Busca

14:08 · 24.02.2017 / atualizado às 14:15 · 24.02.2017 por
Vitor Belfort e Kelvim Gastelum farão a luta principal do UFC Fortaleza (foto: José Leomar)

Boa notícia para os fãs que desejam acompanhar, de perto, a pesagem do UFC Fortaleza, no dia 10 de março, por um custo bem acessível. A partir da próxima quinta-feira (2), o Ultimate estará realizando uma ação de arrecadação de alimentos para quem deseja ver as estrelas do UFC subirem à balança, no Centro de Formação Olímpica (CFO).

A campanha ocorrerá em parceria com as ONGs Edisca (Escola de Desenvolvimento e Integração Social para Criança e Adolescente) e Iaps (Instituto de Assistência e Proteção Social), ambas de Fortaleza.

Os interessados em garantir presença na pesagem devem levar um quilo de alimento não-perecível à loja de ingressos para o UFC Fortaleza no Shopping Iguatemi e retirar a sua entrada.

A partir do dia 6 de março, a troca também poderá ser realizada na própria bilheteria do CFO, localizada na Rua Alberto Craveiro, de frente a Arena Castelão, das 10h às 20h. Ao todo, serão distribuídos 5 mil ingressos e todas as doações serão revertidas às ONGs..

UFC Fortaleza – Belfort x Gastelum (11 de março, no CFO):

Principal (a partir de 0h00)
Peso-médio: Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Gian Villante
Peso-leve: Edson Barboza x Beneil Dariush
Peso-mosca: Jussier Formiga x Ray Borg
Peso-galo: Bethe Correia x Marion Reneau
Peso-meio-médio: Alex Cowboy x Tim Means
Preliminar (a partir de 20h30)
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Kevin Lee
Peso-pena: Godofredo Pepey x Kyle Bochniak
Peso-meio-médio: Max Griffin x Serginho Moraes
Peso-leve: Michel Trator x Josh Burkman
Peso-pena: Rony Jason x Jeremy Kennedy
Peso-galo: Rani Yahya x Joe Soto
Peso-médio: Garreth McLellan x Paulo Borrachinha

 

09:17 · 23.02.2017 / atualizado às 09:32 · 23.02.2017 por
Terry Etim lutou pela última vez em 2013, no Bellator 109 (foto: arquivo)

O lutador inglês Terry Etim (31), ex-UFC e que por último estava atuando no Bellator, está hospitalizado em estado crítico, após tentativa de suicídio, nessa quarta-feira, em Liverpool, na Inglaterra.

Segundo testemunhas, Etim correu em direção ao trânsito agitado e se jogou entre os carros, aparentando ficar seriamente lesionado após a atitude.

O inglês ficou muito conhecido no Brasil quando participou do UFC Rio, em 2012, e foi nocauteado de forma brutal por Edson Barboza, que aplicou um belo chute rodado.

12:30 · 20.02.2017 / atualizado às 12:34 · 20.02.2017 por
Thiago Marreta venceu e ganhou o prêmio de ‘Performance da Noite’, no UFC Halifax

Não foi a noite que a torcida brasileira esperava, mas uma luta em especial terminou em grande estilo e com um brazuca vencedor, no UFC Halifax, realizado nesse domingo, no Canadá. Na segunda luta do card preliminar, Thiago Marreta mandou bem pra cima do galês Jack Marshman e venceu bonito, no 2º round, por nocaute técnico, após aplicar um chute rodado no adversário, e dominar a luta com golpes traumáticos no ground and pound.

A luta foi válida pela categoria dos médios (até 84kg). De quebra, o brasileiro ainda faturou o prêmio de performance da noite, embolsando US$ 50 mil. O outro lutador que ganhou o prêmio de Performance da Noite foi o americano Paul Felder, que bateu o canadense Alessandro Ricci por nocaute técnico.

Derrotas

Outros dois brasileiros lutaram no UFC Halifax, mas não obtiveram êxito em seus combates. O peso-galo Reginaldo Vieira acabou sendo derrotado pelo canadense Aiemann Zahabi, por decisão unânime, após luta bem equilibrada.

Já o peso-médio Cezar Mutante não resistiu ao jogo do canadense Elias Theodorou, em luta realizada no card principal. Ambos duelaram até o final do 3º round, mas os juízes consideraram que Theodorou foi melhor, decretando a vitória do canadense por decisão unânime.

Na luta principal da noite, pela categoria dos pesados, o americano Derrick Lewis passou por cima de Travis Browne e emplacou a sua 6ª vitória seguida na organização.

Lewis demonstrou um incômodo após Browne acertar um chute na sua barriga, ainda no início da luta, mas ao voltar para o 2º round, “The Black Beast” voltou a impressionar derrubando o grandalhão havaiano e dominado o combate no ground and pound e aplicando um nocaute técnico devastador, que foi interrompido tardiamente pelo árbitro brasileiro Mario Yamazaki.

Ao final do combate, Derrick Lewis explicou, de forma inusitada, o que ocorreu no 1º round, quando aparentou muita dor na região atingida por Browne. “Na verdade, eu estava tentando não me cagar em rede nacional. Eu estava tentando segurar e respirar ao mesmo tempo, porque não queria que isso acontecesse”, revelou o vencedor.

Confira todos os resultados do UFC Halifax:

Card principal
Derrick Lewis venceu Travis Browne por nocaute técnico no R2
Johny Hendricks venceu Hector Lombard por decisão unânime
Gavin Tucker venceu Sam Sicilia por decisão unânime
Elias Theodorou venceu Cezar Mutante por decisão unânime
Sara McMann venceu Gina Mazany por finalização no R1
Paul Felder venceu Alessandro Ricci por nocaute técnico no R1

Card preliminar
Santiago Ponzinibbio venceu Nordine Taleb por decisão unânime
Randa Markos venceu Carla Esparza por decisão dividida
Aiemann Zahabi venceu Reginaldo Vieira por decisão unânime
Thiago Marreta venceu Jack Marshman por nocaute técnico no R2
Gerald Meerschaert venceu Ryan Janes por finalização no R1

14:41 · 19.02.2017 / atualizado às 14:47 · 19.02.2017 por
Mutante venceu as três lutas que disputou em 2016 (foto: William Lucas/Inovafoto)

Cezar Mutante sabe que o caminho ao cinturão de sua categoria no UFC (médios) não é tão simples e, para isso, terá que provar, mais uma vez, que está no rumo certo. Vitorioso nas três que realizou no ano passado, o brasileiro espera largar com o pé direito em 2017, já neste domingo, na casa do seu adversário, Elias Theodorou, no UFC Halifax, no Canadá.

“Eu acordo todo dia pensando em ser o número 1. Vou passo a passo construindo meu caminho pra ser o campeão. Onde essa luta vai me levar não importa, se é para o top 15, top 10… Só enxergo o final, que é ser campeão”, disse o paulista, que lutará no card principal.

Outro dois brasileiros entram em ação na noite deste domingo, no card preliminar do UFC Halifax. Thiago Marreta tenta a recuperação contra o galês Jack Marshman, também na divisão dos médios, enquanto o peso-galo Reginaldo Vieira encara o canadense Aiemann Zahabi.

Confira o card completo do evento que começa a partir das 20h30 (de Brasília):

Principal
Peso-pesado: Derrick Lewis x Travis Browne
Peso-médio: Johny Hendricks x Hector Lombard
Peso-pena: Sam Sicilia x Gavin Tucker
Peso-médio: Elias Theodorou x Cezar Mutante
Peso-galo: Sara McMann x Gina Mazany
Peso-leve: Paul Felder x Alessandro Ricci

Preliminar
Peso-meio-médio: Nordine Taleb x Santiago Ponzinibbio
Peso-palha: Carla Esparza x Randa Markos
Peso-galo: Aiemann Zahabi x Reginaldo Vieira
Peso-médio: Jack Marshman x Thiago Marreta
Peso-médio: Gerald Meerschaert x Ryan Janes

10:17 · 17.02.2017 / atualizado às 10:17 · 17.02.2017 por
Letourneau perdeu para Viviane por decisão dividida no UFC 206 (foto: AFP)

Atleta de uma das academias mais renomadas do mundo (American Top Team), e até então integrante do top 15 da categoria peso-palha do Ultimate, a canadense Valerie Letourneau anunciou que está de saída do UFC. Sua última luta foi em dezembro de 2016, no UFC 206, quando foi derrotada em casa pela cearense Viviane Sucuri, que fazia a sua estreia na organização.

Em novembro de 2015, ela chegou a disputar o cinturão da divisão contra a polonesa Joanna Jedrzejczyk, mas foi derrotada. A canadense fazia parte do UFC desde 2014 e realizou seis lutas (três vitórias e três derrotas).

Letourneau fez um comunicado em seu perfil no Instagram sobre o assunto. Confira:

“Obrigada UFC! Tem sido uma experiência incrível e muitos sonhos foram realizados. É hora de olhar para o que vem em seguida dentro e fora do cage. Um novo capítulo começa agora #UFC #determinação #dedicação #paixão #amor #esporte #mma #obrigada #bybyeboss… E não sinta pena de mim! Para os que me conhecem há anos, vocês sabem e eu sei que toda vez que eu achei que o pior estava acontecendo, foi para me tornar 10 vezes melhor e eu sinto que é isso que está acontecendo. Isso é o melhor para a minha saúde e o meu futuro. Eu estou bem, estou feliz, ainda amo o esporte e ainda vou lutar se os meus fãs, patrocinadores e promoção me apoiarem. Se isso não aconteceu, eu ainda estarei bem!”

14:00 · 15.02.2017 / atualizado às 14:01 · 15.02.2017 por
George St-Pierre é considerado um dos lutadores mais respeitados do mundo (foto: AFP)

Acabou de forma satisfatória a expectativa dos fãs do lutador Georges St-Pierre, pela sua volta ao UFC. Conforme apurou o site MMA Fighting, nesta quarta-feira (15), o canadense irá retornar ao octógono mais famoso do mundo ainda este ano. Aos 35 anos, o ex-campeão da categoria peso-meio-médio do Ultimate já acertou todos os detalhes para voltar a lutar pela organização.

Considerado um dos maiores nomes do MMA mundial, St-Pierre chegou a ficar seis anos invicto. Na última vez em que lutou pelo UFC, em novembro de 2013, GSP venceu Johny Hendricks por decisão dividida. Mais tarde, o canadense anunciaria sua aposentadoria do MMA por questões particulares.

17:20 · 14.02.2017 / atualizado às 17:22 · 14.02.2017 por
Rani Yahya vem de triunfo no UFC Brasília, em setembro de 2016 (foto: Márcio Valle/1º Round)

Confirmada mais uma luta para o card do UFC Fortaleza, que acontece no dia 11 de março, no Centro de Formação Olímpica (CFO). Trata-se do combate entre o brasileiro Rani Yahya e o norte-americano Joe Soto, válido pela categoria peso-galo.

Rani ocupa a 13ª colocação da divisão e lutou pela última vez em setembro, no UFC Brasília, quando venceu Michinori Tanaka por decisão unânime dos juízes. Seu novo oponente também venceu o último combate, em novembro de 2016, quando finalizou Marco Beltran no 1º round.

Esta é a 12º luta a ser confirmada no card do UFC Fortaleza. O evento ainda conta com as participações dos cearenses Rony Jason e Godofredo Pepey, que irão enfrentar Jeremy Kennedy e Kyle Bochniak, respectivamente. Na luta principal, o experiente Vítor Belfort mede forças contra o americano Kelvin Gastelum.

Confira o card do evento:

Peso-médio: Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Gian Villante
Peso-leve: Edson Barboza x Beneil Dariush
Peso-meio-médio: Alex Cowboy x Tim Means
Peso-leve: Michel Trator x Josh Burkman
Peso-galo: Bethe Correia x Marion Reneau
Peso-médio: Garreth McLellan x Paulo Borrachinha
Peso-mosca: Jussier Formiga x Ray Borg
Peso-pena: Rony Jason x Jeremy Kennedy
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Kevin Lee
Peso-pena: Godofredo Pepey x Kyle Bochniak
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Max Griffin
Peso-galo: Rani Yahya x Joe Soto

16:43 · 10.02.2017 / atualizado às 16:49 · 10.02.2017 por
Ronaldo Jacaré treinou forte para luta no UFC 208 (foto: UFC/Divulgação)

Exemplo de raça e superação, o peso-médio Ronaldo Jacaré já deu provas de que pode desafiar o dono do cinturão da sua categoria, assim como qualquer lutador da referida divisão. Neste sábado, o capixaba entra mais uma vez no octógono, onde enfrenta o americano Tim Boestch no UFC 208, em Nova York, nos Estados Unidos.

E para sair com a vitória, Jacaré espera contar com apoio máximo de uma torcida em especial, a qual se identifica: a nordestina. “Eu estou pronto para fazer uma grande luta para eles, para os meus fãs. Quero pedir o apoio de todos no Brasil, especialmente no nordeste, povo que adoro e que sempre tem um carinho especial por mim. Recebo muitas mensagens nas redes sociais do povo nordestino, povo guerreiro e que me inspira muito. No sábado, entrarei no octógono para representar todos vocês!”.

Ronaldo vem de uma vitória arrasadora em cima de Vitor Belfort, onde venceu por nocaute técnico ainda no 1º round, em maio de 2016. Uma nova vitória pode levá-lo à tão sonhada disputa de cinturão, mas Jacaré prefere focar em um único objetivo, em caso de triunfo neste sábado.

“O Bisping disse que está lesionado, está adiando a luta. É um covarde! Assim, vencendo o Boetsch, que é o que eu estou totalmente focado em fazer, quero essa revanche contra o Romero para saber quem será o desafiante número 1. Ele me deve essa revanche. Ganhou de mim dopado e roubado, já que trapaceou no terceiro round da luta e os juízes laterais estava dormindo durante a luta, não é possível. Eu venci aquela luta, mas vou vencê-lo de novo, sem problemas”, definiu o lutador.

Além de Ronaldo Jacaré, o UFC 208 ainda conta com mais quatro brasileiros em ação. Um deles é a lenda viva Anderson Silva, que enfrenta o americano Derek Bronson na co-luta principal da noite. Antes, o experiente Glover Teixeira encara Jared Cannonier pela categoria meio-pesado. No card preliminar, o peso-mosca Wilson Reis luta contra o japonês Yuta Sasaki, enquanto Roan Jucão abre os trabalhos diante de Ryan LaFlare, na segunda luta da noite.

UFC 208
11 de fevereiro, no Brooklyn (EUA)
a partir de 20h30 (de Fortaleza)

Card principal
Peso-pena: Holly Holm x Germaine De Randamie
Peso-médio: Anderson Silva x Derek Brunson
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Tim Boestch
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Jared Cannonier
Peso-leve: Dustin Poirier x Jim Miller

Card preliminar
Peso-meio-médio: Randy Brown x Belal Muhammad
Peso-mosca: Wilson Reis x Yuta Sasaki
Peso-leve: Nik Lentz x Islam Makhachev
Peso-mosca: Ian McCall x Jarred Brooks
Peso-pesado: Marcin Tybura x Justin Willis
Peso-médio: Ryan LaFlare x Roan Jucão
Peso-pena: Rick Glenn x Phillipe Nover

16:27 · 09.02.2017 / atualizado às 16:31 · 09.02.2017 por
Jessica Andrade dominou a luta contra Angela Hill no UFC Houston (foto: AFP)

Ela deu mais um show, desta vez no UFC Houston, realizado no último fim de semana, e fez por merecer um destaque maior no ranking de sua categoria. Desta forma, a brasileira Jessica ‘Bate Estaca’ Andrade, que inclusive já está confirmada como a próxima desafiante do cinturão peso-palha feminino da organização, subiu mais um degrau e agora ocupa o 4º lugar na peso-palha feminino.

Jessica fez a melhor luta da noite contra a americana Angela Hill, então campeã do Invicta FC. O duelo foi para a decisão dos juízes, que consideraram unânime a vitória da brasileira. Desta forma, a paranaense conquistou o tão sonhado direito à disputa do cinturão, que hoje é da polonesa Joanna Jedrzejczyk.

Outro lutador que aparece entre os melhores de sua categoria é  Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, que passou três anos afastado do octógono, por estar servindo ao exército de seu país, e mesmo assim não tomou conhecimento do americano Dennis Bermudez, acabando com a luta logo no primeiro round em um nocaute incontestável, que lhe rendou a 10ª colocação no ranking da divisão dos penas.

Confira o ranking atualizado do UFC no link a seguir:

http://www.ufc.com.br/rankings

09:24 · 08.02.2017 / atualizado às 11:10 · 08.02.2017 por
Rony Jason e Godofredo Pepey recebem os fãs para sessão de fotos na nova loja do UFC no Shopping Iguatemi (Foto: Thiago Gadelha)

 

Muita garra e disposição no dia 11 de março. É o que prometem os lutadores cearenses Rony Jason e Godofredo Pepey, convocados para atuar no UFC Fortaleza, que será realizado no Centro de Formação Olímpica (CFO).
Ambos marcaram presença na Capital cearense nessa terça-feira (7) para uma sessão de fotos e autógrafos na loja oficial do Ultimate, no Shopping Iguatemi, e falaram sobre seus respectivos desafios no próximo evento promovido pela organização em Fortaleza.
Campeão da 1ª edição do TUF Brasil, Rony Jason considera a luta contra o canadense Jeremy Kennedy uma grande oportunidade para começar bem a temporada 2017. “Vai ser uma boa luta, contra um menino novo, que está em ascensão, mas eu vou colocar minha maturidade em cima disso. Já faço isso há 10 anos e quando a pressão da torcida começar no “Uh, vai morrer!”, essa criança não vai aguentar o psicológico e quando eu começar a colocar minhas mãos nele também”, ponderou.
Já Godofredo Pepey, que lutará contra o americano Kyle Bochniak, acredita em um duelo franco, já que o desafiante também vem de vitória. “Ele vai querer usar o wrestling, o boxe com o muay Thai dele, mas eu estou pronto. Estou muito feliz e motivado para essa luta”, disse o lutador cearense, que acumula, em seu currículo, vários prêmios por performance da noite em eventos do UFC.
Confira o vídeo:
UFC Fight Night Fortaleza – 11 de março, em Fortaleza
Card até o momento:
Peso-médio: Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Gian Villante
Peso-leve: Edson Barboza x Beneil Dariush
Peso-meio-médio: Alex Cowboy x Tim Means
Peso-leve: Michel Trator x Josh Burkman
Peso-galo: Bethe Correia x Marion Reneau
Peso-médio: Garreth McLellan x Paulo Borrachinha
Peso-mosca: Jussier Formiga x Ray Borg
Peso-pena: Rony Jason x Jeremy Kennedy
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Kevin Lee
Peso-pena: Godofredo Pepey x Kyle Bochniak
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Max Griffin