A grande fase de Di Maria é uma excelente resposta para o desesperado Van Gaal

29/01/2016 - 15:07 por

Vendo todo o bom futebol de Dí Maria, será que bateu o arrependimento no holandês ? Foto: Divulgação/Manchester United

Vendo o bom futebol de Di Maria, será que bateu o arrependimento no holandês ?
Foto: Divulgação/Manchester United

Após contratar o argentino Ángel Di Maria pelo valor recorde de compra do Manchester United, 59 milhões de libras, o treinador Louis van Gaal esperou apenas uma temporada para vender o meia por 15 milhões a menos. Agora em seu novo clube, o Paris Saint-Germain, o jogador vive grande fase e talvez venha despertando um pouco de arrependimento no treinador holandês, que possui vida cada vez mais complicada nos Red Devils

Em 2015/2016, Di Maria já anotou 12 gols pelo PSG, superando assim sua própria marca pessoal, que era de 11 tentos em uma só temporada. O argentino conseguiu o feito em um dos melhores momentos de sua carreira, com a camisa do Real Madrid, no período de 2013/2014. Naquele ano, inclusive, o meia foi uma das peças fundamentais para a conquista da décima Champions League pelos Merengues.

Além de aflorar o seu lado artilheiro, Di Maria continuou servindo muito bem seus companheiros. Ao lado de jogadores como Cavani, Ibrahimovic, Lavezzi e Lucas, o meia já conta com nove assistências, ficando atrás apenas de Özil – que está voando com a camisa do Arsenal – na lista dos principais ‘garçons’ do futebol europeu.

Com a corda no pescoço e contando com um elenco reduzido, por sua própria escolha, sem dúvida nenhuma Van Gaal fez um mau negócio ao vender Dí Maria tão rapidamente. Não só pelo lado financeiro, onde o holandês jogou 15 milhões de libras pelo ralo, quanto para dentro de campo. Memphis, que fez uma boa Copa do Mundo em 2014 e possui características parecidas com a do meia argentino, também não está conseguindo render com a camisa dos Reds Devils. Com vários ‘flops’ e muito dinheiro gasto, fica a pergunta no ar: o problema são os jogadores ou a passagem de Van Gaal por Manchester que precisa ser abreviada ?

PSG entra na justiça para tirar clipe de cantora britânica da internet

12/01/2016 - 13:12 por

M.I.A. usou uma camisa do PSG com a fase "Fly Pirates" no local da marca do patrocinador. (Reprodução/Twitter)

M.I.A. usou uma camisa do PSG com a fase “Fly Pirates” no local da marca do patrocinador. (Reprodução/Twitter)

Após a divulgação do clipe de “Borders” – a música fala sobre a crise migratória europeia –, a cantora britânica M.I.A. foi surpreendida por uma carta do Paris Saint-Germain (PSG) pedindo para a gravadora responsável pela carreira da artista retirar o vídeo da internet. A razão da polêmica é que durante uma parte do vídeo, M.I.A aparece com a camisa do PSG, mas onde haveria o patrocínio da Fly Emirates está escrito “Fly Pirates“.

A intenção da cantora com frase seria passar uma mensagem política. “Voem Piratas“, diz a tradução. MAs o clube francês não gostou muito da ideia e entrou com uma ação na justiça para derrubar o clipe.

“Mais do que surpresos, simplesmente não entendemos por que somos associados, através de nosso logo e da camisa oficial de nosso time, a tal denúncia. Essa associação é ainda mais difícil de se entender por nenhuma de nossas atividades ou iniciativas diárias sugerirem que temos algo a ver com os problemas destacados por MIA”, dizia um trecho da carta enviada pelo PSG.

Durante a carta, o time de Zlatan Ibrahimovic também cita o apoio dado para os refugiados durante um período crítico de imigração no velho continente após a guerra da Síria. A França é um dos países que mais recebe estrangeiros da Europa.

Nas redes sociais, a cantora explicou a escolha pela camisa do PSG: “Borders saiu no dia da cerimônia do Paris Memorial Day, em homenagem às vítimas do ataque em Paris. Ter a Torre Eiffel em minha camisa era apoio, eu achei”. Os fãs de M.I.A a defenderam, mencionando o trabalho realizado pela organização do PSG como um “péssimo exemplo de relações públicas”.

Outros fãs até mencionaram que após a imbróglio gostariam de adquirir uma camisa do PSG. “A primeira vi essa camisa eu pensei: ‘eu quero uma’. Agora eu realmente quero uma”, disse um deles.

Confira o clipe da música “Borderes”:

Categoria: Campeonato Francês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Jornal britânico elege Neymar como terceiro melhor do mundo de 2015

04/01/2016 - 10:50 por

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Não resta dúvidas de que Neymar é um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, mas a discussão sobre em que colocação o brasileiro estará no prêmio da Bola de Ouro da Fifa parece não ter chegado ao fim. O “The Guardian”, jornal britânico, parece já ter resolvido a polêmica, colando o ex-santista no terceiro lugar, atrás de Messi e Cristano Ronaldo.

Em 2014, Neymar ficou com a 7ª posição do ranking.

O jornal nomeou os 100 melhores jogadores de 2015, dando uma indicação do que poderemos ver no prêmio de melhor do mundo da Fifa, no próximo dia 11 de janeiro. Dentre os 10 melhores estão 3 jogadores do Barcelona (Messi, Suaréz e Neymar), 3 do Bayern de Munique (Thomas Müller, Robert Lewandowski e Manuel Neuer), 2 da Premier League (Sergio Agüero e Alexis Sánchez), 1 do Real Madrid (Cristiano Ronaldo) e 1 do PSG (Zlatan Ibrahimovic).

Além de Neymar, outros brasileiros integram a lista dos 100 melhores. O destaque fica para Douglas Costa (Bayern de Munique), Thiago Silva (PSG) e Philippe Coutinho (Liverpool) os únicos dentro dos 50 melhores. Willian (Chelsea), Daniel Alves (Barcelona), Hulk (Zenit), Marcelo (Real Madrid) e Alex Teixeira (Shakhtar Donetsk) completam os “brazucas” da “premiação”.

Confira o top 10 e a posição dos Brasileiros:

1. Lionel Messi
2. Cristiano Ronaldo
3. Neymar
4. Luis Suaréz
5. Robert Lewandowski
6. Thomas Müller
7. Zlatan Ibrahimovic
8. Manuel Neuer
9. Sergio Agüero
10. Alexis Sánchez

32. Douglas Costa
41. Thiago Silva
46. Philippe Coutinho
52. Willian
58. Daniel Alves
59. Hulk
88. Marcelo
89. Alex Teixeira

Ônibus quebra e Bordeaux chega no estádio de uma forma inusitada

11/09/2015 - 16:37 por

Pelo Campeonato Francês, PSG e Bordeaux duelaram na tarde deste sexta-feira (11). O tradicional confronto teve dois golaços do uruguaio Cavani e três falhas dos goleiros, uma de Carrasso e duas do alemão Trapp, arqueiro do time da casa. As equipes empataram por 2 a 2.

Mas o destaque ficou mesmo para a delegação do Bordeuax, que, por um pequeno problema de logística, teve de chegar no Parc des Princes (Parque dos Príncipes), estádio do Paris Saint-Germain, de uma forma inusitada: de metrô. Tudo graças ao ônibus da equipe, que “deu prego”.

Imagina agora se o fato acontecesse com umas das equipes cearenses. Talvez as coisas não seriam tão fáceis assim. Além de ser um pouco difícil de imaginar Marcelo Chamusca ou Marcelo Cabo chegando na Arena Castelão por meio de transporte público.

Delegação do Bordeaux foi flagrada esperando o metrô para o estádio do PSG.

Delegação do Bordeaux foi flagrada esperando o metrô para o estádio do PSG. Foto: Reprodução/Twitter

“Vou de táxi”

Um caso semelhante aconteceu antes da partida entre São Paulo e Joinville, pela Série A do Campeonato Brasileiro deste ano.

Após enfrentar problemas relacionados às condições climáticas, o voo que levava a delegação do São Paulo teve pousar em outra cidade – tricolor paulista se dirigia para Joinville. De lá, o técnico Osório e seus comandados pegaram táxis até o hotel onde se hospedariam.

Categoria: Campeonato Francês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Mesmo com seleção em baixa, brasileiros tem ‘bom desempenho’ na janela europeia; confira os destaques

14/08/2015 - 9:02 por

A safra pode não ser das melhores e os títulos podem não estar vindo para a Seleção da CBF, mas, mesmo que desprestigiados vestindo a “amarelinha”, os jogadores brasileiros continuam sendo destaque no mercado da bola no velho continente.

Muitos dos grandes clubes europeus se reforçaram na janela de transferência da temporada 2015/2016 e investiram pesado para tirar peças importantes dos times ditos menores. Mas será que as negociações envolvendo os brasileiros vão dar o retorno esperado?

