Categoria: Entrevista


10:41 · 15.12.2015 / atualizado às 10:41 · 15.12.2015 por
(Foto: Reprodução Youtube)
(Foto: Reprodução Youtube)

Esperando apenas a data da revanche contra Cain Velasquez, pelo título dos pesos-pesado, no dia 6 de fevereiro, em Las Vegas, na luta principal do UFC 196, Fabrício Werdum foi perguntado sobre um possível luta contra o ex-campeão dos meio-pesados Jon Jones. O brasileiro, apesar de estar focado, não fugiu da possibilidade, já que Jones, após passar por problemas pessoais, estaria cogitando mudar de categoria.

“Acho que o Jon Jones sempre foi um peso-pesado, ele sempre baixava muito de peso para lutar até 93 quilos. Eu gostaria muito de fazer esse desafio, mas não agora, que meu primeiro objetivo é ganhar do Cain Velasquez. Depois, quem sabe uma revanche contra o Arlovski ou o Cigano, que são as pessoas para quem eu perdi. Quero ser o melhor da história”, falou o brasileiro.

Veja o vídeo da entrevista de Werdum:

13:51 · 17.07.2015 / atualizado às 13:52 · 17.07.2015 por
Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira (Foto: Divulgação)
Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira (Foto: Divulgação)

Desde de seu retorno ao UFC, em agosto de 2013, o niteroiense Thales Leites vive uma fase espetacular na organização norte-americana. De lá para cá, o atleta da Nova União engatou cinco triunfos consecutivos na franquia e não sabe o que é derrota há oito combates. Para dar continuidade ao ótimo momento, neste sábado, dia 18 de julho, ele tem pela frente o desafio mais complicado desde sua volta ao Ultimate. Trata-se do duelo diante do inglês Michael Bisping, no UFC Fight Night 72, na cidade de Glasgow, na estreia da organização na Escócia, pela divisão dos médios (até 84,3kg).

Se vencer, Thales deve tomar a posição do adversário no ranking da categoria e seguir a caminhada rumo ao topo, já que atualmente o brasileiro ocupa o 10º lugar, um abaixo do inglês. Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira. Com um progresso significativo na parte psicológica, o atleta vem conseguindo atuações seguras e convincentes no octógono e tem agradado aos fãs e executivos do Ultimate. Mas apesar da boa fase e da confiança obtida com os resultados recentes, ele garante não ter pressa para chegar ao topo da categoria, e ainda vê novos desafios pela frente antes do tão sonhado title shot.

“Eu acho que a categoria está muito embolada. Tem muita gente boa ali em cima e que estão lá por merecimento. Então, não tenho pressa nenhuma de chegar ao topo, quero ir vencendo e ir subindo até ter minha chance. Sou funcionário do UFC e aceito qualquer atleta que eles colocarem para mim. Mas deixo claro, mais uma vez, que não penso em title shot, quero galgar um passo de cada vez”.

O duelo com Bisping já era um desejo antigo do lutador. Contemporâneo do inglês, Thales ingressou no UFC para sua primeira passagem na mesma época do adversário deste sábado. E talvez por isso, Bisping adotou uma postura respeitosa em relação a Thales antes do duelo. Mas na pesagem realizada nesta sexta-feira, dia 17, o inglês fez jus à fama de provocador e trocou farpas com o brasileiro na hora da encarada.

“Eu acho válido esse trash-talk, que é uma característica dele. Hoje em dia todos os lutadores têm procurado fazer isso e serve para vender as lutas. Só acho que tem que ser com respeito. Acho o jeito dele normal, ele pode falar o que for, só não quero que me toque. Se tiver que falar para promover vamos fazer, sem problemas. Minha postura é a mesma de todas as lutas, não sou de falar muito. Meu foco é total dentro do octógono, nada que ele disser vai mudar isso”, garante.

Michael Bisping é um veterano do UFC. Aos 36 anos, o inglês já fez 23 combates e compete desde 2006 na franquia. Com duelos históricos no currículo, Bisping vem de vitória sobre o norte-americano CB Dollaway em abril deste ano. O duelo com Thales será o primeiro evento do Ultimate na Escócia e a expectativa é de torcida em peso para o lutador do país vizinho.

“Eu imagino que a torcida vai estar ao lado dele, mas eu sou um grande fã do filme Coração Valente, que conta a vida do William Wallace, grande guerreiro que marcou a história da Escócia. Vai ser especial para mim fazer essa luta no país e espero ter apoio deles também”, afirma Thales, analisando ainda o estilo de jogo do oponente e garantindo ter a fórmula para vencer o duelo.

“O Bisping é um lutador muito qualificado, todas as lutas que ele perdeu foram para caras duros. Ele já ganhou de grandes nomes também, é um cara aguerrido e não está entre os melhores à toa. Sei o valor dele e respeito meu adversário, mas eu vou para terminar esse combate antes dos cinco rounds. Ele mesmo disse que tem que se preocupar com meu jiu-jitsu e posso dizer que está certo, porque eu vou para finalizá-lo”, confia.

08:08 · 13.05.2015 / atualizado às 08:31 · 13.05.2015 por
Massa Bruta fará sua segunda luta no LFC
Massa Bruta fará sua segunda luta no LFC

Será apenas a segunda luta no Limo Fight Championship (LFC), mas ele já é detentor do prêmio mais cobiçado do torneio, o cinturão de campeão. O peso-pesado Emanoel “Massa Bruta’ fará, na próxima quinta-feira (14), a primeira defesa do título, que foi conquistado após uma surpreendente vitória sobre Júnior Desequilibrado, em agosto de 2014, em Limoeiro do Norte.

Agora, na primeira edição do LFC na Capital, o lutador terá pela frente o lutador Sandro “Apaga Luz”, em um duelo que tem tudo para ser um dos mais disputados do evento. Oriundo do Taekwon-Do ITF, Emanoel diz que estar preparado e vem treinando forte para o duelo.

O repórter Valdir Almeida, do Blog Vai Encarar, entrevistou o lutador sobre seu próximo adversário a preparação para a defesa do cinturão.

Confira a entrevista completa: 

O LFC será realizado na próxima quinta-feira (14), na casa de show Musique, localizada na Av. Washington Soares, em Fortaleza. Ao todo, serão 11 combates. Além de Emanoel Massa Bruta x Sandro Apaga a Luz, o LFC ainda terá a disputa de cinturão dos pesos leves, entre o campeão Vladson Gereba e o desafiante Leandro “Naja”.

Confira todas as lutas do Limo Fight

Card Principal

Maurílio Touro x Tyago Buda (superluta)
Vladson Gereba x Leandro Naja (cinturão dos pesos-leves)
Rafael Gárgula x Abraão Amorim
Emanoel Massa Bruta x Sandro Apaga Luz (cinturão dos pesos-pesados)
Edilson ‘Zé’ Santos Júnior x Genilson Silva

Card preliminar

Ilara Joanne x Regina Pereira
Mauricio Dedinho x Jonas Tubarão
Felipe Demolidor x Gildázio Oliveira
Arlisson Tenchihan x Philipe Pó
Pó
Kelton do Carmo x Gleison Scorpion
George Emanuel x Alan Queiroz

14:14 · 31.10.2014 / atualizado às 14:14 · 31.10.2014 por
Viviane é a 1ª lutadora cearense a assinar contrato com um evento de MMA internacional (Foto: Reprodução Facebook)
Viviane é a 1ª lutadora cearense a assinar contrato com um evento de MMA internacional (Foto: Reprodução Facebook)

A lutadora cearense Viviane “Sucuri” Pereira se diz pronta para o maior desafio de sua carreira no MMA: a estreia no Xtreme Fighting Championships Internacional (XFCi), uma das mais importantes organizações da modalidade no mundo. Sucuri vai enfrentar Fernanda Priscila Barros, pela categoria peso-palha (até 52kg), na sétima edição do evento, que será realizado no próximo dia 1º de novembro, no ginásio do Morumbi, em São Paulo.

Invicta no MMA, Viviane vai para sua 7ª luta e acredita que um resultado positivo pode ser a porta de entrada para o Ultimate Fighting Championship (UFC). “Estou pronta e muito focada para estrear no XFCi. Meu objetivo é sair de lá com uma bela vitória, me credenciar para a disputa do cinturão e ser vista pelo UFC. Tenho esta capacidade e vou em busca disso”, afirma a jovem atleta cearense.

Atleta da academia Dragon Kombat, Sucuri intensificou os treinamentos dias antes da luta, tanto na trocação como na parte de chão, ao lado de seu professor Marcos Batista. “Não conheço minha adversária, por isso tive que treinar todos os estilos de luta, para não ser surpreendida. Ainda restam quase 15 dias para o combate, então vou me preparar ainda mais para atingir o objetivo”, relata.

Além de Viviane Sucuri x Fernanda Priscila Barros, o XFCi trará outros quatro combates femininos, com destaque para a ‘superluta’ entre a catarinense Julie Werner, buscando sua oitava vitória em 13 lutas, e a ucraniana Iryna Shaparenko. Já na luta principal, o paulista Alan “Puro Osso” encara o ucraniano Ruslan Abiltarov, pela categoria peso-mosca (até 56,7kg).

Ascensão no MMA

Aos 21 anos, Viviane Sucuri vem despontando com uma das maiores revelações do MMA feminino no Estado e vive um ano especial em 2014. Em junho, a lutadora se tornou campeã do Bitetti Combat.

Dois meses depois foi a vez de Sucuri conquistar outro importante título, o de campeã peso palha do Limo Fight, contra Gina “Naja”. Dias depois da vitória, a lutadora conversou com o repórter Valdir Almeida, do Blog Vai Encarar. Na ocasião, Viviane falou das vitórias e da responsabilidade de ser a primeira mulher cearense a assinar contrato com uma organização de MMA internacional.

Confira a entrevista completa com a lutadora cearense

07:00 · 23.10.2014 / atualizado às 11:33 · 23.10.2014 por
O atleta esteve nos estúdios da TVDN, onde foi entrevistado sobre o atual cenário do MMA nacional (Foto: Divulgação UFC)
O atleta esteve nos estúdios da TVDN, onde foi entrevistado sobre o atual cenário do MMA nacional (Foto: Divulgação UFC)

O lutador do Ultimate Fighting Championship (UFC) Rogério “Minotouro” Nogueira visitou Fortaleza para promover o MMA em uma série de ações e eventos, juntamente com seu irmão, Rodrigo “Minotauro”. O atleta esteve presente nos estúdios da TVDN, onde foi entrevistado sobre o atual cenário do MMA nacional. Mesmo com apenas um cinturão no UFC, principal evento da modalidade no mundo, o lutador avaliou o momento do Brasil como “muito bom” na categoria.

“Temos atletas que estão sempre figurando entre os melhores de cada categoria. Nos pesos-galo, o Brasil conta com Renan Barão e nos meio-pesados, Lyoto Machida. Ainda tem Vitor Belfort (peso-médio) e Maurício Werdum (peso-pesado), que vão disputar em breve o cinturão. Além de José Aldo, soberano nos penas. Então acho que mesmo com apenas um título, estamos bem representados em todas as categorias”, relatou.

Um outro lutador bastante elogiado por Minotouro foi o peso leve Rafael dos Anjos, que vive um de seus melhores momentos na carreira. O brasileiro, número 3 no ranking da divisão, nocauteou o ex-campeão Benson Henderson e, segundo Minotouro, deve ser o próximo a disputar o título da categoria.

MMA Cearense

Há um ano no Ceará com a academia Team Nogueira, Rogério Minotouro afirma que o Estado é um berço para grandes atletas. “Já existe uma tradição de revelar talentos no Ceará, principalmente no jiu-jítsu. Pude assistir ao Pan-Americano da modalidade que foi realizado aqui (Fortaleza) e deu pra perceber que o nível está muito alto, tanto dos atletas como dos professores”, afirmou.

Derrota relâmpago

Minotouro finalizou falando de sua última luta, contra Anthony Johnson, em San Jose (EUA). O brasileiro vinha de uma período de quase um ano e meio longe dos octógonos e em sua volta acabou sendo nocauteado pelo americano, em apenas 44 segundos de luta.

“Este tempo que eu fiquei parado com certeza me prejudicou, pois acabei perdendo o ritmo de luta. O objetivo agora é voltar forte e tentar fazer pelo menos duas lutas por ano”, finalizou Minotauro.

Veja a entrevista de Rogério Minotouro ao repórter Valdir Almeida, do Blog Vai Encarar:

11:02 · 27.09.2014 / atualizado às 11:33 · 27.09.2014 por
O retorno de Anderson Silva ao octógo no do UFC está marcado para o dia 31 de janeiro (Foto: Reprodução UFC)
O retorno de Anderson Silva ao octógono do UFC está marcado para o dia 31 de janeiro (Foto: Reprodução UFC)

O ex-campeão Anderson Silva segue no Rio de Janeiro treinando para sua luta contra o norte-americano Nick Diaz. Tentando voltar ao topo da categoria dos médio, o Spider disse em entrevista ao site da revista Veja que ainda sonha em recuperar o cinturão.

“Olha, além de voltar bem em 2015, o meu projeto no UFC é um só: enquanto eu não pegar o cinturão de volta, eu não paro. Quero pelo menos tentar”, disse Spider.

Questionado se os 39 anos podem atrapalhar nessa tentativa de retornar ao topo, Anderson explicou que se sente um atleta mais maduro e capaz de encarar as dificuldades com tranquilidade. “Me sinto um atleta mais completo. A arte marcial é um ensinamento de vida, e isso vale tanto para dentro como para fora do octógono. É claro que você sente a idade, isso é normal”, afirmou.

Recuperado da contusão na perna esquerda, Anderson explicou que seu principal apoio para voltar às atividades veio da família. “Nada é mais importante do que você ter uma família por perto nas horas difíceis. Sem eles, nem parte física nem emocional nem mental estaria boa hoje”, concluiu.

O retorno de Anderson Silva ao octógono do do UFC está marcado para o dia 31 de janeiro, em Las Vegas (EUA). O brasileiro vem de duas derrotas seguidas para Chris Weidman, atual campeão dos pesos-médios.

09:32 · 30.08.2014 / atualizado às 10:40 · 30.08.2014 por
Massa Bruta deve voltar ao octógono ainda este ano para defender o cinturão dos pesados (Foto: Reprodução)
Massa Bruta deve voltar ao octógono ainda este ano para defender o cinturão dos pesados (Foto: Reprodução)

O lutador Emanoel Barroso foi um dos destaques da 13ª edição do Limo Fight, quando conquistou o cinturão da categoria dos pesados ao nocautear, com um soco certeiro, o atleta da casa Junior “Desequilibrado”. A luta foi a estreia profissional de “Massa Bruta” nos octógonos de MMA, após outros 2 combates amadores.

Oriundo do Taekwondo ITF, Emanoel agora se dedica as artes marciais mistas e os treinos já foram intensificados com o objetivo de afiar ainda mais as demais modalidades, em especial o jiu-jitsu, com seu professor Alvaro Fontes. Em rápida ascensão no esporte, o atleta deve voltar em breve ao octógono, agora para defende seu título. Apesar da expectativa para o próximo embate, o lutador prefere focar nos treinamentos e não escolher seu novo adversário

Antes disso, Emanoel Barroso disputará o Campeonato Cearense de Taekwondo, que será sediado em Caucaia. Com um currículo consolidado na categoria, onde já foi tricampeão da Copa América, Emanoel Barroso deve ser uma das principais atrações do evento.

O Blog Vai Encarar entrevistou o atleta, que falou sobre sua estreia no MMA profissional e d conquista do cinturão do Limo Fight na casa de seu adversário. Confira:

10:21 · 17.07.2014 / atualizado às 10:22 · 17.07.2014 por
Jason esteve presente no lançamento do Fortaleza, clube que o patrocina (Foto: Natinho Rodrigues)
Jason esteve presente no lançamento dos uniformes Fortaleza, clube que o patrocina (Foto: Natinho Rodrigues)

O lutador Rony Jason deu seu posicionamento sobre o acidente de trânsito no qual esteve envolvido na última terça-feira (15), no município de Quixadá. Na ocasião, o atleta colidiu contra um ciclista, que fraturou o braço no acidente.

Jason, que esteve presente no lançamento dos novos uniformes do Fortaleza nesta quarta-feira (16), alegou que falta de iluminação na via onde ocorreu a colisão e ressaltou carência de locais apropriados para que os ciclistas pratiquem o esporte em sua cidade natal.

“Não é uma via adequada, mas não pelos ciclistas, e sim pela carência de ter onde praticar o esporte. Peço às autoridades competentes que façam uma iluminação melhor. Infelizmente, os ciclistas em Quixadá têm que passar todos os dias por esses problemas e correm risco de vida para ter uma vida mais saudável”, afirmou o lutador.

O vencedor da primeira edição do TUF Brasil alega que prestou os primeiros socorros à vítima, identificada como “Bruno Chocolate”, que também é praticante de artes marciais. “Prestei os primeiros socorros à vítima. Inclusive é um rapaz que treina com a gente, que é um menino muito bom e batalhador também”, ressaltou Jason. “Fiz meu B.O (Boletim de Ocorrência), e ele fez o dele. Já veio para o hospital e vai ser cirurgiado. Tudo ocorre bem”, avaliou o lutador, que prometeu visitar Bruno no hospital nesta quinta-feira (17).

“Há males que vem para o bem. Eu acho que isso vem abrir os olhos para Quixadá construir um local mais adequado. Os ciclistas sofrem muito por não terem locais adequados para treinarem, e, às vezes, têm que correr risco de vida”, finalizou Rony Jason.

10:54 · 25.11.2013 / atualizado às 11:01 · 25.11.2013 por

Médica explica como a prática de artes marciais para mulheres pode ser feita de maneira mais saudável para elas

As mulheres descobriram as artes marciais, mas também suas lesões. É verdade. Elas tomaram conhecimento da série de benefícios para mente e corpo da prática dos esportes de combate, porém é preciso saber como tratar e prevenir algumas lesões que são mais frequentes nas lutadoras, sejam elas profissionais ou não.

Boom nas academias brasileiras e cearenses é reflexo dos benefícios da prática dos esportes de combate, especialmente, para o público feminino. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados em relação a machucados específicos FOTO: FABIANE DE PAULA

Elas são figurinhas carimbadas nas inúmeras academias espalhadas pelo País e já movimentam um mercado crescente voltado para o público feminino que gosta de esportes de combate. Os motivos são diversos. Seja para ter uma melhor qualidade de vida, perder rapidamente aquelas calorias a mais, fortalecer a musculatura ou até mesmo para viver de lutas profissionalmente em eventos de MMA.

O fenômeno tem impulsionado as cearenses cada vez mais por aqui no Estado. Inspiradas ou não pelos namorados, amigas ou por lutadoras famosas como Cris Cyborg e Ronda Rousey, elas chegam a formar turmas exclusivas formadas apenas por mulheres, antes conhecidas como ´sexo frágil´.

Ao mesmo tempo que se divertem no alcance de seus objetivos, elas buscam o aperfeiçoamento da técnica e sentem a satisfação natural ao fim de cada treino. Tudo isso, contudo, pode se transformar em desconforto caso não haja um cuidado prévio a respeito das lesões específicas adquiridas na prática das artes marciais que costumam ocorrer em mulheres.

De acordo com a ginecologista e obstetra Denise Vasconcelos, competir em período de menstruação pode afetar desempenho das atletas FOTO: ÉRIKA FONSECA

Prevenção

A médica obstetra e ginecologista Denise Vasconcelos está habituada a atender em seu consultório pacientes lutadoras, profissionais ou não.

Ela explica quais as lesões mais frequentes e recomenda exames periódicos para manter a saúde das praticantes de artes marciais bem como de quaisquer outros esportes de contato em dia.

“No caso da mulher não há as mesmas proteções em determinadas regiões do corpo como no homem. Por isso, é importante uma avaliação chamada de pré-participação para verificar o estado de saúde”, conta, ressaltando ser comum pancadas em áreas sensíveis como os seios.

A especialista não recomenda a prática de lutas nos períodos em que a mulher está menstruada. Ela diz que alterações naturais do ciclo feminino modificam o corpo. Em virtude disso, lutadoras preferem evitar competir nesses dias.

Confira o vídeo

Efeitos
“Os impactos dos golpes podem ser mais doloridos porque algumas partes do corpo incham. O processo para perder peso fica mais complicado. Também pode interferir na concentração, força e flexibilidade. Atletas costumam tomar anticoncepcionais justamente para evitar a menstruar na época das lutas”, afirma Denise, acrescentando que o uso do medicamento não faz mal algum à saúde ou prejudica o desempenho da mulher nos treinos ou na luta.

ILO SANTIAGO JR.
SUBEDITOR

09:05 · 04.04.2013 / atualizado às 09:09 · 04.04.2013 por

Com a aproximação do primeiro Revolução MMA de 2013, que será no próximo dia 24 de abril, a partir das 20 horas, no Coliseu Dunas, o Vai Encarar resolveu trazer para seu internauta mais detalhes sobre o evento local, que já alcança sua oitava edição.

Na entrevista abaixo, com o organizador Fernando Moura, as principais lutas do card, que privilegia os lutadores cearenses, são analisadas.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags