12ª maior média de público do Inglês, Leicester tem números quase iguais aos do Corinthians

22/04/2016 - 13:07 por

(Foto: AFP)

(Foto: AFP)

É inegável que o Corinthians tem uma das maiores torcidas do Brasil e isso se reflete, óbvio, na média de público, sendo capaz até mesmo de superar o primeiro colocado do Campeonato Inglês. O fato seria impressionante se o líder da Premier League não fosse o Leicester, que fica com o posto de 21º lugar dos maiores clubes da Inglaterra.

O título foi dado, em 2015, pelo jornal Daily Mail, que levou em consideração critérios como a média de público durante a temporada 2014/2015 somada aos recordes de venda de ingressos. Além disso, foi considerado o número potencial de torcedores atuais e do passado.

O Leicester nunca conquistou um título da primeira divisão do futebol inglês.

Em 2016, o Timão mantém uma média de público de 32.616, de acordo com a plataforma “Público nos estádios do Brasil”, do globoesporte.com, enquanto o Leicester mantém um número, considerando a temporada 2015/2016, menor apenas em 600 torcedores. Os Foxes tem uma média de 32.017, de acordo com site Transfermarkt.

Curioso é que em portagem de ocupação, que contabiliza os números de ingressos disponíveis, o Corinthians não chega nem perto, mesmo que mantenha bons números.

Com um estádio com capacidade para 32.312, o Leicester não teria nem como, caso permanecesse jogando no “King Power Stadium”, de ultrapassar o Timão, mas os Foxes estão com uma média de ocupação de 99,08%. O Corinthians acumula 72% para este quesito.

No entanto, para a temporada 2015/2016, o Leicester tem apenas a 12ª maior média da Premier League.

Para se ter uma ideia, a segunda maior média de público do futebol brasileiro fica com o Palmeiras, que leva 23.237 torcedores por jogo.

Confira as médias de público do Campeonato Inglês:

Médias de público (via Transfermarkt)

Médias de público (via Transfermarkt)

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Leicester abre maior vantagem dentre os líderes dos principais campeonatos europeus

04/04/2016 - 12:36 por

Zagueiro Wes Morgan comemora gol da vitória do Leicester sobre o Southampton. (Foto: AFP)

Zagueiro Wes Morgan comemora gol da vitória do Leicester sobre o Southampton. (Foto: AFP)

Com a vitória sobre o Southampton por 1 a 0, o Leicester City se tornou o líder com a maior vantagem dentre os principais campeonatos europeus. Com o empate entre Liverpool e Tottenham, os Foxes aumentaram a distância para o segundo colocado de cinco para sete pontos.

Campeoes InglesesMas o sonho de conquistar a Premier League, antes visto como “loucura”, começa a se tornar realidade, ficando mais palpável a cada rodada. E se o Leicester realmente terminar o campeonato inglês na primeira colocação, será o primeiro time a não pertencer ao grupo dos grandes da Inglaterra (Arsenal, Manchester United, Chelsea, Manchester City e Liverpool) a levantar a taça desde 1995.

O último foi o Blackburn Rovers, que ficou com o título da temporada 1994/1995. De lá pra cá, o Manchester United acumulou 11 taças e o Chelsea ficou com 4. Arsenal, com 3 títulos, e Manchester City, com 1, completam a lista de campeões deste hiato dos clubes pequenos.

O Liverpool não consegue terminar o campeonato inglês em primeiro desde 1990.

Vale lembrar que o Leicester nunca conquistou um título da primeira divisão do certame nacional e que na temporada passada (2014/2015), o time, atualmente treinado por Claudio Ranieri, brigou para não voltar à segunda divisão do Inglês, ficando sem vitórias nos 8 primeiros jogos. Os Foxes precisaram se superar e vencer sete dos últimos jogos da Premier League.

Um dos destaques da última campanha fica para a vitória de 5 a 3 sobre o Manchester United depois de os Red Devils abrirem 3 a 1, forçando o Leicester a marcar 4 gols em mais ou menos 33 minutos.

 

Gordura para queimar

Faltando apenas 6 rodadas para o fim do campeonato Inglês, o Leicester, com 69 pontos, abriu 7 para os Spurs, que empataram com o Liverpool, em Anfield, fora de casa.

O Barcelona, que lidera o Espanhol, por exemplo está 6 pontos à frente do Atlético de Madrid. No último sábado (2), o time de Messi, Suaréz e Neymar foi derrotado pelo Real Madrid, por 2 a 1, em pleno Camp Nou.

Já na Itália, a Juventus, que bateu o Empoli por 1 a 0, mantém os mesmos 6 pontos de distância para a Napoli. O time do argentino Higuaín foi derrotado pela Udinese por 3 a 1.

Líder na Alemanha, o Bayern de Munique manteve a vantagem de cinco pontos em relação ao Borussia Dortmund após vencer o Eintracht Frankfurt. Na última rodada, os aurinegros, de Marco Reus, bateram o Werder Bremen.

Veja a tabela da Premier League:

 

tabela CAMP INGLES

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Chegou a hora de Leicester, Vardy e Mahrez mostrarem a que vieram no Inglês

25/11/2015 - 18:36 por

Jamie Vardy é o artilheiro do campeonato inglês com 13 gols. (Foto: Divulgação)

Jamie Vardy é o artilheiro do campeonato inglês com 13 gols. (Foto: Divulgação)

O líder da Premier League 2015/2016 após um terço da competição (13 rodadas) tem 131 anos, nunca foi campeão da primeira divisão (foi no máximo vice em 1929), passou 10 anos longe da elite nacional, voltando há 2 anos, e lutou contra o rebaixamento na primeira temporada de volta – 2014/2015.

Independente da configuração da classificação na última rodada, o Leicester já surpreendeu e virou assunto em rodas de conversa sobre futebol em todo o mundo. O dono do King Power Stadium faz campanha de dar inveja a qualquer clube grande: 8 vitórias, 4 empates e apenas uma derrota (exatamente para a única equipe do G-4 que enfrentou, o Arsenal, por 5 a 2, em casa).

Leicester lidera campeonato inglês, superando gigantes.

Leicester lidera campeonato inglês, superando gigantes.

Além do mérito evidente do técnico italiano Claudio Ranieri em organizar a equipe, descobrir talentos dentro do elenco e fazer o time como um todo funcionar, os principais destaques individuais dos Foxes na competição são jogadores que atuam do meio-campo para frente e esbanjam habilidade e poder de decisão até agora.

Desde 2012 no Leicester, Jamie Vardy, que já tem 28 anos, nunca foi um atacante de grande destaque até desencantar nesta temporada.O inglês lidera isolado a artilharia do campeonato nacional, com 13 gols (o segundo, Romelu Lukaku, tem 9), média de um por jogo. E ainda alcançou, na última partida (vitória sobre o Newcastle por 3 a 0), o incrível feito de anotar um tento em cada uma de 10 partidas seguidas, o que apenas o holandês Ruud Van Nistelrooy, pelo Manchester United, havia conseguido na Premier League. Observação: jogando pelo Leicester. O forte dele é a puxada rápida seguida de finalização forte.

Riyad Mahrez é mais discreto, mas não menos importante. O argelino, que já tinha mostrado as unhas no futebol francês, estourou no inglês e, assim como Vardy, logo deve pintar em um gigante europeu. Meia versátil, Mahrez já fez 7 gols (estando em 4º na artilharia) e deu 6 assistências (2º melhor) na Premier League.

Ofuscado pelos gols de Vardy, o argelino Mahrez também tem se destacado na Premier League. (Foto: Divulgação)

Ofuscado pelos gols de Vardy, o argelino Mahrez também tem se destacado na Premier League. (Foto: Divulgação)

Leicester, Vardy e Mahrez serão colocados em prova nas próximas rodadas até o fim de 2015, com uma sequência que, teoricamente, tem tudo para tirar a equipe das primeiras posições e devolvê-la ao “mundo real”. Mas o futebol prova, todo fim de semana, que não é teoria e pode ser fantasia. Você acreditaria na manutenção da boa fase do trio?

Confira a sequência de jogos do Leicester:

Leicester x Manchester United (28/11)
Swansea x Leicester (05/12)
Leicester x Chelsea (14/12)
Everton x Leicester (19/12)
Liverpool x Leicester (26/12)
Leicester x Manchester City (29/12)

Categoria: Campeonato Inglês, Futebol Europeu

Comentários

Enviar para o Kindle

Time de fora?

Blog sobre futebol da editoria Jogada, do Diário do Nordeste.

Autores