Roberto Firmino – € 40,58 milhões

Foto: Agência Reuters

Firmino durante a estreia contra Swindon Town, durante a pré-temporada do Liverpool. Foto: Agência Reuters

O Liverpool, por exemplo, desembolsou 40,58 milhões de euros (cerca de R$ 140 milhões) para poder contar com atacante Roberto Firmino, que estava no Hoffenheim. Apesar de ter sido um dos principais jogadores do time alemão na temporada passada, Firmino não conseguiu demonstrar todas as suas qualidades jogando pela Seleção Brasileira durante a Copa América, chegando a ser bastante criticado após perder uma chance clara de gol na derrota para Colômbia ainda na fase de grupos.

Mas pelo Hoffenheim, Firmino fez sete gols e deu 10 assistências, em 33 partidas na Bundesliga da temporada 2014/2015. Lá, foram, ao todo, 153 jogos e 57 gols. Resta saber se o atual camisa 11 dos Reds vai conseguir dar o retorno esperado depois de se tornar a terceira contratação mais cara da história do Liverpool, ficando a frente até mesmo de Luis Suárez. Pelo uruguaio, os Reds pagaram R$ 124,69 milhões.

Danilo – € 31,5 milhões

Agência Reuters

Danilo (direita) jogando pelo Real Madrid contra o Tottenham durante a Audi Cup. Foto: Agência Reuters

Depois de conquistar dois títulos do Campeonato Português e algumas convocações para a Seleção Brasileira ficou difícil para o Real Madrid não prestar atenção em Danilo. O time merengue pagou ao Porto cerca de R$ 108 milhões e já prepara o ex-lateral dos “Dragões” para assumir um posto no time titular.

No Real Madrid, Danilo vai jogar ao lado de Marcelo e disputará uma vaga na defesa com dois jogadores espanhóis: Carvajal e Arbeloa. Mas, pela qualidade, o jovem brasileiro de 24 não deverá ter muitos problemas dentro de campo. Resta saber se a exigente torcida “blanca” aprovará o jogador.

Douglas Costa – € 30 milhões

Douglas Costa começou bem a temporada pelo Bayern de Munique. Foto: Agência Reuters

Douglas Costa começou bem a temporada pelo Bayern de Munique. Foto: Agência Reuters

Outro brasileiro que não foi tão bem na Copa América e movimentou um quantia considerável na Europa, foi o meia Douglas Costa, que trocou o Shakhtar Donetsk pelo Bayern de Munique. Os bávaros pagaram 30 milhões de euros (R$ 103,5 milhões) para poder contar com Douglas Costa por 5 anos.

Douglas, que estava na Ucrânia desde 2010 e marcou 38 gols em 203 jogos, começou muito bem a temporada no Bayern. O meia foi elogiado pela mídia alemã após em quase todos os jogos que fez durante a pré-temporada e na vitória contra o Nöttingen, na abertura da Copa da Alemanha.

Filipe Luís – € 16 milhões

Filipe Luís ainda disse que pretende se aposentar no Atlético de Madrid. Foto: Site oficial do Atlético de Madrid

Em baixa no Chelsea, perdendo espaço para o espanhol César Azpilicueta (eleito melhor lateral esquerdo do Campeonato Inglês da temporada 2014/2015), Filipe Luís arrumou as malas e voltou para o Atlético de Madrid. Os Blues, que pagaram 22 milhões de euros pelo jogador, liberaram o retorno de Filipe para os “colchoneros” por apenas 16 milhões de euros.

Podendo contar, mais uma vez, com Filipe Luís, o Atlético de Madrid deve acabar “se livrando” de outro brasileiro: o lateral esquerdo Guilherme Siqueira, que havia sido contratado justamente para substituir o ex-jogador do Chelsea. Fato Curioso é que Filipe Luís atuou em apenas 15 ocasiões enquanto estava no clube londrino.

Miranda – € 15 milhões

Miranda foi vendido para a Inter de Milão, mas pode ter a negociação cancelada. Foto: Reprodução/Instagram

Miranda foi vendido para a Inter de Milão, mas pode ter a negociação cancelada. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos pilares da defesa do técnico argentino Diego Simeone, Miranda acabou sendo negociado com a Inter de Milão e deverá jogar na primeira divisão do Campeonato Italiano nesta temporada. A negociação foi fechada por 15 milhões de euro, mas os italianos não teriam pago a primeira parcela do valor acordado e estariam pedindo para que o Atlético espere até novembro para receber.

Mas a diretoria “colchonera” não parece muito feliz com essa nova condição e pode cancelar a negociação nos próximos dias. Pelo Atlético, Miranda realizou 177 jogos e conquistou o título espanhol em 2013/2014, além do vice-campeonato na Liga dos Campeões na mesma temporada.

Rodada do fim de semana

Alguns campeonatos europeus já tiveram os primeiros jogos sendo realizados no último final de semana. A equipe do Time de Fora analisou o desempenho dos brasileiros “lá fora”  e destacou alguns dos principais jogadores, que passam a brigar por um vaga na Seleção Brasileira que disputará as eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Confira os comentários no vídeo abaixo:

Novo contrato de TV na Inglaterra movimenta mercado na Europa

07/08/2015 - 6:02 por

A espera acabou. Neste final de semana, três dos maiores campeonatos europeus darão o pontapé inicial para a temporada 2015/2016. Os principais clubes continuam atrás de novas contratações, o que deve manter o mercado do velho continente movimentado até os últimos dias de negociações.

O destaque deve ficar mesmo com os clubes ingleses, que assinaram um novo contrato de transmissões de TV com as emissoras locais. O valor das cifras são impressionantes o que deve elevar o poder de compra dos clubes menos tradicionais.

O novo contrato bilionário da Premier League pagará aos times um valor de aproximadamente R$ 27,5 bilhões (5,136 bilhões de libras) durante três temporadas. Com o novo acordo, estima-se que o lanterna do campeonato receberá pelo menos 99 milhões de libras pela temporada 2015/16, cerca de R$ 542,91 milhões. O valor é R$ 200 milhões superior ao rendimento do maior clube brasileiro em 2014, o Flamengo, que, por estimativa da diretoria lucrou R$ 342 milhões.

Até o momento, as principais equipes da Terra da Rainha já gastaram mais de 500 milhões de libras em contratações, valor que corresponde a R$ 2,742 bilhões. O Manchester United já desembolsou 83 milhões de libras e trouxe vários jogadores, dentre eles o alemão Bastian Schweinsteiger, ex-Bayern de Munique, e o jovem holandês Memphis Depay, que estava no PSV.

O Manchester City pagou R$ 240 milhões pela jovem promessa do Liverpool, Raheem Sterling. Com o dinheiro da negociação e um investimento a mais, o time da cidade dos Beatles comprou os atacantes Christian Benteke, por R$ 174,5 milhões,  e o brasileiro Roberto Firmino, por R$140 milhões.

Mas os clubes pequenos, com o novo potencial de mercado, também foram às compras, conseguindo até roubar peças importantes dos times mais tradicionais de outros países. O Crystal Palace pagou 14 milhões de euros para tirar o francês Yohan Cabaye do Paris Saint-Germain, de Thiago Silva e Ibrahimoic. Já o West Ham desembolsou 15 milhões para contratar Dimitri Payet, do Olympique de Marseille.

Com a saída de Robin van Persie do United, Wayne Rooney passa a ser a principal opção dos Red Devils para o ataque.

Com a saída de Robin van Persie do United, Wayne Rooney passa a ser a principal opção dos Red Devils para o ataque. Foto Agência Reuters.

Mas não é só na Inglaterra que a bola volta a rolar. Na França, o PSG abre o campeonato contra o OSC Lille, fora de casa, nesta sexta-feira (7), às 15h30, em busca do tetracampeonato. O clube francês teria pago 65 milhões de euros para trazer o argentino Ángel Di María, que estava no Manchester United. Di Maria não se acostumou com o esquema do técnico Louis van Gaal e perdeu espaço nos Red Devils.

Na Alemanha, o Bayern de Munique, que contratou o brasileiro Douglas Costa por R$ 103,5 milhões, dá o pontapé inicial da temporada contra o Hamburgo também nesta sexta-feira, às 15h30. O clube da Baviera é outro que busca o tetracampeonato nacional, mas não será fácil. Pela Super Copa da Alemanha, o Wolfsburg levou a melhor e impediu os comandados de Guardiola de levantarem o primeiro título da temporada.

Destaques da rodada do Inglês:

Manchester United x Tottenham – sábado, 8 de agosto, às 8h45.
Dois grandes clubes ingleses duelam na abertura da temporada. Os atacantes Wayne Rooney, do United, e Harry Kane, dos Spurs, são boas promessas de gol.

Stoke City x Liverpool – domingo, 9 de agosto, às 12h.
No último jogo de Steven Gerrard pelo Liverpool, na temporada passada, o Stoke atropelou os Reds e venceu por 6 a 1 em casa. Jogo com cara de revanche.

Comentário

A equipe do Time de fora comentou os destaques para essa primeira rodada na Inglaterra, Alemanha e França. Confira o vídeo:

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores