Autor: admin


09:30 · 10.09.2017 / atualizado às 09:30 · 10.09.2017 por
Defendendo o cinturão pela segunda vez, a luta entre a Amanda e a lutadora Valentina Shevchenko durou os cinco rounds Foto: AFP

A brasileira Amanda Nunes, na madrugada de sábado para domingo, manteve o cinturão e se consagrou no topo da divisão peso-galo feminina do UFC. Com uma vitória apertada, a decisão decretada foi bem dividida entre os juízes (47-48, 48-47 e 48-47). Defendendo o cinturão pela segunda vez, a luta entre a Amanda e a lutadora Valentina Shevchenko durou os cinco rounds.

Para Amanda, a luta serviu para calar os críticos que afirmavam que ela não aguentaria o combate, se ele passasse do terceiro round. Essa foi a décima vitória da “Leoa”, como é chamada Amanda. A lutadora está invicta há seis combates – a sequência mais longa em atividade na divisão.

Já no primeiro round, Amanda tomou o centro do octógono, para estudar a luta e deferiu bastantes chutes baixos, o que não mudou muito no segundo round. No terceiro, o combate ficou mais tenso, mas em nenhum momento a luta foi para o chão, ficando apenas nos chutes baixos e alguns jabs trocados.

Nos dois últimos rounds, Valentina começou a atacar mais e Nunes ficava entre se defender, mas ainda com um ataque bem efetivo.

Confira as demais lutas do evento:

Card Principal
Amanda Nunes venceu Valentina Shevchenko por decisão dividida (48-47, 47-48 e 48-47)
Rafael dos Anjos venceu Neil Magny por finalização aos 3m43s do R1
Henry Cejudo venceu Wilson Reis por nocaute aos 25s do R2
Ilir Latifi venceu Tyson Pedro por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Jeremy Stephens venceu Gilbert Melendez por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-25)

Card Preliminar

Ketlen Vieira venceu Sara McMann por finalização aos 4m16s do R2
Sarah Moras venceu Ashlee Evans-Smith por finalização aos 2m51s do R1
Rick Glenn venceu Gavin Tucker por decisão unânime (29-27, 30-25 e 30-24)
Alex White venceu Mitch Clarke por nocaute técnico aos 4m36s do R2
Arjan Bhullar venceu Luis Henrique KLB por decisão unânime (triplo 29-28)
Kajan Johnson venceu Adriano Martins por nocaute aos 49s do R3

Com informações da Estadão Conteúdo

16:23 · 22.06.2017 / atualizado às 17:02 · 22.06.2017 por

O Shopping Parangaba sedia neste domingo (25) o Festival de Judô infantil e as seletivas para os brasileiros Sub 13 e Sub 15. O evento é realizado pela Confederação Cearense de Judô, em parceria com o empreendimento, e tem início às 11h.

Os vencedores das classificações sub 13 e sub 15 estarão com vaga garantida no Campeonato Brasileiro, que acontece em Salvador (BA), no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Judô.

Para o presidente da Confederação Cearense de Judô (FECJU), Cardoso Neto, a prática do esporte molda o caráter, trabalha muito além da atividade física, e contribui com a formação de crianças e adolescentes. “Nas aulas trabalharmos o caráter, respeito, disciplina e hierarquia. É filosofia de vida. Temos muitos exemplos de pessoas que tiveram melhorias no comportamento, e inclusive no rendimento escolar”, diz.

Ainda segundo o presidente, desde cedo os atletas trabalham a superação, e noção de vitórias e derrotas, e respeito ao seu adversário.

 

SERVIÇO:

Festival de Judô infantil e as seletivas para os brasileiros Sub 13 e Sub 15

Data: Domingo, 25 de junho.

Onde: Shopping Parangaba (Rua Germano Franck, 300, Parangaba)

Horário: 11 horas.

10:22 · 19.06.2017 / atualizado às 10:22 · 19.06.2017 por
Curitibana já pode ser considerada favorita para o evento, mesmo com a boa fase da australiana. Foto: Arquivo

O UFC 214 deve ficar marcado como um dos mais importantes e relevantes da temporada 2017. Além da disputa principal, entre os americanos Jon Jones e Daniel Cormier, nos meio-pesados, a brasileira Cris Cyborg finalmente terá sua chance de faturar o cinturão dos penas.

O evento ocorrerá no dia 29 de julho, em Anaheim. O cinturão da categoria de Cyborg está vago após a antiga campeã Germaine Randamie recusar lutar com a brasileira.

Cyborg enfrentará a australiana Megan Anderson. Veterana com cinco lutas no Invicta FC, Anderson venceu quatro lutas por nocaute, incluindo o confronto contra Tweet, que rendeu o título da categoria no Invicta FC. Ela tentará adicionar mais um cinturão na sua vitoriosa carreira, mas antes precisa vencer a brasileira Cris Cyborg.

Já a brasileira é considerada uma das lutadoras mais temidas de todos os tempos. Cris Cyborg vem pedindo uma chance de disputar o cinturão há um bom tempo. Invicta por doze anos, a atleta natural de Curitiba foi campeã do Strikeforce e Invicta FC, vencendo nomes como Gina Carano, Marloes Coenen e Charmaine Tweet no caminho. Em 2016, fez sua estreia antecipada no UFC e nocauteou Leslie Smith em apenas 81 segundos. Sua luta mais recente foi em setembro, em Brasília, quando nocauteou Lina Lansberg no segundo round.

21:53 · 16.06.2017 / atualizado às 21:53 · 16.06.2017 por

O treinador de Kickboxing do lutador José Aldo, do UFC, estará em Fortaleza  neste sábado (17). Emerson Falcão irá ministrar um seminário, a partir das 9h, na Garm Training Club, no Cocó.

Para o evento que acontece na academia localizada dentro do Complexo Vera Passos, o público-alvo é formado por todos os amantes das artes marciais. De iniciantes até professores e atletas já profissionais no mercado.

“É ótimo termos uma referência do Kickboxing aqui. Esta é a segunda vez que o Falcão desembarca em Fortaleza trazendo novas técnicas”, afirma a professora Marília Fanta, faixa preta de Kickboxing, lutadora e professora da Garm.

O palestrante

Referência no tema, Emerson Falcão é campeão da maior organização de Kickboxing da América Latina, o WGP, considerado o primeiro do ranking nacional da prática e o segundo no ranking mundial. O palestrante também conhecido também por afiar ainda mais a trocação de José Aldo e outras pedreiras da nova união como Johnny Eduardo, também atleta do UFC.

Serviço
Treinador do José Aldo em Fortaleza
Quando: 17 de junho de 2017, às 10h
Onde: Academia Garm Training Club – Rua Dr. Ribamar Lobo, 469 – Cocó
Inscrição: R$ 40 – com certificação (pode ser feita até 30min antes da palestra)
Informações adicionais: (85) 3093-7516 / (85) 9.9871- 9406

 

11:22 · 02.06.2017 / atualizado às 11:30 · 02.06.2017 por

A cearense Viviane Sucuri está confirmada para lutar contra a americana Jamie Moyle, neste sábado (3), no UFC Rio. Ela conseguiu bater a meta, pesando 51,3kg. A adversária também obteve êxito na pesagem, registrando 52,6kg.

O Diário do Nordeste está no Rio de Janeiro e traz todos os bastidores do principal evento de MMA no Brasil em 2017!

Veja o momento da pesagem

11:13 · 02.06.2017 / atualizado às 11:29 · 02.06.2017 por

O campeão linear da categoria peso-pena, José Aldo não está no Rio de Janeiro para brincadeira. Em casa, ele vai enfrentar Max Holloway para garantir de vez o cinturão. Mas Aldo teve de suar (e se despir) para conseguir bater o peso do Combate. Nesta sexta-feira (2), durante a tomada de peso dos lutadores, ele precisou da velha toalha para ficar como veio ao mundo.

O Diário do Nordeste está no Rio de Janeiro e traz todos os bastidores do principal evento de MMA no Brasil em 2017!

Confira o vídeo:

18:34 · 11.03.2017 / atualizado às 18:34 · 11.03.2017 por

22:32 · 13.01.2017 / atualizado às 22:44 · 13.01.2017 por
Luta ocorrerá no dia 11 de janeiro Foto: UFC/ Divulgação
Luta ocorrerá no dia 11 de janeiro Foto: UFC/ Divulgação

Anderson Silva conheceu nesta sexta-feira (13) o seu próximo adversário. Mas não será o irlandês Conor McGregor, como ele próprio sugeriu. O rival escolhido foi norte-americano Derek Brunson, no UFC 208, em Nova York, nos Estados Unidos, que será disputado no dia 11 de fevereiro. Um dos maiores atletas da história do UFC, o brasileiro Silva não entra no octógono desde o último dia 7 de julho, quando perdeu para o também norte-americano Daniel Cormier.

Nesta sexta-feira, Anderson Silva havia feito uma provocação a Conor McGregor, maior nome da modalidade da atualidade. “Agora, velho, que eu estou começando a desafiar todo mundo. Ah, eu quero bater nesse anão… Como é o nome do menino mesmo… McGregor. Não é provocação. É que eu esqueci, eu sou velho. Velho sabe como é. Eu tenho essa vontade de me testar contra ele”.

Anderson Silva, ex-campeão peso-médio, tem 41 anos e soma um cartel de 33 vitórias, sendo oito derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado). O “Spider“, porém, não vence uma luta desde outubro de 2012, quando derrotou Stephan Bonnar em luta válida pela categoria meio-pesado (até 93 quilos).

Fonte: Estadão Conteúdo

08:04 · 08.07.2016 / atualizado às 08:06 · 08.07.2016 por
O americano Eddie Alvarez venceu Rafael dos Anjos por nocaute
O americano Eddie Alvarez venceu Rafael dos Anjos por nocaute

O brasileiro Rafael dos Anjos perdeu na madrugada, desta sexta-feira (8), o cinturão peso leve para o americano Eddie Alvarez em Las Vegas (EUA). O novo campeão conquistou a vitória por nocaute, ainda no 1º round. O embate durou 3m49s do 1º round.

Na coletiva de imprensa realizada após o evento, Alvarez não poupou elogios ao adversário. “O Rafael é de longe o melhor peso-leve. Nessa categoria, a margem para erro é muito pequena. Ele é o melhor peso-leve, e antes dele era o Anthony Pettis, e antes era o Ben Henderson. Poderia ser eu na outra ponta daquele soco”, elogiou o novo campeão.

Rafael dos Anjos foi o grande destaque da temporada de 2015, ao bater Anthony Pettis.  Antes de cair no tatame diante de Alvarez, o carioca estava com apenas uma derrota nas últimas 11 apresentações.

É a primeira vez em 10 anos que o Brasil fica sem título no UFC. O último campeão na organização foi Anderson Silva, quando venceu Rich Franklin no UFC 64 e conquistou o cinturão dos pesos-médios em 2006.

Próximas lutas com brasileiros

A esperança para o Brasil nesse momento de crise é Claudia Gadelha. Nesta sexta-feira (8), a lutadora tentará tomar o título peso palha feminino da polonesa Joanna Jedrzejczyk, no TUF Finale 23, também em Las Vegas.

No sábado (9), para fechar a Semana Internacional da Luta, José Aldo disputará o cinturão interino peso leve contra Frankie Edgar no UFC 200, e Amanda Nunes enfrentará Miesha Tate pelo posto mais alto do peso galo feminino

09:03 · 07.07.2016 / atualizado às 09:03 · 07.07.2016 por

Jon Jones está fora do UFC 200, marcado para o próximo sábado (9). O norte-americano faria a luta principal do evento, contra Daniel Cormier, mas foi flagrado novamente em um exame antidoping. Dana White, o chefão do UFC, é quem comunicou o caso. Sem tempo para uma substituição do adversário de Cormier, Brock Lesnar e Mark Hunt farão o principal confronto do evento de Las Vegas.

Um dos maiores nomes do UFC, Jon Jones é pego no antidoping pela segunda vez Foto: AFP
Um dos maiores nomes do UFC, Jon Jones é pego no antidoping pela segunda vez Foto: AFP

White não escondeu seu descontentamento com o lutador, flagrado num teste fora das competições, conduzido pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA, na sigla em inglês), que foi realizado no dia 16 de junho, já na reta final de preparação para a luta.

“Ele terá tempo para se provar inocente novamente, mas estou bem desapontado”, afirmou o dono do UFC, ao lado de Jeff Nowitsky responsável pelo programa antidoping do UFC e que também participou da coletiva para revelar o caso do astro do MMA.

“Jon Jones foi pego em um teste feito pela USADA no dia 16 de junho, no período fora de competições. A USADA cuidará de tudo para que o atleta possa ter um processo justo”, a

crescentou Nowitsky.

Histórico

Em janeiro de 2015, Jon Jones já havia sido flagrado do antidoping, por uso de cocaína. Ele demorou muito para se pronunciar, mas garantiu que não era um viciado. Mesmo assim ele buscou uma internação e ainda teve de cumprir suspensão.

Fonte: Estadão Conteúdo

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags