Busca

Categoria: Antonio Pezão


07:58 · 23.02.2015 / atualizado às 08:22 · 23.02.2015 por
Pezão chegou ao quarto combate sem vitória (Foto: UFC)
Pezão chegou ao quarto combate sem vitória (Foto: UFC)

O torneio era no Brasil, mas quem saiu sorrindo foi o americano Frank Mir, que derrotou o brasileiro Antônio “Pezão” Silva, na luta principal do UFC Porto Alegre (RS), na noite deste domingo (22). Com uma atuação segura, o experiente lutador da terra do Tio Sam precisou de menos de dois minutos para nocautear Pezão e dar um basta ao jejum de quatro combates sem vitórias.

A luta

Mesmo com o apoio da torcida presente no ginásio Gigantinho, Pezão começou lento o combate e deu espaços para Mir impôr seu ritmo. O americano soltou alguns jabs e conseguiu manter bem a distância.

Logo ao 1m40s aconteceu o que a torcida não esperava: Frank Mir acertou um forte cruzado de esquerda e conseguiu derrubar Pezão. Caído, o brasileiro ainda tentou se defender, mas Mir continuou golpeando, até que o árbitro Mario Yamasaki parou o combate e decretou a vitória por nocaute técnico.

Franki Mir voltou a ter as luvas levantadas após quatro derrotas seguidas. Agora, quem está sem vencer a quatro combates é Antônio Pezão, que tem um empate e três derrotas nas últimas lutas.

Noite ruim para o Brasil

Aliás, não foi apenas Pezão que saiu derrotado em casa. Dos 10 brasileiros que entraram no octógono, apenas 3 saíram com resultados positivos.

Na segunda luta mais importante da noite, Edson Barboza esperava vencer para ganhar uma chance de disputar o cinturão dos leves. Mas o brasileiro foi derrotado na decisão dos juízes para o norte-americano Michael Johnson.

O "argentino gente boa" venceu por pontos (Foto: UFC)
O “argentino gente boa” venceu por pontos (Foto: UFC)

Em outra luta do card principal, o vencedor da primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil, Cezar Mutante, era favorito contra o Sam Alvey, nos médios. O brasileiro até que começou bem, acertou alguns golpes contundentes, mas o americano conseguiu uma sequência de dois socos e nocauteou Mutante.

Se os brasileiros não rendiam o que era esperado, o jeito foi, por incrível que pareça, torcer por um argentino e ele não fez feio. O peso médio Santiago Ponzinibbio mostrou agressividade e venceu por pontos o norte-americano Sean Strickland, acabando com uma sequência invicta de 15 vitórias do adversário.

 

Confira todos os resultados:

CARD PRINCIPAL
Frank Mir venceu Antônio Pezão por nocaute a 1m40s do R1
Michael Johnson venceu Edson Barboza por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Sam Alvey venceu Cezar Mutante por nocaute aos 3m34s do R1
Adriano Martins venceu Rustam Khabilov por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Frankie Saenz venceu Iuri Marajó por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Santiago Ponzinibbio venceu Sean Strickland por decisão unânime (triplo 30-27)

CARD PRELIMINAR
Marion Reneau venceu Jéssica Andrade por finalização a 1m54s do R1
Matt Dwyer venceu William Patolino por nocaute aos 3m14s do R1
Mike de la Torre venceu Tiago Trator por nocaute técnico aos 2m59s do R1
Douglas D’Silva venceu Cody Gibson por decisão unânime (29-28, 30-27 e 28-28)
Ivan Batman venceu Josh Shockley por decisão unânime (triplo 29-28)

10:57 · 10.01.2015 / atualizado às 11:00 · 10.01.2015 por
Os lutadores já iriam se enfrentar no UFC 184, que acontece no fim de semana seguinte (Foto/ Montagem: Valdir Almeida)
Os lutadores já iriam se enfrentar no UFC 184, que acontece no fim de semana seguinte (Foto/ Montagem: Valdir Almeida)

A primeira edição do UFC na cidade de Porto Alegre-RS ganhou uma nova luta principal. Inicialmente o combate mais importante da noite seria entre os meios pesados Glover Texeira e Rashad Evans, mas o brasileiro se lesionou durante os treinos e o combate foi obrigado a sair do card. Com isso, um outro brasileiro ganhou a chance de lutar em casa.

A nova luta principal do UFC Porto Alegre será entre Antonio “Pezão” Silva e o experiente Frank Mir, pela divisão dos pesados. Os lutadores já iriam se enfrentar no UFC 184, que acontece no fim de semana seguinte.

Glover Texeira sofreu uma torção no joelho e ficará cerca de 6 semanas longe do octógono. O Ultimate procura um adversário para Rashad Evans, mas ainda não anunciou quando o ex-campeão dos meio-pesados irá lutar.

O UFC Porto Alege, que será realiado no dia 22 de fevereiro, é o primeiro evento da organização no Brasil em 2015. O local escolhido para as lutas foi o Ginásio Gigantinho, que é integrado ao Complexo do Estádio Beira-Rio, do Internacional.

Confira o card do UFC Porto Alegre (Até o momento):

Antonio Pezão x Frank Mir, peso-pesado
Edson Barboza x Michael Johnson, peso-leve
Cezar Mutante x Sam Alvey, peso-médio
Iuri Alcântara x Frankie Saenz, peso-galo
Adriano Martins x Rustam Khabilov, peso-leve
Jéssica Andrade x Marion Reneau, peso-galo
William Patolino x Matt Dwyer, peso-meio-médio
Wendell Oliveira x TJ Waldburger, peso-meio-médio
Douglas D’Silva x Cody Gibson, peso-galo
Santiago Ponzinibbio x Sean Strickland, peso-meio-médio
Tiago Trator x Mike de la Torre, peso-pena
Ivan Batman x Josh Shockley, peso-leve

12:29 · 13.11.2014 / atualizado às 12:55 · 14.11.2014 por
A luta será uma oportunidade de reabilitação de ambos os lutadores após derrotas no UFC (Foto/Montagem: Valdir Almeida)
A luta será uma oportunidade de reabilitação de ambos os lutadores após derrotas no UFC (Foto/Montagem: Valdir Almeida)

O brasileiro Antônio Pezão Silva já tem data para voltar ao octógono do Ultimate. O peso pesado vai enfrentar o norte-americano Frank Mir no UFC 184, no dia 28 de fevereiro, na cidade de Los Angeles.

Pezão vem de derrota por nocaute para o russo Andrei Arlovski ainda no primeiro round da luta principal do UFC Brasília, em setembro deste ano. Aos 35 anos, ele tem um cartel de 18 vitórias e seis derrotas.

Ex-campeão peso-pesado, Frank Mir, não atravessa a melhor fase de sua carreira. O lutador perdeu suas últimas quatro lutas, uma delas para o brasileiro Júnior Cigano. e agora vai em busca de uma reabilitação dentro da organização. Seu cartel é de 16 triunfos e nove derrotas

Card de peso

Além de Pezão x Frank Mir, o evento contará com duas disputas de cinturão. Na luta principal da noite, o brasileiro Vitor Belfort vai desafiar o campeão Chris Weidman, pela categoria dos pesos-médios.

O co-evento trás o duelo entre a campeã Ronda Rousey e Cat Zingano, valendo o título peso-galo feminino.