Após 15 anos, Premier League tem artilheiro nascido na Inglaterra

19/05/2016 - 12:17 por

Harry Kane terminou a temporada da Premier League com 25 gols, sendo o artilheiro da competição. (Foto; Divulgação)

Harry Kane terminou a temporada da Premier League com 25 gols, sendo o artilheiro da competição. (Foto; Divulgação)

O Tottenham pode não ter conquistado o título do Campeonato Inglês, mas o atacante Harry Kane garantiu um feito histórico para marcar essa temporada. Com 25 gols nessa edição da Barclay’s Premier League (BPL), o inglês, que já assumiu ser fã dos Spurs, ficou no topo da artilharia da competição, à frente de Sérgio Aguero, do Manchester City, e Jamie Vardy do Leicester, ambos com 24 tentos cada.

A última vez que um inglês terminou como artilheiro da Premier League foi na temporada 1999/2000, quando Kevin Philips marcou 30 gols pelo Sunderland.

Na última quarta-feira (18), o Twitter oficial do Campeonato Inglês postou um vídeo com alguns dos gols anotados por Kane, que já deve ter vaga garantida na convoção da Inglaterra para disputar a Europa de 2016, que será realizada na França. Confira:

 

 

Veja a lista dos artilheiros das últimas edições da BPL:

2015/16: Harry Kane (Spurs) – 25
2014/15: Sergio Aguero (Man City) – 26
2013/14: Luis Suarez (Liverpool) – 31
2012/13: Robin van Persie (Man Utd) – 26
2011/12: Robin van Persie (Arsenal) – 30
2010/11: Dimitar Berbatov (Man Utd) and Carlos Tevez (Man City) – 20
2009/10: Didier Drogba (Chelsea) – 29
2008/09: Nicolas Anelka (Chelsea) – 19
2007/08: Cristiano Ronaldo (Man Utd) – 31
2006/07: Didier Drogba (Chelsea) – 20
2005/06: Thierry Henry (Arsenal) – 27
2004/05: Thierry Henry (Arsenal) – 25
2003/04: Thierry Henry (Arsenal) – 30
2002/03: Ruud van Nistelrooy (Man Utd) – 25
2001/02: Thierry Henry (Arsenal) – 24
2000/01: Jimmy Floyd Hasselbaink (Chelsea) – 23
1999/00: Kevin Phillips (Sunderland) – 30
1998/99: Jimmy Floyd Hasselbaink (Leeds), Michael Owen (Liverpool) and Dwight Yorke (Man Utd) – 18
1997/98: Dion Dublin (Coventry), Michael Owen (Liverpool), Chris Sutton (Blackburn) – 18
1996/97: Alan Shearer (Newcastle) – 25
1995/96: Alan Shearer (Blackburn) – 31
1994/95: Alan Shearer (Blackburn) – 34
1993/94: Andrew Cole (Newcastle) – 34
1992/93: Teddy Sheringham (Nott’m Forest/Spurs) – 22

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

12ª maior média de público do Inglês, Leicester tem números quase iguais aos do Corinthians

22/04/2016 - 13:07 por

(Foto: AFP)

(Foto: AFP)

É inegável que o Corinthians tem uma das maiores torcidas do Brasil e isso se reflete, óbvio, na média de público, sendo capaz até mesmo de superar o primeiro colocado do Campeonato Inglês. O fato seria impressionante se o líder da Premier League não fosse o Leicester, que fica com o posto de 21º lugar dos maiores clubes da Inglaterra.

O título foi dado, em 2015, pelo jornal Daily Mail, que levou em consideração critérios como a média de público durante a temporada 2014/2015 somada aos recordes de venda de ingressos. Além disso, foi considerado o número potencial de torcedores atuais e do passado.

O Leicester nunca conquistou um título da primeira divisão do futebol inglês.

Em 2016, o Timão mantém uma média de público de 32.616, de acordo com a plataforma “Público nos estádios do Brasil”, do globoesporte.com, enquanto o Leicester mantém um número, considerando a temporada 2015/2016, menor apenas em 600 torcedores. Os Foxes tem uma média de 32.017, de acordo com site Transfermarkt.

Curioso é que em portagem de ocupação, que contabiliza os números de ingressos disponíveis, o Corinthians não chega nem perto, mesmo que mantenha bons números.

Com um estádio com capacidade para 32.312, o Leicester não teria nem como, caso permanecesse jogando no “King Power Stadium”, de ultrapassar o Timão, mas os Foxes estão com uma média de ocupação de 99,08%. O Corinthians acumula 72% para este quesito.

No entanto, para a temporada 2015/2016, o Leicester tem apenas a 12ª maior média da Premier League.

Para se ter uma ideia, a segunda maior média de público do futebol brasileiro fica com o Palmeiras, que leva 23.237 torcedores por jogo.

Confira as médias de público do Campeonato Inglês:

Médias de público (via Transfermarkt)

Médias de público (via Transfermarkt)

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Leicester abre maior vantagem dentre os líderes dos principais campeonatos europeus

04/04/2016 - 12:36 por

Zagueiro Wes Morgan comemora gol da vitória do Leicester sobre o Southampton. (Foto: AFP)

Zagueiro Wes Morgan comemora gol da vitória do Leicester sobre o Southampton. (Foto: AFP)

Com a vitória sobre o Southampton por 1 a 0, o Leicester City se tornou o líder com a maior vantagem dentre os principais campeonatos europeus. Com o empate entre Liverpool e Tottenham, os Foxes aumentaram a distância para o segundo colocado de cinco para sete pontos.

Campeoes InglesesMas o sonho de conquistar a Premier League, antes visto como “loucura”, começa a se tornar realidade, ficando mais palpável a cada rodada. E se o Leicester realmente terminar o campeonato inglês na primeira colocação, será o primeiro time a não pertencer ao grupo dos grandes da Inglaterra (Arsenal, Manchester United, Chelsea, Manchester City e Liverpool) a levantar a taça desde 1995.

O último foi o Blackburn Rovers, que ficou com o título da temporada 1994/1995. De lá pra cá, o Manchester United acumulou 11 taças e o Chelsea ficou com 4. Arsenal, com 3 títulos, e Manchester City, com 1, completam a lista de campeões deste hiato dos clubes pequenos.

O Liverpool não consegue terminar o campeonato inglês em primeiro desde 1990.

Vale lembrar que o Leicester nunca conquistou um título da primeira divisão do certame nacional e que na temporada passada (2014/2015), o time, atualmente treinado por Claudio Ranieri, brigou para não voltar à segunda divisão do Inglês, ficando sem vitórias nos 8 primeiros jogos. Os Foxes precisaram se superar e vencer sete dos últimos jogos da Premier League.

Um dos destaques da última campanha fica para a vitória de 5 a 3 sobre o Manchester United depois de os Red Devils abrirem 3 a 1, forçando o Leicester a marcar 4 gols em mais ou menos 33 minutos.

 

Gordura para queimar

Faltando apenas 6 rodadas para o fim do campeonato Inglês, o Leicester, com 69 pontos, abriu 7 para os Spurs, que empataram com o Liverpool, em Anfield, fora de casa.

O Barcelona, que lidera o Espanhol, por exemplo está 6 pontos à frente do Atlético de Madrid. No último sábado (2), o time de Messi, Suaréz e Neymar foi derrotado pelo Real Madrid, por 2 a 1, em pleno Camp Nou.

Já na Itália, a Juventus, que bateu o Empoli por 1 a 0, mantém os mesmos 6 pontos de distância para a Napoli. O time do argentino Higuaín foi derrotado pela Udinese por 3 a 1.

Líder na Alemanha, o Bayern de Munique manteve a vantagem de cinco pontos em relação ao Borussia Dortmund após vencer o Eintracht Frankfurt. Na última rodada, os aurinegros, de Marco Reus, bateram o Werder Bremen.

Veja a tabela da Premier League:

 

tabela CAMP INGLES

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Premier League divulga lista com melhores gols da temporada até agora; confira

28/03/2016 - 11:08 por

Harry Kane é o artilheiro do campeonato inglês com 21 gols (Foto: AFP)

Harry Kane é o artilheiro do campeonato inglês com 21 gols (Foto: AFP)

A Premier League inglesa divulgou nesta segunda-feira (28), em seu perfil do twitter, um vídeo com os gols mais bonitos da temporada 2015/2016 até agora. Entre eles estão os gols dos principais artilheiros do campeonato: Harry Kane, do Tottenham, e Jaime Vardy, do Leicester.

Mas os destaques ficam para os tentos marcados por Benteke, do Liverpool, que superou o goleiro do Manchester United, De Gea, com um voleio desconcertante, e o gol de Deli Alli, volante dos Spurs, que marcou um dos possíveis candidatos ao Prêmio Puskas.

Confira o vídeo:

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

‘Klopp Bowl’ é o principal duelo das quartas de final da UEL

18/03/2016 - 20:44 por

Ainda em 2014, quando comandava o Dortmund, Klopp foi até Anfield. Na oportunidade, os alemães acabaram derrotados Foto: Liverpool FC

Ainda em 2014, quando comandava o Dortmund, Klopp foi até Anfield. Na oportunidade, os alemães acabaram derrotados em um amistoso de pré-temporada
Foto: Liverpool FC

O sorteio das quartas de final da Uefa Europa League (UEL), realizado nesta sexta-feira (18), antecipou um duelo com peso de final. Após as bolinhas serem escolhidas, uma a uma, ficou decidido que Liverpool e Borussia Dortmund irão jogar por uma vaga nas semifinais do torneio europeu. A partida, além de toda a carga histórica, marca o reencontro de Jürgen Klopp com os Aurinegros.

Talvez nem mesmo Klopp esperasse encontrar os aurinegros tão cedo assim. É bom lembrar que o alemão não possui nem seis meses de Liverpool. Em entrevista coletiva, após eliminar o Manchester United pelas oitavas da UEL, o treinador brincou sobre enfrentar seu ex-clube. “Se eu quero enfrentar o Dortmund na próxima fase? Eu não sou tão bobo assim”, disse.

Títulos

The Westfalenstadion brings back great memories! #dortmundliverpool

Uma foto publicada por Jamie Carragher (@23_carra) em

Jamie Carragher, ex-jogador e agora comentarista, quando soube do confronto tratou de lembrar, através de suas redes sociais, que o Liverpool conquistou a antiga Copa da Uefa no Signal Iduna Park (casa do Dortmund). A taça veio na temporada 2000/01, com uma vitória ante o Alavés/ESP. Inclusive, a Copa da Uefa, atual UEL, é a única conquista europeia que o Dortmund não possui. A torcida alemã fez questão de lembrar que essa “figurinha” está faltando para o clube, em mosaico contra o Porto, na segunda fase da competição.

Entretanto, se o Liverpool foi campeão na casa do Dortmund, os Aurinegros podem dizer que levantaram uma taça em cima dos Reds. E é uma conquista bem especial para os alemães. Trata-se da Recopa da Europa, conquistada em 1966, primeiro título internacional do time amarelo e preto.

Melhor do que se lamentar por vermos um confronto tão badalado antes do que o previsto, é aproveitar esse mesmo duelo, na fase que for. A partida promete (e como!). Liverpool e Borussia Dortmund se enfrentam primeiro no dia 7/4, na Alemanha, e voltam a se encarar no dia 14/4, na Inglaterra.

Depois de Jamie Vardy, Leicester tem mais um jogador convocado para seleção inglesa

17/03/2016 - 14:48 por

Danny Drinkwater estará aà disposição para amistosos contra Alemanha e Holanda (Foto: Site Oficial)

Drinkwater foi convocado para amistosos contra Alemanha e Holanda (Foto: Site Oficial)

Prestes a protagonizar uma das maiores zebras da história do futebol, o Leicester vive fase tão extraordinária que seus jogadores começam a se beneficiar. Depois do artilheiro Jamie Vardy chegar à seleção inglesa, seu companheiro Danny Drinkwater também foi lembrado nesta quinta-feira (17) e recebeu sua primeira convocação para representar o país.

Drinkwater foi um dos 24 nomes chamados pelo técnico Roy Hodgson para representar a Inglaterra nos amistosos diante da Alemanha e da Holanda. Como preparação para a Eurocopa deste ano, a equipe duelará com estes adversários nos próximos dias 26 e 29, respectivamente.

Líder do Campeonato Inglês, o Leicester tem em Drinkwater um de seus destaques, ao lado justamente de Vardy, do francês Kanté, do argelino Mahrez e do japonês Okazaki. O meio-campista chegou a ter oportunidades na seleção sub-19 inglesa em 2009, quando ainda vestia a camisa do Manchester United, mas só agora chega ao time principal.

“Ele teve uma temporada fantástica em um time que está tendo uma temporada fantástica”, explicou Roy Hodgson nesta quinta. “Naquela área do campo, a competição é um tanto feroz. Nesta ocasião, eu achei que era uma oportunidade para trazê-lo e ver se ele pode reproduzir o tipo de futebol que tem mostrado pelo Leicester em nível internacional.”

Se ousou ao convocar Drinkwater, Hogson preferiu manter a base da seleção no restante da lista. Os principais destaques da Inglaterra estão do meio para frente, onde a equipe conta com nomes como Sterling, Harry Kane e Sturridge. Wayne Rooney, lesionado, segue de fora.

Confira a lista de convocados da seleção inglesa:

Goleiros: Jack Butland (Stoke City), Fraser Forster (Southampton), Joe Hart (Manchester City).

Defensores: Ryan Bertrand (Southampton), Gary Cahill (Chelsea), Nathaniel Clyne (Liverpool), Phil Jagielka (Everton), Danny Rose (Tottenham), Chris Smalling (Manchester United), John Stones (Everton), Kyle Walker (Tottenham).

Meio-campistas: Dele Alli (Tottenham), Ross Barkley (Everton), Eric Dier (Tottenham), Danny Drinkwater (Leicester), Jordan Henderson (Liverpool), Adam Lallana(Liverpool), James Milner (Liverpool), Raheem Sterling (Manchester City).

Atacantes: Harry Kane (Tottenham), Daniel Sturridge (Liverpool), Jamie Vardy (Leicester), Theo Walcott (Arsenal), Danny Welbeck (Arsenal).

Fonte: Agência Estado

Categoria: Campeonato Inglês

Comentários

Enviar para o Kindle

Artilheiro do Inglês, Jamie Vardy teve passado conturbado e já usou até tornozeleira eletrônica

16/02/2016 - 11:47 por

Vardy é artilheiro do campeonato inglês com 19 gols (Reuters)

Vardy é artilheiro do campeonato inglês com 19 gols (Reuters)

Quem vê o eficiente atacante do Leicester, Jamie Vardy, estufar as redes adversárias no Campeonato Inglês, nem imagina que ele passou por sérios apuros e teve uma vida extremamente complicada, fora dos gramados, no início da carreira.

Em 2007, quando o atacante tinha 20 anos, acabou se envolvendo em uma briga de bar, ao sair em defesa de um amigo que era deficiente auditivo. O caso foi parar na delegacia e Vardy precisou usar tornozeleira eletrônica por seis meses, permanecendo em prisão domiciliar das seis horas da noite às seis da manhã.

Vardy passou por uma rotina apertada, tendo que correr bastante para cumprir a imposição, pois tinha que correr do treino para casa, por conta do toque de recolher.O atacante revelou que fez o que ele sempre faria para defender um amigo.

“Não tenho orgulho do que fiz, mas me levantei e o defendi, o que eu sempre faria por um amigo, e isso acabou me encrencando um pouco. Essa é uma das coisas que me fez a pessoa que sou hoje. Foi difícil, isso tem um efeito na sua família, tendo que ficar constantemente em casa porque não era permitido sair. Foi duro não poder fazer o que qualquer rapaz normal de 20 anos estaria fazendo, saindo e tal”, relembrou Vardy em entrevista logo após sua primeira convocação para a seleção inglesa, em junho do ano passado.

Vardy alcançou uma marca incrível nesta temporada ao anotar um tento em cada uma de 11 partidas seguidas, batendo o recorde do holandês Ruud Van Nistelrooy, pelo Manchester United, que havia conseguido fazer gols em 10 rodadas seguidas na Premier League.

Atualmente ele é o artilheiro do Campeonato Inglês, com 19 gols e tem contrato com o Leicester até 2019.

Veja alguns gols do artilheiro da Premier league nesta temporada:

Categoria: Campeonato Inglês

Comentários

Enviar para o Kindle

A grande fase de Di Maria é uma excelente resposta para o desesperado Van Gaal

29/01/2016 - 15:07 por

Vendo todo o bom futebol de Dí Maria, será que bateu o arrependimento no holandês ? Foto: Divulgação/Manchester United

Vendo o bom futebol de Di Maria, será que bateu o arrependimento no holandês ?
Foto: Divulgação/Manchester United

Após contratar o argentino Ángel Di Maria pelo valor recorde de compra do Manchester United, 59 milhões de libras, o treinador Louis van Gaal esperou apenas uma temporada para vender o meia por 15 milhões a menos. Agora em seu novo clube, o Paris Saint-Germain, o jogador vive grande fase e talvez venha despertando um pouco de arrependimento no treinador holandês, que possui vida cada vez mais complicada nos Red Devils

Em 2015/2016, Di Maria já anotou 12 gols pelo PSG, superando assim sua própria marca pessoal, que era de 11 tentos em uma só temporada. O argentino conseguiu o feito em um dos melhores momentos de sua carreira, com a camisa do Real Madrid, no período de 2013/2014. Naquele ano, inclusive, o meia foi uma das peças fundamentais para a conquista da décima Champions League pelos Merengues.

Além de aflorar o seu lado artilheiro, Di Maria continuou servindo muito bem seus companheiros. Ao lado de jogadores como Cavani, Ibrahimovic, Lavezzi e Lucas, o meia já conta com nove assistências, ficando atrás apenas de Özil – que está voando com a camisa do Arsenal – na lista dos principais ‘garçons’ do futebol europeu.

Com a corda no pescoço e contando com um elenco reduzido, por sua própria escolha, sem dúvida nenhuma Van Gaal fez um mau negócio ao vender Dí Maria tão rapidamente. Não só pelo lado financeiro, onde o holandês jogou 15 milhões de libras pelo ralo, quanto para dentro de campo. Memphis, que fez uma boa Copa do Mundo em 2014 e possui características parecidas com a do meia argentino, também não está conseguindo render com a camisa dos Reds Devils. Com vários ‘flops’ e muito dinheiro gasto, fica a pergunta no ar: o problema são os jogadores ou a passagem de Van Gaal por Manchester que precisa ser abreviada ?

Sob o comando de Jürgen Klopp, Roberto Firmino tem tudo para voltar à Seleção

26/01/2016 - 10:27 por

Futebol do atacante brasileiro Roberto Firmino evoluiu com a chegada do treinador Jürgen Klopp. (Foto: Divulgação)

Futebol do atacante brasileiro Roberto Firmino evoluiu com a chegada do treinador Jürgen Klopp. (Foto: Divulgação)

Desde que chegou ao Liverpool, o técnico Jürgen Klopp, com todo seu jeitão carismático, contagiou e deu um novo fôlego para todo o elenco dos Reds. Essa animação do time é visível dentro de campo, mesmo com a persistência de alguns problemas técnicos (também muito claros, como a bola aérea) no gramado. E sob o comando do alemão, Roberto Firmino, em especial, cresceu bastante de rendimento.

Klopp já implantou seu jeitão no Liverpool

Ainda com Brendan Rodgers, treinador que contratou o brasileiro por 29 milhões de libras, terceira maior compra da história do clube, o versátil jogador não vinha rendendo como esperado e era alvo de muitas dúvidas por parte da imprensa e da torcida. Em sete jogos sob o comando do norte-irlandês, Firmino não marcou nenhuma vez, além de conseguir apenas nove finalizações. Muito pouco para um atleta que atua tão perto da meta adversária.

Firmino com Klopp x Firmino com Rodgers  

Já com Klopp, o cenário é bem diferente. A disparidade é perceptível no quesito finalização, por exemplo. Ao lado do alemão, foram 50 chutes em 20 jogos, além de cinco gols e mais quatro assistências. Suas melhores atuações foram contra Manchester City, Arsenal e no último sábado (23) ante o Norwich. Em todas essas três partidas, o jogador atuou como ‘falso 9’, comandando o ataque dos Reds. O mau desempenho de Benteke, que teoricamente seria o dono da posição, também ajudou na crescente de Firmino.

Nos últimos três jogos do Liverpool pelo Campeonato Inglês, Roberto Firmino marcou quatro vezes. A grande performance do jogador no ataque pode fazer com que ele retorne à Seleção Brasileira. Ainda mais que, tanto quanto no Brasil como no Liverpool, a ‘camisa 9’ ainda não possui um dono.

Categoria: Campeonato Inglês, Seleção Brasileira

Comentários

Enviar para o Kindle

Jornal britânico elege Neymar como terceiro melhor do mundo de 2015

04/01/2016 - 10:50 por

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Foto: Agência REUTERS/Albert Gea

Não resta dúvidas de que Neymar é um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, mas a discussão sobre em que colocação o brasileiro estará no prêmio da Bola de Ouro da Fifa parece não ter chegado ao fim. O “The Guardian”, jornal britânico, parece já ter resolvido a polêmica, colando o ex-santista no terceiro lugar, atrás de Messi e Cristano Ronaldo.

Em 2014, Neymar ficou com a 7ª posição do ranking.

O jornal nomeou os 100 melhores jogadores de 2015, dando uma indicação do que poderemos ver no prêmio de melhor do mundo da Fifa, no próximo dia 11 de janeiro. Dentre os 10 melhores estão 3 jogadores do Barcelona (Messi, Suaréz e Neymar), 3 do Bayern de Munique (Thomas Müller, Robert Lewandowski e Manuel Neuer), 2 da Premier League (Sergio Agüero e Alexis Sánchez), 1 do Real Madrid (Cristiano Ronaldo) e 1 do PSG (Zlatan Ibrahimovic).

Além de Neymar, outros brasileiros integram a lista dos 100 melhores. O destaque fica para Douglas Costa (Bayern de Munique), Thiago Silva (PSG) e Philippe Coutinho (Liverpool) os únicos dentro dos 50 melhores. Willian (Chelsea), Daniel Alves (Barcelona), Hulk (Zenit), Marcelo (Real Madrid) e Alex Teixeira (Shakhtar Donetsk) completam os “brazucas” da “premiação”.

Confira o top 10 e a posição dos Brasileiros:

1. Lionel Messi
2. Cristiano Ronaldo
3. Neymar
4. Luis Suaréz
5. Robert Lewandowski
6. Thomas Müller
7. Zlatan Ibrahimovic
8. Manuel Neuer
9. Sergio Agüero
10. Alexis Sánchez

32. Douglas Costa
41. Thiago Silva
46. Philippe Coutinho
52. Willian
58. Daniel Alves
59. Hulk
88. Marcelo
89. Alex Teixeira

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores