Com cinco jogadores, Bundesliga forma maior parte da “Seleção da Rodada”, eleita pelo Time de Fora

14/12/2015 - 19:31 por

O Time de Fora elegeu a seleção formada pelos jogadores que se destacaram nesse fim de semana, em seus respectivos campeonatos pela Europa. Desta vez, Paris Saint-Germain, Valencia, Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund conseguiram emplacar mais de um nome. O clube francês massacrou o Lyon, por 5 a 1, abrindo 17 pontos para o vice-líder Angers no Francesão. O time alemão também goleou, em grande dia da dupla Chicharito e Kießling. O Valencia, na estreia de Gary Neville, apenas empatou. Já o Dortmund, diante da sua Muralha Amarela, goleou o Eintracht Frankfurt por 4 a 1.

Confira a seleção da rodada eleita pelo Time de Fora:

Goleiro: Jaume Domènech (Valencia) É bem verdade que não era a estreia que Gary Neville queria. Porém, o empate por 1 a 1 com o Eibar, serviu para mostrar o talento de Jaume Domènech para o jovem treinador. O goleiro, além de defender um pênalti, protagonizou umas das mais bonitas defesas da temporada e conseguiu sua vaga na nossa seleção.

Lateral-direito: Serge Aurier (PSG) O lateral marfinense marcou uma vez na goleada parisiense ante o Lyon por 5 a 1. Desde que chegou, Aurier não deu chances para seus companheiros e não largou mais a lateral do PSG. Veremos se o jogador irá se manter por aqui.

Lateral-esquerdo: Marvin Plattenhardt (Hertha Berlim) O versátil jogador do Hertha, que atua como lateral-esquerdo e zagueiro, fez grande partida na goleada do clube alemão, fora de casa, contra o caçula Darmstadt. De quebra, o defensor ainda marcou um dos quatro gols da equipe de Berlim.

Zagueiro pela direita: Matt Hummels (Borussia Dortmund) O ótimo Hummels abre a defesa de nossa seleção. O jogador, que talvez deixe o Borussia Dortmund na janela de inverno, mostrou segurança, além de marcar o seu golzinho, na goleada do BVB contra o Eintracht.

Zagueiro pela esquerda: Shkodran Mustafi (Valencia) Também da Alemanha vem o parceiro de Hummels. Mustafi retornou de lesão neste final de semana e mostrou que ainda está no ótimo nível que apresentava antes do problema. Bom reforço para a sequência de trabalho de Gary Neville.    

Meio-campista 1: Juan Cuadrado (Juventus)Cuadrado abre nosso meio-campo. O colombiano finalmente fez um bom jogo com a camisa bianconeri. Contra a Fiorentina, em partida complicada, o jogador teve atuação decisiva com um gol e uma assistência.

Meio-campista 2: Henri Mkhtaryan (Borussia Dortmund)Também com gol e assitência, Mkhitaryan conseguiu novamente figurar nossa seleção. O armenio vive ótima fase no Borussia.

Meio-campista 3: Ángel Di Maria (PSG) Hat-trick de assistências. Foi isso que fez Di Maria na grande vitória do PSG sobre o Lyon. O argentino serviu Aurier, Cavani e o brasileiro Lucas. Com a goleada, o time de Paris abriu impressionantes 17 pontos para os segundo colocado

Atacante 1: Zlatan Ibrahimovic (PSG) Assim como Mkhtaryan, Ibra também conseguiu sua dobradinha por aqui. O sueco marcou duas vezes no 5 a 1 do seu PSG.

Atacante 2: Javier Hernández (Bayer Leverkusen) Chicharito está sendo “o cara” em Leverkusen. O ‘Ervilhinha’ desta vez marcou três vezes, na surpreendente goleada contra o Borussia Mönchengladbach por 5 a 0. Será que tem torcedor do Manchester United sentindo falta do mexicano?

Atacante 3: Stefan Kießling (Bayer Leverkusen) O companheiro de ataque de Hernandez, Stefan Kießling, fecha nossa seleção. O centroavante alemão marcou duas vezes, além de servir seus companheiros em duas oportunidades.

Categoria: Futebol Europeu, Seleção da rodada

Comentários

Enviar para o Kindle

Com grandes atuações, ‘Borrussias’ dominam “Seleção da Rodada”, eleita pelo Time de Fora

07/12/2015 - 16:11 por

Wendt, lateral-esquerdo do Mönchengladbach, foi um dos escolhidos para a seleção Foto: Reuters

Wendt, lateral-esquerdo do Mönchengladbach que marcou contra o Bayern, foi um dos escolhidos para a seleção
Foto: Reuters

O Time de Fora elegeu a seleção formada pelos jogadores que se destacaram nesse fim de semana, em seus respectivos campeonatos pela Europa. Desta vez, apenas o Borussia Mönchengladbach conseguiu emplacar mais de um jogador. O time alemão bateu o poderoso Bayern de Munique, acabando com a invencibilidade da equipe de Pep Guardiola. Também podemos destacar o desempenho de Xherdan Shaqiri, que ajudou o seu Stoke City a bater o Manchester City, e Riyad Mahrez que anotou os três gols da vitória do Leicester ante o Swansea.

Confira a seleção da rodada eleita pelo Time de Fora:

Goleiro: Marwin Hitz (Augsburg) O goleiro do Augsburg brilhou na vitória por 1 a 0 do clube alemão contra o Colônia, atuando fora de casa, pela Bundesliga. Porém, além das defesas, outro ato do goleiro na partida também chamou atenção. Hitz usou da velha malandragem para defender uma penalidade quando a partida ainda estava 0 a 0, assista:

Lateral-direito: Bruno Peres (Torino) Único brasileiro na lista, o lateral Bruno Peres mostrou bom futebol no último final de semana no Calcio. Atuando pelo Torino, ele viu sua equipe empatar nos acréscimos com a Roma. Peres, inclusive, está sendo especulado pelo time Giallorossi.

Zagueiro pela direita: Diego Godín (Atlético de Madrid) Pela segunda vez seguida, o zagueiro uruguaio está na seleção do Time de Fora. Novamente, Godín teve grande desempenho em nova vitória do Atleti, desta vez ante o Granada. O defensor abriu o marcador para o time de Simeone, após assistência de Koke.

Zagueiro pela esquerda: Andreas Christensen (Borussia Mönchengladbach) O zagueiro, de apenas 19 anos, faz a dupla de zaga com Godín. Christensen, que pertence ao Chelsea, está no Gladbach por empréstimo. Mesmo com a pouca idade, o dinamarquês vem mostrando personalidade na zaga do time alemão.

Lateral-esquerdo: Oscar Wendt (Borussia Mönchengladbach) Também do Mönchengladbach, veio o lateral-esquerdo Oscar Wendt. O sueco marcou na vitória contra o Bayern de Munique por 3 a 1. A partida encerrou com a invencibilidade da equipe de Pep Guardiola na Bundesliga.

Como de costume na Inglaterra, Mahrez, que marcou três gols, levou a bola da partida pra casa

Meio-campista 1: Georginio Wijnaldum (Newcastle) O meia holandês foi decisivo na vitória dos Magpies contra o Liverpool, pela Premier League. O jogador participou diretamente de ambos os gols do Newcastle. No primeiro, o atleta fez toda a jogada, para no fim Skrtel mandar para a própria meta. Já nos acréscimos, Wijnaldum foi frio para dar um toque, de leve, porém suficiente para bater Mignolet. Com o tento, o camisa 5 chegou ao seu sétimo gol na PL.

Meio-campista 2:  Xherdan Shaqiri (Stoke City) Com duas assistências na vitória do Stoke contra o Manchester City, Shaqiri foi um dos destaques do final de semana de futebol na Europa. O meia suíço foi uma das grandes apostas dos Potters para a temporada e, aos poucos, vem mostrando valer o investimento.

Meio-campista 3:  Ryad Mahrez (Leicester) Mahrez, podemos dizer, foi ‘o cara’ do fim de semana. O jogador francês,  que defende a seleção da Argélia, anotou um hat-trick e ajudou o seu Leicester a continuar na ponta da Premier League. Com os três tentos, o meia-atacante chegou a dez gols no campeonato inglês, assumindo a vice-artilharia do torneio. Em primeiro está seu companheiro Vardy, com 14 gols.

Meio-campista 4:  Henri Mkhitaryan (Borussia Dortmund) Também com duas assistências, Mkhitaryan fecha a meiuca da seleção do TdF. O armênio criou, no mínimo, seis chances de gol e ajudou o Dortmund a bater o Wolfsburg, mesmo atuando na Toca dos Lobos.   

Com dois gols, Ibrahimovic se tornou o maior artilheiro da história do PSG no Francesão

Atacante 1: Zlatan Ibrahimovic (PSG) 

O PSG venceu mais uma vez na Ligue One. E, como quase sempre, Ibrahimovic marcou. Desta vez, foram dois gols de Ibra na goleada dos parisienses contra o Nice, fora de casa. Com o feito, o sueco já marcou 87 vezes no Francesão, se tornando o maior artilheiro do PSG na história do campeonato francês. Ele dividia a marca com Mustapha Dahleb, que possui 85 gols.

Atacante 2: Paulo Dybala (Juventus) 

Fechando a seleção temos o argentino Paulo Dybala. O jovem atacante, uma das apostas do time de Turim para a temporada e para substituir Carlos Tévez, marcou um verdadeiro golaço na vitória da Juventus contra a Lazio, fora de casa.

Categoria: Futebol Europeu, Seleção da rodada

Comentários

Enviar para o Kindle

Premier League forma base da “Seleção da Rodada”, eleita pelo Time de Fora

30/11/2015 - 18:45 por

Alan Pardew ficou bastante orgulhoso com o desempenho do seu Crystal Palace na rodada

Alan Pardew ficou bastante orgulhoso com o desempenho do seu Crystal Palace na rodada

O Time de Fora elegeu a seleção formada pelos jogadores que se destacaram nesse fim de semana, em seus respectivos campeonatos pela Europa. Desta vez, os destaques da rodada ficaram com o Crystal Palace, Manchester City e, novamente, com o Barcelona. O clube de Londres goleou o Newcastle, por 5 a 1, e emplacou dois jogadores.  Os Citizens venceram os Saints, retomaram a ponta da Premier League, e ficaram com duas vagas na equipe. Já o time catalão, cedeu a dupla Neymar e Messi para o comando de ataque.

Confira a seleção da rodada eleita pelo Time de Fora:

Goleiro: Hugo Lloris (Tottenham) O arqueiro francês foi um dos responsáveis diretos pela permanência do zero no marcador em White Harte Lane. Com, no mínimo, três grandes defesas, Lloris contribuiu para que o Tottenham garantisse um pontinho, contra o Chelsea, no último domingo (29).

Touré foi um dos destaques do Mônaco

Lateral-direito: Almamy  Touré (Mônaco) O jovem jogador, nascido no Mali, teve participação direta no empate do Mônaco, fora de casa, ante o Marseille. Após marcar duas vezes na partida, Touré, que também atua como zagueiro, chegou ao seu quarto gol na temporada. Recentemente, o atleta, de apenas 19 anos, assinou um contrato de quatro anos com o time francês.

Zagueiro pela direita: Diego Godín (Atlético de Madrid) O Atlético de Madrid assumiu a vice-liderança do Espanholzão após bater o Espanyol, por 1 a 0, no Calderón, com gol de Griezmann. Um dos destaques da vitória magra do Atleti foi o sempre constante Godín. A defesa da equipe de Diego Simeone, comandada pelo zagueiro uruguaio, é a menos vazada do campeonato, com apenas seis gols sofridos.

Zagueiro pela esquerda: Javi Martínez (Bayern de Munique) Efetivo na frente e lá atrás. Assim foi a atuação do polivalente Javi Martínez, na vitória do Bayern de Munique, por 2 a 0, contra o Hertha Berlim. O jogador, contratação mais cara da história do clube alemão, foi decisivo em diversos lances defensivos, além de servir Coman no segundo tento bávaro.

Lateral esquerdo: Aleksandar Kolarov (Manchester City) Não foi das escolhas mais fáceis, mas ficamos com Kolarov para a ala esquerda. O Jogador sérvio marcou o terceiro gol dos Citizens e selou a vitória no Etihad Stadium contra o Southampton. Os três pontos serviram para que o City retomasse a ponta da Premier League.

Meio-campista 1:  James McArthur (Crystal Palace) O volante, recém contratado junto ao Wigan, fez talvez sua melhor partida com a camisa do Palace. Com dois gols, o jogador ajudou o time de Londres a golear e afundar ainda mais o Newcastle.  

Bolasie marcou duas vezes e ajudou o Palace e golear o Newcastle 

Meio-campista 2: Yannick Bolasie (Crystal Palace) 

Também do Palace veio Bolasie. O jogador também deixou por duas vezes sua marca na goleada londrina, chegando ao seu terceiro gol nos últimos três jogos.

Meio-campista 3: Kevin De Bruyne (Manchester City)

Com um gol e uma assistência, o belga De Bruyne fecha o meio campo da Seleção da Rodada do último fim de semana. O meia abriu a contagem no Etihad, ao marcar com apenas nove minutos. Perto do fim, ele serviu Kolarov, que fez o terceiro dos Citizens.

 Após marcar duas vezes, Aubameyang fez sua comemoração, mais que conhecida, pela Muralha Amarela

Atacante 1: Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund)

Aubameayng abre o ataque da Seleção. O jogador marcou duas vezes na goleada do Dortmund ante o Stuttgart, por 4 a 1. Um dos gols, inclusive, foi uma verdadeira pintura.

Atacante 2: Neymar (Barcelona) 

O atacante brasileiro brilhou mais uma vez. Atuando no Camp Nou, Neymar marcou duas vezes, além de contar com uma assistência, na goleada do Barça contra a Real Sociedad, por 4 a 0. Com seus dois tentos, o camisa 10 da Seleção Brasileira chegou ao seu gol de número 40 somente em 2015. 14 deles apenas na La Liga, se tornando o artilheiro do torneio.

Atacante 3: Lionel Messi (Barcelona)

O argentino se credenciou para nossa seleção por conta de um gol, uma bola na trave, além de exigir bastante do goleiro adversário Rulli. Messi mostrou, de vez, para Luis Enrique e para os torcedores que se recuperou completamente de sua lesão no joelho. Bom para o futebol.

Categoria: Futebol Europeu, Seleção da rodada

Comentários

Enviar para o Kindle

Com quatro jogadores, Barcelona forma base da “Seleção da Rodada”, eleita pelo Time de Fora

23/11/2015 - 13:41 por

"Luisito" Suárez e Neymar infernizaram a vida do Real Madrid nesse fim de semana

“Luisito” Suárez e Neymar infernizaram a vida do Real Madrid nesse fim de semana

O Time de Fora elegeu a seleção formada pelos jogadores que se destacaram nesse fim de semana, em seus respectivos campeonatos pela Europa. Como não poderia deixar de ser, o Barcelona foi o time com o maior número de craques escolhidos (quatro no total), visto que goleou o maior rival (Real Madrid) em pleno Estádio Santiago Bernabéu por 4 a 0. Liverpool e Inter de Milão, que golearam Manchester City e Frosinone respectivamente, contam com dois jogadores cada.

Confira a seleção da rodada eleita pelo Time de Fora:

Goleiro: Claudio Bravo/Barcelona (Uma verdadeira muralha humana. O arqueiro chileno fez defesas milagrosas no clássico contra o Real Madrid, no último sábado (21), inclusive evitando um gol do astro Cristiano Ronaldo)

Laterais: Nagatomo/Inter de Milão e Alaba/Bayern de Munique (O lateral japonês é titular indiscutível na equipe italiana e se houve muito bem na goleada sobre o modesto Frosinone, por 4 a 0, nesse domingo (22). Já o austríaco Alaba marcou um dos gols na vitória do bayern, fora de casa, diante do Schalke 04)

Zagueiros: Skrtel/Liverpool e Murillo/Inter de Milão (o primeiro, eslovaco, vem sendo considerado o melhor zagueiro do Liverpool e marcou um dos gols na vitória sobre o Manchester City, fora de casa. O segundo, colombiano, também jogou muita bola e anotou um dos tentos da Inter de Milão sobre o Frosinone)

Meias: Hernanes/Juventus, Philippe Coutinho/Liverpool e Iniesta/Barcelona (O brasileiro, volante da Juve, foi um dos destaques na vitória sobre o Milan, nesse fim de semana, por 1 a 0. Já o brasileiro Coutinho e o espanhol Iniesta deram um show a parte e também deixaram suas marcas nas vitórias sobre o City e o real Madrid, respectivamente)

Atacantes: Neymar e Luis Suárez/Barcelona e Jamie Vardy/Leicester (A dupla infernal formada pelo craque da Seleção Brasileira (um gol e uma assistência) e o matador uruguaio (dois gols) detonou o Real Madrid no Santiago Bernabéu. O terceiro vem sendo uma das sensações do Campeonato Inglês e marcou um golaço na vitória do líder, Leicester, sobre o Newcastle, fora de casa).

Confira o gol anotado pelo atacante inglês Jamie Vardy, do Leicester, na vitória sobre o Newcastle:

Categoria: Futebol Europeu, Seleção da rodada

Comentários

Enviar para o Kindle

Existe vida sem Neymar!

04/09/2015 - 11:00 por

 

Sem poder contar com Neymar, Dunga deve começar os jogos amistosos sem o craque no Barcelona no time titular. FOTO: Agência Reuters.

Sem poder contar com Neymar, Dunga deve começar os jogos amistosos sem o craque no Barcelona no time titular. FOTO: Agência Reuters.

Não é novidade, mas a seleção da CBF não poderá contar com o jovem atacante Neymar Jr, do Barcelona, que foi expulso contra a Colômbia ainda pela Copa América no Chile e terá de cumprir dois jogos de suspensão nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

Pensando, talvez, em já adaptar a equipe para enfrentar as seleções de Chile e Venezuela sem o camisa 10, o técnico Dunga começou a semana esboçando um time durante os treinos nos Estados Unidos, onde o Brasil se prepara para os amistosos contra Costa Rica e os donos da casa, sem a maior referência no ataque brasileiro.

Mas onde o Barcelona falhou, ao perder o título da Supercopa da Espanha para o Athletic Bilbao – na ocasião, Neymar não jogou por ter contraído caxumba – a seleção canarinho pode ter sucesso se conseguir capitalizar o bom começo de temporada de algumas peças já conhecidas pelo torcedor da amarelinha, embora eles não tenham a mesma aprovação, ou técnica, do craque que se criou na Vila Belmiro.

Trio “inglês”

Para não fugir do costume, Dunga deve escalar o time no 4-2-3-1, sem muitas surpresas no setor defensivo. David Luíz e Miranda devem fechar o miolo da zaga, enquanto Fernandinho e Luiz Gustavo serão escalados como a dupla de volantes. Marcelo e Fabinho completam a defesa nas laterais.

Versátil, Willian é umas das opções para a criação das jogadas da Seleção. FOTO: Agência Reuters.

Versátil, Willian é umas das opções para a criação das jogadas da Seleção. FOTO: Agência Reuters.

Já para o ataque, as possibilidades são diversas, mas considerando o começo de temporada na Inglaterra, Dunga pode investir em um esquema de bastante movimentação com Willian, Philippe Coutinho e Roberto Firmino. Para completar o treinador poderá escolher entre Douglas Costa pela esquerda, que vem apresentando um ótimo desempenho ocupando a faixa lateral jogando pelo Bayern de Munique, ou Hulk, que pode tanto jogar pelo lado direito e empurrar Firmino para o posto de centroavante, ou ainda jogar como a referência do ataque. Isso mesmo!

Douglas Costa deve o substituto de Neymar nesse começo de trabalho para as Eliminatórias. FOTO: Agência Reuters.

Douglas Costa deve o substituto de Neymar nesse começo de trabalho para as Eliminatórias. FOTO: Agência Reuters.

Pelo Zenit, na temporada passada, Hulk fez ótimas partidas jogando como atacante central, enquanto Roberto Firmino, ao contrário do que vinha fazendo no Hoffenheim, vem atuando com meia pelos lados do campo sob o comando de Brendan Rodgers, no Liverpool.

Outras variações possíveis seriam a movimentação entre Willian e Coutinho, que nesse começo de temporada, praticamente trocaram de posição em seus clubes. Com a chegada de Pedro no Chelsea, Willian é quem entra como meia centralizado, flutuando de lado para o outro do campo para construir as jogadas.

Já Coutinho, acostumado a jogar pela faixa central, está se acostumando a atuar pela direita do ataque do Liverpool, o que abriria a vaga para Douglas Costa, na esquerda. Ainda restaria a possibilidade de trocar Coutinho por Lucas Lima, do Santos, para armar as jogadas, mas o jovem meia precisa mostrar um pouco mais para garantir uma vaga no time titular da Seleção.

Safra ruim? 

Mesmo sem Neymar, a seleção da CBF ainda tem muitas cartas na manga e, para tentar surpreender e criar espaços nas defesas adversárias, pode apostar em um esquema de muita movimentação na frente. Resta saber se Dunga tem assistido as partidas de futebol do velho continente e se conseguirá fazer esses jogadores renderem juntos. Mas nenhum deles estaria realizando um trabalho com o qual não está acostumado.

Categoria: Seleção da rodada

Comentários

Enviar para o Kindle

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores