Premier League forma base da “Seleção da Rodada”, eleita pelo Time de Fora

30/11/2015 - 18:45 por

Alan Pardew ficou bastante orgulhoso com o desempenho do seu Crystal Palace na rodada

Alan Pardew ficou bastante orgulhoso com o desempenho do seu Crystal Palace na rodada

O Time de Fora elegeu a seleção formada pelos jogadores que se destacaram nesse fim de semana, em seus respectivos campeonatos pela Europa. Desta vez, os destaques da rodada ficaram com o Crystal Palace, Manchester City e, novamente, com o Barcelona. O clube de Londres goleou o Newcastle, por 5 a 1, e emplacou dois jogadores.  Os Citizens venceram os Saints, retomaram a ponta da Premier League, e ficaram com duas vagas na equipe. Já o time catalão, cedeu a dupla Neymar e Messi para o comando de ataque.

Confira a seleção da rodada eleita pelo Time de Fora:

Goleiro: Hugo Lloris (Tottenham) O arqueiro francês foi um dos responsáveis diretos pela permanência do zero no marcador em White Harte Lane. Com, no mínimo, três grandes defesas, Lloris contribuiu para que o Tottenham garantisse um pontinho, contra o Chelsea, no último domingo (29).

Touré foi um dos destaques do Mônaco

Lateral-direito: Almamy  Touré (Mônaco) O jovem jogador, nascido no Mali, teve participação direta no empate do Mônaco, fora de casa, ante o Marseille. Após marcar duas vezes na partida, Touré, que também atua como zagueiro, chegou ao seu quarto gol na temporada. Recentemente, o atleta, de apenas 19 anos, assinou um contrato de quatro anos com o time francês.

Zagueiro pela direita: Diego Godín (Atlético de Madrid) O Atlético de Madrid assumiu a vice-liderança do Espanholzão após bater o Espanyol, por 1 a 0, no Calderón, com gol de Griezmann. Um dos destaques da vitória magra do Atleti foi o sempre constante Godín. A defesa da equipe de Diego Simeone, comandada pelo zagueiro uruguaio, é a menos vazada do campeonato, com apenas seis gols sofridos.

Zagueiro pela esquerda: Javi Martínez (Bayern de Munique) Efetivo na frente e lá atrás. Assim foi a atuação do polivalente Javi Martínez, na vitória do Bayern de Munique, por 2 a 0, contra o Hertha Berlim. O jogador, contratação mais cara da história do clube alemão, foi decisivo em diversos lances defensivos, além de servir Coman no segundo tento bávaro.

Lateral esquerdo: Aleksandar Kolarov (Manchester City) Não foi das escolhas mais fáceis, mas ficamos com Kolarov para a ala esquerda. O Jogador sérvio marcou o terceiro gol dos Citizens e selou a vitória no Etihad Stadium contra o Southampton. Os três pontos serviram para que o City retomasse a ponta da Premier League.

Meio-campista 1:  James McArthur (Crystal Palace) O volante, recém contratado junto ao Wigan, fez talvez sua melhor partida com a camisa do Palace. Com dois gols, o jogador ajudou o time de Londres a golear e afundar ainda mais o Newcastle.  

Bolasie marcou duas vezes e ajudou o Palace e golear o Newcastle 

Meio-campista 2: Yannick Bolasie (Crystal Palace) 

Também do Palace veio Bolasie. O jogador também deixou por duas vezes sua marca na goleada londrina, chegando ao seu terceiro gol nos últimos três jogos.

Meio-campista 3: Kevin De Bruyne (Manchester City)

Com um gol e uma assistência, o belga De Bruyne fecha o meio campo da Seleção da Rodada do último fim de semana. O meia abriu a contagem no Etihad, ao marcar com apenas nove minutos. Perto do fim, ele serviu Kolarov, que fez o terceiro dos Citizens.

 Após marcar duas vezes, Aubameyang fez sua comemoração, mais que conhecida, pela Muralha Amarela

Atacante 1: Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund)

Aubameayng abre o ataque da Seleção. O jogador marcou duas vezes na goleada do Dortmund ante o Stuttgart, por 4 a 1. Um dos gols, inclusive, foi uma verdadeira pintura.

Atacante 2: Neymar (Barcelona) 

O atacante brasileiro brilhou mais uma vez. Atuando no Camp Nou, Neymar marcou duas vezes, além de contar com uma assistência, na goleada do Barça contra a Real Sociedad, por 4 a 0. Com seus dois tentos, o camisa 10 da Seleção Brasileira chegou ao seu gol de número 40 somente em 2015. 14 deles apenas na La Liga, se tornando o artilheiro do torneio.

Atacante 3: Lionel Messi (Barcelona)

O argentino se credenciou para nossa seleção por conta de um gol, uma bola na trave, além de exigir bastante do goleiro adversário Rulli. Messi mostrou, de vez, para Luis Enrique e para os torcedores que se recuperou completamente de sua lesão no joelho. Bom para o futebol.

Categoria: Futebol Europeu, Seleção da rodada

Enviar para o Kindle

Posts relacionados

blog comments powered by Disqus

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores