A ótima fase de Hulk colocou o Zenit nas oitavas da Champions em apenas quatro jogos

05/11/2015 - 16:32 por

Na última partida do time russo na Liga dos Campeões, contra o Lyon, Hulk deu duas assistências Foto: Reprodução/Facebook

Na última partida do time russo na Liga dos Campeões, contra o Lyon, Hulk deu duas assistências
Foto: Reprodução/Facebook

Em um grupo bastante embolado, como o H da atual edição da Champions League – formado por Lyon, Zenit, Valência e Gent – um jogador de qualidade sem sombra de dúvidas pode ser um diferencial para a classificação.

Com quatro vitórias em quatro jogos e classificado de forma antecipada para às oitavas de final da competição européia, o Zenit possui esse jogador. Ele é Hulk. O paraibano, que também é jogador da Seleção, já conta com três gols e quatro assistências no torneio, participando diretamente de sete dos dez gols do clube russo no torneio.

A atual campanha do Zenit já supera as das Champions em temporadas recentes. Como nos anos de 2010/11, 2011/12 e 2012/13. Organizado taticamente letal ofensivamente, a equipe de André Villas-Boas consegue utilizar todo o potencial do atacante brasileiro.

Opostos

Na Seleção, Hulk não é o único jogador que está em grande fase no seu clube mas que não consegue render com a camisa da Amarelinha. Além do paraibano, os meias Douglas Costa e Philippe Coutinho são exemplos de atletas que não conseguem mostrar todo o seu futebol atuando pelo Brasil. Mas a possível solução para esse problema já rende outro post.

Categoria: Champions League, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores