelos pela primeira vez, em vez apenas de ser um adversário maravilhado (com a força da fanática torcida do clube)”, afirmou Schürrle, para em seguida enfatizar: “Nos próximos anos eu quero alcançar sucesso com o Borussia Dortmund e mal posso esperar para começar a treinar e convencer a todos que o clube fez a escolha certa ao me contratar”.

O Dortmund está em reconstrução após perder nas últimas semanas alguns dos seus principais jogadores, casos do zagueiro Mats Hummels (foi para o Bayern de Munique) e dos meias Ilkay Gündogan (Manchester City) e Henrikh Mkhitaryan (Manchester United).

Com informações da Agência Estado

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

‘Klopp Bowl’ é o principal duelo das quartas de final da UEL

18/03/2016 - 20:44 por

Ainda em 2014, quando comandava o Dortmund, Klopp foi até Anfield. Na oportunidade, os alemães acabaram derrotados Foto: Liverpool FC

Ainda em 2014, quando comandava o Dortmund, Klopp foi até Anfield. Na oportunidade, os alemães acabaram derrotados em um amistoso de pré-temporada
Foto: Liverpool FC

O sorteio das quartas de final da Uefa Europa League (UEL), realizado nesta sexta-feira (18), antecipou um duelo com peso de final. Após as bolinhas serem escolhidas, uma a uma, ficou decidido que Liverpool e Borussia Dortmund irão jogar por uma vaga nas semifinais do torneio europeu. A partida, além de toda a carga histórica, marca o reencontro de Jürgen Klopp com os Aurinegros.

Talvez nem mesmo Klopp esperasse encontrar os aurinegros tão cedo assim. É bom lembrar que o alemão não possui nem seis meses de Liverpool. Em entrevista coletiva, após eliminar o Manchester United pelas oitavas da UEL, o treinador brincou sobre enfrentar seu ex-clube. “Se eu quero enfrentar o Dortmund na próxima fase? Eu não sou tão bobo assim”, disse.

Títulos

The Westfalenstadion brings back great memories! #dortmundliverpool

Uma foto publicada por Jamie Carragher (@23_carra) em

Jamie Carragher, ex-jogador e agora comentarista, quando soube do confronto tratou de lembrar, através de suas redes sociais, que o Liverpool conquistou a antiga Copa da Uefa no Signal Iduna Park (casa do Dortmund). A taça veio na temporada 2000/01, com uma vitória ante o Alavés/ESP. Inclusive, a Copa da Uefa, atual UEL, é a única conquista europeia que o Dortmund não possui. A torcida alemã fez questão de lembrar que essa “figurinha” está faltando para o clube, em mosaico contra o Porto, na segunda fase da competição.

Entretanto, se o Liverpool foi campeão na casa do Dortmund, os Aurinegros podem dizer que levantaram uma taça em cima dos Reds. E é uma conquista bem especial para os alemães. Trata-se da Recopa da Europa, conquistada em 1966, primeiro título internacional do time amarelo e preto.

Melhor do que se lamentar por vermos um confronto tão badalado antes do que o previsto, é aproveitar esse mesmo duelo, na fase que for. A partida promete (e como!). Liverpool e Borussia Dortmund se enfrentam primeiro no dia 7/4, na Alemanha, e voltam a se encarar no dia 14/4, na Inglaterra.

Homenagem a torcedor morto durante partida faz time e torcida do Borussia comover o mundo

14/03/2016 - 9:18 por

Jogadores do Borussia ficaram perfilados e torcida prestou homenagem (Foto: Site Oficial)

Jogadores do Borussia ficaram perfilados e torcida prestou homenagem (Foto: Site Oficial)

O time do Borussia Dortmund fez o dever de casa, nesse domingo (13), ao jogar no sempre lotado Signal Iduna Park; venceu o Mainz por 2 a 0 por mais uma rodada do Campeonato Alemão. Isso não é novidade, mas só que a sua torcida foi além.

Após anúncio da morte de um torcedor de 80, que estava nas arquibancadas, vítima de infarto, o time aurinegro seguiu jogando, mas em sinal de respeito ao fã, não comemorou o segundo gol da partida, feito pelo meia Kagawa.

Torcida do Borussia emociona o mundo (Foto: Site oficial)

Torcida do Borussia emociona o mundo (Foto: Site oficial)

O árbitro da partida sequer deu acréscimos no 2º tempo. E foi aí que veio o momento de maior comoção. Após o apito final, os 81 mil torcedores do Borussia aplaudiram e cantaram sua famosa música “You Will Never Walk Alone” – Você nunca caminhará sozinho, enquanto os jogadores se abraçaram perfilados em frente à massa.

Uma imagem que, com certeza, ficará guardada e eternizada na história do futebol. Pelo Facebook, o Borussia postou uma mensagem em homenagem ao torcedor que faleceu. “Durante o jogo, tivemos dois incidentes trágicos no estádio, em que dois torcedores tiveram de ser reanimados. Um, infelizmente, não conseguiu e morreu. Estamos muito tristes e nossos pensamentos estão com as famílias. A mensagem que nos chega do hospital é que a outra pessoa está aparentemente estável”.

Outro torcedor, de 55 anos, também infartou, mas foi socorrido a tempo e passa bem. Ele segue internado.

Categoria: Campeonato Alemão

Comentários

Enviar para o Kindle

Jornal britânico elege Neymar como terceiro melhor do mundo de 2015

04/01/2016 - 10:50 por

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Não resta dúvidas de que Neymar é um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, mas a discussão sobre em que colocação o brasileiro estará no prêmio da Bola de Ouro da Fifa parece não ter chegado ao fim. O “The Guardian”, jornal britânico, parece já ter resolvido a polêmica, colando o ex-santista no terceiro lugar, atrás de Messi e Cristano Ronaldo.

Em 2014, Neymar ficou com a 7ª posição do ranking.

O jornal nomeou os 100 melhores jogadores de 2015, dando uma indicação do que poderemos ver no prêmio de melhor do mundo da Fifa, no próximo dia 11 de janeiro. Dentre os 10 melhores estão 3 jogadores do Barcelona (Messi, Suaréz e Neymar), 3 do Bayern de Munique (Thomas Müller, Robert Lewandowski e Manuel Neuer), 2 da Premier League (Sergio Agüero e Alexis Sánchez), 1 do Real Madrid (Cristiano Ronaldo) e 1 do PSG (Zlatan Ibrahimovic).

Além de Neymar, outros brasileiros integram a lista dos 100 melhores. O destaque fica para Douglas Costa (Bayern de Munique), Thiago Silva (PSG) e Philippe Coutinho (Liverpool) os únicos dentro dos 50 melhores. Willian (Chelsea), Daniel Alves (Barcelona), Hulk (Zenit), Marcelo (Real Madrid) e Alex Teixeira (Shakhtar Donetsk) completam os “brazucas” da “premiação”.

Confira o top 10 e a posição dos Brasileiros:

1. Lionel Messi
2. Cristiano Ronaldo
3. Neymar
4. Luis Suaréz
5. Robert Lewandowski
6. Thomas Müller
7. Zlatan Ibrahimovic
8. Manuel Neuer
9. Sergio Agüero
10. Alexis Sánchez

32. Douglas Costa
41. Thiago Silva
46. Philippe Coutinho
52. Willian
58. Daniel Alves
59. Hulk
88. Marcelo
89. Alex Teixeira

Combinados, Muller e Lewandowski possuem mais gols que 95 de 98 clubes das cinco grandes ligas europeias

06/10/2015 - 17:43 por

Apenas Nice, Dortmund e o próprio Bayern não marcaram menos que a dupla

Apenas Nice, Dortmund e o próprio Bayern não marcaram menos que a dupla Foto: Reuters

Imparáveis. Assim podemos definir a dupla Thomas Muller e Robert Lewandowski neste início de temporada. Combinados, os jogadores do Bayern de Munique já contam com 20 gols na Bundesliga. Apenas três clubes, das 98 equipes que formam as cinco grandes ligas europeias (Alemanha, Inglaterra, França, Itália e Espanha), igualaram a marca ou fizeram mais gols que a dupla. São eles: Nice (20), Borussia Dortmund (22) e o próprio Bayern de Munique com 28 bolas na rede.

Recordes

Lewandowski vem quebrando vários recordes em 2015/2016. O polonês marcou nada mais nada menos que 12 gols nos últimos quatro jogos. Além do feito incrível contra o Wolfsburg: cinco gols em nove minutos. Completando a dupla, Thomas Muller também está com tudo no Campeonato Alemão. O meia-atacante já conta com oito tentos na Bundesliga, seis deles vieram através de três ‘braces’*. A ótima fase dos bávaros reflete diretamente na impressionante campanha do Bayern: oito vitórias em oito jogos e 24 gols positivos de saldo.

Manter a ‘chatice’

Alguns fãs afirmam que a Bundesliga, dos grandes torneios, é um dos campeonatos de futebol mais chatos. O comentário acontece muito por conta da soberania bávara nos últimos anos. De 2000 para cá, foram nove títulos nacionais conquistados. E a ideia de Thomas Muller é manter essa ‘chatice’. Em entrevista ao site oficial da Federação Alemã de Futebol, ele foi enfático: “Quando não vencemos, ninguém diz: ‘você é um grande jogador por ter deixado a liga interessante’. Ao contrário, nós somos criticados. Com isso em mente, queremos deixar a liga o mais chata possível”, comentou o jogador.

Pelo jeito a ‘chatice’ irá se manter. O Bayern, em apenas oito rodadas, já abriu sete pontos para o segundo colocado Borussia Dortmund – que acabou goleado por 5 a 1 no último domingo (4), quando os clubes se enfrentaram – e nada de braçada rumo ao tetracampeonato alemão.

* Brace: Equivale ao doblete, ou seja dois gols na mesma partida

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Histórico: Lewandowski sai do banco de reservas e marca cinco gols em nove minutos

22/09/2015 - 17:08 por

O rosto de Guardiola diz tudo sobre a atuação de Robert Lewandowski Foto: Reuters

O rosto de Guardiola diz tudo sobre a atuação de Robert Lewandowski
Foto: Reuters

Quais as chances de um time ir para o intervalo de jogo em desvantagem e anotar cinco gols nos últimos 45 minutos? Difícil? E um só jogador marcar cinco vezes com um intervalo de apenas nove minutos? Impossível? Foi justamente o que aconteceu nesta terça-feira (22), terça esta que entrou para a história do futebol mundial.

A partida era Bayern de Munique x Wolfsburg, pela sexta rodada da Bundesliga. Jogando na Allianz Arena, o clube bávaro era o favorito para o confronto. Entretanto, foram os Lobos que saíram na frente. Com Caligiuri, após bom passe de Draxler. Antes do intervalo, por pouco Guilavogui não marcou, de forma antológica, do meio campo.

No intervalo de nove minutos, Lewandowski marcou cinco gols.

No intervalo de nove minutos, Lewandowski marcou cinco gols.                                                                              Foto: Reuters

Após o descanso das equipes, Pep Guardiola promoveu a entrada de Lewandowski. Daí em diante virou história. Com o intervalo de apenas nove minutos, o atacante polonês marcou impressionantes cinco gols – o último inclusive um verdadeiro golaço, de voleio – dando números finais ao duelo.

De acordo com o famoso estudioso MisterChip, o repoker (cinco gols em uma partida) de Lewandowski foi o mais rápido de toda a história das quatro grandes ligas (Inglaterra, Itália, Alemanha e Espanha).

Veja os gols:

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Meia ex-Fortaleza supera CR7 e Ibra e é eleito jogador com maior poder de chute no Fifa 16

16/09/2015 - 9:19 por

Desbancar Cristiano Ronaldo e Zlatan Ibrahimovic de uma vez só é um feito para poucos, mas, pelo menos em um quesito bem peculiar, foi conseguido pelo cearense Ronny de Araújo. O meia/lateral esquerdo do Hertha Berlim foi eleito como o jogador com maior poder de chute do Fifa 16, uma das maiores franquias de games de futebol do planeta.

Ronny superou CR7, Hulk e Ibrahimovic como o jogador com maior 'shot power' no Fifa 16. (Foto: Reprodução/Facebook/Ronny Araújo)

Ronny superou CR7, Hulk e Ibrahimovic como o jogador com maior ‘shot power’ no Fifa 16. (Foto: Reprodução/Facebook/Ronny Araújo)

A lista ainda conta com dois brasileiros. O meia Hulk, do Zenit (Rússia), ficou em terceiro lugar, enquanto o zagueiro Naldo, do Wolfsburg (Alemanha), ficou com a 7ª colocação.

O sueco Ibrahimovic, superado também por Hulk, ficou com a quarta colocação na lista, enquanto que Cristiano Ronaldo, atual melhor jogador do mundo, ficou com o vice.

Trajetória

Ronny começou a carreira no futsal da AABB junto com o irmão Raffael, que atualmente veste a camisa do Borussia Monchengladbach.

Com o avanço da carreira e o convívio com o irmão, Ronny acabou migrando para o campo e foi levado para as categorias de base do Fortaleza. Dali, depois de chamar a atenção de empresários foi levado para o Juventus, e, posteriormente, o Corinthians.

Conhecido pelas cobranças de falta, sempre efetuadas com muita força, Ronny acabou sendo contratado pelo Sporting, de Portugal, chegando ao Hertha em 2010.

Ronny começou a carreira no AABB, mas teve passagem pelo Fortaleza. Veja os stats de Ronny no Fifa 16 na foto acima. (Foto: Divulgação/EA Sports)

Ronny começou a carreira no AABB, mas teve passagem pelo Fortaleza. Veja os stats de Ronny no Fifa 16 na foto acima. (Foto: Divulgação/EA Sports)

Confira a lista dos jogadores com maior poder chute do Fifa 16:

10. Piti – Granada FC (Espanha)
9. Bradley Johnson – Norwich City (ENGLAND)
8. Paul Pogba – Juventus (Itália)
7. NaldoVFL Wolfsburg (Alemanha)
6. Fredy Guarín – Inter Milan (Itália)
5. Lukas Podolski – Galatasaray (Turquia)
4. Zlatan Ibrahimovic – Paris Saint-Germain (França)
3. HulkZenit (Rússia)
2. Cristiano RonaldoReal Madrid (Espanha)
1. RonnyHertha Berlim (Alemanha)

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Temporada 15/16 da Bundelisga conta com clube fundado em 2004 e retorno de equipe após 33 anos; Bayern larga com goleada

15/08/2015 - 9:30 por

Brasileiro vem se destacando nos seus primeiros jogos com a camisa do Bayern Foto: Reuters

Brasileiro vem se destacando nos seus primeiros jogos com a camisa do Bayern
Foto: Reuters

A temporada 2015/2016 da Bundesliga teve início na última sexta-feira (14) com um confronto repleto de tradição: Bayern de Munique x Hamburgo. Para os Bávaros o campeonato começou da melhor maneira possível: com uma sonora goleada. A equipe de Pep Guardiola, atuando na Allianz Arena, venceu por 5 a 0. O brasileiro Douglas Costa teve grande atuação marcando um dos gols além de servir Müller no terceiro tento (foto).

Trazendo um toque de novo para o Campeonato AlemãoIngolstad e Darmstadt querem fazer bonito na elite do futebol germânico.

Equipe vem com moral elevada após conquista da Bundesliga 2 Foto: Reuters

Equipe vem com moral elevada após conquista da Bundesliga 2
Foto: Reuters

Tudo tem sua primeira vez

Fundado apenas em 2004, após a junção de dois clubes (MTV Ingolstadt e o ESV Ingolstadt), o FC Ingolstadt chegou com estilo para sua primeira temporada de Bundesliga na história. O time foi o campeão da segunda divisão alemã, com folgas inclusive. Os comandados de Ralph Hasen-Hüttl pretendem aproveitar o bom momento da equipe para desfrutar o ano entre os melhores, porém com consciência de que a temporada não será fácil, com grandes chances de lutar para fugir do rebaixamento. Na estreia, páreo duro para os novatos: Mainz, do bom Maximiliam Beister, fora de casa.

Técnico Dirk Schuster em ação pelo Darmstadt quando o clube ainda jogava a Terceira Divisão alemã Foto: Divulgação

Técnico Dirk Schuster em ação pelo Darmstadt quando o clube ainda jogava a terceira divisão alemã
Foto: Divulgação

Depois de 33 anos, finalmente de volta

O SV Darmstadt, que estava na terceira divisão em 2012/2013, conseguiu o vice-campeonato da Bundesliga 2, logo, a promoção de forma direta para a elite do futebol local. O time de Dirk Schuster vem de dois acessos consecutivos. No último feito, inclusive, possuindo o menor orçamento de sua divisão. O próprio comandante afirmou, em entrevista para o site oficial da Bundesliga, que o pouco dinheiro em caixa não será empecilho suficiente para mudar a postura de sua equipe. Entretanto, obviamente, o técnico assumiu o posto de azarão para o restante da temporada. Na rodada de abertura o time recebe o Hannover, dos brasileiros Marcelo e Felipe.

Fique de olho:

Borussia Dortmund x Borussia Mönchengladbach
‘Clássico dos Borussias’ marca o primeiro jogo do BVB após o fim da era Klopp.

Deu um gostinho
A Bundesliga liberou um vídeo/divulgação em seu canal de Youtube sobre o início do principal campeonato de futebol da Alemanha. Confere aí

 

Categoria: Campeonato Alemão, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Mesmo com seleção em baixa, brasileiros tem ‘bom desempenho’ na janela europeia; confira os destaques

14/08/2015 - 9:02 por

A safra pode não ser das melhores e os títulos podem não estar vindo para a Seleção da CBF, mas, mesmo que desprestigiados vestindo a “amarelinha”, os jogadores brasileiros continuam sendo destaque no mercado da bola no velho continente.

Muitos dos grandes clubes europeus se reforçaram na janela de transferência da temporada 2015/2016 e investiram pesado para tirar peças importantes dos times ditos menores. Mas será que as negociações envolvendo os brasileiros vão dar o retorno esperado?

Roberto Firmino – € 40,58 milhões

Foto: Agência Reuters

Firmino durante a estreia contra Swindon Town, durante a pré-temporada do Liverpool. Foto: Agência Reuters

O Liverpool, por exemplo, desembolsou 40,58 milhões de euros (cerca de R$ 140 milhões) para poder contar com atacante Roberto Firmino, que estava no Hoffenheim. Apesar de ter sido um dos principais jogadores do time alemão na temporada passada, Firmino não conseguiu demonstrar todas as suas qualidades jogando pela Seleção Brasileira durante a Copa América, chegando a ser bastante criticado após perder uma chance clara de gol na derrota para Colômbia ainda na fase de grupos.

Mas pelo Hoffenheim, Firmino fez sete gols e deu 10 assistências, em 33 partidas na Bundesliga da temporada 2014/2015. Lá, foram, ao todo, 153 jogos e 57 gols. Resta saber se o atual camisa 11 dos Reds vai conseguir dar o retorno esperado depois de se tornar a terceira contratação mais cara da história do Liverpool, ficando a frente até mesmo de Luis Suárez. Pelo uruguaio, os Reds pagaram R$ 124,69 milhões.

Danilo – € 31,5 milhões

Agência Reuters

Danilo (direita) jogando pelo Real Madrid contra o Tottenham durante a Audi Cup. Foto: Agência Reuters

Depois de conquistar dois títulos do Campeonato Português e algumas convocações para a Seleção Brasileira ficou difícil para o Real Madrid não prestar atenção em Danilo. O time merengue pagou ao Porto cerca de R$ 108 milhões e já prepara o ex-lateral dos “Dragões” para assumir um posto no time titular.

No Real Madrid, Danilo vai jogar ao lado de Marcelo e disputará uma vaga na defesa com dois jogadores espanhóis: Carvajal e Arbeloa. Mas, pela qualidade, o jovem brasileiro de 24 não deverá ter muitos problemas dentro de campo. Resta saber se a exigente torcida “blanca” aprovará o jogador.

Douglas Costa – € 30 milhões

Douglas Costa começou bem a temporada pelo Bayern de Munique. Foto: Agência Reuters

Douglas Costa começou bem a temporada pelo Bayern de Munique. Foto: Agência Reuters

Outro brasileiro que não foi tão bem na Copa América e movimentou um quantia considerável na Europa, foi o meia Douglas Costa, que trocou o Shakhtar Donetsk pelo Bayern de Munique. Os bávaros pagaram 30 milhões de euros (R$ 103,5 milhões) para poder contar com Douglas Costa por 5 anos.

Douglas, que estava na Ucrânia desde 2010 e marcou 38 gols em 203 jogos, começou muito bem a temporada no Bayern. O meia foi elogiado pela mídia alemã após em quase todos os jogos que fez durante a pré-temporada e na vitória contra o Nöttingen, na abertura da Copa da Alemanha.

Filipe Luís – € 16 milhões

Filipe Luís ainda disse que pretende se aposentar no Atlético de Madrid. Foto: Site oficial do Atlético de Madrid

Em baixa no Chelsea, perdendo espaço para o espanhol César Azpilicueta (eleito melhor lateral esquerdo do Campeonato Inglês da temporada 2014/2015), Filipe Luís arrumou as malas e voltou para o Atlético de Madrid. Os Blues, que pagaram 22 milhões de euros pelo jogador, liberaram o retorno de Filipe para os “colchoneros” por apenas 16 milhões de euros.

Podendo contar, mais uma vez, com Filipe Luís, o Atlético de Madrid deve acabar “se livrando” de outro brasileiro: o lateral esquerdo Guilherme Siqueira, que havia sido contratado justamente para substituir o ex-jogador do Chelsea. Fato Curioso é que Filipe Luís atuou em apenas 15 ocasiões enquanto estava no clube londrino.

Miranda – € 15 milhões

Miranda foi vendido para a Inter de Milão, mas pode ter a negociação cancelada. Foto: Reprodução/Instagram

Miranda foi vendido para a Inter de Milão, mas pode ter a negociação cancelada. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos pilares da defesa do técnico argentino Diego Simeone, Miranda acabou sendo negociado com a Inter de Milão e deverá jogar na primeira divisão do Campeonato Italiano nesta temporada. A negociação foi fechada por 15 milhões de euro, mas os italianos não teriam pago a primeira parcela do valor acordado e estariam pedindo para que o Atlético espere até novembro para receber.

Mas a diretoria “colchonera” não parece muito feliz com essa nova condição e pode cancelar a negociação nos próximos dias. Pelo Atlético, Miranda realizou 177 jogos e conquistou o título espanhol em 2013/2014, além do vice-campeonato na Liga dos Campeões na mesma temporada.

Rodada do fim de semana

Alguns campeonatos europeus já tiveram os primeiros jogos sendo realizados no último final de semana. A equipe do Time de Fora analisou o desempenho dos brasileiros “lá fora”  e destacou alguns dos principais jogadores, que passam a brigar por um vaga na Seleção Brasileira que disputará as eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Confira os comentários no vídeo abaixo:

Novo contrato de TV na Inglaterra movimenta mercado na Europa

07/08/2015 - 6:02 por

A espera acabou. Neste final de semana, três dos maiores campeonatos europeus darão o pontapé inicial para a temporada 2015/2016. Os principais clubes continuam atrás de novas contratações, o que deve manter o mercado do velho continente movimentado até os últimos dias de negociações.

O destaque deve ficar mesmo com os clubes ingleses, que assinaram um novo contrato de transmissões de TV com as emissoras locais. O valor das cifras são impressionantes o que deve elevar o poder de compra dos clubes menos tradicionais.

O novo contrato bilionário da Premier League pagará aos times um valor de aproximadamente R$ 27,5 bilhões (5,136 bilhões de libras) durante três temporadas. Com o novo acordo, estima-se que o lanterna do campeonato receberá pelo menos 99 milhões de libras pela temporada 2015/16, cerca de R$ 542,91 milhões. O valor é R$ 200 milhões superior ao rendimento do maior clube brasileiro em 2014, o Flamengo, que, por estimativa da diretoria lucrou R$ 342 milhões.

Até o momento, as principais equipes da Terra da Rainha já gastaram mais de 500 milhões de libras em contratações, valor que corresponde a R$ 2,742 bilhões. O Manchester United já desembolsou 83 milhões de libras e trouxe vários jogadores, dentre eles o alemão Bastian Schweinsteiger, ex-Bayern de Munique, e o jovem holandês Memphis Depay, que estava no PSV.

O Manchester City pagou R$ 240 milhões pela jovem promessa do Liverpool, Raheem Sterling. Com o dinheiro da negociação e um investimento a mais, o time da cidade dos Beatles comprou os atacantes Christian Benteke, por R$ 174,5 milhões,  e o brasileiro Roberto Firmino, por R$140 milhões.

Mas os clubes pequenos, com o novo potencial de mercado, também foram às compras, conseguindo até roubar peças importantes dos times mais tradicionais de outros países. O Crystal Palace pagou 14 milhões de euros para tirar o francês Yohan Cabaye do Paris Saint-Germain, de Thiago Silva e Ibrahimoic. Já o West Ham desembolsou 15 milhões para contratar Dimitri Payet, do Olympique de Marseille.

Com a saída de Robin van Persie do United, Wayne Rooney passa a ser a principal opção dos Red Devils para o ataque.

Com a saída de Robin van Persie do United, Wayne Rooney passa a ser a principal opção dos Red Devils para o ataque. Foto Agência Reuters.

Mas não é só na Inglaterra que a bola volta a rolar. Na França, o PSG abre o campeonato contra o OSC Lille, fora de casa, nesta sexta-feira (7), às 15h30, em busca do tetracampeonato. O clube francês teria pago 65 milhões de euros para trazer o argentino Ángel Di María, que estava no Manchester United. Di Maria não se acostumou com o esquema do técnico Louis van Gaal e perdeu espaço nos Red Devils.

Na Alemanha, o Bayern de Munique, que contratou o brasileiro Douglas Costa por R$ 103,5 milhões, dá o pontapé inicial da temporada contra o Hamburgo também nesta sexta-feira, às 15h30. O clube da Baviera é outro que busca o tetracampeonato nacional, mas não será fácil. Pela Super Copa da Alemanha, o Wolfsburg levou a melhor e impediu os comandados de Guardiola de levantarem o primeiro título da temporada.

Destaques da rodada do Inglês:

Manchester United x Tottenham – sábado, 8 de agosto, às 8h45.
Dois grandes clubes ingleses duelam na abertura da temporada. Os atacantes Wayne Rooney, do United, e Harry Kane, dos Spurs, são boas promessas de gol.

Stoke City x Liverpool – domingo, 9 de agosto, às 12h.
No último jogo de Steven Gerrard pelo Liverpool, na temporada passada, o Stoke atropelou os Reds e venceu por 6 a 1 em casa. Jogo com cara de revanche.

Comentário

A equipe do Time de fora comentou os destaques para essa primeira rodada na Inglaterra, Alemanha e França. Confira o vídeo:

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores