E se a Libertadores como conhecemos acabar? É o que propõe empresário, que deseja criar a Liga dos Campeões da América

24/09/2015 - 15:50 por

Criada em 1960, a Libertadores, como conhecemos, pode estar com os dias contados Foto: Divulgação

Criada em 1960, a Libertadores, como conhecemos, pode estar com os dias contados
Foto: Divulgação

Principal competição do futebol sul-americano, a Taça Libertadores da América existe desde 1960. Na época, o torneio se chamava Copa dos Campeões da América, por reunir apenas os campeões nacionais do continente. Com o tempo a competição foi ficando mais abrangente, admitindo outros clubes. Em 2015, a taça chegou a edição de número 56, sagrando o River Plate como campeão. Entretanto, o torneio pode estar com seus dias contados.

Riccardo Silva, empresário italiano, está propondo a criação de um torneio para substituir a Libertadores como conhecemos. Intitulada Liga dos Campeões da América, a competição traria grandes novidades como a injeção de 400 milhões de dólares em premiações, além da inclusão de 16 clubes vindos dos Estados Unidos e Canadá.

De acordo com Silva, clubes como Corinthians e Flamengo já sinalizaram positivamente para a mudança. Além dos brasileiros, Eduardo Ache, presidente do Nacional/URU, também se mostrou a favor da criação do torneio.

Confira todas as novidades da proposta de Riccardo Silva:

– Premiação de 5 milhões de dólares apenas por participação (atualmente, US$ 5.3 mi é a premiação para o campeão do torneio)
– US$ 400 milhões distribuídos em premiações
– 64 clubes: 16 brasileiros, 10 argentinos, 16 Estados Unidos + Canadá
– O resto dos países teria direito de uma a três vagas
– Campeonato anual (de fevereiro à novembro)
– Transmissão para todo o continente

Categoria: Champions League

Enviar para o Kindle

Posts relacionados

blog comments powered by Disqus

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores